Projeto do Novo Pacaembu, segundo Rosenberg


Fonte: JT

Fonte: JT

Fonte: JT

Fonte: JT

Clique nas figuras para melhor visualizar

Cronograma do Projeto:

2009

– Conclusão e aprovação do pré-projeto

– Formalização da concessão e de como isso será feito

– Detalhamento do Projeto

2010

– Até o final do primeiro semestre o clube procuraria construtoras e os financiadores para reforma. Luis Paulo Rosenberg afirmou que não haverá parceria de cogestão, como propostas iniciais de construção de estádio previam. O Corinthians fará um financiamento, pagando juros condizentes com o mercado

– Se tudo estiver aprovado, a obra começa no início do 2º semestre

2011

– Como a previsão são de 18 meses de obra, o “Novo Pacaembu” estaria pronto no final do ano. Enquanto isso, o time jogaria na Fazendinha reformada e até no Maracanã

Fonte: Jornal da Tarde

Inicialmente, analisando as alterações propostas, a única modificação significativa do “Novo Pacaembu”, seriam os camarotes à beira do campo, no local onde hoje está localizada a pista de atletismo e as coberturas do atual setor laranja, parte do Tobogã e a cobertura completa do setor de numeradas.

Estes locais cobertos teriam ingressos mais caros.

O Tobogã, mesmo coberto, continuaria sendo um dos piores lugares para se assistir uma partida no Pacaembu, pior ainda que os setores onde ficam localizadas as torcidas visitantes e o “Setor Família”, localizado entre as cadeiras laranja e o Tobogã.

Salvo impedimentos, o mais correto seria derrubar o Tobogã e promover o “arredondamento” completo do estádio.

Quanto ao cronograma, tudo dando certo, o time faria a sua primeira partida no início do ano de 2012, muito provavelmente sob nova gestão.

Causou-me até certa surpresa a questão dos recursos financeiros para bancar a reforma. Segundo publicado, o Corinthians faria um financiamento, pagando juros condizentes com o mercado, seja lá o que isto queira dizer.

Financiamento de mais de 100 milhões a juros condizentes com o mercado, bancado pelo próprio clube soa para mim um passo a frente diante do abismo.

Como defensor incondicional do “Pacaembu Não” acho que posso começar a ficar um pouco mais tranqüilo, se basearmos no cronograma publicado no JT.

A chance deste projeto vingar é mínima. Diria, quase nula.

Anúncios

45 Responses to Projeto do Novo Pacaembu, segundo Rosenberg

  1. Marcus.V disse:

    Olha SR.Rosenberg e SR.Andrés Sanches….A torcida Corinthiana,assim como eu; Esperamos anos para a construção do novo estádio para o S.C Corinthians Paulista,depois de toda essa espera,vcs vem com projetos para comprar o “Pacaembú”?
    NÃO NÃO NÃO…A saudação alvinegra não quer ter o estádio municipal como a nossa arena de futebol!!!
    Nós “CORINTHIANOS”precisamos de um novo estádio,aguardamos o tempo todo por um “NOVO”estádio,e agora vem com essa loucura?
    Olha,nós podemos esperar mais 50 anos para a nossa ARENA,mas não queremos o Pacaembú como nossa casa;
    Então…Eu sou fanático pelo Corin~gão(DE CORAÇÃO!),e resolvi fazer um projetinho como o novo estádio para o CORINTHIANS;
    Queria que vcs dá torcidas organizadas do Timão-(Gaviões,Camisa-12,Pavilhão-9 entre outras) e o SR.ANDRÉS SANCHES-“Presidente do S.C Corinthians Paulista,vizualizassem minha projeção que está no meu Orkut!!!

    LINK: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6991729386942186091&rl=t

    Obrigado a nação Corinthiana e que nós temos um final feliz.
    Rumo á Tóquio!!!

    MARCUS.V- (17 ANOS)
    SANTOS-SP

    Curtir

  2. Fátima disse:

    Parem de uma vez com esta babaquice de Pacaembu.
    O Pacaembu é da prefeitura e está tombado.
    Sr.Rosenberg chega desta insistência que não passa de uma maluquice sua.
    O Pacaembu já é nosso sem gastar um tostão. É só continuar alugando e jogando.
    Acho que você é uma pessoa de bom senso. Vamos jogar lá e deixa as despesas para a prefeitura.
    Vamos gastar dinheiro em patrimônio nosso.
    A Fazendinha está aí. Aumentamos a capacidade para 25.000 corinthianos e jogamos os jogos de menos público.
    Continuamos alugando o Pacaembu que está nos satisfazendo e começamos um projeto de um Estádio nosso p/ pelo menos 70.000 corinthianos.
    Vamos pensar grande e não dar motivos p/ as outras torcidas rirem da gente por tamanha idiotice.
    Sr. Rosenberg respoda 2 perguntas:
    Você é torcedor de que time, pois corinthiano está demonstrando que não é?
    Qual o seu interesse pessoal neste projeto sem o mínimo sentido?

    Comentário: Não acredito que exista algum interesse pessoal do Rosenberg envolvido nisso, acho muito mais que seja um devaneio

    Curtir

  3. Luis disse:

    O Rosemberg é um fanfarrão. Esse é o terceiro “projeto” já. Primeiro iriam fechar o anel unindo o tobogã e cobrir td estádio, depois falaram q iriam demolir o tobogã e cobrir apenas as numerdas e cadeiras, agora vem esse papo de cobrir o tobogã… Pára. Isso é estapafúrdio e ridículo. Algo está mto errado… Estacionamento ao lado do piscinão ? Idéia de jerico. Rebaixamento de 5 metros ? Idéia de gerino. Daria pra reformar o Pacaembu se pudessem extirpar aquele clubinho de ricos mão-de-vacas, mas como não podem, esqueçam. Além disso, o lugar mais óbvio para se construir um estacionamento é o terreno q hoje pertende à Faculdade de medicina da USP. Tem espaço e seria do interesse deles. Resumindo, torço pra q não aconteça pra q o clube reforme a fazendinha e construa um estádio de verdade.

    Comentário: Também torço demais para que este projeto não vingue

    Curtir

  4. Paulo disse:

    “Off topic”. Mas muito importante:

    http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=541IMQ001

    FUTEBOL & VIOLÊNCIA
    Matou um igual e foi assistir ao jogo

    Por Walter Falceta Jr.

    Na virada fria de quarta para quinta-feira (4/6), o repórter Fábio Lucas Neves, da TV Bandeirantes, produzia a típica “matéria de ambiente”, depois do empate sem gols que classificara o Corinthians para a final da Copa do Brasil, em São Paulo. Nas arquibancadas do estádio do Pacaembu, ao buscar os personagens para sua reportagem, percebeu que vários vascaínos estavam feridos e que alguns tinham as roupas tingidas de sangue.

    Nesse momento, descobriu que algo grave ocorrera cerca de três horas antes. Segundo os torcedores, violento embate fora travado com corintianos nas proximidades da Ponte das Bandeiras, na Marginal Tietê. Os brigões recusaram-se a aparecer diante das câmeras, mas apresentaram alguns troféus da batalha, como bonés, gorros e camisas tomados dos rivais paulistas.

    Logo, com orgulho selvagem, exibiram ao jornalista uma carteira de associado da Gaviões da Fiel, cuja imagem foi gravada pelo cinegrafista Alexandre Ribeiro, o “Cabeção”. Pertencia a um certo Clayton Ferreira de Souza, que segundo a data de nascimento deveria contar 27 anos de idade.

    – Batemos muito, acabamos com ele – jactava-se um fanático cruzmaltino.

    Em seguida, Neves e o cinegrafista puseram-se a documentar o incêndio que consumia um dos ônibus alugados pelos visitantes. Nesse momento, ignoravam que o corintiano Clayton, um promotor de vendas de supermercado, morador da Vila Industrial, na periferia da Zona Leste paulistana, já estivesse morto.

    A causa? Traumatismo cranioencefálico provocado por agente contundente. O rapaz fora espancado até a morte. Tinha o rosto desfigurado e lhe haviam subtraído os documentos, o celular, o cartão de crédito e até as vestes.

    Status de verdade

    Neves teria seu esforço de reportagem valorizado na tarde de quinta-feira (4), quando o corpo do jovem foi identificado pela família. “De repente, eu vi que o nome era o mesmo”, relata. “Embora eu já cogitasse dessa hipótese, foi um choque.”

    Esta é apenas uma das inúmeras pontas de uma história de horror cuja coerência escapou à polícia, à promotoria e à grande imprensa. Inúmeras versões chegaram prontamente às páginas dos jornais, às telinhas e telonas, muitas delas tolas ou inverossímeis.

    Na madrugada de quinta-feira, a Gazeta Esportiva Net decretava:

    “Um ônibus da torcida do Corinthians sofreu uma emboscada. Palmeirenses e vascaínos, que possuem relação amistosa, atacaram os rivais. O tumulto culminou com a morte de um corintiano.”

    Em matéria levada ao ar às 12h52, a Agência Estado, apresentava outro enredo para a tragédia, baseado em declarações à TV Globo do major Alfredo Donizete Rodrigues de Souza, subcomandante do 2º Batalhão de Choque da PM paulista:

    “O confronto começou por acaso, porque um ônibus de corintianos cruzou com o comboio de vascaínos e eles começaram a se provocar – declarou.”

    Nesse momento, entretanto, uma terceira versão já fora apresentada à imprensa. Às 13h19, por exemplo, o G1 trazia matéria em que o promotor Paulo Castilho, encarregado de combater a violência nos estádios, acusava os corintianos de terem armado a emboscada. Segundo ele, cerca de 50 torcedores da facção Rua São Jorge, uma dissidência da Gaviões da Fiel, distribuídos em um ônibus e quatro carros de passeio, esperaram pelos vascaínos com barras de ferro e armas de fogo. Os cariocas eram cerca de 650, distribuídos em 15 ônibus.

    “Eles vieram em paz, mas tiveram que revidar”, declarou o promotor ao diário Lance!. Ao Observatório, afirmou que as outras versões eram fantasiosas. “Esse grupo da Rua São Jorge já havia provocado problemas na Baixada Santista”, disse.

    A partir desse momento, a narrativa adquiriu status de verdade para a grande imprensa, em São Paulo e no Rio de Janeiro. A cobertura limitou-se a reproduzir a história do promotor e da delegada encarregada do caso. Por horas, não se encontrou nos canais de informação qualquer testemunho dos torcedores envolvidos no conflito.

    Pautas e fios

    O promotor Castilho adiantou-se em pedir a “torcida única” nos estádios de futebol. A solicitação foi imediatamente endossada pela Polícia Militar e divulgada nos principais portais de notícias na internet.

    Parecia findo o rito sumário de construção da notícia. A polícia fizera o possível. A exclusão da presença de adversários restituiria a tranquilidade ao mundo do futebol.

    À noite, no entanto, a jornalista Leonor Macedo, 26 anos, que hospeda seu blog no site da revista TPM, resolveu expor os resultados de sua investigação jornalística. Depois de ouvir vários torcedores, apresentou outra versão para a ocorrência (ver aqui; outros post sobre o caso no blog eneaotil).

    Retidos numa blitz da polícia, nas proximidades do Clube Espéria, os corintianos teriam sido alcançados pelo comboio vascaíno. Em ampla maioria, de dez para um, os cariocas teriam iniciado o massacre.

    “Não quero dizer que os paulistas sejam santinhos, mas não me parece razoável que mobilizassem apenas 50 pessoas para enfrentar 500”, diz Leonor. “Também é difícil acreditar que os policiais supostamente presentes não tenham sido capazes de impedir o conflito e evitar os linchamentos.”

    Segundo a jornalista, é estarrecedor saber que a força policial tenha facultado aos assassinos assistir ao jogo, levando ainda como prêmio os pertences de Clayton. “Também vale questionar a razão pela qual a PM se recusou a realizar a escolta do grupo Rua São Jorge e se essa omissão não os levou a constituir a própria defesa”, afirma. “Tudo isso é vital à compreensão do caso, mas o que se vê é uma cobertura jornalística chapa-branca, de viés conservador e que despreza a informação divergente.”

    O trabalho pessoal da repórter reacendeu o debate sobre o caso e também sobre a conduta da imprensa ao noticiar o episódio. Na sexta-feira (5/6), pela manhã, o jornalista Luciano Martins tratou do tema no programa radiofônico deste Observatório, na Rádio Cultura, considerando a hipótese de um gravíssimo erro tático da polícia. “A versão oficial, defendida pelo promotor encarregado do caso, é quase inverossímil, mas a imprensa compra a história sem ouvir testemunhas”, afirmou.

    Na tarde desse mesmo dia, em matéria de destaque, o portal UOL reproduzia sem dissonância a tese da emboscada corintiana e do “potencial violento” da dissidência da Gaviões da Fiel, repetindo informações da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

    A redação paulista do diário Lance!, ao contrário, agitava-se no exercício da dúvida e preparava uma matéria especial sobre os enigmas da “batalha da Marginal”. “Essa história é um quebra-cabeças em que as peças definitivamente não se encaixam”, disse Marcel Merguizo, um dos editores do jornal. “Se queremos fazer bom jornalismo, não podemos aceitar simplesmente a versão oficial.”

    O repórter Rodrigo Vessoni, enroscado em pautas e fios de telefone, buscava escrever sobre o futebol corintiano e, simultaneamente, obter mais informações sobre o conflito. “A história tecida não confere com os fatos”, dizia. “Como é possível que a polícia tenha levado os assassinos até o estádio para assistir ao jogo?”.

    Cultura subterrânea

    De fato, logo após o conflito, a polícia deteve dezenas de corintianos. Um palmeirense e dois vascaínos prestaram esclarecimentos, na qualidade de testemunhas. Quarenta e oito horas depois da trágica ocorrência, não havia qualquer pista concreta do assassino de Clayton.

    À hipótese do erro tático somou-se a da negligência. Segundo o promotor Castilho, 22 homens da PM escoltavam o comboio dos cariocas. Nos depoimentos colhidos pelo repórter Fabio Lucas Neves, porém, os vascaínos afirmavam ter chegado ao local do conflito sem qualquer proteção policial. “Acredito na hipótese da emboscada corintiana, mas é fundamental verificar se faz sentido a história contada pelos torcedores do Vasco”, afirmava Neves, no fim da tarde de sexta-feira (5). Até aquele momento, a polícia desprezara seu auxílio nas investigações.

    Naquele momento, em casa, Neves se preparava para participar de uma festa junina com a família, mas ainda não havia tirado do pensamento a imagem da carteirinha transformada em troféu. Simultaneamente, na Vila Industrial, a família de Clayton Souza cogitava de processar o Corinthians e o estado de São Paulo. Nos portais de internet, o tema já desaparecera das páginas principais.

    Matar e espairecer pode constituir-se em evento escandaloso, ainda que menos raro do que se imagina. Entre nós, o entretenimento sucede, com frequência, a infração grave. Não é à toa que se enxerga com certa paralisia complacente a saga do protagonista de Matou a família e foi ao cinema, de Julio Bressane, de 1969, filme cujo apelo temático rendeu um remake, em 1991, dirigido por Neville de Almeida.

    Na ficção, como na realidade, nossa cultura subterrânea admite silenciosamente algum crime tido como privado, em que a vítima é o outro distante, e concede ao autor até mesmo o refresco da diversão. Alguém matou um igual e foi ao futebol. Somente isso. Resta saber se esta trama tem fim.

    ***

    Em Tempo

    1. Na segunda-feira (8/6) à tarde, o repórter Fabio Lucas Neves (que gravou as imagens da carteira de Clayton nas mãos dos vascaínos) ainda não tinha sido contatado pelos responsáveis pelo inquérito.

    2. Nas edições de sexta, sábado e domingo, os repórteres do diário Lance! publicaram várias reportagens que exibiam as incongruências na versão oficial. Seguiam um caminho de investigação desprezado pela grande imprensa.

    3. Segundo o promotor Paulo Castilho, não teria ocorrido a visita dos vascaínos à sede dos aliados da torcida Mancha Alviverde. Em sua edição de segunda-feira (8), entretanto, o diário Lance! apresenta links para uma série de vídeos no Youtube que provam esse encontro antes do jogo.

    4. Fotos do conflito, publicadas em páginas de vascaínos em sites de relacionamento, comprovavam que esses também portavam artefatos explosivos. Essas imagens também mostravam que o comboio carioca havia, sim, ultrapassado o local onde estariam os corintianos.

    5. Na segunda-feira, ainda não havia qualquer pista dos assassinos de Clayton Souza.

    Comentário: Depois do jogo, passei na divisa com a torcida do Vasco. Cantavam Au Au Au…Correu na Marginal. Gritavam que “nós” havíamos corrido na Marginal, que matamos um, matamos mais e ninguém entendia nada. Chegando ao carro e ligando o rádio, entendi o que havia acontecido. A polícia deveria ter conduzido todos os torcedores do Vasco para depoimento, até porque estava muito fácil identificar quem havia participado do combate.

    A Polícia Militar pecou por omissão, neste caso

    Curtir

  5. Samir disse:

    Qualquer ser com o minimo de inteligencia vê que este projeto é a maior barca furada da Historia do Corinthians…..gastar 100 milhões pra ter o estadio por 30 anos e a juros condizentes com o mercado ????? Porque não reformar a Fazendinha pra 40 mil lugares praticamente com o mesmo valor…sem ter que devolver depois ???? sem o nome de um ex-presidente do spfw na frente do estadio … sem um museu passando gols do Pelé e Ademir da Guia contra o Corinthians…..e o pior o projeto vai pra camera e ficamos todos assistindo e torcendo contra….todos omissos…e alguns mal informados querendo que a camara aprova afinal como papagaios dizem: o pacaembú é a casa do Corinthians…..Pacaembú Não !!!!!!!!!!!!!!!

    Comentário: O Pacaembu só será a casa de alguém, que não seja a própria municipalidade, o dia que for privatizado, coisa que acredito ser impossível por ser um patrimônio histórico

    Curtir

  6. Rogerio disse:

    Meu isso é ridículo, não dá para acreditar que o Corinthians deixará de construir uma nova arena com o advento da Copa do Mundo, se não construir dessa vez, jamais construirá. Esse projeto é uma tremenda burrice, pra que gastar 100 milhões em algo velho e que ainda depois de um determinado tempo não será mais nosso. Pelo amor de Deus, não precisa estudar ou ser muito inteligente para ter essa conclusão.

    Comentário: Realmente, através de uma análise simplista, é possível verificar de imediato que o negócio é um furo n’agua

    Curtir

  7. Marcos disse:

    Pelo menos estão se mexendo, mas claro que o melhor seria nossa arena no P. S.Jorge ou no Anhembi.Morumbi não!

    Comentário: No Parque São Jorge seria perfeito

    Curtir

  8. Rafael disse:

    Opção 1: O Rosenberg está fazendo jogo de cena, ao apresentar , porque articula a participação do Corinthians na construção de um novo estádio em São Paulo para a Copa-2014.

    Opção 2: O Rosenberg é membro do comitê bambi em prol da candidatura do Trambolho do Jardim Leonor à Copa-2014, e, essa proposta ridícula de reforma e arrendamento do Pacaembu, pretende implodir a pretensão dos corinthianos de construir um novo estádio para o clube, vinculado à realização da Copa do Mundo em nosso país.

    Opção 3: O Rosenberg está louco, como se conclui por essa proposta ridícula de reforma e arrendamento do Pacaembu.

    Comentário: Fico com a opção “3”

    Curtir

  9. Thiago disse:

    Eu sou a favor do PACAEMBU, é o melhor estadio para se ver jogo, mais bem localizado, e as possibilidades são enormes para transformar aquilo em LUCRO. 30 anos é anos ALOT o clube tem 99 anos porra.

    Comentário: Como transformar aquilo em lucro e em quanto tempo?

    Curtir

  10. Bom, Silvinho ótimo post…parabéns, gostei dos comentários também, não sou arquiteto mas no projeto está previsto o arredondamento do estádio, implodindo o tobogã, mas se voce observar direitinho, verá que não tem espaço para a tal reforma sem derrubar o “clubinho”.
    Fora isso, vamos rezar pra “São Lula”, pois nesse quesito estádio acho que o Andrés está vacilando. Voce não acha??????

    Comentário: No projeto não está previsto o fechamento do anel por causa da “ventilação” no estádio, portanto, ficaria daquele jeito mesmo

    Curtir

  11. Mauro Ben Yossef disse:

    Com R$100 milhões,não dá pra reformar e aumentar a capacidade da fazendinha ???

    Fazer um estádio aconchegante para os Corinthianos e um Inferno para visitantes…

    40 mil pessoas, restaurante, lojas e camarotes ???

    Comentário: Não sei quanto a valores, mas espaço para isso tudo tem sim

    Curtir

  12. eliandro disse:

    Silvinho de uma olhada no projeto do Independent da argentina, é um projeto bacana e bem organizado.
    http://www.caindependiente.com/estadio/. Em uma economia muito menor que a nossa eles conseguem pq o Sr Rosemberg não gasta a energia em alguma coisa boa para o clube.

    Comentário: É totalmente possível fazer igualzinho no Parque São Jorge

    Curtir

  13. João Roberto disse:

    Silvinho, nem sei mais o que dizer !!!

    Qualquer um que voce perguntar, prefere investir na Fazendinha que é nossa do que no pacaembu que nunca sera definitivamente nosso.

    somente este argumento já basta para parar com esta loucura de pacaembu.

    Você não pode perguntar para o Andres porque ele esta aceitando esta loucura do Rosemberg ??

    Está tudo muito estranho nisso tudo !!

    Comentário: Acho realmente estranha esta obsessão do Rosenberg pelo Pacaembu

    Curtir

  14. P. Martins disse:

    Projeto ridículo.
    Eu ouvi uma entrevista de um tal secretário aí (responsável pelo Pacaembú) numa radio, falando que o tobagã poderia sim ser demolido, pois o mesmo não faz parte do patrimônio tombado (por ter sido construído depois) e o Corinthians poderia fechar então o anel.
    Não entendi este projeto, com a colocação do Rosemberg de que não há chance de o anel ser fechado.

    Rídiculo, definitivamente Pacaembú não!

    Comentário: 100 milhões injetados nisso. Nem a pau!

    Curtir

  15. Samuel disse:

    Silvinho, tô que nem você.

    Essa história de Pacaembu me dá calafrios, mas esse projeto me deixou aliviado.

    Pior que isso impossível. Então, se os loucos do Conselho aprovarem esse absurdo aí pode fechar o clube.

    Isso não passa nunca.

    O Rosemberg, que até hoje foi só merecedor de elogios, com essa maluquice tá louquinho prá cavar a própria cova.

    Vamos reformar a fazendinha para 25 mil pessoas e tocar nossa vida.

    Depois podemos sonhar com estádio próprio. Não essa cretinice do Pacaembu patrocinada pelo prefeito bambi e por toda a diretoria bambi.

    Rosemberg, não vacila mano.

    Valeu!

    Comentário: Não sei se este projeto seria aprovado no Conselho, tenho minhas dúvidas

    Curtir

  16. Wiliam Junior disse:

    Rosemberg se tornará uma grande besta ou bestial.
    Empréstimo de 100 milhões com juros condizentes com o mercado ? Imaginou para quanto vai a dívida do clube que ficará para o próximo presidente pagar ? Rosemberg devia estar chapado quando apresentou esse projeto.

    Comentário: E no cronograma não vi apreciação e aprovação (ou não) do Conselho Deliberativo

    Curtir

  17. Adriano disse:

    Vendo este projeto absurdo e considerando que o Rosemberg não surtou, creio que tudo isso é um jogo de cena e que o Corinthians está sim trabalhando para ter um novo estádio e consequentemente ter a honra de realizar a bertura da Copa do Mundo de 2014.

    (Pelo menos espero)

    Comentário: É apenas um esboço de um pré-projeto, mas a coisa toda não sai disso mesmo

    Curtir

  18. will delgado disse:

    olá Silvinho, com essa história de Copa 2014, o Murumbi sendo criticado pela FIFA, eu pensei que a diretoria do Corinthians fosse um pouco mais inteligente, e desenvolveria um projeto p/ construir uma nova arena e passar a rasteira no SPFW. pois até um cego consegue ver que o Pacaembu não é rentável e está tão obsoleto quanto o Morumbi. Não é possivel que diante do evento mais visto no mundo não aparecem os investidores.

    Comentário: Sim, aparecerão investidores e espero que não coloquem um centavo naquele Museu do Jardim Leonor

    Curtir

  19. Alessandro disse:

    Ei Silvinho!
    Dei uma olhada no Blogui do BQTM…postei umas perguntas pra ele…ele não vai aceitar mas as vezes lê pelo menos! Vi que ele enxeu a bola do Sub-18 tricolor…disse que o time se portou muito bem com fair-play e já está classificado pro mundial de 2010 sem dar vexame, a materia tinha um comentário apenas de uma frutinha do panetone…insultando os corinthianos chamando daqueles velhos apelidos sem criatividade, e fazendo as mesmas piadinhas mas velhas que andar prea frente sobre Libertadores, passaporte, estádio…blábláblá…e no Final o cara colocou em maiúsculo com um chupa galinhada com um “sonoro” HAHAHA…e o que se diz Corintihano aceita isso!?
    tenho uma implicancia com esse imbecil…tá loko!
    ABRAÇO CARA…A MATÉRIA DE ONTEM TAVA O BICHO!VALEU A INFORMAÇÃO!

    Comentário: Aquela Tribuna virou espaço exclusivo da bicharada

    Curtir

    • Jota disse:

      Ele se lembrou de colocar a observação que o SPFW já foi devidamente eliminado das finais desse torneio e disputará apenas o 3º lugar???
      Ninguém dá destaque para esse detalhe.

      Comentário: Parabéns bicharada, pela disputa do 3º lugar. SPFW é Brasil no SUB-18…

      Curtir

  20. Cassio disse:

    O “projeto” é ridículo, nem merece mais comentários, agora pergunto o seguinte… por diversas vezes o Sanchez já falou que assumir o Pacaembu seria um erro, eu já vi ele falando isso, inclusive pessoalmente, por que então deixar o Rosemberg fazer esse alarde todo?

    Comentário:Acho que está vendo onde isso vai dar

    Curtir

  21. Vinícius disse:

    Como incompetência pouca é bobagem, não duvido nada…

    Comentário: Esse projeto é uma barca furada

    Curtir

  22. David Campos disse:

    Silvinho, vamos tentar adivinhar o futuro?
    2014,Copa no Brasil. São Paulo perde a inauguração e vai pra Brasília. Corinthians continua jogando no Pacaembú e sem estádio!
    Infelizmente os fatos nos levam à crer.
    Muita volta e estamos ficando tontos.

    Comentário: Espero que suas previsões estejam erradas, mas não deixam de ter certa procedência

    Curtir

  23. Álvaro disse:

    Silvio,

    Você ficou sabendo que o Ronaldo foi ontem para os E.U.A. e participou de um almoço, você tem idéia do que se trata?
    Será que é um anuncio de que ele vai embora em 2010?

    Comentário: Não sei sobre este almoço e mesmo que fosse, o que teria a ver com saída em 2010. Mas gente coisa é outra fina, o cara vai almoçar nos Estados Unidos?

    Curtir

    • Álvaro disse:

      A pouco tempo atrás o Neto disse que o Ronaldo havia recebido uma proposta de U$$ 25 milhões para tentar popularizar novamente o futebol nos E.U.A., na época o Ronaldo ainda brincou dizendo que só saia se o Corinthians quisesse vender, o preparador físico pessoal do Ronaldo , na época disse que o Ronaldo não sairia porque dinheiro não era problema e que ele esta muito feliz no clube, mas é aquilo, ninguém vai no dia de folga almoçar ou jantar nos E.U.A sem algum motivo bem forte.

      http://www.vooz.com.br/noticias/ronaldo-janta-em-nova-york-e-amanhece-no-corinthians-6203.html

      Comentário: Jantar em Nova York e voltar não é pra qualquer um

      Curtir

  24. Andy disse:

    Devemos criar uma campanha??? rsss

    Abs!

    Comentário: Opa, com certeza. Já está lançado o Pacaembu, Não!

    Curtir

  25. Randao disse:

    É um brincalhão.
    Pacaembu, jamais.
    Somente, poderia ser analisado, se fosse possível, como colocado por alguns aqui, aumentar a sua capacidade. O que parece que não é o caso.
    Estou entre aqueles que acreditam que o mais importante seja construir um CT de verdade e sanar financeiramente o Clube. Daí então, fazer um projeto decente de estádio e executá-lo.

    Comentário: Sim, esta deve ser a ordem de prioridades: CT, Sanar Dívidas, Estádio…

    Curtir

  26. Regi disse:

    Silvio, juro que nao entendo essa viagem do Corinthians em relacao ao Pacaembu.
    Vou ser curto e grosso, esse projeto para mim é um lixo.
    Só para podermos debater um pouco gostaria de ver suas considerações.

    1) Teremos 2 estadios (e afim de contas nao teremos nenhum)- Pq Sao Jorge e Pacaembu. Equacao simples, CUSTO DE MANUTENÇÃO X 2
    2) Vamos ter que arcar com os custos de manutencao do clube social do Paca tb?
    3) Que investidores? Os mesmos que iam pagar 30 milhoes so no patrocinio principal de nossa camisa?
    4) Arrendamos o estadio e de cara já ficaremos mais de 1 ano sem o mesmo, por conta das reformas…muito bom negocio.
    5) Estacionamento na parte do clube social? É isso mesmo? a associacao dos Moradores do Pacaembu vai adorar.
    espero que pessoas de bom senso dentro do Corinthians nao permitam essa sandice do Pacaembu

    Abcs
    Regi

    Comentário: Até onde eu tenha conhecimento, no clube não se mexe. Achei estranha esta idéia de se fazer um estacionamento ali.

    Curtir

  27. Thiago disse:

    se é pra buscar recurso, busque para um novo.

    Comentário: Empréstimo de 100 milhões para reformar o Pacaembu é rasgar dinheiro

    Curtir

  28. Rafael disse:

    Silvio,
    sei que nao gosta da Folha de Sao Paulo, mas olha o que saiu no Painel FC.

    Acho que o time do Jardim Leonor esta sentindo a agua batendo na bunda…hehehehe

    “Plano B
    O São Paulo, que teve seu projeto de estádio para a Copa criticado pela Fifa, já defende a ideia de o município contar com duas sedes para o Mundial-2014. Uma delas seria o Morumbi. Segundo o raciocínio dos são-paulinos, a cidade tem hoje 11 milhões de habitantes, soma superior a todas as sedes da África do Sul. Dessa forma, dois estádios poderiam receber jogos da Copa na capital paulista. Outro fator a favor da ideia é a rede hoteleira e de transportes terem condições de comportar o grande influxo de pessoas.”

    Comentário: SP emplacou uma sede pela força política, já que o projeto feito por estagiários de curso de desenho técnico do jardim leonor emporcalharam nossa imagem perante a Fifa. Duas sedes? Acho impossível

    Curtir

  29. Rafael disse:

    Deixa eu ver se entendi.

    Gastar uma fortuna com um estadio que depois de +- 30 anos sera devolvido para a Prefeitura. A troco do que o clube faria isso?

    Juro que nao entendo o motivo que o Rosemberg insiste com o o Pacaembu.

    Espero que isso nao prospere.

    abs

    Comentário: Não prosperá, tenho quase certeza

    Curtir

  30. ELia bacha disse:

    CARO ROMUALDO TENHO ALGUMAS PERGUNTAS SOBRE O CORINTHIANS QUE QUERO LHE FAZER

    – o FIEL TORCEDOR, QUAL O VALOR PAGO MENSALMENTE? 75 REAIS POR ANO? 15 REAIS POR MES? OU VARIA DE QUE FORMA? qUAL A MEDIA QUE CADA UM DOS 35 MIL CADASTRADOS PAGA PRO TIMAO?
    R) Varia de acordo com o plano que você optar. Não tenho de cabeça, mas acesse o site e lá tem todas as informações: http://www.fieltorcedor.com.br/index.asp

    – ROSENBERG EH UM ECONOMISTA CONCEITUADO, ELE PODE CONSEGUIR ESSE DINHEIRO DA REFORMA DO PACAEMBU NO BNDES POR JUROS DE MENOS DE 10%A.A cOM UMA BOA CARENCIA. vOCE NAO ACHA QUE ELE TEM UM PROJETO MUITO BEM CALCULADO PROVANDO QUE VALE A PENA ESSE ARRENDAMENTO? OU ELE EH UM SAO PAULINO ENRUSTIDO QUERENDO QUEBRAR O TIMAO?
    R) Rosenberg é um visionário e está sonhando acordado com este arrendamento

    – VOCE NAO ACHA ERRADO AS TORCIDAS ORGANIZADAS TEREM DIREITO AO MESMO DESCONTO E AS MESMAS PRIORIDADES DO PROGRAMA “FIEL TORCEDOR”, VOCE NAO ACHA QUE OS MEMBROS DAS ORGANIZADAS DEVIAM INVES DE PAGAR MENSALIDADE AS ORGANIZADAS PAGAR O PROGRAMA “FIEL TORCEDOR?
    R)Muitos organizados aderiram ao Fiel Torcedor e pagam como qualquer associado

    – AONDE ANDA AS MUMIAS ROQUE CITADINI E RUBENS APROBATTO?
    R) Um nos prejudicando no STJD e o outro preocupado com as demandas jurídicas do seu pupilo

    – COMO VAI O PROCESSO DE EXPULSA DE CARLA DUALIB?
    R) Não existe processo de expulsão de Carla Dualib. Por enquanto

    – NAO TERIAM MOTIVOS PRA EXPULSAR TB O BLOGUEIRO QUE TEM MEDO?
    R) Existem 2 processos internos no clube solicitando providências contra este “associado”.

    – VOCE ACHA MAIS FACIL MODERNIZAR O PACAEMBU OU O MORUMBI?
    R) Acho mais fácil Saci cruzar as pernas e uma vaca sair voando

    – QUANTOS PORCENTO DO FATURAMENTO DAS LOJAS PODEROSO TIMAO VAO PRO CAIXA DO CURINTHIAN? R) Não tenho esta informação, mas vou buscar

    – O LULINHA VAI PRO BENFICA MERMO?( O EMPRESARIO DELE FAZ MILAGRE). R) Quer saber? Por enquanto acho que foi só plantação do Wagner Ribeiro

    – MORAIS VAI FICAR…OTIMO PRO TIMAO, NAO ACHA? R) Não sei. Não vejo tanto futebol nele assim que justifique um esforço enorme para mante-lo no clube

    ABRACO CARO ROMUALDO.

    Abraço

    Curtir

  31. Adriano Babo disse:

    Acredito que a concessão do estádio é inviável, o investimento a ser feito é alto. Se fosse a compra do estádio seria interessante. Tem que levar em conta que o estádio não permite reformas estruturais. Remover o tobogan, terminar as arquibancadas e rebaixar o gramado seria excelente, acredito que o estádio chegaria próximo a 50k visitantes.

    Silvinho, acredito que o Corinthians esta trabalhando nos bastidores para tirar o Morumbi da Copa, essa do Pacaembu é jogo de cena. É preciso levar em conta que a construção de um estádio desenvolve a região e gera muitos empregos. Porém, vai ter muita gente ‘ganhando por fora’, não importa o partido que estiver no governo, todo político quer ‘tirar um pouco’, triste realidade, mas vimos isso no PAN.

    Sou contra o Morumbi pois é um péssimo estádio para assistir jogos e para chegar até é ‘osso’.
    Não deveria ter copa no Brasil, será uma copa para Inglês ver. Agora já foi, tem que fazer e que seja bem feito. Que a prefeitura, governo do estado e federal construam um estádio que represente a maior cidade do hemisfério sul. Algo que não só os Paulistas, mas também todo Brasil se orgulhe. Morumbi é uma vergonha.

    Comentário: A Copa do Mundo seria uma ótima oportunidade para melhorarmos a qualidade de vida da população. Mas pelo que estou vendo, será uma ótima oportunidade para os especuladores imobiliários, empresários oportunistas e políticos. A nós, restará o ônus da quebradeira econômica

    Curtir

  32. betao japao disse:

    certo eh ganhar um estadio novinho pra no minimo 80 mil pessoas ,apesar que os bambis e porquinhos nao iam gostar nenhum pouquinho……….presente eh presente e cavalo dado nao olha os dentes…….O ZE ROBERTO VEM OU NAO VEM?????? ACHO QUE A DIRETORIA DO CORINTHIANS ESTA ESPERANDO VER SE EH CAMPEAO DA COPA DO BRASIL PRA ANUNCIAR ELE

    Comentário: Se a diretoria tem esta carta na manga, esta conseguindo esconder muito bem

    Curtir

  33. Luizão disse:

    Olha Silvio, a única coisa boa do Pacaembú é a localização. De resto, só se fosse tudo , absolutamente tudo, derrubado e começassem do zero um novo estádio, incluindo tudo que um estádio moderno tem direito, pra essa bobagem valer a pena.

    Comentário: Se fosse permitido derrubar aquilo tudo, ai sim seria uma ótima oportunidade para levantar uma Arena bem localizada. Mas isso é impossível

    Curtir

  34. Ronaldo disse:

    Deus nos salve deste mico. AFFFF!

    Se puder, passe no meu blog e veja a sugestão de arrecadação inicial para a construção do estádio.

    Claro, só mais uma idéia entre milhões, mas como sou do mercado financeiro e imobiliário, sei o que atrai as construtoras.

    Abraços!

    Comentário: Opa, ótimo post, ótimo texto.Parabéns

    Abraço

    Curtir

  35. moises disse:

    por sorte , o corinthians fracassa em tudo quando o assunto é estádio , e dessa vez nao vai ser diferente

    1 – nesse desenho do jt , não achei a tal da ampliação para 45 mil pessoas
    2 – pq o rosemberg fala de estádio pro centenário se o “novo” pacaembu só ficaria pronto em 2012?
    3 – pq o rosemberg não pega esses 100 milhões e coloca na fazendinha?

    o andrés sanches deixando o rosemberg insistir nessa idéia , mostra q o sanches disistiu de um novo estádio

    Comentário: Não vejo como aumentar a capacidade do Pacaembu para mais 8 mil pessoas

    Curtir

  36. Edilson disse:

    Esse projeto de reforma é tosco e o financiamento imaginado é uma aberração. Sinceramente, espero que isso seja especulação da imprensa, pois não consigo imaginar alguém da diretoria do Corinthians propondo essa maluquice. Eu já era contra o arrendamento do pacaembu e se realmente for esse o projeto, seria inaceitável. Será que não dá para buscarmos alguma alternativa para a construção de um novo estádio, principalmente aproveitando a copa do mundo (e considerando que o panetone é um lixo)? Silvinho, que tal você conseguir uma posição do Andrés sobre esse assunto, seria uma boa, hein.

    Comentário: É apenas um esboço de um pré-projeto, mas em suma, a coisa gira em torno disso mesmo.

    Curtir

  37. Ricardo disse:

    Boa Noite Silvinho,

    No começo eu era contra a concessão, mas tendo em vista que não tem nem projeto para a construção de uma nova arena acho que o pacambu a curto prazo pode dar certo, mas não podemos deixar de ter o nosso estadio.

    Comentário: Em curto prazo teremos nosso Ct. Assim espero e acompanharei

    Curtir

    • Cassio disse:

      Em curto prazo teremos dívidas superiores a R$ 100 M com bancos… para algo que não é nosso.

      Comentário: Gerando ainda mais dívidas para o clube

      Curtir

  38. DANIEL disse:

    Gostei da sugestão Silvinho: Fazer pista de cooper para os moradores do Pacaembu, no lugar do estádio.rs

    Comentário: Eles adorariam. E no lugar do Piscinão, uma banheira cheia de Gatorade

    Curtir

  39. paulomonteiro disse:

    a prefeitura que se lasque com o pacaembu, que morram abraçados e afundados em um mar de lama que e’ a administração desse elefante branco….e o povinho metido do bairro que se lasque tb

    Comentário: Sugiro que derrubem o Pacaembu e o transforme numa enorme pista de cooper para os moradores do Pacaembu

    Curtir

  40. Alan disse:

    Silvio, pelo amor de Deus, Pacaembu NÃO!

    Comentário: Isso não vai vingar

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: