Feliz Dia do Amigo

Com muito amor,

Riquelme.

 

 

Anúncios

14 Responses to Feliz Dia do Amigo

  1. Múcio Rodolfo disse:

    Para mim vivemos numa fase de “vacas gordas”, cujo ponto de partida foi o início de 2008. De lá para cá, temos a nossa disposição times que tanto ganham campeonatos, como se mostram em condições de disputá-los a sério. Temos times que lutam e mostram garra – o mínimo que a torcida exige. Quando eu vejo o Riquelme (que está em fim de carreira e, portanto, não é um jogador no auge) se recusa a vir para o Flamengo alegando razões futebolísticas, eu me lembro dos tempos em que isto aconteceu conosco. Hoje, a esposa de um jogador se lamenta pelo fato dele não se transferir para o Corinthians. TEmpos atrás, uma outra esposa aconselhou o marido a abandonar o clube (César, em 2007). Hoje, tem jogdor que lamenta ofato do clube não cumprir a promessa e faciliar sua vinda para o Corinthians. TEmpos atras, um Jadilson da vida, dava graças a Deus de não vir para o Corinthians. É por essas e por outras – por entender que futebol é cíclico- que não gosto de certas manifestações de arrogancia dos nossos representantes. O sucesso sobe a cabeça e o cidadão se perde. Arrogância não combina com corinthianismo. Nunca combinou.

    Curtir

  2. Silvinho e nação corinthiana,

    Estou dando uma passada pelos sites/blogs e me deparei com esta matéria no globoesporte.com – A Presença dos Clubes Brasileiros nas Mídias sociais, com o Timão dando banho no Facebook e Twitter, de acordo com dados de 11-07-2012.

    Pensei que ia ter um “ataque de riso” incontrolável até agora, quando me deparei com este comentário de um “bambino do viadal do jardim leonor” (minúsculo mesmo)….

    …..
    31
    ale xf cruz:
    20 julho, 2012 as 19:09
    BOM DE FATO O SÃO PAULO É A TERCEIRA MAIOR TORCIDA COM UM DETALHE, DIFERENTE DO CORINTHIANS Q TEM UMA TORCIDA ARTIFICIAL MIDIA, O SÃO PAULO MESMO AH 4 ANOS SEM GANHAR NADA CONTINUA NA PARTE DE CIMA EM TODAS AS PESQUISAS, SEM MIDIA NEM FORÇAÇÃO DE BARRA DA DEMAGOGIA Q EXISTE NO SMALL CLUBE POR EXEMPLO.

    SOBERANO NÃO SO NOS TITULOS MAS NA TORCIDA.

    SÃO PAULO >.>AMOR

    CORINTHIANS>>>MIDIA.
    ========

    Quer dizer então que temos uma torcida de mídia, artificial e a deles é de “amor”…

    Não aguentei, pensei que ia “ter um treco”…. (risos incontroláveis)….

    Abraços e vamos detonar a Lusinha hoje…

    VAI CORINTHIANS

    Curtir

  3. Ernesto de Minas disse:

    Vendo arrogância e a prepotência desses bambis acima veio minha decepção com nosso diretor Roberto de Andrade. Irritado com o presidente da La U por causa do zagueiro Rojas, ele disse “La U não é nada, não é nada perto do Timão”. Palavras típicas de alguém arrogante. Isso são palavras de diretor do SPFW não de um time do povo. Primeiro que La U é sim um grande time, um dos que mais crescem na América do Sul. Segundo que, de modo geral, chileno respeita o Corinthians; estive em Santiago em janeiro e sei disso. Terceiro que mesmo que fosse um timinho de nada, mesmo assim um diretor de um time popular como o Corinthians não pode menosprezar qualquer clube. Lamentável.

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Discordo de vc. amigo. O Dirigente Chileno que desfez do Corinthians. O Andrade deu uma resposta a altura.

      Procure ver os fatos.

      Chega de apanhar e dar a outra face.

      Bateu levou. Gostei.

      Curtir

    • Alessandro disse:

      Também vi essa declaração e fiquei puto da vida.
      Roberto de Andrade, presta atenção, somos o time surgido de sapateiros, carroceiros, alfaiates…
      Respeito e simplicidade não fazem mal a ninguém.
      A arrogância mora no time do time das Madames.
      A Nação Corinthiana pede desculpas pra La U.

      Curtir

    • José disse:

      Concordo totalmente. Uma declaração infeliz e arrogante, que nada de bom acrescenta ao Corinthians.

      Curtir

    • PAULO disse:

      CONCORDO…

      Curtir

    • W. Oliveira disse:

      Concordo.

      Curtir

    • AndersonII disse:

      Nada a ver. Os amigos estão do lado errado nessa. A própria mulher do jogador, ficou aborrecida com a atitudes dos dirigentes chilenos, que disseram que a proposta do “corinthians” foi ridiculo, e pior, mentiram quanto ao valor que o Timão propôs.

      Arrogante é quem ofende sempre.

      Quem responde está apenas se defendendo do arrogante.

      Um absurdo os amigos ficarem contra o Corinthians nessa parada.

      Acho que ficavam quietos quando eramos chamados de marginais, bandidos e outros adjetivos pejorativos.

      Bambi é bambi sempre.
      o

      Curtir

    • David disse:

      Corretíssimo Ernesto, se formos nos pautar pela medíocridade dos outros respondendo “a altura” vamos perder nossa identidade de TIME DO POVO.

      Curtir

  4. Múcio Rodolfo disse:

    TEm um foto que aparecem alguns manjubinhistas vestidos com uma camiseta onde está escrito – entre outras coisas- que “eliminar o Corinthians da cucaracha cup não tem preço”. O que leva um cidadão gastar dinheiro mandando confeccionar uma camista dessas, sabendo que seu time vai enfrentar um adversário bem armado, que pode não ser superior ao seu, mas que tem plenas condições de derrotá-lo? Com relação a esses ai da foto, o pior é um outro grupo – o dos manjubinhas- no qual um com a camisa escrito 100% repete duas ou três vezes “não vai ser não, não vai ser não” diante da possibilidade do Corinthians ser campeão invicto da cucaracha. Tão patético que dá ate a impressão de coisa forjada pela produção do Fantástico. Não pode existir gente assim nesse mundo. Ou pode?

    Curtir

    • Paulo disse:

      Múcio, às vezes a gente realmente se pergunta a razão de tanto ódio. Na minha opinião, há diversos fatores que concorrem pra isso. Um deles é o fato do Corinthians ser popular desde suas origens, o que acabou gerando uma atitude um tanto, diríamos, reacionária por parte de setores mais elitizados ( embora, num aparente paradoxo, o Corinthians tenha maioria de torcedores em todas as faixas sociais e em todos os níveis de escolaridade, ainda que eu não saiba afirmar se guardando exatamente ou de forma aproximada as mesmas proporções ). Note que esse caráter reacionário do anticorinthiano existe mesmo quando o sujeito é mais instruído ou com tendência política “progressista” ( uso o termo entre aspas porque considero, em princípio, insuficientes e tendenciosas essas qualificações – geralmente do jargão da esquerda – para definir o pensamento político do indivíduo ), o que parece indicar que é um fator mais sentido que pensado, e deita raízes na nossa história singular de Clube de operários, negros e migrantes, perpassando, aí, um sentimento discriminatório, talvez ( ainda que enrustido ou não percebido claramente ). Tem a ver, ainda, possivelmente, com o fato de sermos maioria, pura e simplesmente, o que implica em chances maiores de ser zoado em caso de vitória corinthiana. Outro fator possível de explicação é a identificação totalizante que o corinthiano tem com o time, o que nos difere dos demais torcedores e, talvez, nos torne mais “chatos” aos olhos deles. Como se não bastasse, esses fatores todos de antipatia foram potencializados nos últimos anos pelo ódio gerado a partir da história do tal “apito amigo” daquele pseudo jornalista canalha que todos nós sabemos quem é ( repare que esse sentimento de ódio generalizado atinge até torcedores de outros estados, ou de clubes sediados em outros estados, tradicionalmente beneficiados pelo “sistema”, como flamenguistas, por exemplo, o que o torna ainda mais absurdo, pelo menos quando assumido como verdadeiro – já que muitas vezes o “argumento” é utilizado de forma conscientemente mentirosa, para tentar macular nossas conquistas ). Enfim, tudo isso apenas nos coloca como o único Clube realmente diferenciado no Brasil, e essas diferenças só fazem crescer, porque se retroalimentam – somos os maiores, os mais citados na mídia, no maior Estado da Federação, o que nos dá vantagens competitivas óbvias, e isso gera um sentimento de pavor nos adversários, dessa pujança crescente, que pode ( e vai ) acabar até por condenar os demais ao ostracismo permanente, e isso vem sendo sentido e intuído cada vez mais pelos anticorinthianos. Eles percebem que, no limite, lutam por sua sobrevivência, e isso gera uma reatividade natural, em escala progressiva. Não sei onde isso vai parar, mas recomendo cautela à diretoria nessas declarações triunfalistas, jactanciosas ou desdenhosas com adversários ( como fez agora o sr. Roberto Andrade, em relação à LaU e como habitualmente faz o sr. Rosenberg ). Zoar os antis temos que fazer mesmo – afinal, eles merecem, não é mesmo? Agora, arrogância não combina conosco.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo disse:

        1- Se a gente considerar que jornalistas (refiro-me aos que abraçaram a idéia do tal apito amigo) são seres inteligentes e, portanto, enxergam que os demais clubes grandes também foram favorecidos algumas vezes, a conclusão é de que tudo não passa de canalhice pura. Tempos atrás, eu vi um comentário de que o Corinthians era o time mais odiado do país. Ai eu fiquei me perguntando: será que o torcedor do Atlético Mineiro odeia mais o Corinthians do que ao Cruzeiro, seu rival doméstico, ou ao Flamengo – diante de quem sofreu algumas das maiores “atrocidades” em termos de arbitragem? Este é só um exemplo.
        2- As vezes me reuno com amigos torcedores de outros times de SP. Eu sou obrigado a debater com todos eles -santistas, palmeirenses e são paulinos. Eles se juntam reforçam os seus argumentos e eu tenho que rebater cada um deles. Eles não enxergam que entre eles também existem diferenças, “passadas de pernas”.

        Curtir

    • Jacare disse:

      Pode. E como tem.

      Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: