Perdemos o segundo jogo consecutivo

Perdemos.

E perdemos para nós mesmos.

Perdemos porque ao fazer o primeiro gol, já devíamos estar pensando no quarto.

Perdemos talvez porque atualmente não basta ganhar do SPFW, gostoso mesmo é ganhar com requintes de crueldade.

Perdemos porque exageramos no direito de desperdiçar oportunidades, foram muitas, várias, que poderiam sim decretar uma vitória elástica ontem no sempre repleto de corinthianos Pacaembu.

Perdemos porque nosso meio de campo ontem praticamente inexistiu. Ralf mal, Paulinho presente apenas no lance do primeiro gol, Douglas e sua estranha febre na metade da porfia.

Perdemos porque nosso escritor, quando resolve jogar bola, não vem pintando quadros ou posando de modelo fotográfico. E a ali mesmo do lado esquerdo, Fábio Santos também não disse ao que veio ontem.

Perdemos porque Romarinho está querendo roubar de Dodo o rótulo de “Artilheiro dos Gols Bonitos”, porque vem preferindo embelezar em detrimento do básico, do simples, do mais óbvio e porque também exagera no individualismo.

E Emerson, em que pese ter feito o primeiro e único gol, acredita mesmo que cada jogada deve ser incrementada com um drible desconcertante, uma caneta, um rolinho ou uma firula improdutiva qualquer, quebrando o ritmo de uma jogada, que de forma mais objetiva, poderia até resultar em perigo iminente de gol.

Perdemos, mas perder também faz parte.

E pelo amor de Deus, corinthianos, paremos com esse negócio de reclamar da arbitragem. Isso é coisa de bambi, de porco, não combina com a gente.

Somos roubados desde 1910 e assim será pelo final dos tempos, acostumem-se.

Comente a partida, acrescente – ou não – mais motivos para a derrota de ontem.

E Vai Corinthians!

Anúncios

43 Responses to Perdemos o segundo jogo consecutivo

  1. Vinicius disse:

    tite é osso…

    Curtir

  2. Marco disse:

    Perdemos porque temos a maior arrecadação do Brasil, as maiores bilheterias, a maior audiência e não temos um craque para desequilibrar um jogo.

    fato.

    Curtir

  3. Vinicius disse:

    E pelo amor de Deus, corinthianos, paremos com esse negócio de reclamar da arbitragem. Isso é coisa de bambi, de porco, não combina com a gente.

    https://blogdosilvinho.wordpress.com/2012/08/27/o-jeito-edilson-fazendo-escola/#comments

    explica, Silvinho?

    tambem acho que nao devemos reclamar de arbitragem. perdemos o jogo na incompetencia e falta de capricho de nossos atacantes.

    que sejam as duas unicas derrotas em classicos do mandato gobbi. pelo menos em brasileiros

    Curtir

  4. Décio Monteiro disse:

    Perdemos porque :
    -se tratava de um jogo de futebol onde o imponderável sempre está presente.
    -a sorte nesse dia foi madrasta e nos abandonou…
    – houveram erros de finalizações na hora fatal . Precipitações e principalmente individualismos deram a tônica nesses infelizes momentos .
    Foram quinze minutos alucinantes que eu nunca vi na minha vida.Depois do quinta chance clara de gol, dei um cutucão em um velho companheiro da Curvinha e disse duas coisinhas:
    Pode ser muita superstição mais detesto quando o time marca logo no início do jogo e outra :
    Parece que esse filme já vi umas 200 vezes ( talvez mais que os Dez Mandamentos) , é o tal do o antiquíssimo e batidinho ditado, mas quase sempre infalível, QUEM NÃO FAZ, TOMA !
    obs: Sim, eu sou do tempo do filme onde o Moisés (não confundir com o becão -77), personagem bíblico ,abriu o mar Vermelho, 1931 a.C. Vejam, tempo do filme e não do personagem. Sou um pouquinho mais novo.
    Ratificando o que já disseram:
    Perdemos porque :
    -a nossa torcida só se lembrou em cantar versinhos repetitivas e chatos ,somente com o intuito ofensivo ao adversário (os caras esqueceram que de outro lado tem um time “babando” e com muita vontade e interesse em ganhar),
    -essa mesma torcida se esqueceu de empurrar o time notadamente na hora que é de suma importância , ou seja, no momento ruim da equipe no jogo , onde ela sempre se destaca sobre as demais , tanto em quantidade como na qualidade. É a Fiel e sempre terá que ser assim.
    – no segundo tempo, os jogadores não se lembraram quais foram os ingredientes principais e que não pode faltar jamais numa partida de futebol e que sem eles não teriam conseguido êxitos seguidos, como Brasileirão e Libertadores. Sim os jogadores se esqueceram que a vontade e a raça superam e muito algumas deficiências técnicas.
    Engraçado, parece que alguém já citou isso, senti também um clima diferente ontem. Sei lá, me transpareceu que o seguido sucesso talvez tenha subido tanto na cabeça de alguns jogadores como também na cabecinha de torcedores mais jovens. Esses por sua vez, esqueceram da nossa verdadeira história . A obrigação de alertá-los é nossa, dos mais vividos. Observar que o nosso perfil é e será sempre de uma torcida apaixonada exclusivamente pelo NOSSO TIME. …. o resto , é só o resto e nada mais . Mostrar que essas manifestações de soberba e arrogância ,não são compatíveis com as nossas origens . Fazê-los procurar entender que o que sempre nos norteou foi a simplicidade e dela nunca poderemos abrir mão em nenhuma hipótese sequer.
    Eles e todos tem que entender que o Corinthians sempre foi assim e não se devem iludir com facilidades e molezinhas . Tudo que conseguimos foi com muita luta , sempre difícil , arrancado a fórceps , suado ,com muito empenho e denodo. E isso é o que nos diferenciam, é isso que faz da nossa marca ser única . ISSO É O VERDADEIRO CORINTHIANS. Para nós o bicho pega…..e vê se corre se não ele te morde, mesmo que seja um inofensivo e delicado BAMBI !!!

    VAI CORINTHIANS !!! se liga que o buraco é mais embaixo. Estamos de olho, hein ?

    Curtir

    • Moacyr de Indaiatuba disse:

      Assisti ao jogo da mesma curvinha. Em 44 anos de Pacaembu nunca vi 20 minutos iniciais iguais a esse. Tive o mesmo pressentimento e ainda comentei com o meu filho que a linha burra daria em merda. O SP jogou o jogo da vida e o Corinthians jogou como se fosse um jogo qualquer. Ridícula a insistência em se vangloriar pela conquista do torneio varzeano. Ganhamos a Libertadores. Que bom! Agora chega. Bola para frente. Terminar o campeonato em posição honrosa e ir com tudo para o Mundial.

      Curtir

  5. Silvinho, só para esclarecer. A febre do Douglas não apareceu de repente. Sexta feira ele nem foi ao campo por causa de uma forte gripe. Com o calor e o sol que fazia, ele não aguentou. Tite foi imprudente por tê-lo escalado, já deveria ter iniciado o jogo sem ele. No mais, concordo com você, perdemos para nós mesmo, para nossa incompetência e arrogância. Você que é do Conselho, faça-me um favor. Avise ao time e a torcida que a Libertadores já acabou e que o brasileirão já está na metade.

    Curtir

  6. Múcio rodolfo disse:

    1- Parece que o desmanche ocorrido pós-cucaracha está tendo feitos trágicos para nós. As saídas do Castan, do Alex, do Liedson e do Willian não foram repostas na mesma qualidade. O Alex,mesmo criticado, resolvia na bola parada e ajudava na marcação. O Liedson, mesmo em má fase, não perderia os gols que o Emerson e o Romarinho perdem. O Willian, com todos os defeitos, marcava melhor e chutava (um pouco) melhor que o Romarinho.
    2- Este time ainda é forte e pode ficar mais forte ainda. De imediato um descanso para os nossos laterais. Guilherme na direita e Denner na esquerda. Não custa experiementar. Se o Paulo André está dando mole, Walace no lugar dele. Ele é meio estabanado, mas chega junto. Na cabea de área, se o Ralf continuar melindrado com as palavras do Mano, que tal dar uma chance ao tal de Guilherme de provar que ele valia toda aquela novela? Se tais mudanças podem tirar o conjunto do setor defensivo, por outro lado com sangue novo pode aparecer uma motivação que não está existindo no momento.
    3- Quando eu disse que este time é forte me baseio nos dois jogos nos quais, embora derrotados jogamos tanto ou mais que os vencedores. Então o que falta é ajustar alguns detalhes. O pior seria se o time fosse uma draga,não tivesse alternativas (se bem que em alugns setores as alternativas são bem escassas).

    Curtir

  7. Jo disse:

    o que me deixa mais puto é ver o corinthians jogar a toalha antecipadamente, jogadores dando entevista que o unico objetivo é tumultuar a vida dos lideres, como assim? se a mídia da chances ao flamengo e prantos, pq agente não pode ter?

    Foi assim em 2009, quando mano menezes jogou a toalha faltando 1 turno ainda, e quem foi campeão foi o flamengo que no momento estava pior que agente, esse discursinho de jogar a toalha e cumprir tabela não pode, corinthians sempre foi time das arrancadas e do embalo, isso não pode morrer, desistir jamais.

    Curtir

  8. Nelson disse:

    Não é só pelo jogo de ontem, mas desde que o Ralf foi preterido pelo Mano Menezes, o futebol dele caiu demais, não tem mais a mesma pegada, e deu agora, para fazer lançamentos que por sinal são horrorosos. O meia bambi deitou e rolou na armação pelo lado direito delas.
    O defeito crônico do Corinthians é o chute a gol, muito mal executados pelos atacantes. E agora outro, a zaga esta ficando muito mal protegida, devido a má fase do Ralf, fazendo os zagueiros saírem para dar o primeiro combate ou recuarem ficando em linha, por isto um numero excessivos de gols tomados.
    O que me chamou a atenção foi quando na volta do intervalo, e perguntado ao Tite o porquê da substituição do Douglas, simplesmente o semblante dele mudou e disse que “era o que se esperava dele”.

    Curtir

  9. Paulo Stein disse:

    Perdemos pq amarelamos. Perdemos pq não temos um jogador acima da média. Perdemos, pq alguns jogadores (Paulinho por exemplo) já estão pensando em transferência. Agora, perder pra elas, de virada??? Inadimissível. Esses jogadores precisam criar vergonha na cara. Ainda estão vivendo do título da Libertadores.

    Curtir

    • Paulo Stein disse:

      Ah, e tem mais. Esse time aí não ganha o mundial. Sem um jogador que desequilibre, podem esquecer. Esse time é comum demais.

      Curtir

      • Edilson Coringão disse:

        Comum é a bambizada querer vir aqui estravazar toda sua alegria de derrotar o maior de todos. Somos os maiores e melhores deste país e da américa. Em dezembro iremos representar dignamente o continente. E o resto que vá prá puta que pariu!!!

        Curtir

  10. Alan disse:

    Chega desses mosaicos ZICA. E tem que esquecer a porra da Libertadores, ficar passando recibo pras outras torcidas. Ganhou, ACABOU. Como disse o Paulinho Monteiro, ARRANCA essa Libertadores da camisa e SEGUE O JOGO. Será que esse processo de bambinização da torcida não tem fim?

    Curtir

  11. Assim como no domingo passado, ontem nosso meio de campo e defesa ficou assistindo um atleta que conduz a bola ir levando, levando, levando e pronto, deixou outro centroavante na cara do gol. O Ralf é um excelente marcador, e só !!! Desde que o Mano Menzes falou isso e com razão, o cara acha que tem que aprender a sair jogando agora depois de velho. Tem que derrubar os caras pô !!!

    E perdemos muitos gols, não pode perder tantos gols assim, de resto, tudo normal, sem fantasmas !!!

    Curtir

  12. Marco Henrique disse:

    Silvinho,

    Vendo pelo lado bom o Prof. Tite, está jogando de uma forma mais agressiva, porém nossa zaga fica mais exposta, mais quem sabe conforme o time for se acertando nessa nova maneira de jogar podemos colher frutos lá na frente.

    Curtir

  13. thiago disse:

    Concordo com quase tudo, menos com a arbitragem se fosse a favor iam ficar falando uma semana o corinthians tem que reclama sim, ta virando moda garfa o corinthians,mais valeu pelo treino.

    Curtir

  14. Flávio Augusto disse:

    Só não entendo as críticas ao Ralf.
    No 1° gol delas, Paulo “lento” André errou ao tentar o desarme, e Fabio Santos não acompanhou a Luíza.
    Já no 2° não precisa nem comentar do vacilo do Alessandro.

    Infelizmente está sendo corriqueiro usarmos nos jogos do Corinthians um jargão batido, mais que mostra a realidade dos últimos jogos do Timão, “nem sempre o melhor vence”.

    O Corinthians tem si mostrado superior e jogado mais que os adversários, mais o futebol tem dessas coisas.
    Uma coisa melhorou bastante de uns tempos pra cá, a criação das jogadas e volume de jogo está em um nível satisfatório. Um outro problema que persiste desde sempre é a conclusão, acertar o gol, matar o jogo. Nisto o time tem que melhorar muito.

    Curtir

  15. Marco ACT disse:

    O time caiu muito de producao no segundo tempo e tivemos varios jogadores com atuacao abaixo da media.

    Negocio agora e buscar a recuperacao, depois ja planejar o Mundial de Clubes pois infelizmente não chegaremos no Brasileiro

    Curtir

  16. otavioserra disse:

    Só eu que acho que os dois clássicos já estavam vendidos? 😀 Nós temos que fazer caridade! Podem ver que no próximo jogo vai voltar tudo ao normal, ou então não, hehehe.

    Se a zona da degola ficar perto ai os caras jogam bola e garantem o ano! O problema foi que não conseguimos arrancar o suficiente para sermos campeões brasileiros. Ai desanimou geral. Para quer correr se não vai adiantar nada?

    Sinceramente, vai ser assim até o final do ano. Vai ser no marasmo, na lezera 😀

    Curtir

  17. Leandro disse:

    Concordo com o Ernesto de Minas. Perdemos porque ontem quisemos ser “eles”, e é com dor no coração que eu digo que ontem, eles é que foram “a gente”.
    Pra eles sobrou dedicação, empenho e humildade. Pra nós, soberba, indiferença e arrogância, inclusive nas arquibancadas.
    Acorda Corinthians, torcedor do Timão tem que estar mais preocupado em empurrar o time do que ficar o tempo todo enchendo o saco durante o jogo. Ontem, como de costume, estavam em perfeita sintonia, o time no campo e a torcida fora dele.

    Talvez estes tombos sejam proveitosos para que não esqueçamos quem somos nós e o que somos nós. Nunca fomos timinho de libertadores, e que continuemos não sendo. Que o torcedor de sofá aprenda que estádio, ainda mais arquibancada, é pra torcer, cantar, empurrar. Pra passar o jogo reclamando, chingando juíz e se preocupando com o adversário mais que com o Timão, fica em casa assistindo na televisão. AQUI É CORINTHIANS!

    Curtir

  18. Arthur Gomes disse:

    Caros, perdemos, é verdade. Mas “bambizar-se” também é na primeira sequência negativa achar que está tudo ruim. Acho que o time estava sem sua espinha dorsal (sem o melhor zagueiro, Cástan, sem o Alex – que ao menos marcava – e sem J.Henrique) e já temos um sonoro alerta: precisamos nos reforçar e melhorar pro Mundial. Voltamos a ficar sem padrão. Um zagueiro bom é urgente. E se o Guerrero não der conta, um centroavante.

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Arthur; usei a expressão “bambinizando” pela postura dos jogadores. Arrogantes, cheios de si, sem humildade, soberbos. Se bem que, pensando bem, não é só os jogadores que estão “bambinizando” não. Veja nosso diretor Roberto de Andrade que desdenhou da LaU. Veja parte de nossa torcida que cantou sobre libertadores num jogo no Pacaembu, também desdenhando do Botafogo. Não é para esse Corinthians que aprendi a torcer e amar desde criancinha. Meu Corinthians é dos humildes, do povo sofrido que respeita os outros, do jogador que rala a bunda na grama, daquele que luta prá viver. Sinceramente, fiquei muito feliz com a vitória na LA, mas se para isso meu Corinthians passar a se comportar como um bambi seria melhor ter perdido.

      Curtir

      • Alexandre disse:

        Vão se fuder esses caras q estão chamando a nossa torcida de bambi……se o corinthians está se tornando grande demais pra vc….vai torcer pro guarani então!!!

        Curtir

      • Arthur Gomes disse:

        Ernesto, acho que concordamos no geral. Seu Corinthians é o meu Corinthians, da raça, da fidelidade, da humildade. Menos marketing, mais identidade com nossas origens e nossos valores. Porém, estive no Pacaembu e me irrita muito o comportamento de torcedores “bambizados”, acostumados apenas a vencer. Perder é do jogo, e há sete anos não perdíamos. Não me parece que faltou esforço; acho que o time ainda está se acertando, ganhou muita coisa e é duro manter o foco. De qualquer forma, o alerta está ligado. Saudações alvinegras. abs.

        Curtir

  19. otrebor disse:

    Nosso lado esquerdo da defesa está uma avenida bem larga depois da saída do Castan.
    Quando time começa a perder clássicos eu fico muito preocupado, é um grande sinal que as coisas estão erradas.
    Ficar com este discurso que ganhamos a libertadores e que não precisamos de mais nada além de disputar o mundial no final de ano é outro erro imperdoável,
    Abre o olho tite !

    Curtir

  20. Daniel disse:

    Bom dia, Silvio

    Perfeita análise. Estive no Pacaembu ontem, e observei as mesmas deficiências. A principal delas, jogamos como são paulo e o são paulo jogou como Corinthians. Ou seja, estamos caindo na perigosa mania de nos acharmos superiores a todo e qualquer time. É claro, temos um time muito forte, mas essa força se deve a humildade, a simplicidade em cada ato, da raça de uma marcação até o fim. E não foi isso que eu vi ontem. Aliás, não somente eu, mas grande maioria presente no Tobogã. Não tivemos 50% da pegada da campanha brilhante da libertadores. Ralf e Paulinho estão muito mais preocupados em se mostrar volantes técnicos e clássicos, um equívoco, pois sempre foram efetivos e decisivos jogando o “bê a bá”. Chicão e P.André, são bons zagueiros, mas de maneira alguma podem jogar lado a lado, pois ambos são lentos, e incapazes de cobrir os avanços (poucos) de nossos laterais. Ou joga um, ou outro. Não adianta ficar chorando também a ausência do L.Castán, Alex ou qualquer outro. É esse o time, e seu Adenor ganha muito bem para perceber o erro em se manter uma zaga velha e lenta. Não sei o quanto viajante seria o meu pensamento, mas deslocaria o Ralf para a quarta zaga e escalaria o Guilherme para fazer dupla com o Paulinho. Na minha opinião, ganharíamos velocidade na zaga e qualidade de passe no meio de campo. Não sei, temos 3 meses para testes até o mundial e como não temos chances de título (é praticamente impossível), não custaria nada tentar algo de novo.

    Abraço.

    Curtir

  21. Mario Csapo disse:

    Perdemos, também, porque o Luis Bambiano passou o jogo todo esperando, no limite, um erro da arbitragem ou da nossa zaga e ninguém em campo (ou ao lado dele) fez NADA pra mudar. E concordo: é inaceitável perder tantas chances de definir o jogo.

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Ele ficou o tempo todo fazendo a mesma coisa, esperando o bandeirinha errar. Não foi preciso, Alessandro é mestre na arte de errar na linha burra.

      Curtir

  22. Carlos Alberto disse:

    Acho que também faltou algo para o nosso técnico. Ninguém quer dar uma de “pitonisa” aqui, mas depois do gol de empate o time caiu muito de produção e ele não mexeu logo. Estava na cara que tomaríamos o segundo. Era a crônica da morte anunciada. Vc se esqueceu do Alessandro em seu comentário. Faz uma placa, dá pra ele e tchau. Ah, não podemos deixar de colocar na placa o rosto de Diego Souza também.

    Curtir

  23. Carlos Amaral disse:

    Certissimo, Silvinho . Nos tiraram 15 pontos no apito no primeiro turno, mas reclamar é coisa de timinho. Legal mesmo, é ter rótulo de apito amigo e ser esculhambado pela arbitragem e bater no peito, que aqui ninguém reclama.

    Curtir

    • Edilson Coringão disse:

      Carlos, concordo com você. Sempre somos prejudicados e ainda levamos o rótulo de “apito amigo”. Mas ultimametne essa roubalheira chegou num ponto insuportável, alguém tem que tomar uma providência, se não for a diretoria, que seja a torcida!

      Curtir

  24. Ernesto de Minas disse:

    Perdemos porque nosso time está se “bambinizando”, está arrogante, soberbo, mascarado.
    Perdemos porque nosso melhor zagueiro foi vendido e em seu lugar tem uma tartaruga.
    Perdemos porque nosso volante ficou deprimido com a declaração do treinador da seleção e , agora além de errar passes, não ganha uma dividida.
    Perdemos porque nosso atacante tem 3 chances de marcar de cabeça e não acerta 1 só. Perdemos porque esse mesmo tem chance na marca do penalti, no último minuto e dá um chutinho de merda.
    Perdemos porque nosso lateral direito sempre dá condição ao ataque adversário.
    Perdemos porque temos a maior arrecadação do Brasil, as maiores bilheterias, a maior audiência e não temos um craque para desequilibrar um jogo.

    Curtir

    • A diretoria esqueceu de reforçar o time,trazendo apenas jogadores para compor elenco e não contratando um jogador que desequilibre , se fosse o Andres ja teria contratado um atacante bom .

      Curtir

    • José disse:

      Concordo com praticamente com tudo, principalmente com o último item, se bem que ontem o jogo estava totalmente desequilibrado a nosso favor e fomos incapazes de matar uma das partidas mais ganhas que já vi na vida.

      Curtir

    • Martelli disse:

      Ernesto,penso que a gente não deve cornetar depois de uma derrota mas concordo com tudo o que você escreveu e acrescento o nosso lateral esquerdo. Um desastre. Perdemos também por termos um zagueiro intelectualizado demais para ser um bom jogador. Perdemos também por nos acharmos melhores que qualquer outro time e convenhamos não somos tudo isso.

      Curtir

    • Marco disse:

      onde assino?

      Curtir

  25. Bom dia Silvinho ! assino em baixo tudo que vc disse !

    Curtir

  26. Andrade s. disse:

    Volta Castán, virou uma avenida o lado esquerdo do TIMÃO…piranhas e meninas acharam o o jogo por ali, muita moleza, virou festa!!!!

    Curtir

  27. AndersonII disse:

    Incrivel como nosso time não tem “punch” há muito tempo.
    Scheik não é 9. E naquela bola, com o gol inteiro a disposição não soube bater com jeito, isto é colocar a bola prá dentro. Deu um chutão, dentro da pequena área. Assim fica dificil.

    Romarinho, o único homem (pequeno) cabeceando fraco para o gol, e nas finalizações (nem acho que queira fazer gol bonito) chuta desequilibrado e fraco.

    Como nosso time finaliza mal delll deooossss!!

    Não sabemos matar jogo ganho.

    Só tivemos “punch” , com Ronaldo, e com Liedson.

    Temos que ter um 9, “fodão” daqueles que impõem na área. Somos time grande, e não podemos deixar de ter um homem desse tipo.

    Olhem os times da série A, Fred, Damião, Kleber, Jô, Borges, André, até a Ponte tem o Roger, e nós quando temos um, temos meio.

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Quando vejo o Flu com Fred, os bambis com Luis Fabiano, os chorões com o corinthiano Leandro Damião, o Fla com Love eu fico pensando de que adianta toda arrecadação, todo jogo Pacaembu cheio se não temos um “fodão” como vc escreveu. Quem é o jogador que temos para decidir por si,pela sua categoria um jogo difícil? Quem ? Paulinho que é volante? Sheik que na pequena área chuta de olho fechado e acerta a bola no zagueiro caído ? Romarinho que não tem força na perna para dar um chute forte ?

      Curtir

    • José disse:

      Concordo, dominamos tudo quanto é adversário e não tem um cara para empurrar a bola para dentro. Quando derrotamos o SPFW por 5 a O no ano passado, o Liedson fez 3.

      Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: