Memórias do futebol: Uma das maiores vergonhas do futebol brasileiro

A mídia abutre, vendida e comprometida, pouco explorou esse fato.

É lógico, os chefes de redação sempre com seus rabos presos com o time das madames, jamais poderia explorar, como se deveria, tal vergonha.

Em 2003 jogaram Sao Paulo e Santo Andre, no Morumbi.

O empate era favorável às duas equipes.

O time do Jardim Leonor saiu na frente em considerável vantagem, 2 gols.

Mas a partir dos 25 minutos do segundo tempo o que se assistiu foi uma das maiores vergonhas do futebol brasileiro.

O time das Madames permitiu que a equipe do ABC chegasse ao empate, no primeiro gol praticamente deixando que os jogadores andreenses invadissem a área.

E no segundo, falhas bisonhas, claramente produzidas, um show de horrores.

Na época, até Flávio Prado se revoltou contra a marmelada.

Repórteres da Rádio Jovem Pan, a mais tricolor das emissoras paulistas, também revelaram sua indignação com o que se viu ali.

Mas essa não seria a última marmelada em que a equipe de madames se envolveria.

Anos depois, entregariam um jogo ao Fluminense, no campeonato brasileiro, objetivando prejudicar o Corinthians.

Assim é a história, que insistem em apagá-la.

E assim vai construindo a sua história o clube que se julga de vanguarda, mas não passa de um mero produto da mídia.

 

Em tempo: Continuo com o firme propósito que neste ano, conquistaremos mais um Paulistão a ser comemorado no velho São de Festas, como nos velhos tempos, jogando como visitante, é claro.

24 Responses to Memórias do futebol: Uma das maiores vergonhas do futebol brasileiro

  1. Massa Fiel disse:

    Silvio, vc viu a entrevista do Silvio Luís no Roda viva onde ele fala da pressão que comitê de arbitragem fez pra ele ferrar a portuguesa e entregar o título pros bambis? Ele fala disso aos 43 minutos.

    Curtir

  2. Carlos disse:

    Vale lembrar também aquela entregada que a bicharada tentou, mas não conseguiu, naquele jogo contra o Juventos, para rebaixar o Corinthians no Paulistão:

    As bichinhas gritando “entrega” na arquibancada, Rogéria Diceni pulando para não chegar nas bolas, o time andando em campo… Mas o Grafite resolveu jogar sério, garantiu a vitória das bichas e quase foi escorraçado do 5a0 paulo.

    Hoje, quando a bicharada fala sobre aquele jogo, diz que “salvaram a gente”… Ordinárias!

    Curtir

    • Carlos Alberto disse:

      Carlos,queira ou não foi uma página infeliz em nossa história. Só não podemos esquecer que quem estava a frente do futebol do Coringão era o Citadini….

      Curtir

  3. thiago disse:

    Não trato esse time como rival porque tenho nojo desse time, que se acha tanto e no fundo é o time mais ajudado pelos bastidores,por apito e pela midia escrota, eles acham que só porque ganharam 3 neorose se acham melhores que os outros mais na epoca que ganharam a libertadores era um campeonato chufrinho que não valia nada e só por isso ganharam, até hoje a libertadores é uma merda só vale porque ainda não gahamos e leva ao verdadeiro mundial, mais o lugar delas ta sendo colocado no seu devido lugar desde de 2008 não ganha nada e se depender do timão não vão ganhar mais nada podem apostar.

    Curtir

  4. fabricio macedo disse:

    Tudo que diz respeito ao SPFW é maquiado pela mídia suja. Qdo é um assunto que desmereça o clube é omitido e o contrario é superdimencionado. É incrível que nunca ouvi ou vi ninguem falando que a primeira libertadores deles foi conquistada com um penalti que não existiu em cima do Macedo. Imaginem se fosse o Timão que tivesse ganhado dessa forma!!!!

    Curtir

  5. otrebor disse:

    Inclua nesta vergonha o pênalti marcado para o bamby na primeira “conquista” delas na libertadores.
    O macedo se jogou, o juizão que havia sido recepcionado carinhosamente pelas barbies assinalou o “pênalti”.

    Curtir

  6. Carlos Alberto disse:

    Silvinho, duvido que o Flávio Prado se “revoltou” e os repórteres da Jovem Pan se “indignaram” com a atitude desse time.

    Curtir

  7. NINO disse:

    Silvio, este SPFW sempre foi uma farsa, estádio construido com dinheiro do governo paulista graças ao sujo do Laudo Natel.
    Roubaram o terreno dos alemães(germania) e queriam roubar o estadio do Palestra.Dizem que o Campeonato Paulista não tem valor, mas eles querem o titulo de 1931 e nem existiam!
    Querem o Paulista de 2002, mas nem disputaram(O campeão todos sabem foi o Ituano).
    Time da Jovem Pan e ESPN, dois lixo!
    Sou Corinthiano e sempre digo: O Palmeiras é rival, mas o SPFW é INIMIGO.

    Curtir

  8. david disse:

    SPFW não é nada, é lixo com uma das mais horríveis histórias do futebol.
    Na minha familia só tem um Bambi e ele é a ovelha negra até pelas atitudes, parece que o espírito medíocre do SPFW habita na maioria de seus torcedores

    Curtir

  9. Thiago disse:

    Sou bambi e minha vida é uma merda

    Curtir

  10. thiago disse:

    Silvio o que eu to vendo é que elas tão disisperadas junto com todos antis de plantão a cada dia vejo o desespero, o pior é que a diretoria ve tudo calada deveria se manisfestar mais, aquele renato mauricio prado ta demais, e cada dia vai fica pior ainda mais se ganharmos essa merda de libertadores ai vão ter um infarto.

    Curtir

  11. Cesar disse:

    Trata-se de um clube sem alma e sem identidade, dono de uma torcida que não tem paixão, efêmera, volátil e descartável. E, como se não bastasse, dono de uma imagem pejorativa consagrada, que espanta novos torcedores mirins a cada dia que passa: o “bambi”.

    E, justamente por se tratar de uma torcida sem identidade, sem uma marca (exceto a pejorativa do bambi), é que eles tentam, a todo custo copiar o clube mais importante do País.

    Corinthians é uma marca poderosa, dona de uma identidade fortíssima: existem diversos times, mas só o Corinthians é “Timão”; existem diversos torcedores, alguns fiéis, mas só a do Corinthians é dona do título de “a Fiel”. Uns dizem “sou palmeirense, sou botafoguense”, etc, enquanto que o corintiano diz: “Aqui é Corinthians!”

    São Paulo não é uma marca e jamais será, como eles tentam vender na mídia: é nome de cidade, é nome de santo, mas nunca uma marca. Você fala “Corinthians”, você associa ao clube poderoso e mais importante, ao passo que qdo vc diz “São Paulo”, uma série de coisas muito mais importantes que o clube sem identidade são associadas.

    Para sacanear um torcedor sãopaulino, nasta pedir a ele para dizer a data de fundação do seu clube (aliás, difícil mesmo para um clube que tem 3 datas de fundação), ou para cantar a segunda parte do hino: garanto que a grande maioria não vai saber.

    E… vai Corinthians! O Clube Mais Importante do País!

    Curtir

    • Claudio Marques disse:

      Um dia, num roda de amigos torcedores de vários times, eu desafiei um bambi a cantar o hino do seu time. Sabe como ele cantou? Salve o São Paulo, o campeão dos campeões, ternamente dentro dos nossos corações. Cantou sério, não estava brincando não! Riso geral. O cara ficou constrangido pra caramba! E todos viram a grandeza do todo poderoso Timão!

      Curtir

    • Ricardo de Lima disse:

      CESAR, SENSACIONAL …

      Curtir

  12. Múcio Rodolfo. disse:

    Como um time que se diz fundado em 1935 reivindica para si um título de um campeonato disputado em 1931? A coisas que só os bambis conseguem….

    Curtir

  13. jony disse:

    em entrevista ao roda viva esta semana, aos 43min o @silvioluiz fala sobre pressão para favorecer um certo time quando ele era árbitro http://tvcultura.cmais.com.br/rodaviva/silvio-luiz-e-o-convidado-do-roda-viva

    o certo time é aquele ligado à ditadura vigente na época do ocorrido.

    Curtir

  14. Múcio Rodolfo. disse:

    1- No primeiro gol o zagueirão dos bambis tirou levantou a perna para que a bola passasse. No segundo gol, o “mito” se jogou dentro do gol para “tentar” fazer a defesa. Algo bem parecido com o que o Flunimed fez no jogo contra o Vasco na penultima rodada do brasileirão do ano passado.
    2- Em 2003 o Manjubinha perdeu para a Santista depois de décadas e perdeu no Havaianas Arena para os bambis. Se o prejudicado naquele ano fosse o Corinthians, a midia cor-de-rosa e aburtista diria que o Corinthians não poderia reclamar por não ter feito a sua parte.
    3- Os bambis naquele ano tinham um ataque bonzinho, mas uma defesa lastimável. Basta ver o que Liedson e Jorge Wagner aprontaram em cima dela naqulea final (a ultima que ganhamos no panetone).

    Curtir

  15. Celso 1° disse:

    Estes bambis ja fizeram e fazem muitas falcatruas, tudo encoberto pela mídia abutre.
    Fez bem o Andres em colocar este clubeco em seu devido lugar, na insignificância.
    Vivem de discurso para se acharem grandes, se agarram a libertadores com toda a juda da mídia(pra mídia, a partir de 92, a libertadores faz de um time grande), e, na estratégia de tentar forjar uma grandeza inexistente, ja montavam mais um discurso de o “morumbi abrindo a copa e o SPFC 25 anos na frente dos rivais”, mas a FIFA vetou(VETO TÉCNICO, NÃO BANCARAM O PROJETO DE REBAIXAMENTO DO GRAMADO) aquele lixo de panetone e Itaquera surgiu como opção, o plano delas deu errado e hj amarguram derrotas e derrotas do coringão dentro e fora de campo, como tem que ser,a final não passam de um clubeco sem torcida com uma grandeza sustentada por discursos da mídia roso.
    NA hora de fechar um patrocínio, por ex, a tal grandeza deles não aparece, libertadorees não traz grandeza nenhuma, é tudo fantasia.

    Quem disse que estas bixas pipoqueiras vão pra final???

    Quero que o coringão fique em primeiro, a festa tem que ser no paca, aquele panetone não merece holofotes, tem que permanecer como esta cheio de teia de aranhas tamanho abandono kkk
    Vai corinthians, rumo ao título no paca lotado!

    Ah, e no Brasileirão temos que conquistar o título na penultima rodada no paca, nada de panetone com holofotes.

    Curtir

  16. Paulo disse:

    Sílvio, de fato, o hábito de entregar desse time vem de longe. Porém, insatisfeitos em entregar jogos para se locupletar ou pelo puro prazer de prejudicar adversários, eles já intentaram também “tomar” o que não lhes pertencia. Vide episódios das primeiras insolvências; da tentativa de expropriar em proveito próprio o Parque Antártica, durante a 2a. Guerra Mundial; da “aquisição e incorporação” de La Bambinera. Pra não falar das influências nefastas do ex-Governador Laudo Natel sobre arbitragens, em início da década de 70, quando amargavam uma fila semelhante à nossa; de 1977, no Mineirão; dos bastidores de 1986 em Campinas; do “Madonnagate” em 2008, com gol a favor impedido contra o Goiás e várias arbitragens facciosas contra o Gaymio ( até então, Ricardo Teixeira era bom ); etc, etc, etc. Enfim, a “história” desse clube nefasto e nefando deveria ser reescrita, pois se constitui na maior mentira do nosso esporte bretão, inclusive para que muitos torcedores modinha desinformados e alienados, que se têm como modelos de ética ( pasmem ), possam se reencontrar com a verdade e, quem sabe, daqui pra frente construírem outra narrativa, embora eu ache improvável, pois sempre se abeberaram no Poder e já têm a boca torta pelo uso continuado do cachimbo. Além disso, um clube sem identidade precisa forjá-la, daí a estratégica cumplicidade com a imprensa e o Poder ( esta só dobrada agora, no episódio da escolha do nosso estádio pela FIFA, pelo belo trabalho de bastidores realizado por Sanchez, Lula e Rosemberg, e pelo risco real de perder a abertura a que expuseram a maior cidade do País, diante da sua já tradicional soberba e arrogância, processo no qual invocaram até o “non ducor, duco”, orgulho dos paulistas, em uníssono com a Jovem Pan e outros asseclas da mídia, lembro-me bem ). Mesmo assim, estão pra ganhar um monotrilho de 3 bilhões absolutamente injustificável sob os prismas jurídico e de política social, à revelia da população de São Paulo, e sob o silêncio colossal da imprensa ( o que só comprova o que eu disse acima ).

    Curtir

  17. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    Me lembro dessa partida, prejudicaram as sardinhas. ” O time de vanguarda, o time de elite, o time dos bons costumes” deu vexame.

    Alias você poderia ir mais a fundo nessas memórias e ver se o clube Germânia não quer cobrar o terreno que os bâmbis devem para eles até hoje !!!

    Pessach Sameach !!!

    Curtir

  18. Roberto disse:

    Silvio
    Esse time do JD.Leonor/Vila Sonia, náo te, nem data de fundação
    Pode perguntar para qualquer torcedor Bambi, eles não sabem a data.
    Alias, esse time é o rei das falcatruas, desde a nebulosa historia da imbiliaria Aricanduva que ´VENDEU´ o terreno(SIC), para ser construido LA BAMBINERA OU o tambem conhecido estadio Panetone

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: