Emerson: “Todos querem jogar. Eu vou jogar”

Dizem os treinadores que as piores entrevistas concedidas pelos jogadores são aquelas após as partidas, ainda no gramado.

Vários microfones lançados praticamente à boca dos boleiros, perguntas nada criativas, algumas provocativas, enfim, tudo que já estamos acostumados a ver, ouvir e ler da agonizante crônica esportiva.

Ontem, logo após o término do jogo contra o Oeste, Emerson, quando perguntado sobre as várias opções para o ataque, à disposição do treinador Tite, mandou na lata: “Todos querem jogar. Eu vou jogar”.

“Eu vou jogar”.

A resposta dada ainda no calor dos acontecimentos e logo em seguida, tendo corrido em disparada para os vestiários, não foi (ainda) explorada pela imprensa.

O fato é que ao dizer que “Eu vou jogar”, Emerson praticamente se escalou como titular.

Na cabeça dos boleiros, no caso em específico, Emerson, não importa o daqui pra frente, geralmente importa o que fizeram no passado, mesmo que recente e o “tempo de casa”.

Emerson foi um dos destaques na decisão da Libertadores. Marcou os 2 gols na partida final, ficará marcado na história.

Mas depois daquela partida, calçou os chinelos. Ano novo, vida nova, as conquistas são efêmeras para o torcedor, o que importa é o momento e no momento, existem 2 atletas em condições de serem titulares no ataque, Guerrero e Alexandre Pato.

Guerrero ontem foi substituído certamente porque servirá a seleção do seu país e não estará a disposição do treinador na próxima rodada.

Emerson já pressentindo que pode sobrar para ele o banco de reservas, já tratou de “se garantir” através da imprensa.

Ocorre que, como bem definiu em entrevista ontem, ao Mesa Redonda, o zagueiro Paulo André, os treinamentos ocorrem de forma intensa, quem não corre, perde espaço.

E assim também ocorre nas partidas. Quem não corre, não se dedica e não segue as determinações do treinador, perde o lugar no time.

A disputa entre Guerrero, Alexandre Pato e Emerson será intensa, treino a treino, jogo a jogo.

Pato, o novato da turma, por enquanto manterá a diplomacia, até porque sabe que é produto de um  grande investimento, cedo ou tarde, terá que ser titular. Não se investe tanto para um jogador ser reserva, a não ser que outros fatores levem a isto.

Antes de finalizar, ainda falando sobre Alexandre Pato, ontem no Pacaembu ouvimos algo que não me recordo de ter ouvido nos estádios. Uma nada disfarçada euforia e até histeria por um jogador, no caso, Pato.

Gritos de guerra oriundos do vôlei para saudar o jogador, ouvidos dos setores da numerada, laranja e até do tobogã.

Não combina. Melhor mesmo é seguir o procedimento das organizadas, que não saúda jogadores, mas exalta a maior estrela através dos seus cânticos e gritos de guerra, o Corinthians.

Qual a sua opiniã, você acha que Emerson criará problemas futuramente?

Vai Corinthians!

Anúncios

102 Responses to Emerson: “Todos querem jogar. Eu vou jogar”

  1. Vou dar minha sincera opinião, o Emerson não é de hoje que é individualista, vou pegar um histórico de cabeça que me recordo destes casos de individualidade dele.

    Ele é um excelente jogador mas não dá para eximi-lo de ser individualista, aqui vai alguns exemplos:

    Na final contra o boca no primeiro jogo logo após o gol do Romarinho o Emerson teve uma chance de ouro de deixar o Romarinho na cara do gol e virar o jogo na bomboneira, ele quis bater direto pro gol bateu pra fora.

    Na final do mundial interclubes o emerson teve uma excelente oportunidade de deixar o guerrero na cara do gol e preferiu perder a bola bestamente para o david luiz, faria uma falta imensa esse lance não fosse o gol do guerrero (por coincidência dois rivais a vaga no ataque Romarinho e Guerreiro)

    Contra o Mogi penultimo jogo do paulista ele quis dar uma de pelé e após driblar 3 viu o renato augusto na cara do gol mas preferiu driblar o quarto jogador e perdeu a bola.

    E neste último jogo além de fingir que estava destraído quando o pato entrou e passou na sua frente, ele olhou para baixo e não optou por dar um aperto de mão no pato. Além desta entrevista que ele se escalou.

    Então assim, eu acho ele um excelente jogador, e voltou a jogar muita bola esse ano, mas o ego dele pode sim atrapalhar todo mundo, você o pato e o guerrero com muito mais humildade. Por outro lado ele demonstrou amor ao Corinthians recusando duas propostas milionárias do Catar. Eu não tiraria ele de titular se eu fosse o Tite, com a condição de ele deixar de ser individualista e de deixar o ego falar mais alto do que o grupo, pois ele é fundamental, muito veloz.

    Curtir

  2. Joaquim disse:

    Quando o Pato foi contratado o Sheik disse numa entrevista mais ou menos o seguinte:
    – Vejam em que nível chegou o Corinthians que mesmo depois de ser Campeão Mundial contratou um jogador do nível do Pato.
    – É claro que ele disse que vai jogar pois não é pipoqueiro.
    – Então acredito que ele tenha ficado é puto com o Lance que publicou uma foto dele em uma balada insinuando que não tinha treinado por causa disso, quando ao que parece foi um incomodo muscular que obrigou a ficar aos cuidados do fisioterapeuta (Bruno) e por isso não treinou. Isso é invadir a privacidade de uma pessoa, afinal alguém viu ele embriagado? O que poderia comprometer a atuação no treinamento da semana.
    – Realmente ele estava diferente no jogo e com cara de poucos amigos, mas pode ter sido isso.
    – Prefiro não julgar e analisar daqui pra frente.
    – As vezes ele é fominha, mas falar que ele quer sacanear alguém como andaram falando, não aqui, mas em outros blogs, vai uma distância muito grande.

    Curtir

  3. Stephane disse:

    Não repercutiu nada na imprensa, abutre ou não… O negócio é que ele sentiu a água batendo na bunda, com a chegada do Pato… Acredito que nos jogos fáceis, o Tite pode escalar os 3 (Pato, Sheik e Guerrero) e nos mais complicados, tirar um dos 3 (provavelmente o Sheik) pra colocar o JH…

    Curtir

  4. Martelli disse:

    Somos campeões mundiais, da libertadores e brasileiro e temos um técnico que já mostrou saber domar o ego de um grupo de estrelas como o plantel do Corinthians. Estamos após uma declaração que permite “n” interpretações procurando “pêlo em ovo”. Entramos naquilo que os anti, imprensa, etc mais que procuram ou seja criar um ambiente ruím onde existe um espirito vencedor coisa que em muitos anos de torcedor nunca vi. Qual o clube que não deseja ter um Emerson em seu plantel? Um grupo de jogadores não pode ter só “santinhos” senão viramos um time de seminário. O Emerson pode não ser santo mas também não é o demônio que estão querendo pintar.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      O importante é que o treinador pregou e conscientizou o elenco que as estrelas maiores são o clube e a sua torcida

      Curtir

  5. Matheus disse:

    Sheik, Sheik, Sheik…
    Sempre Polêmico, Mas Prefiro o Sheik Dizer isso do Que o J.C Dizer que Prefere a Reserva!
    O Jorge Tbm Não Comemorou o gol do Pato… Ninguem Fala Sobre o Entrosamento entre o Sheik eo Guerrero?
    Sou Mais o Sheik, Malokeiro Vai Jogar Sim, Pra Quem Vai Sobrar Não Sei!
    Muita Calma Em Idolatrar o Pato, O Guerrero Fez 2 Gols e 2 no MUNDIAL Tbm…
    Exemplo o Jorge Henrique, A Oportunidade que Teve Aproveitou e não Saiu Mais…
    A Briga Vai Ser Boa… Vide a Entrevista do Tite!
    Na Minha Opinião o Pato Vai Ter Que correr Muito e Jogar Muita Bola…
    Assim como o Romarinho, Douglas, Renato Augusto, Guilherme, Edenilson e Etc…
    Pessoal A Nossa Mentalidade não pode ser igual a das outras equipes Brasileiras, Estamos em um Nivel acima, Tem Parte da Torcida Pegando Pé no Emerson Sim! Calma Pessoal!
    Ah Agora a Fifa Permite Até 12 Jogadores no Banco(Criaram Essa Emenda por Causa do Corinthians?)

    Curtir

  6. vicente disse:

    Eu acho que o Emerson vai jogar mesmo. Primeiro porque ele joga demais. Vai sobrar pra outro, escreve ai. O ataque vai ser Sheik, Guerrero e Pato.

    Curtir

  7. Wilson Timão disse:

    O Corinthians Bi-Campeão do mundo arrecadou R$ 1,7 milhão em dois jogos, R$ 200 mil a mais que a soma dos outros 18 jogos do campeonato nas duas últimas rodadas.

    Curtir

  8. Celso 1° disse:

    Não vejo algo de ruim na declaração.
    Ele apenas disse com outra palavras “eu vou jogar bola pra garantir minha vaga”

    Emerson jogou muito bem as partidas deste ano, ta voando em campo.

    O melhor vai ser o Tite promover um rodízio intenso, colocando jogadores do banco pra jogar todo o 2° tempo, ou seja, se virando com esta “dor de cabeça”

    Curtir

  9. Marco ACT disse:

    Emerson me parece um cara com uma grande auto confiança, tento ver pelo lado positivo esse tipo de declaração. O Sheik sabe que tem de estar muito bem pra ser titular pois o nosso elenco tem muitas opções. Acho dificil o Guerrero perder seu lugar, um tipo de jogador que o Tite sempre quis no time

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      É verdade

      O Tite procurava esse homem de referencia

      Até porque o Liedson não tinha mais condições fisicas de cumprir com as determinações

      Curtir

  10. carlos disse:

    desde os tempos de mano menezes os melhores momentos corinthianos foram no 4-3-3 , até onde eu sei, o pato não é exatamente um finalizador , não é exatamente um camisa 9 de oficio , esse é o guerrero , dava pra colocar o guerrero na frente com pato e emerson vindo pelos lados, enquantos danilo ou douglas atrás na armação

    Curtir

  11. Carlos Roberto disse:

    Olha Silvinho, eu até fiquei muito contente com a contratação do Sheik, eu aqui no Rio acompanhava alguns jogos dele, e gostei muito dele ser contratado pelo Timão. Mas tenho notado que o Sheik, alem de não estar jogando nada ha mais de 6 meses, vem se demonstrando um egoismo exagerado nos ultimos tempos.
    Depois de ler alguns comentarios aqui, sobre o “boicote não oficial” do Sheik sobre o Guerreiro voltei a ver os gols do peruano no domingo e percebi que Sheik, apesar de estar mais proximo, não faz questão nenhuma de comprimentar o Guerreiro após os dois gols e depois que todo mundo vai abraçar a fera, ele aparece por tras no meio do grupo pra não dizer que está oficializando a sua postura.
    Isso sem contar aquela jogada ridicula que ele fez no Mundial, perdendo a bola de forma bisonha, quando Guerrero estava livre e poderia ter marcado um gol decisivo naquela altura do jogo.
    Eu espero que o Sheik melhore o seu desempenho e volte a jogar o bom futebol do primeiro semestre de 2012, mas tenho receio que esse ciumes pelo crescimento da popularidade do Guerrero junto a torcida e a chegada de Pato, que causou um frisson danado na imprensa e na torcida, levando Sheik a um segundo plano, prejudiquem sua postura dentro de campo.
    Eu espero que isso não aconteça e ele coloque as sandalias da humildade, respondendo em campo as minhas expectativas.
    Com ele jogando serio seremos muito mais fortes, embora ainda ache que Guerrero e Pato devem ser a dupla de ataque ideal, mas com a quantidade de jogos e campeonatos simultaneos, o revezamento com Sheik será muito benefico as nossas pretensões.
    Quanto as declarações dele que voce postou, acho que podem dar dupla interpretação; prefiro ficar com a mais otimista.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Independente da interpretação da declaração, o que importa mesmo, de verdade, é que ele treine e jogue muito

      E seja mais solidário, sirva tanto quanto é servido e melhore muito na finalização

      Curtir

  12. Rogério disse:

    Silvinho, tem gente da imprensa falando que o Pato e o Guerrero não podem jogar juntos. Será? Sempre achei o Pato um segundo atacante goleador. O Guerrero é o típico centroavante que faz muito bem o pivô. Posso estar enganado, mas acho que os dois se completam.

    O último que falou pra imprensa que queria se titular na marra foi embora. Só o tempo vai nos dizer o que o Emerson quis dizer com a frase “Eu vou jogar”.

    Curtir

  13. Cesar disse:

    Nada, nada demais o que o Sheik falou!

    Ele só demonstrou autoconfiança: “eu vou jogar”, no sentido de “porque eu vou fazer por onde, não vou me acomodar, vou dar trabalho (no bom sentido)”.

    Tudo normal! Eu penso que pior seria se ele dissesse: “é… sabe cumé, depende do professor… eu até queria jogar, mas se eu ficar no banco, tudo bem, fazer o que…”

    E vamo que vamo, Sheik!

    Curtir

  14. Wilson Timão disse:

    Tem cara surtando aí embaixo.

    Panelas, redes de conspiração, conivência da chefia, fantasmas. Chamem a oficina das panelas, FBI, CIA, Ghostbusters… CRISE

    Para isso com pessoal… vamos usufruir desse momento lindo que estamos vivenciando… aproveitar para olhar os antis com aquela cara e risadinha bem cínica sem falar nada.

    Curtir

  15. Wilson Timão disse:

    Os jogadores do Corinthians estão conscientes que uma equipe não é formada por apenas onze jogadores. Cássio, Paulo André, Fábio Santos, Danilo, Jorge Henrique, Emerson e Douglas ficaram em muitos jogos como opção no banco de reservas numa boa.

    A abutraiada e a imprensa rosa estão jogando isca e o torcedor inocente entrando como um patinho.

    Tudo bem que já faz parte da tradição do torcedor Corinthiano queimar e não ter o mínimo de consideração ou respeito por qualquer jogador que faça gols e/ou tenha habilidade. Para ser ídolo no Corinthians tem que ser cabeça de bagre tipo Márcio, Ezequiel e Betão.

    O time ganhou Brasileiro, Libertadores e Mundial, está saindo agora da pré temporada mostrando um futebol convincente e a gente vai entrar numa de botar pilha?

    VAMOS REMAR JUNTO PESSOAL!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Discordo

      Não se trata de cair em pilha. Até porque, exceto por este espaço, ninguém repercutiu essa sonora do Emerson

      Como debatemos aqui em alto nível, com verdadeiros e fiéis corinthianos, não haveria porque deixar de debater este assunto

      Debater construtivamente acrescenta, agrega

      Curtir

  16. Zé Carlos disse:

    Vamos com calma! O ano será longo, teremos 6 títulos para disputar e, portanto, não podemos nos dar ao luxo de ficar queimando jogador. Muito menos um jogador como o Sheik – que pode se tornar uma opção de alto nível para o banco de reservas, caso o Adenor consiga “domesticá-lo”. Já basta termos perdido o argentino (pena ter sido tão precipitado, porque futebol deu pra perceber que o cara tem).

    Com relação à tal declaração, não ouvi o tom com que foi proferida, mas de qualquer forma não vejo nada de mais nela. Entendo mais como uma bravata, um recado aos seus concorrentes do elenco de que têm confiança no seu próprio potencial e que, por isso, apresentará um futebol compatível com a titularidade.

    Porém, respondendo à pergunta com que você encerra o texto, Silvio, acho sim que o Emerson tem potencial para se tornar um problema. Sempre achei, aliás.
    Na homérica batalha contra o Vasco pela Libertadores, por exemplo, dizem que ele foi direto para o chuveiro ao ser substituído. Eu estava na arquibancada verde e, confesso, não vi se ele fez isso mesmo. Mas, se a informação procede (alguém poderia confirmar, por favor?), a atitude foi quase um crime de lesa-pátria (como bem definiu outro blogueiro, à época). Num jogo como aquele, disputado a 2.500 graus Celsius, com a mágica integração entre time e torcida que havia naquela noite, jogador tem que ser muito mimadinho pra fazer uma coisa dessas! Chega a ser de um umbiguismo até patético…

    Daí o cara fez o que fez na final contra o Boca e a Fiel, naturalmente, transformou-o num herói. O resultado disso sobre a cabeça do rapaz está perfeitamente analisado no comentário que o Glaucio Pereira fez aqui, logo abaixo.

    Enfim: tá aí mais um pepino pro Adenor administrar… de preferência, sem perder o jogador – que, insisto, será ótima opção para o banco. Ou melhor: para o time, pois no pega entre ele, Pato e Guerrero por 2 vagas só quem tem a ganhar é o Corinthians.

    Quanto ao frisson pelo Pato, Silvio, eu estava no tobogã e notei que os gritos vinham fortes da laranja e setor 21, ameaçavam contaminar parte do tobogã, mas logo alguns torcedores no tobogã puxavam o grito de “Corinthians”, sendo acompanhados pelos demais, até sufocar o clamor pelo jogador.
    Fica registrada, assim, minha defesa do tobogã, ok?!

    Saudações!

    Curtir

  17. Silvinho, se o Pato jogar o futebol que esperamos dele, aliado ao investimento e apelo junto a torcida, será titular naturalmente.
    Mas tem que jogar. Porque a Fiel, seja organizada ou da numerada, exalta num momento e joga no inferno em outro, se o jogador não demonstrar que merece vestir o manto sagrado.
    O Emerson chegou, aceitou a reserva e conseguiu seu espaço, porque é um puta jogador.
    Teve seu ápice na conquista da Libertadores, e depois problemas físicos e o relaxo natural da equipe fez ele cair junto. Mas continua sendo uma peça importante na equipe.

    É difícil prever o comportamento futuro de qualquer pessoa, mas baseando no histórico, no momento da equipe, da forma que é gerida tanto pela comissão técnica como pela sua administração, não acho que qualquer jogador vá fazer quizumba porque foi pro banco.
    E como falei, ter elenco é imprescindível, e serão tantos jogos, tantos campeonatos e tantas situações que vários jogadores revezarão a condição de titular.
    Então, vamos relaxar e curtir o melhor elenco do futebol das américas e deixar rolar.
    Vai Corinthians!

    Valeu!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Samuel, ontem o Tite deixou claro que durante o Paulistão ele utilizará em torno de 20 jogadores

      Até ai tudo bem, está correto

      A questão é na hora do file mignon…

      Curtir

      • Rogério disse:

        Nessa hora entra o titular, isso é óbvio. Não podemos esquecer que temos o campeonato brasileiro, ou seja, mais jogos, mais oportunidades dos que estão no banco mostrarem que podem ser titulares.

        Curtir

  18. Luís Carlos disse:

    Venho observando faz tempo certa panela no time; e, pra mim, com a concordância e participação do treinador.

    No ano passado, o Guerrero parecia ser transparente. O pessoal da frente não passava uma bola boa pra ele, que era o centroavante e deveria ser a primeira opção de passe; sem contar que ele sabe chutar e alguns outros não. Por outro lado, o Guerrero nunca tentou resolver sozinho uma jogada em que houvesse um companheiro em melhores condições.

    Os gols que ele conseguiu fazer foram quase todos de bolas vomitadas, incluindo os gols do mundial. No jogo contra o chelsea, ele deu um bom passe para o Emerson, que o disperdiçou. No mesmo jogo, o Emerson tentou uma finalização porca quando o Guerrero estava livre a seu lado e estaria em melhores condições de finalizar.

    O caso do Martínez tem muito a ver com panela e com Emerson também. O Martínez vinha fazendo excelentes partidas. Não havia motivo algum para sacá-lo do time e depois para chutá-lo do clube. Nenhum jogador que estivesse treinando e rendendo bem nos jogos aceitaria que um jogador recém-saído do hospital tomasse-lhe o lugar sem esforço algum só porque era o queridinho. Isso não tem e nunca teve nada a ver com a seleção da Argentina. A não ser que alguém se machuque, nem Barcos, nem Montillo nem Martínez vão disputar a copa do mundo no ano que vem. E há o fato a se pensar de que o Emerson e o Pato são estrangeiros. E dois estrangeiros foram chutados: o Martínez e o Ramirez.

    Quanto à definição sobre quem deve ser titular e quem deve ficar como opção, entendo que o Pato estando em boas condições, deve ser ele e o Guerreiro numa situação de armação com dois atacantes com centroavante; ele e o Emerson numa situação de dois atacantes sem centroavante. e ele, o Emerson e o Guerreiro numa situação de três atacantes.

    Entendo que o Guerreiro, como centroavante, não possui substituto direto; o Emerson, com a saída do Martínez, também não possui substituto direto quando se trata de jogar aberto pela esquerda; e o Pato, em boas condições, também não possui substituto direto. Não vejo nenhum desses três disputando posição com outro alguém. Talvez numa suposta possibilidade de o Pato não se sair bem, o que parece difícil, poderia-se considerar uma disputa dele com o Romarinho ou com o Jorge Henrique (o Jorge Henrique centroavante e não o zagueiro).

    A opção do treinador, a meu ver, está relacionada com a arquitetura do time e não com o jogador.

    Eu optaria hoje, pelo menos na maior parte das vezes, pelo Pato e pelo Guerrero. Pelo fato de considerar que os dois sabem puxar a perna pra traz e impulsioná-la para frente, mais conhecido como o fácil ato de chutar uma bola. E pela inteligência e suposta não-fomilidade dos dois, apesar de que o Emerson deu mostras nos últimos dois jogos de que pode rever um pouquinho sua atitude pró-panela.

    Se o Emerson causaria problemas caso fosse preterido? Acho, por ora, que não. Mas o que eu tenho certeza é que seu contrato vence no fim do ano e que a facada, se não já veio, deve vir bem pesada, pois às vezes parece que ele se considera a última boia do titanic. Não duvidaria se ele disputar o brasileirão ou outro campeonato por outro clube no segundo semestre.

    Curtir

    • valdir disse:

      Concordo com vc,eu acho que os outros jogadores não gostam
      de sevir o guerrero quando ele está bem colocado,se bem que
      no jogo de ontém o alessandro e o sheik deixaram ele na cara
      do gol.Também depois do mundial que ele fez,se não fosse
      pelo seu oportunismo não ia ser pelo passe do sheik!
      Eu percebo que jogadores estrangeiros são muito mais solidários que os brasileiros que sempre querem resolver o
      jogo sozinhos.O individualismo do sheik as vezes me irrita
      ele pensa que é o dono do time depois da final da liberta!
      Eu reconheço que ele foi importante naquele titulo, mas
      aquilo já passou e futebol é momento.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      No caso Martinez, uniram-se a foma com a vontade de comer

      O atleta demonstrou interesse em sair e o clube ja estava finalizando a negociação com o Pato

      Curtir

    • Paulo disse:

      Concordo com a sua análise sobre os três não disputarem posição, pois dependerá do esquema tático a ser adotado, podendo, até, vir a jogarem os três juntos ( embora, nesta formulação, o esquema seria ultra-ofensivo e sacrificaria demais o Ralf na marcação, devendo somente ser adotado, na minha opinião, em partidas decisivas nas quais estivermos perdendo, jamais como alternativa de saída ). O problema é que ainda não estamos no estágio europeu de variar esquema em função de cada adversário, e, portanto, uma vez adotado um esquema, ele tende a prevalecer pela maior parte da temporada, ou, pelo menos, do campeonato a se disputar. Assim, o chororô pra quem ficar no banco será inevitável, é um ônus que teremos que pagar pela ultraqualificação do elenco e que, espero, o Tite administre da melhor forma possível. Quanto ao Martinez, diferentemente da maioria, acho que ele agiu muito bem ao sair. Jogaria pouco, teria pouca visibilidade, e, sendo assim, tendo, ao que parece, 28 anos, já está dobrando a curva e vinha jogando no falido futebol argentino, todos estes anos, podendo se presumir não ter feito, ainda, um bom pé-de-meia. Além disso, ele percebeu que teria que se sacrificar muito, fisicamente, e não acredito que tivesse essa condição física toda, não, e sabia disso. Sua única esperança, consequentemente, no meu modo de ver, era ficar visível num grande clube argentino para “cavar” sua convocação para a Copa do Mundo, mesmo na reserva – e ele sabe, intuo, que não tem futebol pra ser titular. Depois da Copa, arruma uma transferência para o Leste Europeu ou para o Oriente Médio e fim. É como vi.

      Curtir

      • Luís Carlos disse:

        Eu citei esses três pois foram os que, coincidentemente e simultaneamente, se supõe que querem jogar na seleção argentina.

        Pra mim são três bons jogadores, mas…

        Messi, Agüero, Higuaín, Di María, Tevez. Há o Conca talvez também. Esses são os que eu lembro agora do meio pra frente.

        Cara, a não ser que alguém morra, e esses caras devem andar com uns trinta seguranças, pra mim não tem lugar não.

        Curtir

  19. AndersonII disse:

    Estou realmente preocupado com essa pressão de torcedor em cima do Scheik.
    No minimo tão querendo ver ele reforçando, os Sardinhas ou as bonecas.
    O que aconteceu de tanta barbaridade assim, além do cara chutar muito mal?
    Corre, marca, se esforça, só precisa aprender a chutar.
    Chuuuuuuutar.|||||| Fundamento””””””””

    Curtir

  20. Múcio Rodolfo disse:

    O ano retrasado, quando o Emerson chegou, disseram que ele era traira -desses que ninguém do grupo gosta- que ele era chinelinho etc etc etc etc. As vezes ele irrita pelo excesso de individualismo, por chutar quando o melhor seria passar, mas isto também pode ser visto como algo de quem não foge da responsabilidade. O Emerson é aquele jogador “marvado” que diziam faltar ao Corinthians. Lembram-se? No Mundial, ele não brilhou, não voltou como herói, mas deu um trabalho danado pra becaida do Chelsea…..

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Emerson em forma, jogando, é titular

      Acontece que isto serve pra qualquer jogador que tenha, no mínimo, a mesma qualidade do seu futebol

      Curtir

  21. AndersonII disse:

    Sobre isso, Silvinho, tenho a dizer que reporter é um bicho fdp. E não devemos dar corda para essa raça.
    Nada demais com o Scheik. Se ele for sacado vai aceitar numa boa.
    Aliás já foi banco.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Não sei se desta vez aceitará o banco numa boa

      No Paulistão, terá suas folgas, como outros terão

      A dúvida fica na Libertadores

      Curtir

  22. Múcio Rodolfo disse:

    Pra mim as palavras do Emerson foram diferentes da do Martinez. Este disse que se não fosse titular, o melhor seria sair do Corinthians. Eu traduziria da seguinte maneira: “todos querem jogar, mas eu vou jogar porque vou fazer por merecer”.

    Curtir

    • Priscila disse:

      Também interpretei a declaração do Emerson dessa forma: “todos querem jogar, mas eu vou jogar porque vou fazer por merecer”.

      Feliz ou não na declaração – o jogador pensou antes de responder. O jornalista que foi malicioso.

      Aliás, vamos tomar cuidado para não cair nessa armadilha que a imprensa está criando: a de que os jogadores podem criar problemas por ficarem no banco de reservas. Podem observar. Agora só sabem perguntar isso para os jogadores. Vamos tomar cuidado para não repetir esse discurso.

      Curtir

    • Marcos disse:

      Concordo plenamente contigo! Na minha opinião, foi justamente essa conotação que ele quis dar. Ele acredita nele, no futebol dele, na sua capacidade e por isso vai jogar! Isso não é desrespeito nem demérito para os demais companheiros. O resto, cada um interpreta a coisa como melhor lhe convém, principalmente a imprensa. O otimista vai falar que está diante de um copo meio cheio de água. Já o pessimista, dirá que o mesmo copo é meio vazio. Quem quer confusão vai dizer que chamei a mulher de prostituta e cara dizendo a ela “minha cara senhora”. Por outro lado, quem não quer, vai compreender que o que falei foi em sinal de deferência e estima à mesma.

      Curtir

      • Paulo disse:

        Gostei do “minha cara senhora”, hehehe! Na verdade, ninguém sabe qual foi a intenção do Sheik, e, na dúvida, melhor não levantar a lebre, por enquanto. Acho que, se sentir que ficará no banco, até para não queimar a sua “imagem” de ídolo e a sua curta mas gloriosa passagem pelo Timão, ele dará um jeito de sair. Tem mercado, ainda, apesar de estar já no “crepúsculo da carreira”, como diria Fiori Gigliotti, e, se receber uma “proposta irrecusável” acho que deveria aceitar, vendo do lado exclusivamente financeiro, já que será, provavelmente, a sua última oportunidade ( por mais que ganhe no Corinthians, numa eventual transferência, especialmente para o exterior, creio que fecha o pé de meia de vez ). Espero que ele fique, que veja como um desafio as ameaças de banco, que já não realce tanto a questão da grana, que esteja satisfeito com a perspectiva de se aposentar no PSJ, que ainda nos ajude em outras conquistas, mas…O soda é que Douglas já teria dito a mesma coisa. Jogador brasileiro não tem a humildade do europeu, que aceita compor elenco e jogar de vez em quando. É o ônus de ter um grupo muito qualificado.

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Sim, situações completamente distintas

      Curtir

  23. Vando disse:

    “Mas exalta a maior estrela através dos seus cânticos e gritos de guerra, o Corinthians”

    Matou Silvinho, o Emerson deveria ler esse post e aprender um pouco mais, dessa Estrela Maior Corinthians!!

    Curtir

  24. Ricardo disse:

    E por um acaso ele nao jogou bem nos 2 últimos jogos? Acho que ele quis dizer ” se for merecimento, e ele esta fazendo por onde, ele se garante”
    Engraçado é que tem nego que nao fez 1/3 do que ele fez e é endeusado. Torcedor tem memória curta, o cara tem um brasileiro, uma libertadores e um mundial, e tem gente que idolatra um corno que desprezava nosso Mundial.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Uma vez ouvi isso de um chefe: o que voce fez no passado, ficou no passado. Se voce fez bem feito, nada alem do que deveria de fato, fazer. Afinal, voce é pago pra dar resultados. Aumento, quando voce supera e excede as expectativas. Voce é analisado pelo que faz no momento.

      Acho que isso serve pra qualquer um

      Se ele continuar fazendo sua parte, sendo menos fominha e melhorar na finalização, a bucha vai sobrar pro Guerrero

      Curtir

  25. Daniel disse:

    Belo post Silvio.

    Me tira uma duvida, ja que voce tocou no post sobre organizadas. Li num outro blog que a Gavioes nao entrou com bandeiras e instrumentos como “resposta”, para não dizer, repressão, imposta pela FPF em virtude do protesto contra o preço dos ingressos.

    Voce sabe se isso é verdade?

    (Se tiver algum leitor membro da organizada que puder se posicionar e contribuir com essa informação seria interessante).

    Curtir

  26. Nivaldo disse:

    Boa tarde Silvinho
    O Emerson só está repetindo fora de campo o que vem fazendo em campo, só olha pro umbigo, por isso não finaliza bem, não concretiza suas jogadas com um bom índice de aproveitamento, está de chinelinho fora de campo e está esquecendo de calçar as chuteiras para entrar em campo.

    Outro assunto, fora do tema: li no site do Taves (tá fazendo um belo trabalho) este comentário:

    “Caro Taves, um assunto no mínimo polêmico, mas acredito que vc é a pessoal ideal pra comprar uma boa briga…kkkk Ontem fui assistir o Coringão, fui com meu filho, cadeira laraja R$ 140,00. Vc viu o público: 33.558 pagantes / 36.480 presentes. Acho um absurdo à distribuição política de ingressos pra Conselheiros do Timão. Deveriam ser os primeiros a darem exemplo. Como é muito difícil acabar com a mamata, vai aqui uma sugestão: o Corinthians colocar no site a relação e o motivo dos ingressos distribuídos pra Conselheiros ou outros. Outro coisa importante, acho que deveria ser obrigatório todos os conselheiros do Corinthians serem SÓCIOS TORCEDORES, e que não fosse o + popular, aí poderíamos ver se são realmente Corinthianos dispostos à ajudar o clube ou só querem o “título” para assistirem sem pagar!!!!!! Afinal nossa esmagadora torcida paga com muito suor seu sagrado ingresso!!!! Não esqueça também da Homenagem à ELISA, nossa eterna torcedora símbolo, no muro do no CT!!!!! ”

    Gostei da idéia, vamos separar os homens dos meninos; diga o que você, como conselheiro, acha desta sugestão.
    Forte Abraço, o blog tá 10!
    Vai Corinthians !!!

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Pelo que se sabe, o Corinthians já demonstrou por a+b, para quem vão os ingressos gratuitos no Pacaembu.
      É só pesquisar no google.

      “Os corintianos reclamam que no Pacaembu o número de não pagantes é maior em relação a estádios particulares, pois algumas concessões são feitas pela prefeitura na arena municipal, mas não valem para outros locais. Há uma tribuna em que juízes, promotores e delegados podem entrar de graça. O clube tem apertado o cerco para que ninguém mais entre depois de a lotação ser atingida. É comum torcedores que entram sem pagar assistirem aos jogos nas áreas destinadas a quem compra ingresso.

      No estádio da prefeitura, deficientes físicos não pagam, diferentemente do que acontece nas arenas particulares. Menores de 12 anos, maiores de 60 e imprensa credenciada também estão nos cálculos de não pagantes feitos pelo Corinthians.

      Enquanto sua casa não fica pronta, o alvinegro gasta o equivalente a 12% da arrecadação com aluguel nos jogos diurnos até um teto de R$ 52.750. À noite, a taxa sobe para 15% até o limite de R$ 65.950.”

      Estado de São Paulo
      Município de São Paulo

      LEI N.º: 11256/92

      Isenta de pagamento de ingressos em jogos de futebol, oficiais e amistosos, no Estádio Paulo Machado de Carvalho, menores de 12 anos e maiores de 60 anos de idade, e dá outras providências.

      Luiza Erundina de Souza, Prefeita do Município de São Paulo, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei, faz saber que a Câmara Municipal, em sessão de 17 de setembro de 1992, decretou e eu promulgo a seguinte Lei:

      Art.1º – Ficam isentos de pagamento de ingressos, no Estádio Paulo Machado de Carvalho, em jogos oficiais e amistosos, crianças abaixo de 12 anos de adultos maiores de 60 anos de idade.

      Art.2º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

      6 de outubro de 1992.

      Luiza Erundina de Sousa.

      Prefeita do Município.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Nivaldo, vamos por partes, como diria Chico Picadinha

      O numero de não pagantes do Pacaembu incluem idosos acima de uma determinada idade, jovens até 12 anos, jornalistas, convidades da SEME, autoridades, etc

      Conselheiros e assessores não entram nesta conta

      O Corinthians subsidia estas entradas aos assessores, ou seja, paga para que estes tenham acesso ao estádio

      Todos os assessores, conselheiros e diretores sao cadastrados no sistema do Fiel Torcedor. Eu era fiel torcedor numero 170, foi cancelado por duplicidade quando fui cadastrado como assessor, em 2008

      Concordo que a famosa “carteirada” é antipática, mas esta é uma forma que o clube encontrou, por exemplo, para compensar o trabalho de assessores que em tese, deveria ser feito por funcionários contratados (essa é minha análise, não oficial do clube)

      Curtir

  27. Glaucio Pereira (@Glaucio85) disse:

    Emerson se auto-denomina “malandro”. Partindo desse principio, o cara só usou o oba-oba da torcida a favor dele mesmo. Após a Libertadores, era comum se ouvir expressões como: ” O Sheik é idolo” ” O Sheik decide” ” O Sheik é f*da” ” O Sheik é intocavel” e por aí vai….No segundo semestre de 2012, o cara só foi twitter, VMB, depoimento no Rio, Bailarina do Faustão, suspensão, briguinha com o Léo. Nada, absolutamente nada dentro de campo. Jogou o mundial por causa daquele mantra “o Sheik decide”, pois como todos vimos, foi incapaz de causar qualquer lance de perigo ao adversário nas 2 partidas no Japão. A bola que ele não passou pro Guerrero poderia ter nos custado o titulo mundial ( Claramente quis voltar como Herói e passar mais 6 meses “de boa” ). Sheik tá sentindo a chapa esquentar pro lado dele…Guerrero está num nivel muito superior ao dele e Pato depois de liberado pelo DM, deixou de ser uma sombra pra virar uma ameaça real. Continua com muita correria e vontade, mas hoje é cada vez menos perigoso a meta do adversário ( seja por sua fome ou pela sua péssima mira). O banco é questão de tempo…

    Curtir

  28. Italiano disse:

    Não creio em problemas criado pelo Sheik , penso quem criara é a abutraiada , todo jogador profissinal sempre pensa em Up Grade na carreira e nosso Timão é o objetivo maior a ser alcançado , então sair desse elenco seria atestado de idiotice misturado com burriçe ….

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Concordo plenamente. Scheil sai do corinthians hoje, amanhã está na Vila, ou na Vila Sonia, com certeza.

      Não vai agora torcedor encher o saco do cara também. Já chega a abutraiada mesmo que se borra de medo do cara.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Italiano, arrisco-me a dizer o que vai acontecer.

      Durante o Paulistão, 20 jogadores se revesarão, o treinador ja deixou claro que não repetira a equipe em duas partidas sequentes

      A cobra vai fumar nas competições file mignon. Libertadores, por exemplo

      Se o Emerson ficar de fora, vai chiar

      Curtir

  29. Claudio Marques disse:

    É preciso contextualizar a resposta do Emerson. O repórter maldosamente chegou falando esse garoto vai dar trabalho, já fez gol logo no primeiro jogo. Como fazer para permanecer no time? O Emerson respondeu “o Corinthians tem grandes jogadores e todos querem jogar, mas o Tite vai escalar quem estiver melhor. Eu de minha parte quero jogar e vou jogar! ” Não vi isso como forçação de barra do Emerson não, pareceu mais uma auto afirmação um objetivo dele. Se ele não acreditar que vai jogar, quem é que vai?
    Não temos que entrar na pilha da mídia abutre. Sempre vai ter jogadores suspensos, jogadores machucados (toc-toc), jogadores servindo seleções, jogadores desgastados. O Tite saberá usar esse elenco com sabedoria.
    Quanto à histeria, acho que isso parte das mulheres. Não podemos ser chatos a ponto de implicar com a euforia das meninas ou de quem quer que seja. Aqueles que forem contra, gritem mais alto os gritos de guerra tradicionais e abafem os gritos do vôlei . Simples!

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      O Globoesporte mostrou hj uma menina palmeirense que foi ao Pacaembu ver o Pato.
      Portanto, é melhor não sermos ranzinzas e deixarmos que a histeria se prolongue. Pato, além de bom de bola, vai ocupar parte do espaço do Neymala com a garotada teen.
      Para mim e a maioria o Corinthians é acima de qualquer jogador, mas se muitas meninas virarem corinthianas por causa do Pato……………………..sejam bem-vindas.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Quanto as manifestações ao Pato, não partiram só das meninas

      Não se trata de patrulhar, mas apenas de seguir a linha tradicional da nossa torcida, que é bem diferente das demais

      Curtir

  30. Sheik é imprevisível … Mas Tite sabe trabalhar mto bem o psicológico deles, Acho q não dará muitoooos problemas (assim espero) rs … e percebi q Tite já está trabalhando isso com Emerson na coletiva ele elogiou mto o sheik falando q nem sempre o gol é mais importante q a assistência tbm é ( hum sei) Tite sentindo a má fase rondando o herói da libertadores … Achei falta de respeito ele falar q “Eu vou jogar” ( tipo q se dane o resto rs ) Sim , ele vai jogar o próximo jogo pq o guerrero estará servindo a seleção peruana e o pato ainda vai precisar de mais ritmo e se entrosar com o bando ! Mas depois sei não viu sheik !!!!

    Curtir

  31. Alvaro disse:

    Silvio,

    Acho que o Tite deve orientar, apesar que estamos falando de um atleta de 33 anos que já sabe muito bem o peso de suas declarações mas sempre fala demais, quando da entrevistas em sua casa sempre exalta o clube e o grupo, mas com a cabeça quente do jogo sempre fala muiiito, e pode reparar, dificilmente comemora gols dos companheiros como se espera, ontem bateu o penal por pura vaidade já que o 3º gol foi tirado no ultimo instante, parecia que aquele negocio “o gol era pra ser meu então vou bater o penal pra compensar”,, e não é por ai

    Sempre disse que que o Guerrero lembra muito o Luisão e o mundial só serviu pra o que era desconfiança virar uma certeza, o Cara joga muita bola, faz varias funções táticas no jogo e se o Pato conseguir jogar como 2º atacante as chances do Emerson rodar são enormes

    Silvio, o ano de 2013 esta mostrando que o maior adversário do Corinthians é o próprio Corinthians, o futebol infelizmente não é previsível, mas se o time estiver focado, as chances de levantarmos uns 3 ou 4 títulos são enormes, então,,, sem vaidade

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Quanto ao penalti, perder, infelizmente é risco de quem assume o negócio

      Eu só não sabia que o Emerson era o terceiro na lista de cobradores oficiais (Chicão, Fabio Santos…

      Curtir

  32. Ernesto de Minas disse:

    Emerson é problema e deve ser dispensado já. Martinez forçou a saída porque percebeu que Sheik se sente meio que dono da vaga.
    É claro que blogueiros como Cosme Rímoli já iniciaram “o disse me disse” e “antis” já estão histéricos “pela injustiça contra Guerrero”. Dizem abertamente que Guerrero será injustiçado, que o herói do título será reserva, etc, etc. Tudo com o intuito que já sabemos.
    Pelo que percebi o Tite vem querendo um centroavante como Guerrero faz tempo e não será agora, com 7 gols de cabeça em 10 marcados, que Tite irá deixá-lo de fora.
    Emerson já percebeu que quem vai sobrar é ele, tanto que quis bater penalti, coisa que sempre foi mal, mesmo quando a bola entrou. Emerson tem contrato só até dezembro, creio que junto com Paulinho sai em julho.
    Apesar de ser bom jogador, não dá para compará-lo com Pato e Guerrero, dois jogadores de nivel internacional.

    Curtir

    • PAULO disse:

      CONCORDO COM SUA LEITURA DO CASO…

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Se o treinador manter a coerência, vai jogar quem estiver melhor, treinando melhor, jogando melhor

      E treinar melhor e jogar melhor é seguir a risca as determinações do treinador

      Sem bola, tem que correr, marcar, correr, marcar, correr, marcar…

      Quem tiver fisico e cabeça pra isso tudo e quando der, marcar gols, será o titular

      Curtir

  33. Carlos Roberto disse:

    O Emerson pode querer se impor pela imprensa, mas pelo futebol que tem jogado, ele já é reserva pra mim. Pato e Guerrero seria o ataque ideal no momento. Se jogarmos com tres atacantes o Emerson pode até cavar um espaço, mas parece que JH seria o terceiro elemento do ataque.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Jorge Henrique cumpre uma função parecida com a do Leandro na época do Parreira. Participa no ataque, auxilia na defesa, inferniza o adversário, usa da catimba, treinador adora isso

      Curtir

  34. Flavio disse:

    Espero que o único problema que ele crie futuramente seja a dedicação nos treinos justificando sua escalação, nada mais do que isso! Do contrário, o Martines já abriu a porteira! Mas acho que haverá espaço para todos, principalmente quando a Libertadores e o Brasileiro estiverem sendo disputados simultaneamente!

    Curtir

  35. Nelson disse:

    Ele correu nesta ultimas duas partidas ou que não correu no 2º semestre todinho. O Tite em entrevista disse que ficou espantado com o condicionamento físico dele, portanto teremos que esperar.
    Quanto a ele se escalar acho que não seria tão tolo, visto ser bom de grupo e ter a simpatia de todos outros jogadores.

    Curtir

    • Daniel disse:

      Porem tem um problema, nessa “ansia” de mostrar resultado é bem capaz que ele seja mais individualista do que ja é. Esse é o maior risco.

      Por outro lado, tem o ponto de vista do comentario do “Sérgio Henrique Botarelli”, que falou que essa declaração é forte no sentido de que ele fará de tudo e se esforçara ao máximo para ser titular.

      Confesso que estou em duvidas.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Ele disse que vai jogar

      Jogar 10 minutos, também é jogar…

      Curtir

  36. Acho que o Tite não precisa decidir que é titular e quem é reserva a essa altura da temporada mas…

    Estranhamente – talvez até por entender que essa é a melhor opção – grande parte da imprensa esportiva paulista diz que Pato e Guerrero disputam a mesma posição, não admitindo a hipótese de jogarem juntos. Essa “torcida” da imprensa tambem justificaria o fato da não exploração das declarações do Emerson.

    Acho que o Emerson sabe que tem sua posição de titular seriamente ameaçada nesse momento. A decisão de pegar a bola pra cobrar o penalti, a perda do mesmo, e essa declaração no final do jogo, revelam uma certa insegurança.

    Ao contrario do Guerrero, que fora de campo, elogia o Pato em todas as entrevistas, e dentro de campo tem feito sua parte, com muita qualidade por sinal, desde que foi efetivado no time titular.

    Alias outro exemplo que o Sheik poderia seguir é o do Jorge Henrique. Tem jogado muito bem, e a continuar assim, vai demorar pro Renato Augusto tirar o lugar dele no time.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Na verdade, a definição mesmo dos 11 titulares acontecerá na Libertadores

      Quem chegar melhor até lá, joga

      Curtir

  37. Carlos Amaral disse:

    Abafa o caso…

    Curtir

  38. Otávio disse:

    Comentei isso hoje. Espero estar errado. No lance do gol do Pato, quando todos vão comemorar, o Sheik abaixa a cabeça e sai andando para o outro lado. Depois veio a entrevista ‘estranha’.

    Tomara que sejam apenas impressões erradas, ele já passou da idade de sentir invejinha do companheiro. E esse tipo de reação não condiz com a filosofia e muito menos com o momento da equipe.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      E se perguntarem para ele porque não foi comemorar, vai dizer que não correu porque já estava cansado

      E não seria o primeiro a responder desta forma

      Curtir

    • José disse:

      O sheik não costuma comemorar gols. A atitude dele ontem foi a de sempre.

      Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Li vc ontem e prestei atenção nos programas da noite: verdade seja dita: no gol do Danilo ele agiu assim tbém.

      Curtir

    • Claudio Marques disse:

      Verdade seja dita: ele aplaudiu o gol do Pato.Insisto que não teve entrevista estranha alguma, apenas pinçaram uma frase do contexto!E também tem outra: esses caras estão brigando por posições e são altamente competitivos, querem vencer sempre! Ou vocês queriam um jogador acomodado como uma certa ave que joga nas madames?

      Curtir

  39. André Sanchez disse:

    Silvinho o Emerson é e sempre foi polêmico. Ano passado fez uma libertadores brilhante, e foi “o cara” da partida final. Como você mesmo diz, calçou os chinelos no Brasileirão, se machucou e talvez isso tenha o atrapalhado no Mundial. Porém, achei que ele jogou com raça as duas partidas. Ano novo, vida nova, e na minha visão ele foi bem nos dois últimos jogos, mas numa equipe que tem Pato, Douglas e Renato Augusto no banco, ele terá de jogar e correr muito (atrás de lateral) para se manter na equipe titular. Gosto do Sheik e acredito que ele também goste e respeite o SCCP, afinal não é qualquer um que rejeita duas propostas do Mundo árabe.
    Abraço.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Tambem gosto do Emerson

      Mas ele precisa ser mais solidário no ataque, menos fominha e melhorar na finalizaçao

      Isso, parece que o Pato ja tem de sobra

      Vamos ver no que vai dar, para a nossa alegria

      Curtir

  40. Sérgio Henrique Botarelli disse:

    Esta entrevista pode ser vista de dois modos. Um deles é o que você viu, o qual ele já tinha feito parecido em entrevista no comecinho do ano, dizendo que “recusou uma bela proposta do exterior”. Isso foi uma pressão.

    O outro lado da moeda (o lado de defesa do jogador) é o “Eu vou jogar” como sede de bom desempenho para a autoescalação justa. Ou seja, o “Eu vou jogar” pode ter sido no sentido de “Eu vou suar sangue para jogar”.

    Há os dois lados da moeda. Cada um interpreta de uma forma. Mas não deixa de ser polêmica!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Eu vou jogar: frase afirmativa, exercício de auto-ajuda, aquela coisa meio Lair Ribeiro, “O Segredo”, etc

      Eu vou jogar: sim, vou jogar, nem que sejam 10 minutos, depois de sair do banco de reservas

      Eu vou jogar: vou jogar porque eu sou o cara, artilheiro na final da Libertadores, sou lider e veterano do grupo, ninguém me tira

      Escolha a sua!

      Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: