Desafio: Por onde andam estes jogadores ?

Amanhã será realizada a final da Copa São Paulo de Futebol Juniores.

O Corinthians é o maior vencedor da Competição, tendo chegado à conquista da Copa nos anos de 1969, 1970, 1995, 199,2004, 2005, 2009 e 2012 e vice campeão nos anos de 1973, 1975, 1976, 1978, 1984, 1993 e 1997.

Portanto, chegamos à final da Copa São Paulo de Juniores por 15 vezes.

Agora, lanço um desafio aos amigos.

Uma relação com os últimos campeões das competições mais recentes entre 2004 e 2012.

Por onde andam estes campeões?

Qual o destino de cada um?

Tornaram-se titulares do time, fizeram sucesso em outros clubes, renderam milhões ao Corinthians?

Tente puxar pela memória o destino de cada um, antes de consultar o Google.

E Vai Corinthians!

A relação (por ordem alfabética):

Abuda

Alemão

Anderson

André Dias

Antonio Carlos

Arnon

Bobo

Boquita

Bruno Bertucci

Bruno Octávio

Carlão

Cristiano

Denner

Dinelson

Douglas

Douglas

Ednei

Edson

Elton

Fabiano

Fabio

Fernando Henrique

Giovanni

Gomes

Guilherme

Jadson

Julio Cesar

Leandro

Leonardo

Marcelinho

Marquinhos

Matheus

Matheuzinho

Nando

Rafael

Rafael

Ravi

Renato

Ronny

Rosinei

Sacha

Vinicius

Vinicius Ramos

Wendel

Wesley

Wilson

Anúncios

73 Responses to Desafio: Por onde andam estes jogadores ?

  1. Arley Ledo disse:

    Era mesmo o Webster, acima?!
    Era fã dele! De verdade!!!

    Curtir

  2. Arley Ledo disse:

    Foi o Webster mesmo que comentou acima?!
    Era fã dele! Mesmo!

    Curtir

  3. go!! disse:

    go!!

    Desafio: Por onde andam estes jogadores ? | Blog do Silvinho

    Curtir

  4. adm silva disse:

    quero saber aonde anda ricardinho do time do corinthinas copa sao paulo 93 que fomos vice,,

    Curtir

  5. Marcio disse:

    Abuda Icasa, Marcus Alemão aposentado, Anderson encostado Corinthians, André Dias emprestado Flamengo de Guarulhos, Antonio Carlos encostado Corinthians, Arnon Audax Rio, Bobo Kayserispor da Turquia, Boquita Portuguesa, Bruno Bertucci Neftchi do Azerbaijão, Bruno Octavio Araxá Esporte, Carlão Sochaux da França, Cristiano emprestado Bragantino, Denner machucado Corinthians, Dinelson Avai, Douglas Tanque emprestado Guaratingueta, Douglas meia/lateral eu não sei, Ednei nem me lembro quem é, Edson Mirassol, Elton Al Fateh da Arabia Saudita, Fabiano não sei, Fabio Ferreira Criciuma, Fernando Henrique Bnei Sakhnin de Israel, Giovani Corinthians, Gomes J Malucelli, Guilherme não sei, Jadson Monte Azul, Julio Cesar Corinthians, Leandro Corinthians, Leonardo Corinthians, Marcelinho Barueri, Marquinhos Roma, Matheus encostado Corinthians, Matheusinho Bragantino, Nando Inter, Rafael Magrão emprestado Flamengo Guarulhos, Rafael base, Ravi base, Renato Atletico PR, Ronny Hertha Berlim da Alemanha, Rosinei Atletico MG, Sacha CSKA Sofia da Bulgaria, Vinicius Metalist da Ucrania, Vinicius Ramos Santo André, Wendel Guaratinguetá, Wesley Gangwon FC da Coreia, Wilson Vegalta Sendai do Japão. Bom, é isso ai, ninguém dos citados fez sucesso, tem muita enganação que aparenta ser melhor do que realmente é, mas também faltam oportunidades, sequencia, em outros tempo faltava entrar em times mais fortes, falar em categorias de base, falar em sucesso ou não de um jogador, é algo muito complexo para ser analisado dessa forma.

    Abraço

    Curtir

  6. nonsense disse:

    Mais um para a lista: Eduardo Ratinho, reserva do Audax / SP.
    Claro que ter categorias de base fortes e bem estruturadas é a forma mais barata de ter bons jogadores, mas a maldita Lei Pelé mudou tudo. O que os grandes faziam antigamente juntos aos clubes do interior, são obrigados a fazer com empresários e Audaxes da vida.
    Quando de fala em Carlos Leite, a imprensa anti tem orgasmos múltiplos, mas se pensarmos com muita frieza, a parceria que fez com o Corinthians foi importantíssima no processo de renascimento. Claro que vieram muitos perebas, mas também montamos ótimos times desde então. Se os mulambos forem espertos, poderão ter a mesma oportunidade.
    O futebol mudou e o segredo é o clube saber se adaptar também.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Em 2011 eu fiz um levantamento e constatei que o clube havia contratado dezenas e dezenas de jogadores- alguns inclusive nem tinham jogado pelo clube. O Nenê Bonilla foi contratado no começo do ano passado e ate agora fez três partidas pelo clube (e apenas uma delas completa). Se a gente for comparar com outros clubes, a relação jogadores contratados que serviram para alugma coisa/total de jogadores contratados, acredito que o percentual da gente é acima dos obtidos por demais clubes de SP. Mesmo assim, eu acho um exagero se contratar sete, oito, nove, dez jogadores numa temporada. E isto aconteceu no clube em dois ou três dos ultimos cinco anos!

      Curtir

  7. Rogério disse:

    Silvinho, eu acho que faltaram nessa lista o Lulinha, o Dentinho e o Willian.

    Curtir

  8. Cesar disse:

    A última matéria da Negócios FC foi definitiva sobre o assunto material esportivo; acho que ela encerra de vez a discussão, e coloca cada um no seu devido lugar:

    http://colunas.revistaepocanegocios.globo.com/negociosfc/2013/01/24/quanto-e-como-cada-clube-ganha-com-fornecedores-de-material-esportivo/

    Curtir

    • Daniel disse:

      Ueh, o vice dos tricoletes ainda não publicou nenhuma nota oficial no site, difamando o artigo e o jornalista. Hum deve estar dando uma maquiada ou consentiu.

      Curtir

  9. Wilson Timão disse:

    O Neto e Fenandinho Fernandes hoje estão se superando em matéria de canalhice. Para puxar o saco do bamby Júlio Casares estão arrebentando com o Corinthians.

    O Neto pediu CPI na ISL e FIFA pelo “absuuurrrdu” do Panetone ter ficado fora da Copa.

    “u marketi du sp sabe apresentar jogador para 40.000 pessoa os amador du curintia apresenta u Pato nu CT”.

    Quando começaram a querer dar o rabo para luis pipoqueiro e o ceni mudei de canal.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Eu não sei porque o Neto faz isso. Respeito da bambizada ele não vai ter porque esta o abomina pelo que ele fez no Corintians enquanto jogador. Por mais que ele puxe o saco dos purpurinados e cuspa no prato em que comeu, ele sempre será visto por eles como alguém que “protege” o Timão. Por outro lado, parte da torcida corintiana, que tinha um pouco de respeito, por ele passa a mudar de postura.

      Curtir

      • Rogério disse:

        Para ter ibope e manter o programa no ar, o Neto fala mal do Timão, e se esquece que se não fosse o clube ele não era nada, muito menos ídolo em outros times.

        Curtir

  10. Jota disse:

    Mas alguém ainda dá atenção e importância ao que esse imbecil fala?
    A única notícia que vai me interessar saber desse sujeito, é a de que ele foi expulso do quadro de Conselheiros do Corinthians. Aí, depois disso, ele pode assumir de vez a sua paixão pelo clube da Vila Sônia.

    Curtir

    • Vladimir Zaitsev disse:

      Depois que vetaram a mudança do estatuto p/ que o Andres desmanche voltasse a se candidatar, ele começou a criticar a gestão do Gobby.

      podem reparar que a partir de agora, terá críticas direcionadas a mando de seu amigo e sócio Andres Sanches.

      Curtir

  11. ALEXANDRE LEMOS disse:

    ABUDA, FOI CONTRATADO ESSE ANO PELO ICASA AQUI DE JUAZEIRO DO NORTE-CE ESPERO QUE FAÇA GOL NOS PORCOS

    Curtir

  12. Daniel disse:

    Os jogadores eu não sei. Só sei que hoje faz 1 ano que o mao leve deu um “guenta” na nossa medalha.

    Curtir

  13. Roberto_sccp disse:

    Que fabrica de pernas de pau é esta nossa base, se fosse depender de um destes ai para ser campeão, estaríamos em uma fila maior que a vivida no passado.

    Curtir

  14. Fabricio Macedo disse:

    Temos que dar o braço a torcer, o Santos é o clube que faz o melhor trabalho de base hoje no Brasil, sempre priorizando a qualidade técnica dos jogadores em detrimento a qualidade física…como corintiano espero que sigamos o mesmo caminho no futuro!

    O importante da base não é só vencer, vencer é bom, mas revelar jogadores de qualidade e realmente de futuro é o que importa!!!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      corintiano sem h…

      elogiando adversário…

      Sei não

      Curtir

      • Alessandro disse:

        Silvinho, acho que ele é mineiro de Corinto…

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Corinto_(Minas_Gerais)

        Curtir

      • Douglas Chiavegati disse:

        Posso estar enganado. Mas acredito que gramaticalmente o correto é sem H mesmo….na mesma forma que o correto é baiano e nao bahiano….

        Mas como disse, posso estar enganado…..

        Curtir

        • Paulo disse:

          Douglas, pouco importa a ortografia ditada pelos dicionários, nesse caso. Na lógica jurídica, costuma-se dizer que o acessório segue o principal. Na lógica corinthiana, é a mesma coisa. Deixe os outros escreverem sem H ( nenhum anti respeita o H, pode reparar, e é aí que eles se traem ). Há umas duas semanas, num blog regionalista, tava lá um sujeito falando mal do Corinthians e se dizendo, pasmem, “ex-corintiano”, como que para “qualificar” a crítica que fazia, dizendo-se “frustrado e decepcionado com a ajuda do Governo que o Corinthians recebia na questão do estádio em Itaquera”. Eu o contraditei na lata dizendo que tão aí duas coisas que não existem: corinthiano sem H e ex-corinthiano.

          Curtir

          • Douglas Chiavegati disse:

            Paulo, me desculpe….a discussao pode ate parecer boba….mas eu nao escrevo corintiano com H (as vezes sai com H no automatico…kkkkkk)….e nem por isso sou mais ou menos corint(h)iano que os outros…..

            pra isso isso é parecido com o fato de muitos torcedores das organizadas acharem que eles sao mais corint(h)ianos que os torcedores “normais”….com a velha alegaçao que eles vao no estadio sempre e blablablabla…..meu avô nunca foi ao estadio, e foi o maior corint(h)iano que eu conheci…

            mas como disse, essa discussao me parece boba!!!

            Curtir

            • Paulo disse:

              Douglas, você tem razão! Estamos de acordo! Acho que eu não fui muito claro quando expus a minha opinião sobre o tema, a coisa ficou meio dúbia. Permita-me tentar de novo. Primeiramente, é claro que ninguém deixa de ser corinthiano por grafar o termo sem H, inclusive porque há corinthianos que nem sabem escrever, ou são semi-alfabetizados ( como em qualquer torcida ); que seguem a grafia adotada por alguns dicionários; ou, simplesmente, assim como você, que não se importam com isso, ou digitam rapidamente. Eu tenho uma predileção clara pela utilização do H, por ser tradicionalista, e, principalmente, depois que percebi que nenhum anti respeita a derivação da grafia original ( aliás, frequentemente, nem o próprio nome do Clube é grafado assim ). Naquele caso que citei, explorei essa questão por haver percebido que o tal sujeito era um fake ou um mentiroso, e, realmente, ele se calou ( agora, ex-corinthiano eu mantenho o que disse: nunca vi! ). Abraços!

              Curtir

      • Fabricio Macedo disse:

        Corintiano não precisa ter H, mas esse foi apenas erro de digitação!!!

        Acompanho seu blog a muito tempo e é triste ler um comentário tão infeliz…mas faz parte…sou corintiano ou corinthiano, como vc quiser…mas não sou recalcado como vc pareceu ser agora!!!

        Curtir

    • Rogério disse:

      A vilinha não é tudo isso que pintam. Se fosse, o Narciso não teria saído de lá. E também não revela essa grande quantidade de jogadores de qualidade para o futebol brasileiro. 2002 só se falava de Robinho e Diego, o resto era mediano. O que aconteceu com estes jogadores? Robinho é o maior enganador que eu já vi. Agora fala-se de Neymala e Ganso. Quando fala-se “meninos” da vilinha, não são 5, 6 jogadores, você conta no máximo 2. O Ganso tá baleado, e pode escrever, o malinha é outro Robinho. Quando for para outro clube, será apenas mais um, como Ganso está sendo.

      Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Fabricio, vc conseguiria formar um time com 11 jogadores de bom nivel revelados lá na Arena dos Chinelos Voadores? Ataque tem: Diego, Enganso, Zé Pedalada e Neymala. Agora me cita um lateral esquerdo surgido por lá, um zagueiro, um volante…..Como disse o Rogério, sai um craque e eles se apresentam como se fossem uma fábrica de talentos. Propaganda enganosa, que a mídia baba-ovista trata de difundir.

      Curtir

  15. Marco ACT disse:

    Sacha joga no futebol da Bulgaria, li uma reportagem a respeito não faz muito tempo

    Curtir

  16. Múcio Rodolfo disse:

    Eu acho que o pessoal está só olhando o lado ruim da base -Wendel, Betão, Edson…..- e se esquecendo que o timaço dos anos 50 foi formado com jogadores da base, assim como os times de 1988 (Ronaldo, Marcelo, Márcio e Viola), de 1995 (André Santos, Silvinho, Zé Elias e Marques) e que no time de 99, além do Kléber titular, havia Edu e Fernando Baiano – reservas importantes dentro do elenco, isto sem contar Ewerthon e Gil que seriam fundamentais nas temporadas seguintes. Apontar as “perebas” e esquecer Willian (atual Shaktar), Marquinhos (Roma) e sugerir o fechamento das categorias de base é,na minha opinião, um tremendo equivoco. Por tudo o que representou ao clube; por Luizinho, Luis Carlos, Waldimir, Rivelino, Roberto Belangero entre outros, ela precisa, sim, é ser melhor organizada, melhor trabalhada.

    Curtir

    • Luís Carlos disse:

      As despesas com os esportes amadores estavam na faixa dos 35 milhões apenas até setembro. É mais do que a Caixa paga. Uns 90% disso são do futebol. Quarenta milhões a mais na carteira a cada ano dá pra fazer boas contratações, e o Corinthians vem fazendo muitas contratações com base montada e tudo.

      Precisaria de pelo menos uns 30 Marquinhos por ano para bancar isso, pois os jogadores da base já chegam com mais direitos econômicos na mão de seus empresários que o próprio Corinthians. E o dinheiro pagos pelos sócios mal dá pra bancar sequer os outros esportes amadores sem ser o futebol.

      Eu respeito todos que saíram da base do clube e deram resultado, e não foram poucos, mas pra mim, hoje, a base de nenhum clube dá, deu ou dará algum lucro, desde que existe lei Pelé/Zico e desde que existem dirigentes pilantras, empresários, investidores e parceiro$. Nem os clubes considerados pela imprensa remunerada como “celeiros de craques” escapam da “transferência de recursos” que isso propicia à malandragem. É só ler seus balanços.

      Para alterar isso, acho que teria que entrar um presidente que dirigisse o clube por no mínimo dez anos seguidos e que fosse homem, que fosse honesto, que não fizesse partilhas políticas e não ligasse para o apoio o desapoio de ninguém, que, pelo contrário, despolitizasse ao máximo o clube, e que não tivesse medo de morrer dentro do carro a qualquer instante. E mesmo assim, a possibilidade de um dirigente posterior a ele desfazer tudo e fazer tudo voltar ao de sempre é mais que grande.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo disse:

        Citando um ancora, “muito querido” entre os garis: “é preciso passar as categorias de base do Timão a limpo”.

        Curtir

    • Rogério disse:

      Múcio, nessa época não tinha essa frescura de não colocar o moleque pra não queimá-lo. O número de garotos da nossa peneira é muito maior do que em outros clubes. Não estão sabendo aproveitar dessa vantagem que temos. O dia que a nossa base for administrada por profissionais competentes, teremos um ou outro jogador de fora no time principal.

      Curtir

  17. Mauro Oliveira Ben Yossef disse:

    Tem jogadores aí que tinham duas pernas esquerdas e eram destros, casos de Wendel, Betão, Bobo e vários outros. E o Julio Cesar está na ativa tomando uns franguinhos de vez em quando…

    Curtir

  18. PAULO disse:

    QUANDO ME LEMBRO QUE O WENDEL O “CORCUNDA MANCO” QUE INCLUSIVE FOI TITULAR DA EQUIPE PRINCIPAL POR UM BOM TEMPO EU QUESTIONO A REAL NECESSIDADE DE TERMOS UMA BASE DESSE TIPO…

    Curtir

  19. Fábio Venancio disse:

    Não sei dizer onde anda cada um ,só sei dizer que se o Corinthians não revela muitos grandes craques,os outros clubes também não.
    Eu posso sim dizer que ,tem jogadores que foram da base do Corinthians ,espalhados por clubes de todo o Brasil e em vários clubes do mundo.Alguns até são titulares em seus clubes.
    São poucos os considerados melhores do mundo.Na vida é assim,somos todos mais um no mundo ,cada um na sua profissão.Uns brilhantes outros nem tanto ,e outros sem rumo.
    Acho que as categorias de base do Corinthians não é ruim como muitos dizem.

    P.S.-Quem vai jogar a final da copinha?????!!!!!Eu não sei!!!!

    Curtir

  20. Paulo Marques disse:

    Jogador bom já se destaca com 17/18 anos e nem disputa mais a Copinha, como foi com o William, Zé Elias, Viola.

    Curtir

    • Danilo disse:

      Viola disputou a Taça de 87 ou 88 , não lembro direito

      era ele com a 11 e o Paulo Sergio com a 7

      Curtir

    • Fábio Venancio disse:

      Antigamente tinha o campeonato de aspirantes.Os jogos eram realizados na preliminar antes do jogo principal.O Viola jogou nos aspirantes do Corinthians,assim como o Zé Elias e muitos outros.
      Era ótimo ,dava pra saber quem tinha condições ou não de vestir o manto do Corinthians.

      Curtir

  21. Carlos Roberto disse:

    Eu acho que a cada ano se a gente revelar 2 a 3 bons jogadores, estaria dentro da media, nenhum time de futebol tira da base mais de tres bons jogadores; este ano passado tivemos o Marquinhos como grande revelação e, o Denner que poderia ser outra boa revelação não fosse os problemas de contusão – portanto dentro da média. Temos o A.Carlos que pra mim não foi testado por um tempo razoavel e acho ainda pode ser um bom zagueiro
    Este ano temos no time de cima , o Giovanni, o Leandro, o Leo e o Ygor, temos que dar um tempo pra saber se vão vingar.
    Não adianta, por melhor que seja o trabalho na base, inclusive dos sardinhas, quantos lá são revelados anualmente? é mais ou menos isso, dois ou tres.
    O que eu acho é que os jogadores de baixo deveriam entrar no time de cima aos poucos, fazendo um rodizio de descanso para atletas de mais idade dos titulares, objetivando uma adapção paulatina desses jogadores da base; do jeito que começamos o Paulistão podemos queimar perante a torcida alguns jogadores da base q poderiam ter futuro.

    Curtir

  22. Luís Carlos disse:

    Muitos receberam emprego por causa de seus empresários e de conselheiros ou Barnabés amigos de seus pais. Muitos nem foram testados. Muitos foram mal nas poucas oportunidades. Muitos foram pagos para jogar em outros clubes. Muitos ainda estão comendo e dormindo a custa do Corinthians. Muitos estão jogando em clubes menores, mas o Corinthians não recebeu um tostão como sempre.

    O melhor é evitar subir jogadores que não serão aproveitados. É só fazer uma limpa quando chega aos dezenove e não virou nada. E os que se supõe serem aproveitados, testar por no máximo um ano e se não der nada, rua também. Mas sempre testar todos que se supõe poder fazer parte do elenco.

    Evitar importar jogadores da base de outros clubes para qualificar currículo e/ou vender por comissão de 10% com salário, tratamentos, cama com lençol limpo e rango pagos pelo clube, fora as comissões pra quinhentos negos.

    Só admitir na base jogadores acima dos dezesseis anos com 100% dos direitos econômicos para o Corinthians, pois antes disso não podem nem assinar nada. É difícil encontrar, mas uns três fim de semana assistindo jogos da várzea e dá pra voltar com pelo menos um par deles.

    Mandar o olheiro olhar em vez de aguardar telefonemas e DVDs e esperar que o olheiro do BMG olhe por ele.

    Passar a limpo sempre o trabalho dos dirigentes da base, levando em consideração os vícios históricos do clube que a alguns não convém mexer e mandar pra roça independentemente de quem for se não estiver correspondendo.

    Curtir

  23. Andre disse:

    Há uma certa lenda de que de uns anos pra cá paramos de aproveitar a base. Mas a verdade é que quanto melhor é o time titular, mais difícil é usar os garotos da base. Hoje por exemplo, com exceção das laterais, é praticamente impossível encaixar um moleque da base no time ou mesmo no banco.

    Já em 2007 tínhamos vários garotos jogando (Fábio Ferreira, Betão, Bruno Octávio, Lulinha e Éverton Ribeiro, Dentinho, Wilson) e deu no que deu.

    Talvez o clube não seja muito ativo na caça dos talentos mas a verdade é que quando o moleque é bom já tem empresário e já quer ganhar uma bolada com 15 ou 16 anos. E o risco é muito alto na transição desta idade para o profissional, sendo que na maioria dos casos o futuro craque acaba virando pó.

    Acho a política atual muito mais interessante com o investimento em jogadores promissores já com alguns anos de profissionalismo vindos de clubes menores (Elias, Castan, Ralf, Paulinho, Jucilei, Guilherme, William, Bruno César, Edenilson, etc.).

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Vc tem razão num ponto. As vezes o garoto surge numa época em que na posição dele tem algúem muito bom. Rubinho surgiu em 78, quando o Matheus foi buscar o Sócrates em Ribeirão Preto; Andrezinho surgiu quando na posição dele o clube contava com Ricardinho e Marcelinho Carioca. Eu discordo de outro, pois da mesma forma que se pode citar 2007, tambem é possível citar 1988 (Ronaldo, Márcio, Marcelo e Viola), 1995 (André Santos, Silvinho, Zé Elias e Marques) e 1999 (Kléber, Anderson, Edu, Fernando Baiano, Ewerthon e Gil). Para mim deve haver um equilíbrio. Ficar de olho em jogadores promissores de fora (coisa que o Corintians sempre fez: Alfinete, Paulo Egidio, Wilson Mano, Tupãzinho) e dar mais atençaõ ou oportunidades para a molecada da base: o Marquinho da Roma é a prova disso.

      Curtir

      • Andre disse:

        Múcio, você realmente tem razão, nestes anos (1988, 1995 e 1999) realmente tivemos safras excelentes. Se tivéssemos hoje Edu, Viola, Silvinho, Marques, Kleber na base acredito que inevitavelmente acabariam sendo aprovados. Eu acredito que este é o ponto. O pessoal reclama muito que não aproveitamos os garotos da base no time principal mas isso exige qualidade acima de tudo. Nos últimos 10 anos não me lembro de algum garoto que tenha sido esquecido na base do Corinthians e tenha feito sucesso em outro lugar (o Marcelinho-Lucas não conta pois ele foi roubado, aliás prática constante do SPFC, dito “revelador” de jogadores).

        O Marquinho poderia ter feito sucesso no Corinthians mas preferiu ir para a Europa e acho que recebemos um valor justo por um jogador de 17 anos ainda em formação (se não me engano 5 milhões de euros entre empréstimo e venda). Ele pode ser vendido por 20 milhões daqui 6 meses? Pode! Mas também pode sumir…E como o clube vai segurar um cara que quer sair?

        Curtir

    • Luís Carlos disse:

      Então André, você tem razão em tudo, mas tem que concordar que todo jogador titular do Corinthians e de todos os times vieram da base de algum clube. Se o Bragantino ou o Ipatinga conseguem colocar jogadores saídos de suas categorias de base no Corinthians e o Corinthians não consegue colocar jogadores de sua própria base acho que é hora de se fechar a tramela nénão?

      O dinheiro que se investe na base dá pra reformar metade do elenco a cada ano.

      Curtir

      • Andre disse:

        Eu realmente tenho dúvida se realmente se justifica financeiramente e esportivamente o trabalho de base. Não tenho esta resposta e acho que ninguém tem. Tudo bem que pode aparecer um Neymar e pagar o custo de 10 anos da base mas, por outro lado, podem passar 10 anos sem aparecer ninguém que tenha destaque no time principal.

        Sob a ótica esportiva acredito que, para termos mais chance de obter resultados ao longo do tempo, a base deveria escolher jogadores e treiná-los já no esquema do time principal, sob risco de perder alguns talentos pelo caminho que não se adaptem ao sistema de jogo adotado.

        Porém, além dos aspectos esportivos e financeiros temos a questão social que a base acaba desempenhando, fornecendo alimentação adequada, cuidados médicos e condições de desenvolvimento que vários garotos não teriam sem o futebol. E talvez esta seja a parte mais importante desta história toda…

        Curtir

  24. Blog do Silvinho disse:

    Alguns que tive grande esperança que se tornariam titulares ao longo do tempo: Sacha (arrebentou na final em 2009, foi o melhor em campo), Gomes, tambem volante, campeao ano passado, Denner (lateral) e Marquinhos (zagueiro)

    Curtir

  25. Carlos Amaral disse:

    Jogador de base é como espermatozóide. Só um em um milhão vira gente( no sentido de se tornar um jogador profissional de destaque). E assim é em qualquer clube, seja na ilha de caras de Cotia, seja na baixada ou em qualquer outro lugar. O que está faltando no Corinthians é aparecer esse “um” que virou gente.

    Curtir

    • Daniel disse:

      Ou quando aparecer utilizar no time principal e nao deixar encostado, emprestar para times sugadores ou doar para outros.

      Curtir

  26. Alvaro disse:

    Onde estão todos eu não sei,, só sei que graças ao bom Deus o Wendel esta bem longe

    Curtir

  27. fernando disse:

    da categoria de base só lembro mesmo do dentinho e lulinha que renderam dinheiro ao clube.

    Curtir

  28. Renan Pontes disse:

    Bruno Octávio > Paulinho
    Não??

    Curtir

  29. Ewerton Silva. disse:

    Vc se esqueceu do Webster, que arrebentou no timãozinho de 94.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      A lista vai de 2004 a 2012

      Curtir

    • Marco disse:

      webster e de 2005.

      alguem aqui sabe o que houve com ele?

      ele realmente arrebentou…fez mtos gols

      Curtir

      • Múcio Rodolfo disse:

        Que eu me lembre tinha um Webster no time campeão de 95. Ele estava emprestado por um time do interior (acho que era o Rio Branco de Americana e exigiram uma fortuna pro moleque ficar em definitivo (Nivaldo, Antonio Carlos, Paulo César, André Santos e Silvinho; Ricardo Mendes, Sandro, Hermes e Fabinho Fontes; Jorginho e Webster)

        Curtir

        • Ewerton Silva. disse:

          Sim, Múcio. Esse time eu vi, sendo campeão em cima da Ponte. O Webster foi a sensação da copinha. Sumiu.

          Curtir

          • webster disse:

            ola Múcio e Everton obrigado pela lembrança, realmente fiz uma excelente copinha em 95 ,mas o rio branco travou a negociação…rodei varios times depois que saí do rio branco(SP)…. vitoria(ES), icasa(CE) ferroviario(CE),Garça(sp),e me aposentei aos 29 anos depois de uma otima passagem de 4 anos no atlatico de sorocaba onde conseguimos 2 acessos serie A2 e A1…abracao a todos webster

            Curtir

  30. Se não me engano o único com muito sucesso é o Marquinhos, jogando na Roma e pretendido pelo Chelsea e Barcelona

    Curtir

  31. Múcio Rodolfo disse:

    1- A grande maioria sumiu na poeira. O Rosinei estava no América do México. Inclusive tinha até renovado contrato. O Bobô foi até que bem no Besekitas da Turquia e teve uma passagem pelo Cruzeiro. O Elton está no futebol árabe, se não me engano. Dia desses andou marcando um golaço. O Fernando Henrique foi para o futebol francês, como moeda de troca na vinda do Paulo André. O Carlão tinha ido para o futebol francês. O Ronny depois de passar pelo Sporting foi para o futebol alemão ou ucraniano.
    2- Infelizmente nos ultimos anos -a partir de 2008- nós sub-aproveitamos nossas revelações. Dessa lista tem um monte de pereba, mas tem alguns de boa qualidade técnica. Poderiam, pelo menos compor uma parte dos jogadores suplentes.

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: