Derrota e fora do G4: vexame

Em tempo, algumas considerações.

Toda vez que uma equipe grande perder para uma equipe considerada pequena, será um vexame.

Toda vez que uma equipe bicampeã do mundo e campeã invicta da Libertadores perder para uma equipe considerada pequena, será um vexame.

E se essa equipe for o Corinthians, o vexame será maior ainda.

E não importa se no banco, como treinador, estejam Mano, Luxemburgo, Mourinho, Pep Guardiola ou Tite, se perder para time pequeno, será um vexame.

Falemos do jogo.

O time começou jogando bem, aproveitando os espaços, sufocando o adversário, abrindo o placar logo de cara, com o excelente Guerrero.

Veio o segundo tempo e o time da casa veio para cima, afinal de contas, tinha que reverter o placar.

O Corinthians entendeu que bastaria ceder ao furor ofensivo do adversário, partir para o contra-ataque e numa oportunidade, avançar no placar e decretar mais uma vitória.

Não foi bem isso o que aconteceu. Porque na medida em que o adversário passou a atacar mais, a tal consistência defensiva que deveria começar pelos volantes, abriu o bico.

Ralf vem fazendo a dele, marcando forte e desarmando. Mas está sobrecarregado. Marca sozinho no meio de campo porque seu companheiro, Paulinho, com a cabeça nos euros europeu, teimou que é atacante, precisa fazer gols e aparecer pro treinador… Felipão.

E aparecer também para as imagens que chegam aos interessados pelo seu futebol, na Europa.

Não vem marcando, joga quando quer, deixou de ser aquele segundo volante cujo futebol despertou interesse do mercado exterior e que o fez chegar a seleção brasileira.

O Linense aproveitou as brechas, explorou as avenidas Alessandro e Edenilson, venceu a partida, festa no interior.

A propósito, incompreensível a inversão nas laterais. Com a palavra, nosso treinador.

Perdemos e o pior nem foi a derrota.

O resultado de hoje nos jogou para definitivamente fora do G4, para a sexta posição e dependendo de uma combinação de resultados que começa com uma vitória contra o Sorocabano, na última rodada, chegaremos no máximo a 5ª posição.

Disputar as quartas-de-final como visitante, provavelmente contra uma equipe do interior (mais provável o Mogi), em estádio acanhado, exposto a gramados horríveis e em tempos de vacas magras, sem a grana da Caixa Econômica, prejuízo na certa.

Financeiramente, melhor torcer para que venham os Porco na próxima fase, para ai sim, num Pacaembu lotado, com renda dividida (se for este o acordado), o prejuízo ser menor.

Tecnicamente, não importa qual será o próximo adversário. Pelo que o nosso time vem jogando ultimamente, entre altos e baixos, seja qual for o adversário, enfrentaremos dificuldades.

Compreendo que o formato do campeonato, nada atraente, não empolga os atletas, ainda mais disputando duas competições simultaneamente.

Porém, temos elenco, opções e estrutura. Sendo assim, escalam-se os que estejam motivados.

Ainda sobre o time, é louvável a força de vontade e o espírito voluntarioso de Emerson. Inteligente, entendeu que se depender da sua finalização, dos seus chutes, para ser titular do ataque, não terá espaço.

Sendo assim, vem se desdobrando em campo, correndo, deslocando-se, buscando o jogo, construindo as jogadas, usando do seu principal recurso, que são os dribles e ajudando muito, muito, muito mesmo, na marcação.

E quando o assunto é marcação, os olhos do treinador até brilham. E com isso Emerson vai garantindo seu lugar no time.

Quanto aos moleques atacantes que sobem da base, incorporados ao elenco principal, já entram viciados.

Marcar, cobrir as laterais, correr de um lado para o outro, burocraticamente, sabem que precisam fazer isso para terem um lugarzinho ao sol no elenco profissional.

Hoje, por exemplo, Paulinho entrou e poucos minutos depois, já era visto na lateral esquerda, próximo da bandeirinha de escanteio, auxiliando na marcação.

E isso com o time perdendo.

Não compreendo esse exagero tático defensivo.

Quanto aos goleiros, o treinador vive um dilema. Não sabe quem efetivar como reserva imediato de Cassio.

Durante a semana passada disse que daria sequência a Julio Cesar. Para este jogo, decidiu colocar Danilo.

Danilo, como todos os goleiros do Corinthians, desde 2008, sai mal do gol, não sabe sair jogando, nem com as mãos, muito menos com os pés e hoje isso é um importante recurso.

Julio Cesar, além das deficiências acima apresentadas, não tem a confiança total do treinador e de repente, nem do elenco.

Sem Cassio, a coisa vai ficar bem complicada.

Enfim, o elenco terá uma semana para se recuperar fisicamente e treinar. Jogo, só no domingo.

Estamos fora do G4 e isto é vergonhoso.

E antes que digam que vergonhoso é terminar como líder e sair nas quartas de final, como no ano passado, rebato que vergonhoso será toda vez que um time grande e forte como o Corinthians, perder pra time pequeno e ficar fora do grupo dos melhores, isso será um vexame.

Comente a partida e a nossa vergonhosa 6ª colocação na tabela.

Anúncios

112 Responses to Derrota e fora do G4: vexame

  1. Rogério disse:

    Silvinho, o Júlio César não confia nem nele se quer saber. Quanto ao preparador de goleiros, tem que trazer o Agnaldo Moreira de volta, esse entende bem da profissão.

    Curtir

  2. Claudio Marques disse:

    Esta história do interesse da Inter de Milão está me parecendo factóide plantado por empresário, pelos seguintes motivos:
    1 – Por que a notícia surgiu no Rio Grande do Sul e não em São Paulo ou MIlão?
    2 – O Tite não é de quebrar contrato por causa de dinheiro (só quebrou quando veio para o Corinthians porque queria voltar ao Brasil). Se pedir para ser liberado jogará no lixo uma história no Corinthians e poderá perder a oportunidade de ser o técnico da seleção pós 2014;
    3 – Se não quebrar o contrato a Inter não irá querer para janeiro (meio de temporada na Europa);
    4 – Foi só o Mário Gobbi declarar que queria renovar o contrato para que o empresário viesse com essa “proposta”;
    5 – Empresário que já levou uma invertida do Andres quando fucou pedindo mundos e fundos para renovar.
    Se sou presidente já exijo uma posição desde já: quer renovar renove já, não quer contrate o Mano para iniciar o trabalho após o término da Libertadores.

    Curtir

    • Filipe disse:

      Se for verdade mesmo essa história de empresário querer levar mundos e fundos é melhor fazer isso que vc citou no último trecho.

      Curtir

  3. Múcio Rodolfo disse:

    1- Pelo que vi, o time foi razoavelmente bem no primeiro tempo e sonolento no segundo. O problema é que a gente não tem conseguido transformar em gols aquele momento de alta intensidade que impomos na partida. Ontem após o gol, era pra ter feito uns dois gols a mais. Criamos chances para isso. Pode ser excesso de virtuosisimo de alguns jogadores, deficiência nos arremates…..
    2- Tem gente querendo ver o Adenor em Milão! Aliás não seria bem em Milão, mas em outro lugar menos lisonjeiro. Como bem observou o Zé Eduardo, tem gente que não queria ver o adenor no PSJ. Com todos os pesares, o Adenor conseguiu tres títulos importantes para o clube. O ano passado, mesmo colocando o time misto na maior parte do paulistão chegou em primeiro lugar na fase classificiatória. Eu não concordo que ele macule a nossa história, pois com ele o time se mostra brigador na hora que mais se exige dele. Não é um futebol vistoso, maravilhoso como querem alguns, mas é um futebol que nos tem proporcioanado momentos de extase.
    3- Talvez a culpa do Adenor seja não incutir nos seus comandados que o Paulistão precisa ser levado a sério, que a torcida que vai ao estádio no interiorzão precisa ser respeitada.
    4- Falaram do Mano….Eu também gosto muito do Mano…Um técnico que eu traria de volta, caso o Adenor fosse embora. Mas….o Mano também cometia os mesmos pecados do Adenor. Talvz não na mesma frequencia, mas cometia.

    Curtir

  4. Bruno disse:

    Resumindo: o meio de campo ( leia-se Paulinho), tem que marcar mais e a defesa não pode correr para dentro do gol a toda bola alçada sobre a área.

    Curtir

  5. Daniel disse:

    Muito boa a sua análise desse momento do nosso timão. Já faz algum tempo e não é desse ano, que o Paulinho deixa e muito a desejar. Eu já percebo isso desde metade do ano passado. O Paulinho sempre dá passes laterais ou para trás, pode reparar, e isso tem me irritado profundamente. Ele tem se lançado ao ataque e sempre volta caminhando tranquilamente, enquanto o Gil, P. André e Ralf estão se matando para parar a jogada adversária. Realmente começo a perceber algo muito temido por mim, nosso time perdeu “a fome” e está se tornando um time conformado com atuações toscas e derrotas para times ridículos. O time está bagunçado taticamente e tudo é culpa do juiz, do estádio, do clima…Preocupante!

    Curtir

  6. AndersonII disse:

    Acho que tem jeito para arrumar o time com o elenco que temos.
    Penso um time em um 3x5x2.
    O 3, na minha opinião seriam:
    O Chicão como o Puyol, o Gil como o Pique, e o Igor como o Abidal
    O Ralph na frente dos 3, como o Mascherano.
    Na frente o Edenilson aberto, como o Daniel Alves
    O Romarinho como o Fábregas
    O Renato Augusto, centralizado como o Xavi
    O Danilo armando pela esquerda como o Iniesta.
    O Pato como o Messi
    e o Scheik como o Pedro.
    Vão perguntar e o Guerrero? e o J. Henrique?
    Guerrero substitui o Scheik e J. Henrique o Romarinho.
    Saem da equipe atual, Alessandro, Paulo André, Fabio Santos, Paulinho.
    Todos banco, aliás muito bom o banco.
    O time armado assim, teria muita consistência e posse de bola, com certeza.
    Ah! Está probida, a ligação direta e lançamentos pelo Chicão, e cia.
    Bola saindo no pé, tocando.

    Curtir

  7. ELIGELTON disse:

    Eu também estou muito aborrecido com a derrota do Corinthians para o Linense, acho que faltou vontade dos jogadores no segundo tempo. O Paulinho para mim já deveria ser banco há muito tempo, merecendo ser substituído pelo Edenilson.
    Quanto ao Tite, eu também gostaria de ver um técnico que tivesse um futebol mais vistoso, mas procuro no futebol brasileiro e não vejo. Vejamos as opções:
    DA ANTIGA GERAÇÃO
    Muricy
    Abel Braga
    Scolari
    Luxemburgo
    Oswaldo Oliveira
    Paulo Autuori
    DA NOVA GERAÇÃO
    Cuca
    Marcelo Oliveira
    Ney Franco
    Dunga
    Jorginho
    Gílson Kleina
    Então podemos esquecer, mesmo que a gente perca o Campeonato Paulista, ele ainda vai permanecer no Corinthians. Pelo que dar para perceber é que o planejamento foi feito somente para Libertadores e o que vinhesse a mais seria lucro. Mas de qualquer forma é bom nos pensarmo em bom técnico para o nosso TIMÃO. Para mim os melhores técnicos são infelismente dos nossos maiores adversários o Gilson Kleina dos PORCOS e o Ney Franco da BICHARADA.
    NOVIDADE:
    EM CRISE, INTER DE MILÃO PODE TIRAR TITE DO CORINTHIANS http://www.meutimao.com.br/noticia/110146/em_crise_inter_de_milao_pode_tirar_tite_do_corinthians
    CORINTHIANS ACERTA CONTRATAÇÃO DE RODRIGO BIRO, DO PENAPOLENSE
    http://www.meutimao.com.br/noticia/110144/corinthians_acerta_contratacao_de_rodrigo_biro_do_penapolense

    Curtir

  8. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    Concordo com tudo Silvio, e digo mais, o Edenilson perdeu a grande chance de viver um clamor em prol do seu nome, e não o fez, assim como todo o time.

    O Pato tem que ser titular, independente da raça, vontade e entrega do Sheik, é claro e notório que o mesmo não vem sendo efetivo, nem Jorge Henrique, nem Danilo, a ponto de ontem eu ter sentido falta do Romarinho. Atacante tem que fazer gol, ajudar na defesa é secundário.

    Outro ponto é a inércia do Danilo, me sinto mau em critica-lo, pois ele sempre cala minha boca, mas ontem ao entrar em campo ele quase que não consegue subir o ultimo degrau do vestiário, quase cai para trás.

    Não sei se estou sendo pessimista demais Silvio, mas penso que precisamos de 3 goleiros, um titular e dois reservas.

    Boa semana.

    Curtir

  9. valdir disse:

    Silvinho,vc ficou sabendo que caiu uma parte da arquibancada do
    estádio dos porcos e matou um operário,não que eu fique feliz
    com isso, é que atacaram tanto o nosso estádio,e agora como os
    antis vão tratar disso!

    Curtir

    • Edilson Coringão disse:

      Graças a Deus não foi em nosso estádio, porque se fosse, a imprensa anti iria fazer tanta pressão que nunca mais as obras seriam retomadas.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Lamentaval episodio.

      Vamos respeitar o momento do rival, não façamos como fariam com a gente, sapatear sobre a nossa tumba

      Curtir

  10. Samuel disse:

    No jogo anterior, em que ganhamos do San José, escrevi na mesma linha que você, que essa escravidão tática faz o time render menos do que o esperado, pois nossos atacantes são sempre orientados mais a defender do que atacar.
    Por esse motivo, não matamos jogos fáceis, e quando o dia não está bom, nos complicamos.
    Aconteceu várias vezes nesse Paulista, e ontem foi mais um.

    Sempre frizo isso, nas vitórias ou nas derrotas: esse esquema do Tite é bom, mas é necessário suar sangue em qualquer jogo, não importa se é o Barcelona ou o Linense.
    Não há quem aguente, e é humanamente impossível, porque por mais que se tenha raça, vontade e motivação, o Linense não é o Barcelona, e não adianta obrigar os jogadores a ver diferente. É algo subconsciente, instintivo.
    E nem pode ser diferente. Tem jogos, e no nosso caso a maioria deles, que tem que se ganhar pela maior qualidade técnica.
    Temos o melhor elenco da América, somos os mais ricos e estruturados, temos a torcida mais fiel e que empurra o time o tempo todo, então temos obrigação de ganhar jogos sem precisar dar a vida em campo.
    Além disso, essa mania de controlar jogo quando faz 1 a 0, recuando excessivamente, tem contaminado os jogadores de um jeito que eles simplesmente não sentem vontade de matar os jogos.
    Escrevi isso naquele jogo e vários aqui caíram em cima. Agora nessa derrota vejo o tom raivoso contra o Tite.
    Também sou torcedor, mas tento analisar o todo, não só o oba oba das vitórias, nem cair na catástrofe das derrotas.
    Temos um ótimo time, o Tite merece respeito pois implantou um sistema bom, mas precisa melhorar, precisa variar, e principalmente, precisa ousar mais.
    E mesmo hoje não sendo totalmente contra ele como já fui, não posso deixar de registrar aqui minha alegria em ver a notícia que a Inter de Milão o quer na próxima temporada.
    Como ele mesmo disse, ciclo se encerrando.
    Valeu!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Os jogadores de ataque estão sofrendo crise de identidade

      Ja não sabem mais se a prioridade é marcar gols ou o adversario

      Curtir

  11. Claudio Marques disse:

    Acho que houve um erro de comunicação. O time vencia o jogo e continuava em cima para fazer o 2 a 0, quando o Tite começou a gritar que era para descansar com a bola nos pés. Dali pra frente os jogadores não só descansaram como dormiram com a bola nos pés.
    Lamentável!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Quando a equipe sai na frente e passa a administrar, o desinteresse a competição vem a tona e ai ja sabemos o que vem pela frente

      Curtir

  12. Marcos disse:

    A consistência defensiva que tinhamos, virou pó em 2013. Paulinho virou “meia atacante”. Ralf está se desdobrando para proteger a zaga, está sozinho. Nossos famigerados laterais, os “imexíveis”, Alessandro e Fábio Santos, inúteis ofensivamente e ruins de marcação, isto já de outros carnavais. Se não fosse o extenuante empenho de suas “babás”, Danilo e Sheik de um lado e Romarinho e Jorge Henrique, do outro, estariam aposentados à tempos. Estão se superando, eu achava que não havia mais espaço para piorar, mas eles conseguem! Além de serem lentos, corredores de esteira, correm, correm e não saem do lugar. Só sabem ficar de olho na bola e não enxergam o jogo ao seu redor. Ambos estão direto ocupando os espaços mais para o meio de campo, preenchendo os buracos deixados pelo “meia atacante” Paulinho. Só que como são dois sem noção, analfabetos em leitura de jogo, via de regra, ocupam os espaços entre ninguém e lugar nenhum! Fazendo assim que a avenida que já havia nas laterais, passe a ter o auxílio de mais duas marginais paralelas pelo meio, ajudando o adversário a chegar mais rápido à nossa zaga a todo momento. Toda inversão de bola do adversário nas costas dos nossos laterais tá uma festa. O adversário caindo pelo setor, recebe a bola “marcado” à confortável distância de 10, 15, 20 metros, dos nossos “velozes” laterais, plantados na intermediária da nossa defesa, marcando o Gasparzinho. Onde está o Tite para enquadrar o Paulinho e lembrá-lo que ele é volante? O que adianta vir com toda aquela conversa e blá blá blá de “merecimento” com Alessandro e Fábio Santos ainda sendo titulares no time? Que diferença há entre eles e outros atletas, porque é evidente que o merecimento deles, tá bem diferente do merecimento de outros. Qualquer técnico de time de várzea já sabe que é só jogar nas costas dos laterais nossos que é por ali o caminho. Até quando o time vai sofrer ou mesmo ser eliminado das competições para o Tite fazer valer o tal de merecimento que ele tanto prega, pra todos indistintamente? Sem privilégios, proteção ou panela?

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Esta tudo confuso, pra não dizer errado

      Laterais não marcam ninguém, assim como o segundo volante, o Paulinho Pop Star

      Sobrecarrega a defesa que sem o Cassio, olha para tras e sente calafrios

      Curtir

  13. O Dani L disse:

    Silvinho. Belo texto. Concordo em boa parte dos seus argumentos. Sobretudo do Paulinho o “volante” moderno. Desde o começo do ano venho criticando o, independente do resultado do jogo. Ele só quer saber de atacar e sobrecarrega o Ralf na parte defensiva. Ele esta mascarado sim. Hoje ele joga de meio atacante, é comum em varios momentos do jogo ele pressionando o goleiro do time adversario. E o time leva contra-ataque ele esta longe da defesa.

    Curtir

  14. Correa Leonardo disse:

    1º Alexandre Pato podia muito bem estar em campo desde o início. Qual a justificativa para o JH ter começado?

    2º Acho inacreditável um time que tem o elenco do Timão não ter um lateral-esquerdo (já ponderado que o FS em 2013 mata TODO lance que passa pelo pé dele).

    3º Mesma coisa com relação a um goleiro reserva pro Cássio. A bola do primeiro gol dozômi até EU catava.

    4º Eu escalaria na zaga Chicão e Gil, para pelo menos ter um cobrador de falta – tá certo que o cara não faz um gol de bola parada há uns 3 anos, mas o que andam batendo na nossa turma não é brincadeira. Ontem o Linense baixou o sarrafo com gosto, e bem pertinho da área, sinal de que não tinham receio da cobrança.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Com estes dois laterais, que não marcam e quando apoiam o ataque tem que voltar de taxi, se os 2 volantes – os dois, não 1 só – nao marcarem, a zaga fica exposta

      é o que vem acontecendo

      Curtir

  15. guilherme disse:

    Imagino o Tite no FluminenC…. o Fred iria estourar em 03 jogos de tanto correr para marcar.

    Anota Silvio, o dia que o Tite sair do Corinthians não ira dar mais certo em nenhum clube, claro se o clube nao contar com um elenco tao bom quanto o nosso, porque o que esse cara estoura de jogadores, é brincadeira.

    Nesse jogo o JH deveria ter sido a ultima opção para ataque… o JH não é atacante, e ontem ele foi inutil, como é inutil quando o time precisa de poder de fogo, mas parece que quem consegue marcar e atacar ao mesmo tempo começa de titular.

    Tenho visto pessoas cornetando o Pato, só lembrar que ele é o vice artilheiro da equipe na temporada e mais começa no banco do que de titular.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      O Tite só vai dar certo num clube onde houver estrutura como centro de treinamento, fisiologia e profissionais de primeiro mundo, diretoria jovem e sem vícios dos malacos do futebol, sem pressão interna e externa e um ótimo elenco e mais, que tenha tempo para implantar sua filozzzzzzZzzzzzzfia de trabalho

      Onde isso?

      Curtir

      • Flávio Augusto disse:

        Ou seja, mesmo técnicos ruins, com toda essa estrutura que vôce citou, teriam uma ótima oportunidade de ganhar títulos.
        O difícil é tramar, treinar, escalar e armar esquemas ofensivos que ajudem os jogadores/time a desenvolver um futebol vistoso, ofensivo e sem tantas dificuldades de fazer gols e vencer times pequenos.

        No início não gostava do Tite, passei a respeitá-lo, mas sempre disse que lhe falta imaginação ofensiva, abuso, e um pouco de desprendimento.

        Curtir

  16. Carlos Amaral disse:

    A renda na próxima fase não é do mandante. Quem ganhar leva 60%, quem perder, 40%.

    Curtir

  17. Marco ACT disse:

    Concordo com teu comnetário sobre o Paulinho, a cabeça do cara tá na Europa e a diretoria terá de vende-lo na próxima janela de transferencia. Nesse intervalo acho que diretor de futebol e treinador deviam conversar com ele, pois esta prejudicando a equipe e a ele mesmo

    Sobre a derrota, claro que um time que conquistou tudo em 2012 deveria passar por cima de adversários pequenos mas faço uma ressalva, o Linense é uma equipe organizada, jogou com determinação e está entre as melhores do interior

    Vivemos um dilema no gol, volta Cassio. A inversão dos laterais eu não achei tão cagada assim, verdade é que ficamos pra esse jogo sem 3 jogadores da posição

    Disputaremos as quartas do Paulistão fora de casa, temos obrigatoriamente de igualar a vontade de vencer que o adversário mostrar. Feito isso nossa qualidade técnica poderá se sobressair. Vai Corinthians!

    Curtir

  18. Paulo Marques disse:

    Esses tres meses só demonstraram que nosso elenco tem deficiências sim, jogadores reservas sem técnica e sem raça/ambição. Acredito que precisamos contratar de 4 a 5 jogadores para fortalecer o elenco, pois se avançarmos na Liberta, vamos entrar com esses reservas no Brasileirão e vamos apanhar de todo mundo,

    Curtir

  19. Roberto_sccp disse:

    Vergonha !

    Curtir

  20. Celso 1° disse:

    O caxias (time que o fraldinha pensa que ainda dirige) também perdeu de 2×1, mas lá a realidade é outra viu cagãotite:
    _______________________________________________

    “Nós, mais jovens, sentimos essa pressão um pouco, é um momento difícil para administrar” diz Victor

    Sete jogadores com menos de 23 anos foram utilizados domingo
    A derrota de 2 a 1 para o Pelotas, domingo, dentro do Centenário, que culminou com a eliminação do Caxias da Taça Farroupilha, foi recebido com frustração, mas não chegou a surpreender. O time sentiu a série de desfalques e as dificuldades apresentadas nos últimos confrontos.

    Sete jogadores com 23 anos ou menos foram utilizados. Era o que tinha à disposição o técnico Picoli, que chegou à última rodada sem poder contar com o goleiro André Zuba e o volante Marcelo Carvalho, lesionado e o atacante Zambi, suspenso. No meio do caminho, ainda houve as saídas do zagueiro Lino, do lateral Jackson e do meia-atacante Michel.

    — São peças importantes que perdemos e isso fez a diferença. Nós, mais jovens, sentimos essa pressão um pouco, é um momento difícil para administrar. Porém, por ser o mesmo grupo há algum tempo, já estamos acostumados com essas questões internas. As coisas entram em um ouvido e saem pelo outro — apontou Victor, 18 anos.

    O técnico Picoli, que deve ser mantido no cargo, sabe que as limitações da equipe não eram poucas, mas avisa que será preciso ainda mais entrega do grupo. Quinta-feira, o Caxias recebe o Resende e precisa reverter o 2 a 1 sofrido no Rio de Janeiro para avançar.

    — Talvez as adversidades do returno foram mais fortes do que se podia imaginar. Falei no vestiário que a frustração da eliminação tem que terminar hoje (domingo). Vamos ter que encontrar uma maneira de superar os limites — discursou.

    http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/noticia/2013/04/nos-mais-jovens-sentimos-essa-pressao-um-pouco-e-um-momento-dificil-para-administrar-diz-victor-4106237.html

    Curtir

  21. Filipe disse:

    Não se esqueça q o juiz não deu ao menos 2 pênaltis claríssimos para o Corinthians e q o adversário bateu forte, em especial o negão camisa 5 com a conivência do juiz banana.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Concordo, mas mesmo assim, com tudo isso, foi vexame

      lembrando que a expulsão do jogador deles foi mandrake

      Curtir

      • RENATO77 disse:

        voce deve estar brincando…SE a expulsão foi mandrake, houve outros lances para expulsão do time que bateu DEMAIS, sobretudo no Sheik.
        Não concordo com o termo “vexame”, vexame é não lutar e se empenhar em campo, não foi o caso.
        o defeito desse timer é não matar o jogo quando tem as chances…isso acontece desde 2010.
        Com MM ou Tite…

        Curtir

        • Blog do Silvinho disse:

          Assim como penaltis não foram marcados

          Mas mantenho a opinião, toda vez que um time grande perder pra time pequeno, será vexame

          Não há luta ou força de vontade que justifique uma derrota pra time pequeno

          Curtir

  22. Cristiano disse:

    Esta mania de recuatite é uma vergonha, lamentável essa mania do profº Adenor, não podemos temer o “poderoso” Linense… em prol do que ele recuou o time?

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Não se trata meramente de recuar, o adversário que precisa do resultado vem pra cima, flutua as linhas, solta-se mais

      O problema é o treinador assistir impassível o time demonstrar falta de atitude

      Curtir

  23. Alexandre disse:

    Já era…. Ta fora do G4, agora vai perder mais d R$1 milhão em arrecadação num possível jogo Pacaembu!

    Que a diretoria do Corinthians desconte do bicho dos jogadores em jogos da Libertadores.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Sim, essa grana vai fazer falta

      Curtir

      • Filipe disse:

        Mas ai tira a porcentagem do visitante, mais o abusivo aluguel do pacaembu (que só o Corinthians paga caro) e despesas diversas. Resumindo, é melhor pegar os 40% de visitante, Seja contra o porco ou mogi, esse último não perderá a oportunidade de arrecadar a receita q lhe cobrirá a folha anual e colocará ingressos lá em cima com maioria dos lugares para corintianos.

        Curtir

  24. Celso 1° disse:

    PALHAÇADA TÍTICA!
    Que treineiro CAGÃO!!!!!!!
    MAIS UMA VEZ ESSE “FRALDINHA” recuou o time e tomou sufoco do adversário muito, mas muito fraco, VAI SER BURRO E CAGÃO ASSIM TREINANDO O CAXIAS!!!!!!!!!!!!!. AQUI É CORINTHIANS!!!!!

    Este treineiro a maioria dos jogos subutiliza o elenco que tem em mãos.
    Pode ser campeão do que for mas deste treineiro não gosto, ganhou títulos devido a tudo o que o corinthians lhe oferece(e não ao contrário como muitos pensam), se fosse outro trenador mediano também tinha ganhado até mais.
    O cara tem dezenas de ótimos jogadores, 3 craques (Paulinho, Pato e Guerreiro), estrutura, tranquilidade, mística, a melhor torcida do mundo apoiando e se caga quase todos os jogos.
    Uma potência dessas é demais pra carrocinha(quer dizer pra fraldinha) deste treineiro.
    E quem quiser me criticar pode detonar a vontade, até porque muitos nesta mesmas circunstâncias tempos atrás metia o pau no treineiro, mas como ele foi campeão da liberta e mundial ficam calados, aconselho também, por questão de justiça, a endeusarem o osvaldinho, Felipão (estes 2 treinadores são até superiores ao cagãotite) dentre outros que foram campeões de algo.
    Espero ansiosamente o dia do coringão trazer um novo treinador (SOLTAREI FOGOS)que se encaixe nesta nova realidade do clube, que oferece as melhores condições da América Latina para um treinador.
    O corinthians tem que jogar como corinthians, pra frente, ainda mais agora que tem ótimos jogadores e todas as condições.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Amigo, naquele calorão, fez o gol, não vejo necessidade de continuar marcando saida de bola do adversario.

      Posicionar-se de acordo com as linhas do adversario, faz parte

      O problema portanto não está na tal recuada

      O problema está na falta de atitude. Esta nos laterais que nao marcam, no segundo volante que pensa que é atacante e acha que tem que aparecer todo jogo fazendo jogada de efeito e lance lukscolor

      Curtir

  25. * Alguns dizem que o Tite parece um padre, ele poderia se lembrar de Provérbios 16:18: “A soberba precede a ruina” …. esse é o meu sentimento em relação ao Corinthians 2013.

    * Perfeito seu comentário em relação ao Paulinho.

    * Tite escala o time por merecimento mas não observa a necessidade do Corinthians, o peso do adversário com isso não usa todo o potencial do elenco. Jorge Henrique por exemplo, atleta pra jogos complicados, é titular e pouco acrescenta em jogos contra o Linense. Enquanto isso Pato assiste o jogo do banco e só entra quando a situação sai de controle.

    * Se a diretoria, comissão técnica e atletas não querem disputar o Campeonato Paulista deveriam ser honestos com a televisão, com os patrocinadores e com os torcedores e explicar que o time só joga 16 partidas por ano e a partir dai, só cobrar e receber por essas partidas.

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Perfeito o seu comentário. Só acrescento uma frase: nosso time virou time de frescos, bambiou. Time arrogante do caralho!

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Ja esta provado que treinadores nao enxergam as coisas como os torcedores, criticos, comentaristas, reporteres, ex-jogadores aspirantes a comentaristas, corneteiros, etc

      No entanto, o mundo está vendo que os laterais nao marcam, o 2º volante só quer atacar e fazer jogada bonita e a zaga está ficando exposta demais

      Curtir

  26. Ayrton Soeiro de Faria disse:

    -É preciso trocar o tecnico urgentemente. Vamos perder nas quartas ou nas semi e o vexame será maior.. Com esse elenco eu tambem sou bom tecnico. Ele se esconde nas amizades com Alessandro, Fabio Santos e outras coisas inuteis do time e com isso permanece intocavel.. Quanto aos goleiros basta assistir aos jogos do Corinthians para saber que existem pelo menos uns 5 melhores que os nossos três juntos.
    Esse bundão do Tite tem que saber que a torcida do Corinthians quer vencer sempre e sem desculpas esfarrapadas com árbitros e outras coisas . Sempre a mesma história: “Perdemos mas tivemos ótimos momentos”. Que piada é essa?

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      O treinador nao sera trocada, esqueça

      E nem se trata disso

      O treinador precisa enxergar o que todo mundo está enxergando

      O meio de campo perdeu a marcação, o primeiro volante esta sobrecarregado e o ataque tem que estar na frente para tentar fazer gol e voltar correndo para cobrir as descidas dos laterais que nao marcam ninguem

      Precisa consertar isso

      Curtir

  27. Alvaro disse:

    A verdade é que a nossa ultima e talvez unica grande partida de 2013 ate agora foi conta o Tijuana aqui no pacaembu,, de resto,,, um futebol bem do preguiçoso

    Curtir

  28. francisco o verdadeiro disse:

    meu deus,como tem corneta entre nós,eu amo o corinthians e a fidelidade de sua torcida mais se eu fosse torcer pela torcida eu pensaria duas vezes,ficaram 23 anos com times perdedores e agora querem ser imbatíveis,como se o corinthians fosse o primeiro grande a perder apertado no calor e roubado de time pequeno,se o silvinho está assim ,tão ranheta,eu nem vou entrar no site do paulo monteiro,

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      A questão é como se perde, passaram 23 anos perseguindo os títulos, indo pra cima, jogando pra vencer (sempre foi assim, até a era do fraldinha) e não jogando covardimente.

      Curtir

      • Leno disse:

        Bom mesmo é o passarela, o geninho, antonio lopes, esses são bons´!!!

        Curtir

        • José disse:

          Bom é o Corinthians. O Tite, quando era técnico dos Chorolados, levou um baita banho de bola no primeiro tempo da final da Copa do Brasil, em pleno Beira-Rio. Mas como o time do Mano Menezes também já era arrogante, deu mole no segundo tempo e permitiu o empate. Enquanto o Timão jogou sério, o time do Tite não viu a cor da bola.

          Curtir

    • valdir disse:

      Só que naqueles 23 anos,não tinham
      essa estrutura toda por trás e esse
      monte de patrocínio milionário.

      Curtir

    • vicente disse:

      Falou tudo amigo. Uns tem fôlego para apoiar 90 minutos outros para assoprar a corneta.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Corneta?

      Estamos analisando o óbvio

      Se não quer a opinião de blogueiros, leia a opinião de jornalistas consagrados, sérios, com credibilidade

      é unanime a analise de que o meio de campo perdeu a consistencia, os laterais descem e nao voltam para fechar a linha a tempo de impedir o avanço adversario, sobrecarregando quem tem pernas pra correr, ja que Alessandro e Fabio Santos pra voltar precisam de taxi

      Curtir

  29. AndersonII disse:

    Hoje vimos o lateral da Ponte, avançar e fazer 2 gols, e colocar a macaca na vice=liderança.
    Lateral esquerdo, que hoje não temos nem para reserva.
    E esse lateral é o Chiquinho. Nosso.
    Dá pra entender? Chiquinho e Ramirez, não serviam?
    Eu acho que serviam sim.

    Curtir

  30. Edilson Coringão disse:

    Completando, e o prejuízo que esses vagabundos e o “professor” deram ao clube por conta das rendas, quem vai assumir? Vão aumentar ainda mais os preços dos ingressos e empurrar para a fiel?!?!

    Curtir

    • Paulo disse:

      Por aí é que eu acho que a coisa pode pegar e a diretoria deverá repensar sua estratégia, claramente no sentido de priorizar a Cucaracha. Mas isso pro ano que vem, porque agora, “Inês é morta”. Se a renda for do mandante, provavelmente, teremos só um jogo no Paca, quando poderíamos ter três – isso se chegarmos à final.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      A conta pode vir pro torcedor

      Curtir

  31. Magrão disse:

    A sorte do Adenor é que contamos com um elenco muito numeroso, caso contrário ele arrebentaria, fisicamente, o elenco com esse sistema de jogo. Podem anotar, o dia em que o Tite for comandar um time com elenco reduzido, não ganhará nada; pois jogador principalmente de ataque não tem como acompanhar lateral até linha de fundo toda hora, sem com isso, perder a qualidade necessária pra fazer o seu papel que é GOLLL!! Como sempre falei aqui, hà algum tempo entramos em campo a princípio pra não perder e o que vier é lucro; o único jogo que fizemos em um nível aceitável pela nossa estrutura nessa temporada foi contra o Tijuana; muto pouco. Paulinho caiu 50% nesse ano, perdeu a noção de sua verdadeira função em campo, concordo totalmente com vc Sílvio, parece que quer aparecer, toda hora tenta lance de efeito, letra etc.

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      O Paulinho cumpre funções táticas, ele não é totalmente aproveitado como volante.No esquema do fraldinha, os meias abrem nas pontas e o Paulinho avança (fazendo uma linha), recebe bolas que vem das postas, quando na verdade, deveria pegar a bola e sair distribuindo, como fazia o Elias e Jucilei com o Mano.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Se o Tite treinar um time com elenco limitado, ele nao termina o ano com 11 em campo

      Curtir

  32. Edilson Coringão disse:

    Mais um vexame. Assim como foi na quarta-feira, quando alguns teimaram em dizer que fizemos um grande jogo. Mentira! Só achou isso quem não entende de futebol ou é anti-corinthiano (como o Casagrande). Futebol burocrático, cheio de passes laterais e toques de letra, uma moleza e arrogância que nos custou uma ou mais posições na classificação. Se esse time não criar vergonha na cara e voltar a jogar bola, vamos nos complicar em todos os campeonatos e aquele papinho de cargo vitalício para o “professor” Tite vai virar fumaça. Sobre o jogo de hoje, melhor nem comentar.

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      O fraldinha antes recuava o time levava empate ou virada e era criticado, agora faz a mesma coisa e muitos não o criticam.

      Pra mim continua sendo um treineiro fraco e cagão, qualquer outro tinha ganho títulos com tudo o que o corinthians oferece, são condições muito acima do que os outros times oferecem:APOIO, PACIÊNCIA, MÍSTICA, CAMISA PESADA, A MELHOR TORCIDA APOIANDO, BAITAS JOGADORES CHEGANDO A TODA HORA, ELENCO NUMEROSO, ETC.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Contra a baba-do-quiabo que foi o San Jose, um pouco mais de tesão e vontade, 6 a 0 era pouco

      Curtir

    • Daniel disse:

      Poxa, enfim alguém enxergou o mesmo que eu. Também achei um jogo muito fraco do Corinthians contra o São José. É só lembrar que jogamos contra os bolivianos com um jogador a mais todo o segundo tempo e apenas fizemos o gol aos 46,47 minutos. Muito, mas muito pouco para uma equipe tão forte quanto a nossa.

      Curtir

  33. Paulo disse:

    Infelizmente o que está ocorrendo é fruto, única e exclusivamente, da ambivalência com que se trata o Campeonato Paulista e a Cucaracha Cup. Vamos nos despir da hipocrisia! Por mais que, dentro do elenco e na comissão técnica, se diga que não há prioridade, é fato consumado que ela existe e pende para a Cucaracha, com a complacência da diretoria. E, o que é pior, nesse particular, eu acho até que eles têm razão, em princípio, ou seja, é preferível, na minha modesta opinião, ganhar o Alienígena do que o Estadual. Diante desse quadro, fico, como todo corinthiano que comunga do meu pensamento, diante de um dilema shakesperiano: ser ou não “intenso” no Paulista, colocando em risco a Cucaracha ( sim, porque, pra mim, fixar prioridade não significa abdicar, pura e simplesmente, do não-prioritário )? Para aqueles que acham que dá pra disputar com igual empenho ambos os campeonatos a questão não se coloca e passa a ser, tão-só, de cobrança – afinal, nossos boleiros ganham bem e em dia, não podendo se dar ao luxo de escolher quando e onde jogar. Como não tenho certeza absoluta, até por desconhecimento profundo de fisiologia e preparação física modernas, acerca dessa questão, ou seja, se temos preparo e “punch” para tanto, dados os fatos evidentes da alta exigência de rendimento, por um lado, do futebol moderno, e da alta média de idade do grupo, de outro, fico vendido, meio que tolhido no meu desejo de crítica, sempre presente quando vejo o time desonrar nossas tradições de raça e empenho. Fico me perguntando como é que essa ambivalência consentida, embora não assumida, opera na cabeça do jogador, e só posso chegar à conclusão de que eles tentam se poupar todo jogo do Paulista, sem se expor muito a contusões, sem correr muito, sem por o pé muito em dividida ( alô, Paulinho! ). Ou seja, queriam ganhar, mas aquele maldito gol no início fez com que o time quisesse, pela enésima vez, administrar o jogo. Às vezes dá certo; às vezes não. Hoje não deu. Mas volto a dizer, eles estão criando uma responsabilidade estratosférica na Cucaracha, se fracassarem no Paulista, como ocorreu até aqui, ainda mais se derem vexame contra algum “grande”, no mata-mata.

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      A questão ontem foi tática, o time não atacou porque o cagão quiz que fosse assim.E pra disputar 2 competições com nível alto o time precisa de elenco e isso o treineiro fraldinha tem de sobra, mas ele ainda pensa que treina o caxias.Ele ja mandou o time cagar a liberta também, contra o tijuana fora o time recuou, mas criaram um monte de desculpas esfarrapadas, como gramado etc.
      Abrç!

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Segunda-feira passada num evento da Samsung/Chelsea o Belleti foi taxativo: os atletas (foi generico) nao disputam mais os estaduais com motivacao

      Isto é fato

      Curtir

  34. ALEXC12 disse:

    Perfeita a analise,perdemos o espirito de campeão.

    Curtir

  35. Fernando D. disse:

    Sem comentários.
    Não tem como justificar essa palhaçada.
    E com relação aos nossos goleiros Jacaré e Jacaré Jr., ambos são ineptos ao exercício da profissão.

    Curtir

  36. binhaum disse:

    Caro SIlvinho, sou linense(morador) mais sou fiel de coração, embora hoje tenho que concordar que o time da cidade foi mais determinado em buscar a vitória, estava presente no estádio, do lado da torcida da cidade, e vi o Corinthians jogar somente um tempo, digo o primeiro tempo, pq depois o EmpaTite insiste em recuar o time quando faz um magro gol e chama o time adversário para o ataque tentando nos contra ataques algum exito em vão, mais uma vez seu Tite nada fez para mudar este panorama, e ainda digo que Paulinho, Pato nada fizeram para mudar esse panorama tambem, time apatico e conformista que faz um gol e fica dando toquinho em vao a unica coisa bonita que vi la foi ver a Fiel cantar o tempo inteiro e empurrar o time os 90 minutos dos resto foi lamentavel

    Curtir

    • vicente disse:

      Estava no Estádio também amigo. Viajei por cerca de uma hora até Lins, paguei 50 reais para ficar junto da Fiel. O que deve se destacar foi que o local estava super-lotado venderam muito mais ingressos do que o local suporta – ganância total. Graças a Deus não houve nenhum incidente porque teria morte. Detalhe: um copo de água 5 reais. Desrespeito total com o torcedor. Do jogo não posso falar muito até porque não consegui assistir o jogo direito. Só consegui ver o gol do Guerrero.

      Curtir

      • binhaum disse:

        Vicente oportunista tem em todo lugar aqui não seria diferente, mais não deixa de ser um absurdo 5 reais um copo de água que custa 0,50 centavos no mercado, mais se tratando de Corinthians o negócio toma uma proporção absurda até mesmo nos preços praticados

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      A vitoria da Linense foi legitima, tiveram meritos com certeza

      Curtir

      • binhaum disse:

        Uma outra coisa tb Silvinho o goleiro do Elefante da Noroeste estava naqueles dias, tava largo demais também catou tudo tava com um rabo do tamanho da tromba do elefante kkkkk

        Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: