Ingresso: O cupom dourado dos novos tempos

No filme “A Fantástica Fábrica de Chocolates” (de preferência o original, com Gene Wilder, no papel de Willy Wonka) conta a história de um grupo de crianças que vence o concurso das barras de chocolateWonka e tem acesso à misteriosa, mágica e fantástica fábrica de chocolate, onde segredos bizarros da fabricação do produto estavam até então trancafiados a sete chaves.

Destaca-se neste filme a história do pobre garoto Charlie Bucket, que com muito sofrimento, mas também muita sorte, consegue encontrar o Cupom Dourado escondido numa das barras de chocolate Wonka, que lhe deu direito a visitar a Fábrica dos Sonhos.

E é assim, com enorme sorriso no rosto, que muitos corinthianos estão reagindo ao conseguir um ingresso para assistir a partida final da Libertadores, contra o Boca Juniors, no próximo dia 4 de julho, no Pacaembu.

Todos os ingressos estão praticamente esgotados para a decisão do dia 4 de julho.

Aos adeptos do Fiel Torcedor, restam apenas as arquibancadas amarelas, destinadas aos torcedores organizados credenciados na Federação Paulista.

Muitos os chamados, poucos os escolhidos.

Um clima de frustração invade a atmosfera de euforia daqueles que conseguiram seus ingressos.

Frustração e um pouco de revolta, também. Muitos estão se manifestando através das redes sociais com muita ira por não terem conseguido comprar seus ingressos.

O número de Fiéis Torcedores ultrapassa em quase 3 vezes a capacidade do estádio do Pacaembu.

E a capacidade do estádio é de apenas 0,1% do total de torcedores corinthianos que certamente gostariam de estar no Pacaembu na próxima quarta-feira.

E contra estes números não há como lutar e argumentar. São números frios e reais.

Pode-se questionar a prestação de serviço do Fiel Torcedor, a falta de informações que ás vezes remete à falta de transparência, isto sim é discutível.

Como por exemplo, como os ingressos da área Vip terminaram em tempo recorde e foram parar nas mãos de empresas como essa tal Ticketbis, que está cobrando arquibancadas a 2.236 reais e uma VIP por 11.850,80 (um verdadeiro crime de abuso de poder econômico, caso de polícia!!!)

De qualquer forma, neste momento, é que cada um destes que não conseguiram seus ingressos, superem a frustração e retomem o foco na decisão, afinal, temos um campeonato a conquistar e o apoio integral e incondicional do corinthianovital.

***** Atualização *****

Recebi o seguinte e-mail de uma representante da empresa Ticketbis:

Inflação de preços para a final da Libertadores 2012 gera benefícios a Sócios Torcedores

Na próxima quarta-feira, quatro de julho, mais de 30 mil corinthianos presenciarão ao vivo no Pacaembu a grande final da Copa Santander Libertadores 2012, disputada contra a equipe argentina Boca Juniors.  Esta é a primeira vez que o Corinthians chega à final do campeonato e para uma torcida de mais de 33 milhões de “fiéis”, fica claro que a limitada capacidade do estádio incendiou a busca por ingressos, que se esgotaram em apenas 8 minutos.

A procura por ingressos se tornou ainda mais intensa pelo fato das vendas iniciais serem destinadas exclusivamente a membros antigos do “Fiel Torcedor”, o seleto clube dos torcedores que pagam ao clube uma anuidade em troca de benefícios. Porém os sócios que conseguiram acesso à pré venda agora enxergam um outro benefício: vender seus ingressos em razão do aumento vertiginoso dos preços frente à grande procura por parte de outros torcedores.  Na Ticketbis, plataforma de compra e venda de ingressos, os preços anunciados se iniciam em R$2 mil reais para tickets comprados originalmente entre R$35,00 e R$500,00.

Como funciona a Ticketbis

Ticketbis é uma empresa espanhola fundada em 2009 e atua como intermediária na compra e venda de ingressos para todo tipo de espetáculos a nível mundial.

Seu principal objetivo é conectar quem busque ingressos para eventos esgotados a quem os tenha disponíveis.  Como?  Particulares com ingressos sobrando anunciam na página e definem o preço que querem cobrar. A plataforma sempre sugere um valor de venda, porém cabe ao vendedor definir o preço final.

Quer vender seus ingressos?

Na página da Ticketbis basta selecionar para qual evento o vendedor tem ingressos disponíveis, inserir maiores informações (seção, fila, assento, carteirinha de estudante) e definir o preço. Para evitar fraudes e garantir a autenticidade dos ingressos a plataforma conta com sistemas próprios de verificação, dentre eles o pagamento aos vendedores, que é realizado somente após o evento.

Para maiores informações:

Patrícia Prates

Email: press@ticketbis.com

Anúncios

127 Responses to Ingresso: O cupom dourado dos novos tempos

  1. eu quero ir para a cacau show achar esse bilhete que eu tanto espero cair nas minhas mãos para eu ir visitar a fábrica de chocolates mais famosa do brasil

    Curtir

  2. Tiago disse:

    Galera, sou anaista de sistemas, como um bom conhecedor de sistemas, fiquei logado no site desde as 11:30, para segurar minha sessao no site, e consegui até 11:59, porém 12:00, ela foi expirada, sem explicacao, pois eu ficava mantendo-a atualizada. Ao 12:00:00:000, ou seja, em ponto, o site simplesmente travou, eu consegui ver por duas vezes e tentar reservar os ingressos, da primeira vez foi Arquibancada Verde e a segunda foi Tobogã. Inecreditavelmente nao consegui, por claro, infraestrutura do site que está rodando numa tecnologia de 10 anos atras ou mais, e ninguem muda isso, e que com certeza ao meu ver, o site foi burlado, com certeza fizeram algo para que inviabiizasse a compra para muitos e facilitasse para poucos, e claro, os que tiveram sorte, conseguiram também. Estou desesperado, pois assisti todos os jogos da liberta, e tenho certeza que no dia do jogo da semi, ouve a mesma concorrencia, porém, não ouve nennhuma reclamaçao, pois foi feita de forma um pouco mais honesta.Fica a pergunta, quem vai me dar os dois ingressos que eu vi na minha página e ao reservar recebi uma mensagem dizendo que nao havia mais? Resposta: O Papa, é capaz dele intervir nisso do que qualquer autoridade brasileira, pois ainda, por se tratar de Corinthians, muitos querem que isso aconteça mesmo, e que nada se resolva. Forte abraço, e bora para assistir pelo menos do lado do Pacaembu, para incentivar de alguma forma.

    Curtir

  3. Celso 1° disse:

    MEU DEUS!
    Ta chegando a hora de ganharmos esta funai libertadores e darmos uma $#@%$%…na cara dos antis, que estão desesperados, pois supervalorizaram demais este torneio e agora terão que aguentar a festa da fiel.

    Quanto aos ingressos, é bom medir tudo, temos que ver as proporções e considerar o fato de que a COMENBOL e a FIFA sempre tem uma parcela de ingressos nas finais de seus campeonatos.Não to querendo justificar a falta de transparência em alguns casos do FT, mas em todo mega evento mundo a fora há algum deslise nas vendas, FATO!, agora resta saber a quantidade, se extrapolou demais.Será que esta empresa conseguiu quantos ingressos??05%, 1% , 5% da capacidade, e se ela comercializar apenas uns 200?? Como fica quem esculhamba com o FT como se tudo tivesse ido pra essa empresa??. E ainda tem o fato dela ser apenas a “cafetona” pois quem vende mesmo é o torcedor, assim não da pra sair esculhambando tudo sem saber o que acontece como se ABSOLUTAMENTE T UDO estivesse errado.Como sempre digo, esta diretoria comete erros, mas acerta e muito, por isso não podemos sair esculhambando tudo.E se foi a comenbol que repassou da sua “cota”. E digamos que o clube tivesse feito a “maracutaia” de repassar uns 500 ingressos devemos voltar Às filas de antes ou exigir as mudanças devidas??? Devemos sair esculhambando tudo ou medir as palavras??
    O que quero dizer é que nem tudo esta tão ruim como alguns insinuam, tem muito torcedor que conseguiu ingressos, fez valer seu número de bilhetes comprados, e outra, hoje estamso discutindo a perfeição(QUE TEM QUE SER BUSCADA MESMO, A FIEL MERECE) de um programa INVEJÁVEL que já é sucesso total, ou seja, já superamos várias fases, por isso não dára falar em “roubo” “nada presta” etc. VAMOS COM CALMA!
    Tem que ser aprimorado o programa, ser mais transparente, melhorar a capacidade do provedor etc. MAS NÃO DA PRA DETONAR TUDO.
    Também não da pra ficar criticando torcedor da classe A e B que vai ao estádio, todos são corinthianos, muitos deles são tão doentes como os de classe D, somos a fiel e ponto, chega dessa historinha de divisão.
    Agora só nos resta torcer, fora ou dentro do paca, quarta feira(e dias seguintes) o Brasil verá a maior festa já realizada por uma torcida, seguida da maior cobertura da mídia(abutres que nos detonam e vivem às nossas custas terão pauta como nunca), vai ser loucura, loucura do bando de louco e loucura dos antis.
    VAI CORINTHIANS!!!!!

    Curtir

  4. Zé Carlos disse:

    Silvio, acabei de ligar para a Secretaria do clube (único setor cujos telefones atendem hoje), pedindo transferência para Arrecadação ou Ouvidoria.
    Após esclarecer que hoje não adiantaria nem mesmo se eu comparecesse pessoalmente (“somente segunda”, de acordo com ela), a atendente, provavelmente de saco cheio de tanto ouvir reclamação, perguntou:

    -“É sobre ingresso?”
    -“Sim, por que? Muita reclamação?”
    -“Muita. O senhor deve ligar segunda e falar com o Charles. Mas assim… (silêncio)… dessa vez, foi demais, o sr. me entende?”
    -“Ok, Charles, tá anotado. Mas, pelo que você está me dizendo, tô achando que não adiantará nada. Esse tal de Charles pode resolver alguma coisa ou só vai ficar dizendo ‘compreendo, senhor’?”
    -“Acho que é bem por aí… tipo só ‘compreendo, senhor’… porque, dessa vez… (silêncio)… foi demais, o sr me entendende?”
    -“Sim, acho que entendo. Obrigado.”

    O tom de constrangimento, quase de denúncia velada, que havia na voz da atendente (cujo nome, evidentemente, resguardarei), era inegável.
    Silvio, o que ela quis dizer foi que palhaçada sempre existe, mas que dessa vez passou dos limites. Que a farra da patota, dessa vez, foi demais!!! Ficou claro, isso.

    E agora essa diretoria suja (todas sempre foram e sempre serão!!!) vem querer fazer média com a torcida, dizendo, pela mídia, que exigirá a apresentação de documento com foto na entrada do estádio?!?!

    HAHAHAHAHAHA! Eu corto meu braço – para não dizer outra coisa, pois isso seria atitude de são-paulino… – ao vivo, na porta do Estádio, caso isso realmente aconteça!!!

    O máximo que uma medida como essa poderia proporcionar, além de um ATRASO HISTÓRICO na entrada dos torcedores ao estádio (o jogo comecará à uma da manhã, por acaso?!), é o flagrante de uma minoria de torcedores que estarão tentando entrar em campo com um cartão em nome de outra pessoa (um cartão “alugado”… negociado, provavelmente, por esse tal TicketBis…). Mas……. e aqueles que tiveram um cartão “legalmente” emitido pelo clube, em seu próprio nome, válido EXCLUSIVAMENTE para esse jogo… como fica nesses casos??? Tem como barrar essas pessoas na entrada? Vai barrar mais da metade do estádio, então?? Vamos jogar com menos da metade da capacidade ocupada????

    Num país realmente sério – nem precisa ir longe… na Argentina, por exemplo! – todas as vendas seriam canceladas HOJE, os valores devolvidos, todos os números do programa seriam divulgados ao público interessado e as vendas teriam novo início – dessa vez, contemplando somente os torcedores que REALMENTE têm direito aos ingressos.

    Quem já houvesse comprado e realmente fizesse jus ao seu ingresso, nada teria a temer… Afinal, se as regras forem realmente seguidas, sem dúvida alguma essa pessoa conseguiria o ingresso novamente.

    Mas, como vivemos num paizinho de merda chamado Brasil…………

    V E R G O N H A ! ! ! ! ! !

    Curtir

    • AndersonII disse:

      E qual a sugestão que você propõem para punir esses sacatrapas, que batem no peito “sou fiel torcedor”, mas quero faturar uma nota nesse momento. às custas do Timão?

      Tem que casar mesmo os documentos, para quem está praticando isso, seja desmascarado e se possivel expulso do plano.

      Não tem problema nenhum, entrar com um RG na mão.
      Não vai atrasar nada mais do que já ocorre.

      É um absurdo querer barrar a ação do clube contra esses aproveitadores, com esse argumento.

      Eu quero que quem comprou por 20.000 perca o dinheiro no mínimo.

      Mesmo porque, é impossivel atender a 70.000 mil, quando o espa’co é para 40.

      Lamentavel. O Clube está certinho nessa situação.

      É fisicamente impossivel atender a todos, sempre ficarão de fora muitos.

      Criticar é facil, mas solução ou alternativas não existem nesse caso.

      É insensato não compreender isso.
      E alguns idiotas estão dando manivela em outros burros, a cometerem a besteira de invasões, e coisas do tipo.

      Corinthiano assim, não é necessário.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Não se iluda com relação a Argentina, quem esteve la viu horrores. Por exemplo, muita gente entrou sendo carregada por funcionarios do Boca Juniors ou policiais argentinos pela quantia módica de 400 a 800 reais

      Sobre a questão dos ingressos, concordo com a atendente, desta vez foi demais

      Infelizmente, como em todo sistema, existem imperfeições. E desta vez, por se tratar de um evento que acontecerá pela primeira vez na historia do clube – muitas outras virão – a coisa saiu do controle porque existem canalhas, entre fiéis torcedores e gente que teve acesso a ingressos no clube, que fizeram mal uso deste benefício e merecem cadeia

      Curtir

  5. Wilson Timão disse:

    Procon apura venda irregular de ingressos para Libertadores

    Muitos associados do programa de compra de ingressos do Corinthians, Fiel Torcedor, não conseguiram adquirir ingresso para a final Libertadores entre Corinthians e Boca Juniors, na quarta-feira (4), no estádio do Pacaembu, São Paulo. Em muitos casos, o sistema caiu durante a compra, inviabilizando a aquisição. Enquanto isso, sites estão promovendo um verdadeiro leilão. Por conta disso, a Fundação Procon instaurou, nesta sexta-feira (29), um procedimento administrativo para apurar o fato.

    No site Ticketbis, por exemplo, o ingresso de uma cadeira chegou a custar R$ 31.304 por volta das 14h e para a arquibancada R$ 33.540 às 16h, desta sexta. “Constatamos inicialmente que se trata de um site que vende não somente ingressos para jogos, mas também para shows. Nos próximos dias enviaremos uma notificação para a empresa que registrou o domínio na internet”, explicou ao Vermelho Márcio Marcucci, diretor de Fiscalização em exercício, do Procon São Paulo.
    A reportagem apurou que o domínio ticketbis.com.br está registrado em nome da empresa Toweb Brasil Ltda, uma prestadora de serviços em revenda de domínios na internet.
    “Essa empresa de informática pode ser simplesmente uma prestadora de serviço e não estar envolvida na venda dos ingressos. É isso que queremos descobrir com a notificação. Se for preciso, pediremos o nome do cliente que administra o site de compra e venda de ingressos”, completou Marcucci, que orienta a não comprar ingressos no mercado paralelo de forma alguma.
    “A nossa orientação é não comprar e denunciar ao Procon ou ao DPPC, ligado à secretaria de Segurança Pública”, salientou o diretor do Procon-SP. O DPPC é o Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania, da secretaria de Segurança Pública do Estado. Qualquer consumidor que se sentir lesado, tendo comprado ou não os ingressos, pode formalizar uma denúncia em qualquer posto de atendimento do órgão de
    No caso da final da Copa Libertadores, a procura foi tamanha que os torcedores não associados ao programa nem chegarem a ter a oportunidade de adquirir na internet e nem pessoalmente.
    Diante das cifras alcançadas nos sites de compra e venda pelos ingressos, seria ingênuo afirmar que os mesmos ficam somente na mão dos fieis torcedores. Se configura claramente uma situação de cambismo, onde ocorre influência do câmbio a partir da ação de um intermediário, explorando ao máximo a lei da oferta e da procura. Tal prática é considerada crime, previsto na lei 1521/51, que dispõe sobre os crimes e contravenções contra a economia popular. Mais recentemente, para enquadrar a contravenção, um artigo no Novo Estatuto do Torcedor (Lei 12299/2010), o artigo 41-F, que prevê pena de reclusão de um a dois anos e multa para quem vender ingressos de evento esportivo, por preço superior ao estampado no bilhete.
    Além disso, o regulamento do programa Fiel Torcedor proíbe a revenda dos ingressos para terceiros: “O Participante será o único responsável por seu cadastro e por sua conta de acesso ao Programa sendo-lhe vedado sob qualquer hipótese ceder, vender, emprestar ou sob qualquer outra forma transferir sua conta de acesso, sob pena de cancelamento do cadastro.”
    Mesmo assim, dezenas – centenas? – de ingressos estão sendo colocados à venda. O clube reconhece a existência da prática, inclusive, afirma punir imediatamente assim que descoberta a fraude, já tendo descredenciado torcedores, sem mencionar a quantidade de sócios excluídos. O Corinthians reforça que se trata de crime, portanto, um caso para a Polícia.
    Escândalo
    “É nessa hora que a gente vê o quão escandaloso é a administração de futebol no país. A venda de ingressos fica sempre sob responsabilidade do clube. E nesse caso, o Corinthians vendeu exclusivamente no site deles, o Fiel Torcedor. Quem comprou excedentes é quem está vendendo nesses outros sites. Talvez coubesse ao clube ou aos próprios torcedores questionar. Mas sempre um vai empurrar para o outro a responsabilidade. Fazem o que querem porque é um mercado que se movimenta pela paixão.

    Curtir

    • AndersonII disse:

      A culpa é de quem está cedendo seu cartão para esse leilão.

      Esses sacatrapas precisam sim, é ser expulsos do FT.

      São cambistas de marca maior, muito maior.

      Curtir

    • Zé Carlos disse:

      Sinceramente, acho que enquanto o Corinthians não esclarecer (bem esclarecido!) todos os números de bilheteria dessa final, qualquer notícia relacionada à tal Ticketbis será mera cortina de fumaça…

      Afinal, os ingressos vendidos a preços irreais na Ticketbis são casos isolados – chegam, quando muito, a algumas centenas – realizados de torcedor para torcedor (tendo a tal empresa como mera intermediadora).

      Mas o que me preocupa mesmo são os milhares de ingressos que, até que se prove o contrário, devem ter vazado por fora do programa Fiel Torcedor – em flagrante desrespeito ao Termo de Adesão do programa, que garante prioridade de compra aos seus associados.

      Por esse motivo, caso o Sport Club Corinthians Paulista não se manifeste a esse respeito até amanhã pela manhã (esclarecendo, BEM ESCLARECIDO, os números de bilheteria da final), irei registrar um B.O. na Delegacia de Polícia mais próxima de minha residência, aqui na Bela Vista – somente o primeiro passo de uma longa jornada que, espero, terminará com o ressarcimento pela empresa Corinthians a este consumidor lesado em seu direito.

      Tô cansado desse excesso de confiança por parte do clube na nossa relação: para mim, o Corinthians sempre foi e sempre será uma divindade; para o clube, contudo, hoje eu não passo de um mero consumidor.

      E dos mais otários, diga-se… daqueles que compram sorrindo por 250 paus uma camisa que não vale nem 40…

      Na boa: chega, né?!

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Não existirá outra maneira no dia do jogo, se não cruzar cartão do fiel torcedor com documento de identidade.

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Silvio, como vai funcionar isso?

        Se, por exemplo, eu estiver lá, cercando a fila de entrada para o jogo, e vir alguém sendo barrado no portão por conta de fraude, poderei por acaso apresentar meu cartão FT + documento com foto, pagar o preço equivalente ao setor e entrar no lugar do fraudador?

        Não faço questão nem do desconto a que tenho direito como FT… posso?

        Curtir

  6. Wilson Timão disse:

    A suspeita de maracutaia do Fiel Torcedor jogou no lixo a credibilidade do programa.

    Para resgatar uma parcela dessa credibilidade o FT tem o dever de na quarta-feira manter haja uma fiscalização rigorosa nas catracas, exigindo o cartão do Fiel Torcedor e o RG.

    E que os pilantras que gostam mais de dinheiro que do Corinthians sejam expulsos.

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Claro. Que tem que exigir RG nas catracas, e pegar esses “FT-cambistas”.

      Estão prejudicando a imagem do clube, isso sim.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Mas a maracutaia está sendo promovida por alguns associados do Fiel Torcedor, correto ?

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Mas, se o problema do sistema é exclusivamente provocado pelo próprio usuário, por que diabos o clube não divulga os números de uma vez e, assim, se exime de toda a culpa??

        Curtir

        • AndersonII disse:

          Como o clube vai descobrir antecipadamente, qual pessoa que comprou o ingresso e está leiloando?

          Como??????? Chamando um por um?

          Curtir

          • Zé Carlos disse:

            (respira fundo…………………)

            Ok, vamos lá mais uma vez: o que estou querendo dizer, amigo, e você não conseguiu entender ainda, é que, enquanto o Corinthians não divulgar todos os números do programa – o que significa isso: dizer quantos ingressos foram vendidos para cada setor, quantos para cada tipo de sócio (com e sem prioridade de compra), quantos foram destinados às TO’s, quantos foram vendidos ou doados para parceiros, dirigentes, conselheiros, celebridades, autoridades e lambe-sacos no geral!!!!! -, enquanto tudo isso não for divulgado, a sensação que ficará para o torcedor que conseguiu comprar todos os outros ingressos, menos esse, é a de que os desvios foram realizados dentro do próprio clube. Ou, dizendo de outra forma, para que não reste dúvida: a sensação é de que a carga disponibillizada para o FT dessa vez foi MUITO menor do que a correta – e que essa diminuição é desproporcional às obrigações inerentes ao evento, não podendo ser explicada somente pela indisponibilidade dos 2.500 lugares do portão 21. Mais claramente ainda: podemos imaginar que gente de dentro do clube, que tem acesso aos ingressos, pode ter ROUBADO esses bilhetes do torcedor e estar agora fazendo dinheiro ou influência com eles.

            E isso não está sendo afirmado por mim. Não estou afirmando que os desvios ocorreram. O que estou dizendo é que a não divulgação dos números autoriza o torcedor comum, como eu, a especular a respeito dessas questões.

            Afinal, o Fiel Torcedor é um programa de vendas regido por um Termo de Adesão – termo este que garante ao consumidor a PRIORIDADE DE COMPRA de um dos 37 mil lugares do Estádio Paulo Machado de Carvalho. Somente após termos abdicado de nossos bilhetes, deixando expirar o prazo destinado para que os compremos, é que eles poderão ser destinados a outros torcedores não cadastrados no FT – e isso inclui, obviamente, autoridades, parceros, lambe-sacos, etc…

            Porra, nós PAGAMOS ANUIDADE justamente para ter direito a essa prioridade!!!!

            Fui claro agora?

            Aliás, digo mais: divulgar esses números somente agora já não seria correto (mesmo assim, já seria melhor do que manter a coisa na obscuridade).
            Mas o certo, mesmo, seria que tudo isso fosse divulgado antecipadamente: quantos sócios TERÃO prioridade de compra; quantos efetivamente a exerceram; quantos ingressos, portanto, sobraram para os demais; quantos serão doados a parceiros, autoridades, etc. Mas, como transparência demais tira qualquer margem para “manobras”, né?!…………..

            E aí, entendeu agora?

            Curtir

  7. Ciro disse:

    Silvinho

    muito pior que esse site, é o tal do Eduardo Lopes fazendo insinuações sem provas sobre as pessoas , em uma semana tão sem “importância”….
    deveria ser chamado para um sindicancia e ter que provar
    a mediocridade e limitação impera do lado de lá

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Procurei o Eduardo Lopes hoje no clube para conversarmos sobre as suas denuncias. Denunciar por denunciar, ditar texto pro blog do ex-peguete do Toninho, é muito fácil

      Espero que ele cumpra o papel de associado e procure os canais dentro do clube para formalizar a sua denuncia

      Curtir

  8. AndersonII disse:

    Lamentável aquela panicat fresca, limpando o chão com a camisa do Boca.

    E lamentável torcedores praticando vandalismo em restaurante argentino.

    Prá que darem esse incentivo para eles?

    Pqp!!. Essas cabeças de titica de galinha nunca vão aprender.

    Esses fatos, com a internet já estão correndo o mundo.

    Além de jogarmos contra esse time tinhoso, vemos essas “coisas”, dopando o adversário.

    Era tudo o que não precisavamos.

    Curtir

  9. Samuel disse:

    Silvinho, realmente esse não é um país sério.

    Você definiu corretamente que a ação dessa empresa é caso de polícia, e a resposta dela só comprova o crime.

    E os caras não ficam nem vermelhos. Assumem numa boa que são criminosos, explicam, e ainda dizem que estão fazendo o bem.

    Olha o que a impunidade tá fazendo com esse país.

    É brincadeira cara. A polícia federal teria que atuar imediatamente, desbancar essa organização criminosa e exigir que os ingressos fossem colocados novamente a disposição para nova aquisição de torcedores.

    Aliás, vamos também falar disso. O Fiel Torcedor é algo bom, mas como já falei em outras oportunidades, está se desvirtuando, e o relatado por você e confessado pela empresa comprova isso.

    Se continuar a ser utilizado dessa maneira e para esse fim, para bandidos ganharem dinheiro as custas da paixão do torcedor, então que seja desativado.

    O Corinthians está sendo cumplice com esse banditismo.

    Caraca, hoje tá foda. Essa parada dos ingressos, essa sacanagem, e abro o computador vejo a palhaçada que a modelinho gremista, bisca do Pânico fez com o Boca, utilizando o nosso manto sagrado, como se falasse por nós. Veja no meu blog minha manifestação e cobrança para que a diretoria se posicione: http://www.timaoblogfiel.blogspot.com

    Numa hora em que era para estar só vivendo euforia a gente se irrita com o desrespeito alheio.

    Vou correr para distrair a cabeça senão vou estragar meu fim de semana logo no início.

    Valeu!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Samuel, a empresa ja se eximiu de responsabilidade, mas não é bem assim
      Esta promovendo o cambismo de forma deslavada e juramentada
      Não pode ficar assim, impunemente

      Curtir

  10. VAI CORINTHIANS!! disse:

    Curtir

    • andre rish disse:

      SILVINHO, O QUE AQUELA VAGA… DA EX-PANICAT DANI BOLINA (PARA BOLINAR MESMO) FOI QUERER APARECER EM CIMA DO TIMÃO. ESSA RUMINANTE CRIOU UM CLIMA AINDA MAIS PESADO CONTRA O TIIMÃO. VEJA SE DESCOBRE QUEM FEZ O ENSAIO FOTOGRAFICO, ISTO FOI ENCOMENDADO PARA CRIAR PROBLEMA. ABRAÇOS

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Muy lindo!

      Curtir

  11. Fabio Venancio disse:

    Silvio
    Deveria ter alguma forma de impedir que o sócio torcedor venda o seu ingresso,pelo menos impedir que ele seja vendido num valor acima doque foi comprado.Deveria ter algum tipo de puniçõa para esses torcedores,que ao meu ver gostam mais de dinheiro doque do Corinthians.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Nao há como impedir que ele revenda, mas há como impedir que o beneficiado pela revenda se beneficie da canalhice

      Curtir

  12. Hungaro Karlo disse:

    Silvinho, pelo que vi do e-mail da empresa, o maior problema nesta situação e ver Corinthiano roubando Corinthiano. Uma vergonha que está acontecendo dentro da nossa própria torcida. Com um único ingresso o cara vai garantir a entrada dele no Pacaembu o ano todo e pode até ir para o Mundial por conta deste ingresso. O Programa tem problemas? Claro que tem, moro em Goiânia, sou FT, mas não consegui comprar ingresso…Paciência, irei ficar aqui na minha cidade mesmo, assistir o jogo aqui e se Deus quiser comemorar muito….Feliz dos FT´s que conseguiram ingresso, talvez o meu esteja guardado para o ano que vem.
    Quanto ao fato de ficarem com esse blá blá blá do Mauro César Pereira da ESPN de elitização do futebol, é simples…E só começar a todo mundo ajudar o Corinthians a pagar as contas. Futebol e entreterimento é não cultura. Tenho um primo que está na Turkia e lá os torcedores do Fernebach tomam e rasgam toda e qualquer camisa falsificada do clube, pois comprar produto falsificado e tirar renda do clube. #FicaDica

    Curtir

    • Zé Carlos disse:

      Então você acha que o irmão que gasta 80 paus numa camisa pirata porque não tem condições de dar um terço do salário que recebe numa original não tem o direito de usar o manto do seu clube??

      Fala aí… foi piada, né?!

      Curtir

      • Marcos disse:

        Quem tiver apenas R$ 80,00 pode ir até uma das mais de 100 lojas Todo Poderoso e comprar outra linha de camisa. Exatamente pra isso o mix de produtos aumentou. Ele pode comprar uma camisa da Republica Popular do Corinthians, da Invasão, de 77, do Rivelino, da Democracia, Eu nunca vou te abandonar…

        Estaria usando uma camisa do Corinthians e ajudando o clube. Sou totalmente comtra pirataria.

        Curtir

        • Zé Carlos disse:

          Mas o cara que recebe um salário mínimo não tem direito de querer usar uma camisa igual à que os jogadores usam, só pode comprar a “linha torcedor”?

          Então você também é do tipo que acha que criança de rua só pode pedir prato de arroz com feijão? Se ela pedir um Big Mac com Coca-Cola, é porque é sem-vergonha??

          Antes que alguém fale m….: tenho umas 35 camisas do Timão, todas originais, de jogo… não abstante, jamais perdi a noção de que nem todo mundo tem essa sorte na vida!…

          Valeu!

          Curtir

          • Zé Carlos disse:

            Corrigindo: “não obstante”….

            Curtir

          • Marcos disse:

            Quem faz pirataria, trafica, furta, rouba banco… o consumidor não percebe. Pedir e prerogativa de quaalquer um. Pode pedir a vontade. A partir do momento que alguem estiver vendendo “Big Mic” pras crianças que querem um Big Mac e não podem comprar, estão lesando o McDonalds. Assim como quem compra camisas piratas esta lesando o clube.

            Curtir

            • Zé Carlos disse:

              Cara, por favor, eu não sou a favor da pirataria. Aliás, pelo contrário.

              Só o que estou tentando dizer é que ao cobrar 250 paus numa camisa que não vale nem 40, o próprio Corinthians e sua parceira Nike estimulam o torcedor de baixa renda a buscar por falsificações.

              Quando a coleção muda, por exemplo, a loja oficial do clube é capaz de vender as camisas de jogo a 80 reais, às vezes até menos. Vendem abaixo do preço de custo?

              Aliás, só entrei nesse tema porque acho que estimular as pessoas, como fez o tal de Hungaro ali em cima, a rasgarem a camisa pirata do bróder que, com muito custo, desembolsou uns trocados para vestir as cores do Timão é piada de mau gosto, né?

              Até porque, a camisa do mano que tá com a quadrada na cintura na entrada da favela tá cheia de Baú, Panamericano, Avanço… alguém vai ser macho de ir lá rasgar??

              Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Exatamente, o pior de tudo é corinthiano roubando corinthiano

      Curtir

  13. Zé Carlos disse:

    Silvio, desculpe-me por estar pesando nesse assunto aqui no seu blog. Se o faço, é unicamente porque considero esse aqui um espaço democrático para troca de informações entre torcedores corinthianos, ok?!

    Isto posto, segue texto registrado por mim no site Reclame Aqui contra as empresas “Fiel Torcedor – Omnisys” e “Sport Club Corinthians Paulista” (um registro para cada empresa), bem como encaminhado por e-mail para os endereços ouvidoria@fieltorcedor.com.br, angelicabrs@omnigroup.com.br, comunicacao@sccorinthians.com.br, marketing@sccorinthians.com.br e andrea@fieltorcedor.com.br

    Obrigado.

    SORRIAM: SOU UM PALHAÇO FIEL

    Prezados, boa tarde.

    Sou Fiel Torcedor matrícula XXXXXX, e tenho como dependente minha esposa. Desde que recebi o cartão, consegui ir a todos os jogos do Corinthians – tanto do Paulista e do Brasileiro como, claro, da Libertadores. Contudo, tanto eu quanto todos os meus amigos Fiéis Torcedores (alguns dos quais, sócios muito mais antigos do que eu), misteriosamente, não conseguimos os ingressos para a final contra o CA Boca Juniors.

    Vou repetir: nenhum dos meus conhecidos conseguiu o ingresso, embora tenhamos ido a todos da Libertadores os demais jogos sem problemas.

    Tal fato, somado à absoluta falta de transparência quanto aos números do programa e, principalmente, às notícias de que os ingressos estão sendo vendidos no mercado negro virtual a preços exorbitantes, deixa-nos com a nítida sensação de que os ingressos do Fiel Torcedor foram direcionados para as mãos de cambistas virtuais – num esquema em que todos os envolvidos, exceto o verdadeiro torcedor, lucram com isso.

    Evidentemente, não podemos afirmar que tal fato está acontecendo, pois não há provas concretas, apenas indícios. Porém, caso os órgãos de defesa do consumidor venham a determinar uma auditagem nos números do programa (e podem ter certeza de que faremos de tudo para que isso aconteça), as tais provas concretas poderão ser produzidas… portanto, pensem bem!

    De qualquer forma, enquanto as provas não aparecem, vamos analisar um pouco os indícios:

    1- Providencialmente, o Corinthians e sua parceira, Omni Group, não informam a quantidade de sócios adimplentes com 45 ou mais ingressos adquiridos até 26 de junho – condição para ter direito ao período de prioridade de compra, que foi das 12:00 do dia 26 até as 12:00 do dia 28 de junho.

    2- Terminado esse suspeitíssimo e obscuro período de prioridade, o Corinthians e sua parceira não informaram o total de ingressos adquiridos pelo “sócios mais assíduos”, tampouco a quantidade de ingressos de arquibancada restantes – que devem ser comercializados entre os demais sócios adimplentes.

    3- O Corinthians e sua parceira não esclarecem como funciona o tráfego de rede do sistema utilizado pelos sócios torcedores para aquisição dos ingressos.
    Não explicam por qual motivo, por exemplo, muitos usuários, por mais que tenham boa velocidade de conexão, bons equipamentos e, principalmente, muita paciência para ficar horas a fio tentando acesso, não conseguiram sequer entrar no site enquanto a vendas estavam sendo realizadas, ao passo que outros – segundo relatos nas redes sociais – não apenas conseguiram login, como o fizeram por 4 vezes seguidas, comprando ingressos para 4 sócios diferentes num único ponto de rede e durante o curto intervalo de oito minutos no qual, dizem, os ingressos foram esgotados. Qual é o segredo?

    4- Foi divulgado pela imprensa que, na venda de ingressos para a partida semi-final contra o Santos FC, terminado o período de prioridade para os sócios mais assíduos (Na ocasião, 43 ou mais ingressos adquiridos), apenas pouco mais de 5.000 bilhetes de arquibancada haviam sido comercializados – restando todos os demais para os consumidores que ainda não chegaram a esse histórico de mais de 40 compras.
    Pois bem: o torcedor que tem mais de 40 ingressos comprados, evidentemente, não é “torcedorzinho de final”. Para ele, a partida semi-final contra o Santos tem tanta importância quanto a final contra o Boca Juniors.

    Ou seja: a quantidade de bilhetes para a final vendidos para estes torcedores que têm prioridade tem de ser exatamente a mesma, ou ao menos muito próxima, da quantidade de bilhetes que foi vendida a eles para o jogo da semi-final. Até por que, não houve nenhuma outra venda entre as duas partidas, ao passo que o “corte” saltou de 43 para 45 ingressos.
    E se, na partida contra o Santos, tanto eu quanto todos os meus conhecidos conseguimos comprar os ingressos de arquibancada, por qual motivo nenhum de nós conseguiria comprar ingresso para a final caso o sistema de vendas fosse o mesmo??

    Se fôssem apenas alguns de nós a ficar de fora, ainda dava para justificar; mas o fato é que todos – TODOS – os sócios do programa que conheço ficaram sem ingresso. Ou seja: sem dúvida alguma, o sistema, a mecânica de vendas do programa – aquela estabelecida no contrato celebrado entre as partes… – não foi respeitada dessa vez.

    5- Outro indício de possíveis irregularidades é o fato de que, na data de ontem (dia 28 de junho, data na qual ocorreram as vendas para os sócios torcedores sem prioridade de compra), o site do Sport Club Corinthians Paulista esteve praticamente fora do ar.

    A página inicial funcionava perfeitamente, assim como as notícias festivas, de exaltação ao clube, e, naturalmente, os links que levam à loja virtual do Timão ou a outras fontes de renda para o clube (venda de espaço para colocar foto de torcedores na camisa que os jogadores usarão em campo e outras bobagens caça-níqueis…); contudo, os links para contato com a Presidência, com as Diretorias, Conselho e com a própria Ouvidoria direcionavam para uma tela de erro.

    Também por telefone o contato não foi possível; seguindo as instruções da URA, quando teclávamos a opção correspondente à “ingressos para jogos”, a gravação informava que o serviço estava “indisponível no momento”.

    Por que será que o clube se escondeu da torcida nesse dia, não é? Só restou como opção de contato a empresa parceira do clube – a tal de Omni Group, que foi convenientemente atirada aos leões pelo Corinthians…

    6- Ontem, em contato com a Omni, em telefonema realizado poucos minutos após o anúncio de que os ingressos estavam esgotados, conversei com a supervisora de atendimento Sra. Angélica, que mais parece uma máquina programada para dizer as frases “compreendo perfeitamente, senhor” e “te dou total razão, senhor”.

    Pois bem: essa tal de Angélica (o e-mail dela, que me foi passado pela atendente Janaína, é angelicabrs@omnigroup.com.br… fiquem à vontade, Fiéis Torcedores…), no telefonema de ontem, disse-me que tinha as respostas aos meus questionamentos dos ítens 1, 2 e 3, porém não estava autorizada a informá-los; disse, ainda, que somente o clube poderia esclarecer (ou autorizar a esclarecer) esses dados, razão pela qual estava encaminhando um e-mail à Ouvidoria do clube, com cópia a mim.

    Hoje, passadas 24 horas sem que eu tivesse recebido o tal e-mail, liguei de volta pedindo para falar com ela… a supervisora assumiu que, devido ao altíssimo número de reclamações nesse sentido, “ainda não havia conseguido encaminhar o e-mail”, disse mais um sem-número de vezes as palavras “compreendo” e “te dou total razão”, negou o que havia dito no dia anterior – que tinha as informações sobre a carga de ingressos vendida antecipadamente para os sócios mais assíduos e a que foi disponibilizada para os demais – e, finalmente, quando foi educadamente desmentida sobre isso (sem ironia alguma… jamais faltei com o respeito com alguém ao longo dessa história), simplesmente desligou o telefone na minha cara.

    Por tudo o que foi exposto, srs. responsáveis pelo Sport Club Corinthians Paulista, confesso que já não tenho mais a menor esperança de conseguir o meu ingresso para a partida. Só o que eu, como consumidor lesado, exijo, é que me seja informado:

    a) nas mãos de qual cambista foi parar meu ingresso;

    b) para quem e por quanto ele foi vendido;

    c) se o endinheirado comprador do meu bilhete da final da Libertadores 2012 também estará ao meu lado na arquibancada, sob chuva e frio, no próximo jogo que os reservas do Timão disputarem contra um time pequeno qualquer.

    Na certeza de uma breve resposta, aguardo por retorno dos senhores…

    Atenciosamente,

    Curtir

    • Luís Carlos disse:

      Olha Zé Carlos, não dá pra provar nada, mas como você disse, tem órgão que tem poder para provar, desde que seja competente e compromissado.

      Mas digo com convicção que criar um site-espelho de outro site, digamos um http://www.fielcambista.com.br, com as mesmas funcionalidades e só divulgar o endereço a um grupo seleto de pessoas é bastante fácil. Derrubar o tráfego do site dito oficial enquanto o site paralelo funciona a pleno vapor é mais fácil ainda.

      Curtir

    • Wilson Timão disse:

      Faltou “transparência” do programa Fiel Torcedor. Traduzindo metade do publico no estádio vai ser de torcedor e a outra metade de privilegiados que pouca ou até nenhuma vez pisou no Pacaembu e uma grande parcela desses nem Corinthianos são e estarão lá para assistir e não para torcer.

      FT deveria publicar o nome e quantos jogos foi cada um dos que compraram ingresso para esse jogo final.

      Curtir

    • Décio Monteiro disse:

      engraçado…
      tenho 4 (QUATRO) amigos que vão a 98% dos jogos no Pacaembu e não tiveram nenhuma dificuldade em adquirir seus ingressos.E lógico que eu acredito também em você.

      obs: amigos que, como eu, não são play boys ou tem algum conhecido + influente. É tudo povão do “”´é nóis Corinthians”

      VAI CORINTHIANS !!!

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Você e seus amigos deram foi muita sorte, truta. Vai por mim…

        Fico muito feliz que vocês tenham conseguido; feliz por vocês e pelo próprio Corinthians! Afinal, ao menos parte do estádio tem de ser formada por torcedores de verdade – sob risco de termos uma arena fria, sem vida, formada apenas por celebridades e puxa-sacos de dirigentes, justamente nesse que é um dos jogos mais importantes de nossa história!!!

        Bom jogo. VAI CORINTHIANS!

        Curtir

      • Marcos disse:

        Tenho 80 ingressos e comprei com facilidade.

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Exatamente, tem que protestar, fazer valer os direitos e exigir que todas as partes, cumpram com os seus deveres

      Curtir

  14. Edvania disse:

    EU vejo q a indignação maior, foi o ACESSO no site! Acabar ingresso é “normal”.
    Elogiei o site na venda dos ingressos contra o Santos…. mas a venda da final foi um CAOS.
    Como li acima, INFELIZMENTE eles não priorizaram quem sempre está no estádio (segunda divisão, paulista, Brasileiro, etc), ex: dois amigos meus ficaram de fora da final……… é uma pena que muitos TORCEDORES DE FINAL, conseguiram comprar pelo FT.
    EU, não acho justo uma pessoa que fez a carteirinha do Fiel no mes de Maio/2012, conseguir ingresso.
    Consegui o meu E NÃO VENDO!!!!!!!
    #VaiCorinthians
    #RumoAoTitulo

    Curtir

  15. Rodrigo Villas Bôas disse:

    SILVINHO, UPA ESSA INFORMAÇÃO QUE ACABO DE RECEBER DA MINHA ESPOSA (QUE TRABALHA NO JURIDICO DO SANTANDER):

    “Temos um estande no Shopping Eldorado, em São Paulo, com Ações diferenciadas para clientes do Santander e apaixonados por futebol.
    Apresentando seu cartão Santander Visa, você ganha 2 ingressos para assistir ao jogo da final em um telão gigante na Arena Oficial da Copa Santander Libertadores, espaço especialmente montado no Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi.
    Além disso, e também apresentando seu cartão Santander Visa, você ganha uma mini taça, uma foto especial e um chute no simulador de futebol. Cada alvo na tela dá direito a brindes diferentes, como bonés e camisetas oficiais da Libertadores.
    Passe por lá até 4 de julho e participe!”

    Ta ai um prêmio de consolação pra quem não tem onde assistir o jogo!

    Curtir

  16. 1° CAMPEÃO MUNDIAL (RUMO AO BI) disse:

    AQUI

    É

    █▀▀═█▀█═█▀█═█═█▀█═▀█▀═█═█═█═█▀█═█▀█═█▀▀
    █═══█═█═█═══█═█═█══█══█▄█═█═█▄█═█═█═▀▀█
    █▄▄═█▄█═█═══█═█═█══█══█═█═█═█═█═█═█═▄▄█ !!!!!!

    Curtir

  17. Alan disse:

    Silvio, o sistema deverá ser revisto. Isso é coisa de cambista virtual.

    Curtir

  18. marco disse:

    silvinho,,,

    pode até ser um elefante branco… mais eu queria um estadio para 100 mil pessoas

    tudo bem que falariam que só encheria em finais, eu não concordo porque quando o time tem atrativos (caso ronaldo) sempre enche e outra jogando bem também vai muitos torcedores.

    creio que pensaram pequeno quanto a capacidade do estadio devido saberem que nós pagamos o que querem….

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Em 1978 na primeira rodada do campeonato paulista daquele ano, no jogo contra o Manjubinha -estreia do doutor Socrates- o público foi de 111.103 pagantes!

      Curtir

    • Paulo disse:

      Marco, permita-me! O estádio será propositalmente pequeno para alavancar o programa sócio-torcedor. Não haverá ingressos em jogos de nível A e B – e talvez nem C – para quem não se filiar. Compreendo, de certa forma, as razões do Clube; porém lamento, de outra.

      Curtir

    • VAI CORINTHIANS!! disse:

      ELEFANTE BRANCO NADA.
      O AMÉRICA DO MEXICO JOGA EM UM ESTÁDIO PARA MAIS DE 100 MIL PESSOAS.
      E AQUI É CORINTHIANS.
      O FIELZÃO VAI TER O DOBRO DA CAPACIDADE DO PACAEMBU, MAIS TINHA QUE SER MAIOR AINDA.
      VAI SER MENOR QUE O MORUMBICHA, PARA AQUELA TORCIDINHA SEM VERGONHA.
      MAS VAMOS DEIXAR ESSA DISCUSSÃO PARA DEPOIS.
      A PARADA AGORA É A BATALHA FINAL NA QUARTA-FEIRA!

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Esta questão é bem complexa

      Curtir

    • Paulo disse:

      Estão dando a isso uma dimensão exagerada. Se o treineiro boquense vai utilizar isso de alguma forma – ou talvez até os jornais argentinos – não sabemos. O importante é que os jogadores não deem declarações que possam ser interpretadas como desrespeitosas.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo disse:

        Já usaram, Paulo. O Diário Olé se encarregou de fazer isso. Repare na diferença de comportamento da mídia brasileira com a de lá. Até fizeram uma comparação forçada com 2000 quando enfrentaram o Chiqueirense. A enorme diferença é que na época, o “já ganhou” partiu dos próprios jogadores da Turiassu. Bem diferente de agora em que a suposta modelo nem corinthiana de verdade é, pois declarou-se gremista. Em todo caso, algo a se lamentar, pois demonstra um desrespeito que não temos por nenhum adversario. Não a esse nível. Eu só acho que o Adenor deveria pedir para o Castan fechar um pouco a boca. Abçs.

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      PanicatPerigueti querendo aparecer, nada mais que isso

      Se o Boca dependesse desta motivação, nem viria pro Brasil

      Curtir

  19. Carlos Amaral disse:

    Se há uma coisa que me deixa irritado, é ver alguns comentários sobre elitização da torcida. Se o cara paga o plano do fiel torcedor é por que é playboy, se vai na vip é playboy, se vai de numerada é playboy, se vai de avião para jogo fora de São Paulo é playboy,e etc. Outra bobagem é dizer que só quem é do “povão” sabe torcer. Que baita ignorância. Todo torcedor é igual, independe da classe(aliás é mais comum ver pessoas sem time nas classes economicas mais baixas). O clube está trabalhando(e bem) para aumentar suas receitas, e se isso é elitização,dane-se. Jogador bom custa caro mesmo. E vamos torcer e parar com essa bobagem de lutas sociais por que o futebol é do POVO TODO( de A a Z). Os ideais socialistas já foram embora junto com o muro de Berlin, e faz tempo.

    baixas

    Curtir

    • Décio Monteiro disse:

      Beleza !

      Concordo em número, gênero e grau…..
      confunde-se muito capitão de fragata com cafetão de gravata..
      nós sempre seremos maioria em todos os aspectos possíveis e imaginários. Questão de proporcionalidade pô !!!!!

      Curtir

      • Paulo disse:

        Mais ou menos, Décio! A frequência aos estádios constitui ritual de iniciação dos corinthianos ( pelo menos para aqueles que possam comparecer ). Foi assim comigo, e, provavelmente, com você. Que se dê eternamente a mesma oportunidade aos menos afortunados de poderem levar seus filhos aos estádios para ver o Todo-Poderoso! Acho que não é pedir muito…

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Onde assino, Carlos?

      Curtir

  20. potz disse:

    Acho que devem banir pelo CPF as contas do usuário e dependentes do FT que estão comercializando os ingressos.

    Curtir

    • Nivaldo disse:

      Estava aqui pensando como chegar aos portadores destes ingressos e eis aí a solução; só não sei se é possível identificar o código do ingresso que está sendo ofertado e vincular com o CPF do comprador. Pode até ser legal a tal empresa que esta intermediando os ingressos, embora quando dizem que é espanhola já fico com um pé atrás, mas é simplesmente imoral usar o FT para isso. Isso é cambista virtual e pronto.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      É o que acontecerá se forem pegos

      Curtir

  21. Fabio Castilho disse:

    Silvinho só tenho uma triste constatação a verificar!

    Acabou a torcida verdadeira do Corinthians no estádio! É só vermos os closes das câmeras de TV nas arquibancadas “NEO-BURGUESAS”!

    Dos que vão comparecer na “final dos sonhos”, tenha certeza que uns 30% serão os “vida-loca” que irão gritar e empurrar o time! Os outros 70% são os PLAYBOYS que obviamente também torcem e amam o Corinthians mas NÃO SÃO DO POVO! Aquele povo que grita mesmo, sem parar! Muitos serão OS PRIMEIRA VEZ NO ESTÁDIO!

    Sou do tempo em que tomava chuva, passava o dia inteiro em fila pra conseguir ingresso! Ok, o Programa Fiel Torcedor trouxe civilidade, modernidade e organização, PORÉM ELITIZOU A TORCIDA… ISSO É FATO!!!

    Talvez uma forma de DEMOCRATIZAR seria reservar uma cota para SORTEIO dentro do Programa Fiel Torcedor a preços menos abusivos!

    Abraço a todos e sugiro que seja liberada a Praça Charles Muller para a presença da VERDADEEEIRA TORCIDA DO POVO com um Telão… de lá o VERDADEIRO GRITO DO FUNDO DA ALMA será ouvido pelos jogadores!

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Fábio. Não tenha preconceito, principalmente contra corinthiano.

      Não é hora de dividir, e sim de somar.

      Imagine o obsurdo que seria, o Corinthians discriminar torcedor que pode pagar alto e bem, por um atendimento vip, o que afinal aumenta a arrecadaçao do clube e dá sustentação financeira para pagar salários e montar boas equipes/

      Corinthiano, rico ou pobre, sobre igualzinho.

      E se abraçam os de roupa limpa com o de roupa suja, pode ter certeza disso.

      Quem discrimina é um pessoal lá do outro bairro “nobre”.

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Também discordo do preconceito, Anderson. Mas desde que esse cara endinheirado pegue a fila virtual assim como eu.

        Vender para ele por 12 mil o ingresso que, por contrato, é meu por 32 reais é crime contra o consumidor – e não luta de classes.

        Esse é que é o X do problema.

        Curtir

      • Fabio Castilho disse:

        Ok Anderson, concordo que não devemos ter brigas, divisões, sem preconceitos e inveja, ou dor de cotovelo de que tem grana pra ir ver o Corinthians em sua fase “top”.

        Mas vou confessar que me dói um pouco em ver torcedores que nitidamente não tem aquele “sangue no zóio” nas arquibancadas. São torcedores que não gritam o tempo todo, podem às vezes se abaterem com o time não jogando bem e etc.

        Ok, eles não têm “culpa” de serem assim…na verdade fico feliz em ver que pessoas de TODO NIVEL SOCIAL amam o Timão.

        Portanto, minha humilde sugestão é que em todos os jogos, seja colocada uma cota para sorteio (pagando ingresso, obviamente) dentro do Fiel Torcedor – com preços mais acessíveis para TODOS OS BOLSOS da torcida. Do que tem condições de arcar com altos valores até os menos favorecidos.

        Grande abraço e VAAAIII CORINTHIANS!

        Curtir

        • Paulo disse:

          Acrescento: dentro do Fiel-Torcedor somente, não! Há que se distribuir nunca menos de 25 a 30% dos ingressos a preços populares, nominais e sem possibilidade de revenda.

          Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Fabio, haverá telão a 10 reais para o povão que não conseguiu ingressos para o jogo

      Quanto aos neo-burgueses, tenho uma visão que de repente não destoe da sua, mas vejo da seguinte forma: o jogo não está ganho e precisaremos de 100% da torcida com espírito de arquibancada. Para os acostumados ao sofá e às mesas dos bares, é bom ir se preparando para se comportar como um autentico louco do bando

      Curtir

      • Fabio Castilho disse:

        Boa Silvinho!

        É por aí memso que quis dizer!

        Juro por Deus que não ficaria incomodado em perder um lugar na arquibancada nesta final, se soubesse que estaria ali representado por torcedor que Toorrrce, vibra, empurra o time na garganta, entende?

        O que me incomoda e irrita é assistir os jogos do Timão na TV e verificar que existem muitos lá que estão assistindo a partida sem EMPURRAR O TIME! Com cara de medo, aflito ou comemorando como se estivesse vendo “o time de voley da filha marcar um ponto no torneio da escolinha”, sabe?

        Parabéns MESMO para os torcedores! Espero que representem o “simples povão” que fez a história da TORCIDA FIEL mesmo em jogos de 4ªfeira a noite chuvosa no Pacaembu contra um XV de Piracicaba num “simples campeonato Paulista”….Espero encontrar vcs lá também ano que vem!

        Curtir

  22. Marco ACT disse:

    Infelizmente estou entre os que não conseguiram o ingresso. Agora o negocio e decidir onde assistirei o jogo e torcer muito pro Timao conquistar o caneco

    Curtir

  23. Já tem cadeira por apenas R$ 21.242,00 no referido site… Denunciamos pro clube e pro FT. Será que teremos resposta?

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Lelones, cheguei a conclusão que estes preços são folclóricos

      Já existe até cadeira por 2 reais

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Toda e qualquer notícia sobre a tal “empresa espanhola” é cortina de fumaça, Silvio. Para cada ingresso anunciado lá a 20 pilas, outros 1.000 passam desapercebidos a 2 ou 3 mil reais, pela porta da frente do clube – e esses, sim, é que precisam ser seriamente investigados.

        Você sabe disso melhor do que eu, cara…

        Força aí. Muito estômago nessa hora.

        Curtir

  24. Décio Monteiro disse:

    Fazendo uma continha bem rápida :
    51 anos, indo mais ou menos 2 vezes por mês assistir o Timão no Pacaembu ( estou contando só o Pacaembu), são 12 X 2 = 24 vezes ao ano, multiplicando por 51 = 1.224 vezes que estive pessoalmente por lá. Como a nossa casa deverá estar pronta daqui há 2 anos, aproveito essa mamata só por mais 48 vezes….kkkkk.
    Quarta-feira, eu entro no estádio com a cabeça erguida e digo :
    Descobri que ser velhinho tem só essa vantagem, pelo menos essa……Ingresso, o que é isso ? Morram de inveja, pelo menos só dessa vez…..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    O duro vai ser controlar o coraçãozinho, porque se eu multiplicar quantas batidas ele já deu até hoje, vai ficar impossível fazer essa conta.

    VAI CORINTHIANS !!!” só falta1(a)

    Curtir

  25. Claudio Marques disse:

    Infelizmente a garotada do sub 20 foi eliminada pelo River. A garotada não jogou bem essa competição e não foi surpresa a eliminação. Ontem a destacar a atuação do Dener no meio campo. Durante a competição os zagueiros foram muito confusos e deram alguns gols de presente aos adversários enquanto o trio Edilson, Jean e Michael foram nulidades completas. Na competição foram bem o goleiro Mateus, o lateral direito Rodnei (que se machucou), o lateral esquerdo e meia Dener, o reserva Jean Natal, que entrou bem em todas as partidas, e o atacante Paulinho (mas que jogou menos do que pode).
    O time do River apresentou um equatoriano chamado Juan Casares que se jogar todas as partidas daquele jeito joga mais que o Neimala. O cara deu chapéus, caneta, deu arrancada que quase resultou em gol (bola na trave), além de um drible desconcertante (um quase chapéu) no goleiro Mateus que resultou no primeiro gol do River. Além disso, se mostrou um jogador muito participativo, voltando para marcar e pegando muitos rebotes. Como o River está meio quebradão era bom ficar de olho nesse jogador.

    Curtir

  26. Zé Carlos disse:

    Silvio, o problema é que tem coisa errada aí.

    A frustração de quem, como eu, ficou de fora, não é mera inconformidade com uma conta que não fecha (milhões de torcedores x capacidade do estádio). O problema é que pago pelo Fiel Torcedor para ter prioridade em TODOS os jogos do Timão, e não apenas naqueles em que não há fortíssimo interesse por parte do Mercado.

    Estou crente de que o Corinthians vendeu nossos ingressos para os cambistas virtuais, que os repassarão para “torcedores de final” a preços exorbitantes, com todos os envolvidos recebendo sua fatia dos lucros – exatamente como funcionava com bilhetes de papel e filas de bilheteria…

    Insisto: consegui ir a todos os jogos da Neurose, assim como todos os meus amigos também. E, nem eu, nem nehum deles conseguimos ingresso para a final. E mais: não conheço ninguém que conheça alguém que conseguiu. É tipo a mega-sena, sabe?! Sempre dizem que alguém ganhou, mas ninguém nunca viu um ganhador…

    Aí fica difícil continuar acreditando nesse programa… se fosse qualquer outro tipo de consumo, se uma empresa de qualquer outro ramo tivesse me feito de PALHAÇO como o Corinthians me fez nesse caso, eu teria cancelado a assinatura ontem mesmo.
    Porém, como a coisa envolve paixão, envolve uma das razões do meu viver, eu continuarei me sujeitando ao papel de palhaço, sustentando o Corinthians nos jogos de Paulista, com time reserva e 5 mil testemunhas sob a chuva… deixe o filé para os almofadinhas que podem pagar 12 pilas, né?!

    Curtir

    • Zé Carlos disse:

      Outra coisa: lembro-me de ter lido em algum lugar – estava procurando o link agora, mas infelizmente não encontro mais… – que, para o jogo contra o Santos, passado o período de prioridade dos mais assíduos, apenas pouco mais de 5 mil ingressos de arquibancada haviam sido vendidos.

      Ou seja: os sócios adimplentes com 43 ingressos adquiridos à época correspondiam a pouco mais de 5 mil pessoas… esse número não poderia, em hipótese alguma, aumentar significativamente para o jogo seguinte, pois o cara que tem mais de 40 ingressos comprados não é torcedor de final – o interesse dele pela final é o mesmo que ele teve pela semi contra o Neymídia.

      Quando, semana passada, via meus amigos desesperados com o temor de não conseguirem os ingressos para a finalíssima, era explicando essa conta aí em cima que eu os tranqüilizava. Afinal, se nós cnseguimos ir a todos os outros jogos, por que não conseguiríamos ir na final – visto que a mecânica de vendas seria a mesma.

      Fui ingênuo. Teríamos conseguido os ingressos se a mecânica TIVESSE SIDO a mesma – mas, EVIDENTEMENTE, não foi.

      Esse obscuro período de prioridade para os mais assíduos é suspeitíssimo! É nele que os desvios de ingressos podem ocorrer – e, em minha opinião, provavelmente ocorrem.

      Não à tôa, o Corinthians não divulga esses números: quantos eram os sócios com prioridade antes do início das vendas, quantos destes efetivamente compraram, quanto ingressos, portanto, restaram aos demais.

      Como VERDADEIROS CORINTHIANOS (ao contrário desses playbas e barbies que pagarão 12 paus para ir ao Pacaembu brincar de torcedor), eu e minha esposa estaremos, como de costume, rezando, torcendo, vibrando, chorando, enfim, vivendo a final junto com o Corinthians na hora do jogo (como sempre fazemos em todos os jogos, aliás)… mas é inegável que essa palhaçada deu uma certa brochada nas pessoas… estragou um pouco a festa…. é triste.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Tenho 3 amigos Fiéis Torcedores que conseguiram, fico mais tranquilo

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Tenho muitos amigos associados do Fiel Torcedor que conseguiram, fico mais tranquilo

      Curtir

  27. Andre disse:

    só queria entender como se esgotaram os ingressos para a laranja, numerada e vip através da venda do fiel torcedor, sendo que existem menos FTs adimplentes nesses setores do que cadeiras…

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Mistério

      Curtir

    • Blu disse:

      Exatamente a minha situação, fui em todos oss jogos da libertadores, comecei tentar entrar no site as 12:00 do dia que abriu, só consegui as 12:15, quando apareceu a mensagem que as numeradas e o vip já haviam esgotado. Lamentável e revoltante.

      Curtir

  28. Luís Carlos disse:

    Que haveria dificuldade em obter ingresso acho que ninguém duvidava, mas a questão é que há torcedores sendo barrados da festa sem mesmo terem a oportunidade de disputar os ingressos.

    1) O setor amarelo fica reservado às torcidas organizadas, o que me parece justo e coerente, mas por que membros de torcidas organizadas podem adquirir ingressos para os demais setores? Aliás, por que membros de torcidas organizadas conseguem adquirir bilhetes sem ser pelo fiel-torcedor?

    Resposta: Existe uma categoria específica de fiel torcedor para este setor, somente para os cadastrados na Federação Paulista.

    2) O setor 21 inteiro para “convidados” da Conmebol? Por que não dizer a verdade e esclarecer que o setor 21 está reservado para os lambe-bolas?
    Resposta: Sim, obrigação da competição

    3) Por que um ingresso adquirido fora dos planos do torcedor comum, provavelmente recebido de graça por membro de torcida organizada, de conselheiro ou de lambe-sacos pode ter a titularidade transferida para poder ser negociado no mercado negro?

    Resposta: Na verdade, não deveria. Ou seja, deveria existir o cruzamento documento de identificação x dados impressos no ingresso

    4) Quando vão começar a cobrar pela acupação da jaulinha dos membros da ACEESP que não fazem qualquer trabalho em campo?
    Resposta: Nunca

    O estádio está sendo construído, e quem o vai pagar são esses mesmos que estão sendo afastados da festa hoje e não os que receberam ingressos de graça para si e para distribuirem ou agiotarem como quiserem.

    Superar a frustração é fácil, desde que se perca uma disputa feita em pé de igualdade.

    Duro é superar esse apartheid.

    Curtir

  29. oplahdobetob disse:

    Sem megalomania e indo além dos ingressos, a finalíssima deverá ter uma cobertura na Globo, digna de Copa do Mundo.

    E um jogo, em sofrimento, digno da final de 77. Não sairemos com o titulo nos 90 minutos, pode ter certeza.

    Mas não precisaremos de pênaltis. Assim você mata o papai, o vovô, o irmão, o tio, o primo, o filho, o cunhado, o sobrinho…

    Curtir

  30. oplahdobetob disse:

    Falando em Willie Wonka:

    Curtir

  31. Nivaldo disse:

    Fantástico este comentário feito no UOL na coluna do Kifuro:
    “Trocamos um Adriano inteiro por metade do Romário e levaremos a Libertadores de torna. Êta negocião.”
    Vai Timão !!!

    Curtir

  32. André Bamonte disse:

    Ano passado não teve esse problema de ingresso na final da Libertadores. E o Estádio era o mesmo…

    Curtir

  33. Carlos Amaral disse:

    Qualquer que fosse o sistema de venda, deixaria muita gente de fora do jogo. Nem o Maracanã do tempo que comportava quase 200 mil pessoas seria suficiente para o jogo. E, pela natureza do ser humano, é fácil entender que em momentos de procura maior que a oferta, a ética(o pouco que ainda sobrou neste país) vai embora e irmão explora irmão. Com certeza torcedores fiéis abrem mão da possibilidade de ver ao vivo o jogo em troca de uns bons cascalhos em suas contas, além é claro de organizadores do evento que tem grandes possibilidades de lucrar em cima de nossa paixão.

    Curtir

  34. Rodrigo Villas Bôas disse:

    Amigos, bom dia!

    Aproveitando o tema, aproveito para contar a minha situação.

    Minha esposa trabalha no departamento jurídico do Santander. Para todos os jogos da Libertadores eles realizam sorteios de ingressos. Porem o método deles é um pouco diferente. A cada duas horas uma turma é eliminada do sorteio, ficando apenas duas pessoas no sorteio final.

    Semana passada (Jogo do Santos) minha esposa foi para o sorteio final, junto com outro funcionário do banco. Infelizmente (ou não) ela não ganhou! Mas, esta automaticamente classificada para o sorteio da próxima semana! Ou seja, ela e mais um funcionário (que esta sendo selecionado) irão concorrer a TRÊS ingressos na área Vip!

    Amigos, cruzem os dedos, e façam uma corrente para que consigamos levar esses ingressos!

    Abraços,

    Rodrigo

    Curtir

  35. Fabiano disse:

    Romarinho é o Super Shock, é o novo herói corinthiano…

    Deixou a porkada e os Boquetes em estado de choque !!!

    Curtir

  36. Não tô entendendo toda essa celeuma por causa desse assunto.

    Pacaembu pra 35 mil pessoas não dá conta de receber todos que gostariam de estar nesse jogo. Arena Corinthians pra 48 mil tambem não daria e mesmo no #MorumbiNão pra 65 mil pessoas, alguem que gostaria de estar dentro tambem ficaria de fora. Corinthians já colocou 140 mil pessoas num estadio.

    Mais importante é que os 35 mil felizardos que conseguiram seu lugar no Pacaembu, onde temos campanha fantastica nessa Libertadores, e os outros 30 milhões que ficaram de fora empurrem o time rumo ao objetivo maior que é o titulo

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      A questão não é pura e simplesmente de capacidade x quantidade de interessados x quantidade disponível

      O fato é que ingressos chegaram à empresas como essa TicketBis, cobrando até 12 mil reais por um ingresso

      Curtir

      • Felipe disse:

        Silvinho, o barulho acontece porque muita gente foi em todos os jogos da libertadores, mas ficou de fora da final. O problema é que não foi priorizada a venda pra esse pessoal que esteve no jogo contra o Táchira, por exemplo. Eu mesmo conheço outras duas pessoas que, como eu, foram em todos os jogos, mas ficaram sem ingresso justo na final.

        Se tem mais interessados na final, deveriam ao menos priorizar a compra de quem apoiou o timão desde o início da campanha.

        Curtir

      • Rogério Dias disse:

        Então criaram a modalidade “cambista virtual”? É preciso rastrear o dono desse site e ver se o mesmo é “fiel torcedor”, assim fica mais fácil processar essa pessoa.

        Curtir

      • Jota disse:

        Silvio, até onde eu sei, não é a empresa que recebe e vende os ingressos. São os próprios torcedores donos dos ingressos que os oferecem e anunciam. A Ticketbis funciona como um Mercado Livre de eventos, é só uma intermediadora de quem tem um ingresso e quem quem comprar.
        Nos EUA é muito comum este tipo de empresa, ainda mais pelo fato de que lá são vendidos carnês para toda a temporada e dificilmente sobram ingressos avulsos. Assim, quando o dono do carnê não for a um determinado jogo, ele utiliza esses sites para oferecê-lo a algum interessado. Inclusive existem alguns times de futebol americano e de basebol que oferecem esse serviço de intermediação pelo próprio site do time.

        Curtir

        • Blog do Silvinho disse:

          Mas Jota, até que ponto vai a responsabilidade da empresa, neste caso?

          Perante o consumidor, não é ela a responsável? Ela não cobra pelo serviço?

          E tem a questão do Estatuto do Torcedor também.

          Complicado isso tudo

          Curtir

          • Jota disse:

            É como eu falei, é uma espécie de Mercado Livre de ingressos.
            A responsabilidade dela vai no sentido de garantir que o ingresso oferecido é legítimo, ou seja, a oferta do ingresso só é liberada quando o anunciante comprova que tem o ingresso em mãos, que o mesmo é legítimo e quando passa um número de cartão de crédito válido para a empresa para se no caso de fraude por parte do vendedor, ter alguma maneira de ser cobrado dele o prejuízo causado.
            Se qualquer um desses requisitos não forem preenchidos, o anúncio não é liberado.
            A cobrança dela – se for igual aos EUA – é uma comissão sobre o valor excedente do valor original do ingresso. Se o sujeito vender o ingresso sem nenhum ágio, não paga nada de comissão. Além de tudo, eles ainda se comprometem a retirar o ingresso na casa do vendedor e entregar nas mãos do comprador, ou deixar disponível em um guichê na porta do estádio para retirar no dia do evento. Acho que deve ser da mesma maneira aqui também, talvez apenas sem a parte da retirada no próprio estádio.

            Curtir

          • Zé Carlos disse:

            Eu quero saber é da responsabilidade do Corinthians nisso tudo, Silvio!

            Curtir

    • Douglas Chiavegati disse:

      Como ja foi dito, o problema nao é numero e torcedores x numero de lugares….

      O problema é a transparencia….

      Eu cheguei a selecionar tobogã, e clicar em “prosseguir”….me apareceu a tela de “estamos processando seu pedido”…e deu erro na pagina…..depois disso nao consegui mais entrar e fiquei sem ingresso.

      No jogo passado um amigo seleciou arquibancada e deu prosseguir….quando a tela atualizou…voltou pra mesma tela , soh que sem a opçao de arquibancada…somente tobogã….ele repediu o processo e aconteceu a mesma coisa, soh que desta vez ja apareceu que nao haviam mais ingressos…..isto nao pode acontecer de forma alguma…..o sistema é muito mal feito….

      Em contra-partida…outro amigo conseguiu comprar 4 Ingressos….para 4 logins diferentes…..como ele conseguiu comprar 4 e milhares nao conseguiu comprar 1?….seria muita sorte, nao???

      Curtir

  37. Cleber Suzano disse:

    Falar para superar é fácil, o dificil é apoiar o Corinthians em todos os jogos e ficar fora da final com setor 21 indisponivel, e arquibancada amarela bloqueada e ingressos gratis para organizadas e site vendendo ingressos a 10.000 pilas fiel torcedor virou piada e o corinthians é conivente.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      10 mil não, já ta quase 12

      E se não superar, como faz?

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Superar a gente supera, né?, Silvio… mais apropriadamente, ENGOLIMOS O SAPO.

        Tal como fazemos quando o motoboy mete o pé no retrovisor do carro, quando o trombadinha bate nossa carteira na rua, quando sofremos abuso de poder por alguma autoridade, etc…

        Segue a vida… fazer o quê? Tenho outra opção?

        Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: