Bela vitória contra o Bahia. E méritos pro paraguaio legítimo

24/07/2014

Começamos bem a fase de mata-mata da Copa do Brasil.

3 a 0 no Bahia, jogando bem e de forma convincente.

Méritos para Romero, o legítimo paraguaio, que foi escalado na vaga que era de Luciano e confirmou o que se vem falando nos intramuros do Ecológico.

O rapaz vem matando nos treinamentos e está bem adaptado ao grupo.

Méritos também para o nosso meio de campo, que funcionou perfeitamente nesta noite. Ralf, voltando a velha forma, Elias, efetivo como sempre, Petros, o novo pulmão do time, marcando, desarmando e fazendo muito bem a transição do meio para o ataque e Jadson, mesmo não estando no mesmo nível dos demais companheiros, neste jogo, também foi importante na armação das jogadas.

Defesa firme e laterais apoiando bem. Ataque funcionou e o resultado foi o que desejávamos.

É certo que o durante boa parte do segundo tempo o jogo se tornou sonolento, já que o adversário entrou em crise de identidade – tentar diminuir o placar ou se fechar pra não sofrer mais gols – mas o penalti, que caiu do céu naquele momento, fechou a tampa do caixão baiano.

Agora, na Bahia, o time da casa vai precisar de uma junta de rezadeiras para reverter o placar. E claro, jogar muito mais futebol, se é que isso seja possível.

Valeu pela vitória.

Uma pena que muitos não tenham visto o último gol, já que haviam saído correndo pra tentar entrar no metrô, que encerrava as operações no germânico horário das 00:19.

E você, gostou do jogo?

Vai Corinthians!


Fernando Lazaro Rodrigues Alves: um corinthiano a serviço do Brasil

24/07/2014

Fernando Lazaro Rodrigues Alves.

fernando_zemaria

DNA corinthiano, filho de gente famosa. Talvez você ainda não saiba de quem se trata.

Mas Fernando é filho do Super Zé, o Zé Maria, um dos (se não “o”) maiores laterais direitos da história do Corinthians.

E filho de Nanci Lazaro, gerente do setor de atendimento a associados, do Corinthians.

Fernando vai integrar a nova comissão técnica de Dunga.

O trabalho realizado pelo Fernando é reconhecido há muito tempo no Corinthians.

Do seu trabalho, como coordenador do Centro de Inteligência do Corinthians,  muitas decisões foram e são tomadas pelos comandantes das comissão técnica.

Com apoio de software e equipamentos de última geração, Fernando e sua equipe são responsáveis pelos dados estatísticos de jogos e atletas, não só do clube, como dos adversários.

E por este trabalho, chegou a seleção brasileira, onde vai ser o analista de desempenho tático.

Parabéns, Fernando!

Orgulho não só dos pais, como de toda a nação corinthiana!

 

 


A meca na era do Mata-Mata

23/07/2014

Logo mais, a partir das 10 da noite, Corinthians e Bahia se enfrentarão na Arena Corinthians, neste que será nosso primeiro confronto no formato “mata-mata”, válido pela Copa do Brasil.

Muito embora o pensamento esteja no duelo de domingo, diante dos “porco”, vencer hoje, de forma tranquila e convincente, dará ao time não só uma boa vantagem para a segunda partida, na Bahia, como também maior confiança para jogarmos o derby.

Mano Menezes faz mistério, fez treino fechado para a imprensa, mas o time que deverá ir a campo será Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano e Guerrero.

Ou seja, a mesma equipe que vem atuando depois da parada para a Copa do Mundo.

O adversário vem com 4 desfalques - Rhayner, Demerson, Henrique (contundidos) e Roniery, que já atuou na competição pelo Parana.

A provável escalação do time baiano: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Titi, Adailton, Guilherme Santos; Fahel, Uelliton, Léo Gago, Emanuel Biancucchi; Marcos Aurélio e Maxi Biancucchi.

A arbitragem será de Igor Junio Benevenuto (MG), auxiliado por Celso Luiz da Silva e Antonio Luiz Barbosa (ambos de MG).

Acompanhe a partida acessando http://www.cpmc.com.br/

 

Está de volta o Programa Corinthianismo com Credibilidade:

Hoje, a partir das 8 da noite, direto da Arena Corinthians, está de volta o programa Corinthianismo com Credibilidade, agora pela Rádio Memória Corinthiana

logo_cpmcl

Acesse:

http://www.cpmc.com.br/

 


Amanhã tem jogo as 10 da noite. E o metrô na saída ? Não saia antes que dá zica !

22/07/2014

Screen Shot 07-22-14 at 09.39 AM

Amanhã tem Corinthians x Bahia, na Meca.

Jogo as 22 horas – 10 da noite – primeiro jogo a ser realizado neste horário ingrato, no nosso estádio.

Pelos horário de funcionamento de “trem alemão”, o metrô funciona até as 00:19, em Itaquera e até as 00:21, em Artur Alvim.

Vai dar tempo do torcedor chegar ao metrô, depois do jogo?

Sem correria, o deslocamento até as catracas destas estações, considerando que você já esteja de posse do seu bilhete, é de aproximadamente 20 ~ 25 minutos, considerando o fluxo de gente que vai em direção ao mesmo local.

O jogo costuma acabar por volta das 23:50.

Sempre lembrando que pela localização do nosso estádio, o melhor, e vou além, “únicos” meios de transporte ao local é o público, através de trem ou metrô.

De carro, enfrentará o trânsito pelas avenidas que dão acesso ao estádio, além dos bloqueios que são feitos nos arredores da Arena.

Esperamos que o governo seja sensível a esta situação e estenda o horário, tanto do metrô, como do trem, em dia de jogos noturnos realizados no ingrato horário das 10 da noite.


A escola gaúcha de treinadores domina o cenário e está acabando com o futebol brasileiro

21/07/2014

escola gaucha

Eles dominam o futebol brasileiro, há décadas.

Citarei alguns, sem recorrer ao Google, com a certeza que faltará algum na lista.

Osvaldo Brandão

Enio Andrade

Carpegiani

Felipão

Celso Roth

Rubens Minelli

Dunga

Mano Menezes

Tite

Renato Gaúcho

Valdir Espinosa

Bonamigo

Cuca

Caio Junior

Só pra citar “alguns”.

Deve ter faltado algum nome na lista. Mas eles estão presentes há anos, dirigindo as principais equipes do futebol brasileiro e principalmente, a seleção.

Amanhã, será confirmada a volta de Dunga, ao comando técnico da seleção brasileira.

Ocupará o lugar de um gaúcho, que ocupou o lugar de um outro gaúcho, que ocupou o lugar do mesmo gaúcho que amanhã será confirmado como novo comandante técnico da esquadra brasileira.

Sem medo de errar atesto: a escola gaúcha de treinadores, por mais vencedora que possa ter sido e alguns, até vencendo, é responsável pelas profundas mudanças (negativas) no futebol brasileiro e chegamos ao ápice neste momento.

O futebol brasileiro, marcado pelo gingado, habilidade, “futebol-arte”, ao longo do tempo se tornou defensivista, priorizando a forte marcação e transformando jogadores em gladiadores.

Canelas duras, fortes, sem mobilidade, o futebol ficou restrito ao meio de campo e defesa.

Criatividade foi substituída pela estratégia defensivista.

O gingado, pela força física.

E hoje, o melhor futebol do mundo (será?) tem apenas um nome de destaque mundial, Neymar.

Neymar. E olhe lá!

O pragmatismo, o “acertar primeiro a defesa, depois o ataque”, a busca pelos resultados em curto espaço de tempo, enterraram o futebol brasileiro nesta onda.

A curto prazo, é legal, é muito bom ver nossos times conquistando campeonatos. Com Mano e Tite conquistamos vários campeonatos, chegamos ao topo da América e do Mundo.

Mas a longo prazo, pensando de forma macro, no futebol brasileiro, o resultado está ai.

Humilhados na Copa do Mundo, futuro incerto e pela primeira vez, em tantos anos, já não temos tanta certeza se chegaremos na próxima copa do mundo.

Questão pra se pensar.

*Em tempo, sou Mano do Mano por tudo que fez e faz pelo Corinthians e por acreditar, que entre todos os gaúchos que estão ai, é o melhor deles

 


Empate sonolento na Bahia

21/07/2014

corinthians x vitoria 200714

A imagem ilustra o que foi o jogo.

Ficamos no zero a zero.

Nem Vitória, nem Corinthians, fizeram por merecer um placar diferente.

Jogo feio, truncado, muitas faltas, porém cabia ao Corinthians, até pela sua posição na tabela, mostrar algo melhor, algo diferente.

Principalmente porque vínhamos de uma bela vitória, diante do Internacional, na última quinta-feira.

Faltou criatividade, movimentação e disposição para vencer a partida.

Depois que descobriram a tal regra da “média de 2 pontos por partida”, parece que depois de uma vitória, o Corinthians vai com o pé no freio para um jogo, após uma vitória, ainda mais quando o jogo é fora de casa.

Numa competição de pontos corridos, empatar fora de casa não é tão ruim assim. Mas quando se joga contra um time que está na zona de rebaixamento (17ª colocação – 8 pontos), tem que partir pra cima com o objetivo de acumular pontos e ter gordura pra queimar, quando necessário.

Com o resultado, o Corinthians se manteve na segunda colocação, com 20 pontos, 5 atrás do líder Cruzeiro, que aproveitou a oportunidade e venceu time pequeno, mesmo fora de casa.

O que você achou do jogo?

Vamos debater o empate.

E boa semana a todos!


Novo endereço do Blog do Silvinho

16/01/2014

Já estamos em casa nova.

Anotem o novo endereço:

http://blogdosilvinho.sigaseutime.com.br/

Te espero lá!


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.586 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: