Patrocínio na camisa: Que regras são estas da Fifa ?

A volta do cão arrependido.

O assunto bate e volta, nasce e renasce e martela a cabeça dos dirigentes corinthianos.

O tal do “patrocínio master” na camisa.

O clube corre atrás agora de um patrocínio pontual para as 2 partidas que serão disputadas no Japão.

Como diria uma amiga, nós corinthianos temos síndrome de ejaculação mental precoce, ou seja, a gente pensa sempre na final, sem considerar que pra isso, tem uma semifinal a ser disputada.

Mas enfim, teorias freudianas a parte, vamos para o Japão disputar duas partidas.

Lemos por ai que existem regras determinadas pela Fifa quanto aos patrocínios pontuais.

Segundo as tais regras, a entidade máxima do futebol limita a apenas um anúncio por time e barra acordos pontuais, como os que estão sendo planejados pelo Corinthians.

Confesso que não tenho conhecimento se isto é realmente fato, ou se a regra foi mal interpretada pela mídia abutre.

De qualquer forma, o Corinthians corre atrás de um patrocinador. Pontual ou não, as coisas não estão fáceis.

O ano praticamente está acabado, dificilmente alguém vai investir tanto neste momento, até porque, as empresas trabalham com previsões orçamentarias, acho difícil alguém ter sobra de verba pra queimar em dezembro.

 

 

 

Anúncios

54 Responses to Patrocínio na camisa: Que regras são estas da Fifa ?

  1. paulomonteiro disse:

    Rosenberg cobra o que quer da fiel que ela lota estádio, compra camisa cara e réplica de taça de 200 paus, mas com empresa é diferente, não tem paixão, tem orçamento, preço de mercado, teto e outras coisas

    e essa discussão que o meu patrocinio é maior que do outro é uma chatice, entao fica com zero reais por ano?

    Curtir

  2. Ayrton disse:

    Os dirigentes Corinthianos, assim como os governantes brasileiros, sempre tiveram o complexo de “vira-lata”. O SPaulo, o Santos, o Flamengo podiam tudo, nós só podiamos ser humildes. Agora, pelo visto, sofremos com o mal inverso, nosso vice -Presidente tem lombriga de rico e acha que podemos tudo e sempre haverá quem diga que ele é um gênio. Gênio foi o fenômeno que nos deu projeção e status e permitiu que explorássemos .A diretoria deve ser menos pretensiosa que as coisas vão andar melhor!

    Curtir

  3. Paulo disse:

    Olha, nessa parada aí, vou defender novamente o departamento de marketing: se podemos nos virar sem o patrocínio, não vale a apena negociá-lo por valores aviltantes que servirão de parâmetro, provavelmente, para vários anos. Se vendessem barato, aí sim eu ficaria desconfiado…

    Curtir

  4. Rogério disse:

    Silvinho, até entendo que as empresas estão com o freio de mão puxado, mas o que não dá é chegar com qualquer merreca e estampar sua marca na parte nobre do nosso manto. O retorno que o clube proporciona é enorme. Defendo a tese que o patrocínio master da camisa não deve ser a principal fonte de renda. Na minha visão trata-se de um pequeno complemento sem relevância. Quem quiser estampar sua marca, que pague o preço que vale, sem ficar fazendo favor pra ninguém, como o Rosenberg gosta de fazer. O foco deve ser no material esportivo, cotas de tv, bilheteria, agora estádio, etc.

    Curtir

    • Eu tenho um amigo artista plástico. Ele faz obras que no seu entendimento valem 40, 50 mil reais. O tempo foi passando e ele manteve esta linha de pensamento. O tempo foi passando e as contas não pararam de chegar. O tempo passou e ele foi ficando sem dinheiro. Hoje, se voce chegar com qualquer 3,5, leva uma obra

      Curtir

  5. PAULO disse:

    A PERGUNTA É:
    O CORINTHIANS CONSEGUE VIVER SEM PATROCÍNIO NA CAMISA?
    SE CONSEGUIR EU PREFIRO SEM PATROCÍNIO E AÍ PODEREMOS INCLUSIVE TIRAR UM,A CASQUINHA DOS OUTROS DIZENDO QUE SOMOS TÃO FORTES QUE CONSEGUIMOS NOS MANTER SEM MACULAR NOSSO MANTO…

    Curtir

  6. Acho que era hora de repensar essa história de patrocínio e estudar o exemplo dos clubes-empresas dos Estados Unidos. Lá não tem patrocínio e os valores faturados são astronômicos. Há décadas atrás, a mídia cobrava a liberação da camisa para patrocínio usando o exemplo de fora, mas o que nunca disseram é que nenhum time americano (Basquete, Futebol Americano ou Beisebol) utiliza propaganda de alguém na camisa (exceto a marca do fabricante). Jamais fizeram alarde disso. Vamos aproveitar a crise lá fora e repensar como ganhar dinheiro sem macular o uniforme…

    Curtir

  7. carlos disse:

    fora isso , tem a questão da descaracterização do nosso uniforme , jogamos todo de branco , as vezes com os meiões pretos e o resto branco , as vezes calção branco e o resto preto , horrível, pelo que eu saiba , a fifa apenas recomenda que não joguemos com as mesmas cores do adversário , mas não obriga a jogarmos com cores diferentes do adversário ,não somos obrigados a jogar assim, na argentina por exemplo, os clubes não obedecem tal recomendação, o boca nao adequou o seu uniforme ao corinthians quando veio ao pacaembu, nas duas eliminações pro river plate pela libertadores , o river plate veio pra são paulo com calções negros iguais ao corinthians , o corinthians tem um dos uniformes mais carismáticos do mundo, não deve abrir mão dessa arma de marketing , até pq, a televisão só mostra jogos fora de sp , ou seja, toda hora expõe o corinthians com o uniforme desfigurado pra todo mundo assistir, a tv não mostra o corinthians em jogos no pacaembu, onde o time usa o uniforme titular , queria saber o seguinte : vamos jogar todo de branco contra o chelsea?

    Curtir

    • Paulo disse:

      Rapaz, estava me perguntando também sobre isso. Incrível como aquilo que, pra nós, é um ícone do corinthianismo – o sagrado contraste camisa branca, calção preto – para alguns corinthianos e para a diretoria é mero detalhe sem importância, frivolidade, até. Pena. Quero ver o Corinthians no Japão de preto e branco. Alô diretoria, não usem o uniforme todo branco, porque não se justifica!

      Curtir

    • É melhor jogar de roxo e cinza do que jogar todo de branco

      Fica parecendo a Ponte Preta da Ponta da Praia

      Curtir

  8. Nelson disse:

    Tenho a mais absoluta certeza que teremos patrocinador na camisa.
    Quanto a interpretação do regulamento, este bando de abutre sem notícias para vincular e vender jornal, começam a fazer “as vezes” de Advogados e Juristas.
    O que eu gostaria de pôr em pauta é a contusão do Emerson Sheik, que mais uma vez não vai para o jogo de sábado e a sua preparação esta ficando precária e demorada demais.

    Curtir

  9. TIAGO disse:

    ISSO É CORINTHIANS:

    – É um time para mim, que pude jogar, completamente diferente dos outros. Um time em que você está perdendo e a torcida está gritando. É completamente diferente mesmo, eles te apoiam do começo ao fim. Muito diferente dos outros nos quais eu pude jogar
    http://globoesporte.globo.com/futebol/mundial-de-clubes/noticia/2012/11/na-europa-bruno-cesar-e-mais-um-louco-na-torcida-pelo-diferente-timao.html

    POR ISSO SOMOS OS MAIORES.

    POR ISSO SOMOS OS MAIS INVEJADOS.

    Curtir

  10. AndersonII disse:

    Impressionante a facilidade que encontram para taxar alguem de incompetente, depois do sucesso de tirar o Timão da lona, em 2007, terra arrasada, e elevá-lo ao clube com a maior receita do país.

    Até parece que a doença dos antis pegou alguns do nossos.

    Antes era o “sem estádio”, depois o “centernada”, depois o “sempassaporte”, e agora, como não tem mais o que falar, inventam o “sem patrocínio”.

    E o que é pior, depois de 60 anos sendo humilhados e ofendidos pela abutraiada, a gente agora se dói por causa de uma merda de tiradinha de despeitados, como essa de “sem patrocínio”?

    Pois nós já não enfiamos goela abaixo desses antis viados todos esses “sem alguma coisa”?

    Não dá prá ter um pouco de paciência agora, para enfiarmos um patrocinio bem grosso naquele lugar onde bem merecem?

    Chega de seca pimenteira do nosso lado. Já não chega os Risolis e Porrones da vida?

    Curtir

    • Carlos Amaral disse:

      Anderson, sempre perfeito nos comentários. Estava pensando em escrever sobre o assunto, mas você matou a pau.

      Curtir

    • Paulo disse:

      De fato! A “insatisfação” da mídia ao nos ver sem patrocínio é a mesma do Mílton Fezes, do Flávio bambi Prado e de outros do gênero quando diziam que o Corinthians não aproveitava o seu potencial, que era um time regional, que só pensava em ganhar do “Parmeira”, e por aí vai. Parecia até, para o mais incauto, que estavam realmente insatisfeitos e preocupados. Só rindo…

      Curtir

    • torres disse:

      To contigo Anderson!!!!!!!!!!!!!!1

      Curtir

    • Anderson, não se trata meramente de criticar ou espinafrar o Marketing do clube. É inegável ou inquestionável a revolução provocada por eles no futebol brasileiro em torno da nossa marca. O Corinthians se tornou benchmark ao capitalizar em cima do maior sofrimento da nossa história. Acontece que tudo na vida é momento. Se você for um bom marido por 40 anos e um dia resolver chutar o penico e dar uma escapada, sua mulher vai lhe chamar de canalha. Simples assim, como é cotidianamente a vida

      Curtir

  11. Stephane disse:

    Agradeça isso ao “jenial” Rosemberg… Praticamente 1 ano inteiro sem patrocínio master (pq a maioria foi pontual) e ainda tomamos um calote da “empresa” de viagens para o Japão… Realmente esse Rosemberg é são-paulino, não tem outra explicação pra gostar tanto de sacanear o Corinthians.

    Curtir

  12. Carlos disse:

    No Japão, prefiro o timão com a camisa limpa. O destaque é nosso e não de qualquer marca oportunista, que vai dar uma comissão para o Rosemberg e sua tchurma!…

    Curtir

  13. Daniel disse:

    Se nao conseguir os 6 MI para os dois jogos que faca um contrato para 2013 e adicione esse valor no contrato do ano que vem. Exemplo: 36 MI (30 mi pelo contrato anual, do master, de 2013 + 6 do mundial) e o Corinthians passaria a estampar a marca a partir do momento da assinatura do contrato.Isso se assinarem antes do mundial . O novo parceiro, caso nao de calote que nem o do apito, nao precisa pagar imediatamente. Pode pagar a partir do ano que vem.

    Mas se for para o Corinthians estampar para uma empresa oportunista por um valor inferior aos 6 MI ou a um contrato 2013 + mundial, que fique totalmente branco. A fiel apoiara com certeza. Ate porque se o dinheiro do patrocinio master nao fez falta o ano inteiro nao sera em 2 meses que fara.

    Curtir

  14. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    Se o clube está sem patrocínio até agora, para que essa sangria desatada em Novembro ???

    E para que nós Corinthianos no minimo conscientes, vamos ficar dando corda para assuntos que claramente são combustíveis para fomentar crises e mais crises para satisfação alheia?

    Isso não elimina o fato de que alguma falha aconteceu para que chegássemos a essa época do ano ter um patrocínio.

    Curtir

  15. Roberto_sccp disse:

    Lamentável, parece que estão brincando com este assunto dentro do PSJ.

    Curtir

  16. Meu medo é que o Senhor Rosemberg continue com esta frescura de pedir 500 zilhões pra patrocinar o Corinthians, e queira repassar os custos pra torcida do Corinthians. Espero que aumento do preço dos ingressos não esteja nem sendo considerado pro ano que vem. O mercado já precificou o preço de patrocinio Master das equipes grandes, entre 20 e 30 milhões. Ficar pedindo mais que isso é utopia. Pelo lado bom, prefiro ver a camisa do Timão limpa deste jeito, do que aquele absurdo de 2011, onde tinha patrocinio até no sovaco. Valorizar sim o manto, mas nada de tranformá-lo em um abadá por causa de dinheiro.

    Curtir

    • TIAGO disse:

      VOCÊ ESTÁ QUERENDO DIZER QUE O CORINTHIANS É DO MESMO TAMANHO DE UM GUARANI DA POMPÉIA, DE UM 5A0 PAULEKA DO JD LEONOR OU DE UMA PONTE PRETA DA BAIXADA?

      Curtir

      • 1) Onde eu disse que o Corinthians é do mesmo que estes times que vc citou?
        2) se não tiver argumentos, não venha querer escrever em caixa alta. Deixo esse tipo de coisa pro Rosemberg que adora bater no peito falando em 60 milhões mas tudo que consegue é tomar calote de empresa fundo de quintal.
        3) R$ 30 milhões para um patrocinio Master seria o maior do Brasil, então seu argumento também caiu por terra, pois TODOS os times do país, recebem um valor inferior a este.
        4) Passar bem.

        Curtir

        • TIAGO disse:

          1) ‘O mercado já precificou o preço de patrocinio Master das equipes grandes, entre 20 e 30 milhões. Ficar pedindo mais que isso é utopia’ SÓ QUE O CORINTHIANS ESTÁ ACIMA DO MERCADO DAS OUTRAS EQUIPES. SE ACEITA O MESMO PREÇO DOS OUTROS, FAZ MAU NEGÓCIO.

          2) O ROSENBERG NÃO É PERFEITO. SÓ QUE ELE ATÉ HOJE NÃO APELOU PARA O BANCO MENSALEIRO, O BMG.
          E NEM ASSINOU COM A ‘SEMPRE TOBICHA’ POR UM VALOR TÃO PEQUENO QUE É MENOR DO QUE O PATROCÍNIO DO PEQUENO GUARANI DA POMPÉIA.

          3) SOU MAIS O ROSENBERG DO QUE VOCÊ PARA DIZER O QUE É MELHOR PARA O CORINTHIANS EM TERMOS DE MARKETING.

          4) ESTOU PASSANDO MUITO BEM COM ESSA GRANDE FASE DO CORINTHIANS. AO CONTRÁRIO DE MEIA-DÚZIA DE CORNETEIROS QUE, EM TERMOS DE MENTALIDADE E DE ATITUDE, ESTÃO MAIS PARA PORCOS OU BAMBICHAS DO QUE PARA CORINTHIANOS.

          Curtir

          • 1) Ficar gritando que o Corinthians que o Corinthians está acima dos outros, não vai fazer nenhuma empresa pagar os R$ 50 milhões. “Quem determina o preço do produto é o mercado” Coisa básica.

            2) O valor pago pela Semp Toshiba ao São Paulo é de R$ 23 M anuais. O Palmeiras ,ao contrario do que foi noticiado na imprensa, não recebe 25 M anuais, o valor real é de R$ 18 M ( com bonus de premiação por titulos). http://www.lancenet.com.br/palmeiras/COF-Verdao-suspeita-diferenca-patrocinio_0_709729194.html

            3) Viva o apito promocional!

            4) Sou torcedor de arquibancada, se por acaso o valor do ingresso subir por causa desta frescura do Rosemberg, vou mandar os boletos pra vc pagar.

            5) Não perca seu tempo respondendo, pois não vou ler sua resposta. Estou convencido que vc não tem argumentos.

            Curtir

          • TIAGO disse:

            2A) VOCÊ CITOU ERRADO O NOME DO PATROCÍNIO DA BICHARADA. O CERTO É ‘SEMPRE TOBICHA’.
            ELAS NÃO FAZEM QUESTÃO DE CHAMAR O NOSSO NOVO ESTÁDIO DE ‘ITAQUERÃO’, PARA FAZER O ‘MERCADO’ PAGAR UM VALOR MENOR PELOS NAMING RIGHTS?

            2B) CRITICANDO TANTO O ROSENBERG E ADVOGANDO PELA BICHARADA….
            FALA A VERDADE, VOCÊ NÃO É O JULIO CASARES TRAVESTIDO COMENTANDO AQUI NO BLOG?

            Curtir

    • O patrocinio na camisa é necessário, não se convive com isto

      Curtir

  17. Luís Carlos disse:

    Tão falando um monte de coisa, mas papel que é bom…

    Acho que deve ter algo nesse sentido sim, mas suponho que deve ter sido concebido para evitar excesso de marcas nas camisas e não para garantirem que os clubes não fossem patrocinados por ninguém durante a temporada inteira.

    Não acho que fizeram regras supondo um clube que não tinha contrato de patrocínio master em vigor. Fizeram regras para evitar que o clube exagere na ambição em prejuízo à boa transmissão televisiva.

    E mesmo assim, essas regras não estariam na bíblia, no alcorão ou na pedra dos dez mandamentos. Nada que um telefonema ou uma reunião não resolva.

    De qualquer forma, acho que o patrocínio master do Corinthians para o mundial está praticamente definido. Só deve estar pendente a continuação ou não da marca no uniforme do ano que vem.

    Curtir

  18. Ulisses_Coringão! disse:

    Se procede a orientação veiculada pela abutraiada da não permissão de patrocínios pontuais para o mundial, que joguemos com a nossa linda camisa, limpa! Agora, pode ser que haja no marketing do Corinthians algum gênio que use de barganha os dois jogos do mundial para tentar amarrar um patrocínio master de dezembro a dezembro, porque não?

    Curtir

  19. Jeferson José disse:

    mais uma falha do rosemberg e sua equipe….isto é fato.

    caso realmente esta informação sobre a fifa seja verdade, a procura por patrocinadores ficará restrita a hipermarcas, magazine luiza e iveco….ou seja…..O “FAMASO” MKT DO CLUBE NÃO CONSEGUIRÁ OS TAIS R$ 6 MILHÕES…..POIS AS EMPRESAS SABEM QUE SÓ ELAS PODERÃO PATROCINAR E VÃO JOGAR O VALOR LÁ PRA BAIXO.

    INCOMPETENCIA TEM NOME….É ROSEMBERG

    ACORDEM CONSELHEIROS…FAÇAM ALGUMA COISA…….ATÉ O TAL DE NAMING RIGHTS DO CT NÃO FOI VENDIDO ATÉ HOJE.

    Curtir

  20. Flavio Alves disse:

    Mas é muita incopetência hein!!! É um absurdo isto! É como jogar dinheiro fora! Aposto que ninguém vai se responsabilidade por tamanha incompetência!!!

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: