O Porquê do Vai Corinthians: Por Rafael Castilho

Vai Corinthians!

Quantas vezes você diz e ouve um Vai Corinthians! diariamente?

Hoje, na feira, foram muitos. A cada corinthiano que se cruza nas ruas, Vai Corinthians!

O corinthiano Rafael Castilho, excelente com as palavras, resolveu escrever sobre o assunto.

Foi perfeito.

(Rafael Castilho é Sociólogo, Pós-Graduado em Política e Relações Internacionais. É Consultor e Coordenador de Projetos. Incorrigível Corinthiano doente! e titular do Blog do Rafael Castilho)

Clique aqui e acesse o link original do Blog do Castilho

 

O Porquê do Vai Corinthians: Por Rafael Castilho

Vez por outra, algumas pessoas perguntam o porquê do “Vai Corinthians”.

Curiosos, tentam entender porque inevitavelmente exclamamos “Aqui é Corinthians”.

 

Qual seria o significado destas exaltações?

 

A mágica de ser corinthiano não se revela somente no ato de torcer pelo Timão dentro das quatro linhas.

 

O jogo do Corinthians é uma forma de interpretação da realidade. A maneira como celebramos as vitórias ou lamentamos as derrotas é uma representação da vida da nossa gente.

 

O sofrimento, a superação, a desilusão, o engano, a paixão, a época de vacas gordas, ou as vezes de vacas magras…

 

A sorte, o revés, a resignação e a euforia.

 

A plena compreensão de que nada vem fácil na vida da gente.

 

Nada do que acontece dentro de campo pode fazer sentido sem que haja uma correspondência com a vida social cotidiana.

 

Mas tal qual aquele ditado em que “a vida imita a arte”, podemos dizer que além do Corinthians jogar o jogo como a gente joga a vida, o contrário também é verdadeiro, ou seja, experimentamos nossa vida reproduzindo a cada momento uma espécie de ética corinthiana.

 

Uma ideologia que aspiramos nas partidas de futebol, de alguma forma passa a orientar o nosso comportamento.

 

Tentarei ser um pouco mais claro.

 

Quando alguém te oferece uma cerveja, mas revela timidamente que vai te servir naquele famoso copo do requeijão, você responde: “Por favor, aqui é Corinthians!”.

 

Você é chamado para uma entrevista de emprego. Um trabalho que você esperava há tempos. Ao entrar na reunião você murmura quase em silêncio:  “Vai Corinthians!”.

 

Ao ajudar um amigo com a mudança, ou mesmo dar aquela força para carregar cimento e “encher a laje” da casa que o cara está construindo com muito esforço. Se o camarada demonstra gratidão e oferece um abraço, é muito comum chegar no cara e dizer: “ô mano, é nois. Cê ta ligado que Aqui é Corinthians!”.

 

A mulher da tua vida sorri para você. Olha nos seus olhos e te oferece um beijo. O beijo que você esperou durante dias, semanas, meses ou talvez a vida inteira. Ao voltar para casa você dará socos no ar e vai gritar para a rua inteira escutar “Vai Corinthians!”.

 

Ano novo. Vamos estourar um Champanhe? Só tem Cidra. Tem problema?

 

Adivinha: “Aqui é Corinthians”.

 

Bateram no seu carro. Ele estava sem seguro. Você terá de trabalhar meses para arrumar o carango. Bola pra frente. Vai Corinthians!

 

Quem nunca ouviu essa frase: “Oi filho, seja bem-vindo na minha casa. A casa é simples, mas recebe todo mundo muito bem. Não repara a bagunça”. Inevitável resposta: “Tia, aqui é Corinthians”.

 

Você foi promovido? Vai Corinthians.

 

Sua filha se formou na faculdade? Vai Corinthians.

 

Vai para a balada? Vai Corinthians.

 

Preserva e admira as coisas mais simples da vida? Aqui é Corinthians.

 

Identificou-se com este texto? Aqui é Corinthians!

 

Moral da História: “Vai Corinthians” e “Aqui é Corinthians” são  elogios a simplicidade. Demonstram uma satisfação com a própria identidade. Uma afirmação da nossa origem.

 

O Corinthians é a maior expressão de quem somos. Ele joga no campo reproduzindo nossa realidade.

 

Alguns acham que temos sorte, fazemos gols no final do jogo, vencemos pelo cansaço.

 

Outros que jogamos com raça.

 

Tudo bem. Isso não deixa de ser verdade.

 

Mas o que conta no final das contas é o seguinte: O Corinthians tem presença de espírito.

 

Nós somos o Corinthians.

 

E o Corinthians também está dentro de nós.

 

Aqui é Corinthians.
Anúncios

22 Responses to O Porquê do Vai Corinthians: Por Rafael Castilho

  1. roberto disse:

    Qual outro time suportaria a esta interminavel espera????
    o Santos ja grita que não tem dinheiro pra pagar o ganço que dirá o
    ex-temivel Neymar

    Curtir

  2. Suely disse:

    É Corinthians. Minha vida. Minha história. Meu amor.

    Curtir

  3. Cassia Monteiro - Dudinha da Fiel disse:

    VAAAAAAAAAAAAI CORINTHIANS!!!

    Curtir

  4. Eudes Cleber disse:

    PERFEITO, PERFEITO!!
    VAI CORINTHIANS!!

    Curtir

  5. Eliton da Silva disse:

    contra tudo e contra todos,VAI CORINTHIANS!!!!!

    Curtir

  6. FIEL disse:

    VAI, CORINTHIANS!!!

    Curtir

  7. FIEL disse:

    QUEM NÃO FOR CORINTHIANO, VAIPRAPUTAQUIOPARIU!

    Curtir

  8. FIEL disse:

    AQUI É CORINTHIANS!

    Curtir

  9. Renato disse:

    Ótimo texto, muito bom mesmo! Vai Corinthians!

    Curtir

  10. Franklin Bruno disse:

    E Vai Corinthians, porque Aqui é Corinthians!

    Curtir

  11. Marco ACT disse:

    Perfeito

    “Nós somos o Corinthians.

    E o Corinthians também está dentro de nós.

    Aqui é Corinthians.”

    Curtir

  12. Daniel louco disse:

    Texto muito legal ,uma pena que o blogueiro e um acéfalo petista q fora isso só escreve merda …vai corinthians !sempre

    Curtir

  13. Mario Csapo disse:

    Sensacional!!
    VAI CORINTHIANS!!!

    Curtir

  14. Paulo disse:

    Veio ao talante esse post pra mim, porque, um dia desses, ouvindo esse vocativo, lembrei-me de um episódio singular de minha infância, e não consigo me furtar a vontade de contar a história da primeira vez que eu ouvi essa expressão “Vai Corinthians”!, mesmo que alguns possam interpretar mal, achando que eu estou dando guarida às teses propagadas pelos antis de que marginais geralmente são corinthianos ou que dominamos os presídios. Longe disso, posso garantir, até porque, quem me contou, era uma criança como eu. Era início dos anos 70, eu experimentava os primeiros anos como corinthiano, que me tornei em 1969, tempos difíceis, como é sabido, e eu tinha um amigo são-paulino ( aqui não direi bambi porque pega mal pra mim e porque, na época, ainda não existia essa expressão, já que eles eram apenas os “pó-de-arroz”, hehehe ). Pois bem, esse colega, fanático pelo clube do Jd Leonor ( que na época também não chamávamos assim ), tinha o hábito incomum de escutar o Programa do Gil Gomes no rádio ( mesmo Gil Gomes que, por ironia do destino, anos depois, relataria um caso trágico na família desse amigo ). Um dia – contou-me ele -, escutando a narrativa do saudoso repórter policial, em seu programa matinal, acerca de um cidadão que havia sido preso pela polícia num jogo do Corinthians no Pacaembu, ficou vivamente impressionado que esse dito torcedor, saindo do estádio escoltado por dois policiais, aparentemente em transe e indiferente à sua triste sorte, e com o radinho colado no ouvido, só conseguia balbuciar: Vai Corinthians!

    Curtir

  15. Italiano disse:

    Demais , e VAI CORINTHIANS….

    Curtir

  16. Daiana disse:

    Nada vem fácil para o Corinthians.Corinthiano é sofredor,e nós amamos isso.Temos orgulho de torcermos para o clube mais apaixonante do Brasil.O clube mais amado e o mais odiado também,mas isso devido a inveja de tantos.VAI CORINTHIANNNNNNS!!!

    Curtir

  17. Décio Monteiro disse:

    Nada a acrescentar SOMENTE uma coisa a confirmar :

    AQUI TAMBPÉM É CORINTHIANS, então VAI CORINTHIANS !!!!!

    Curtir

  18. BASILIO77 disse:

    É nóis!

    Curtir

  19. Flávio Augusto disse:

    Aqui é Corinthians!

    Curtir

  20. valdesio disse:

    Muito bom texto, Aqui é Corinthians

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: