15-05-13, 12-06-93…

Estamos fora da Libertadores 2013.

Nossa eliminação da competição começou a ser desenhada naquele fatídico 20 de fevereiro.

20-02-13.

Falemos das datas.

12-06-93. A nova geração, os mais jovens, não vivenciaram esta data, os fatos que marcaram aquele confronto com o maior rival.

As páginas da história, os jornais, o Google, auxiliam em parte o resgate desta memória.

Naquele dia, José Aparecido de Oliveira e quiça, seus auxiliares, entrou com um firme propósito, uma missão, um compromisso: tornar a equipe da Água Branca campeão paulista. Eram tempos de Parmalat, dinheiro lavado com leite tipo B, da grana recebida através de contêiner oriunda da matriz italiana.

A Lavanderia Leiteira disputava seu segundo campeonato paulista. Não haviam logrado êxito no ano anterior, perdendo a decisão do mesmo Paulistão para o clube do Jardim Leonor. Portanto, não poderia desperdiçar mais um ano e sabiam que não bastava montar um esquadrão dentro de campo, precisam trabalhar forte nos bastidores e foi o que fizeram.

Zé Aparecido nos operou. A expulsão de Edmundo, após carrinho assassino em Paulo Sérgio, teria mudado o rumo da partida. Ao Corinthians só bastava o empate para ser campeão, havíamos vencido o primeiro confronto.

Este “erro” desestabilizou nossa equipe, o clima de tensão já dominava o ar, enfim, o resto você já sabe.

15 de maio de 2013. Segundo jogo pelas oitavas de finais entre Corinthians e Boca. A nós só interessava a vitória, pela diferença de 2 gols para não precisar sofrer na disputa de pênaltis.

Nos primeiros minutos da partida pode-se notar que de um lado, uma equipe bem montada, marcando forte e usando e abusando da catimba, da cera, da milonga. Do outro, um time com alguns jogadores naturalmente ansiosos, preocupadamente, alguns nervosos. Ralf não conseguia dominar a bola e sair jogando, utilizando os chutões para frente. Paulinho, bem marcado, também exalando nervosismo. Romarinho em alguns momentos, a bola parecia queimar seus pés. Alessandro e Fábio Santos, os de sempre, Guerrero bem marcado, as vezes tentando jogadas de efeito, um pouco isolado entre seus marcadores. 

Mas com tudo isso, produzimos, criamos oportunidades. A arbitragem, maquiavélica, segurava o jogo, a cada parada para advertir verbalmente os jogadores, caminhava lentamente até eles, exigia que a bola fosse colocada no local que entendia que seria o certo para cobranças de laterais e faltas, começava ai a operação para explodir os nervos dos atletas corinthianos.

Até que veio o primeiro lance capital. O argentino dá um tapa na bola, tal e qual um jogador de vôlei, pênalti claro, bola na cal. Não, a penalidade não foi aplicada e ai o que já era maquiavélico, torna-se criminoso. Cartão amarelo para Emerson, por reclamação.

Com o cartão aplicado, a arbitragem passava a inibir uma das principais forças ofensivas corinthiana. E além de inibi-lo, amedrontá-lo com a possibilidade da expulsão. Faltas sobre ele deixavam de ser aplicadas, os nervos dos atletas aflorados, até que veio o primeiro gol, legítimo, claro, lance tranquilo, sem dificuldades. Mas não, o gol foi anulado. O que já era ansiedade, nervosismo, começava a se transformar em desespero.

Desespero que abateu o Pacaembu com o gol do Boca, que caiu como uma cascata de água gelada sobre a torcida.

Veio o segundo tempo, mudanças na equipe, forças renovadas, assim como as esperanças, empatamos a partida, o time estava vivo, bastavam ainda 2 gols. Mas o tempo ia passando, mais um gol anulado de forma duvidosa, os jogadores começavam a sentir que mesmo que jogassem por mais 3, 4 horas, não conseguiriam reverter o resultado.

E isso ficou nítido a partir dos 35 minutos de jogo. O time foi se entregando, sentindo que ontem, 15 de maio de 2013, não seria o dia. Vencido por um Boca bem armado taticamente, que teve nos pés do gênio quase que em fim de carreira, Riquelme, o domínio e o controle das ações, coroado por um golaço, um chute ou cruzamento que ganhou o ângulo da meta de um Cássio mal colocado.

Fim da partida, show da torcida. Vivemos novos tempos, uma nova era, onde a torcida apóia, reconhece o trabalho do clube e principalmente, ontem especificamente, a luta dos jogadores pelo vitória, mas o sonho da segunda conquista da América, trucidada, estuprada, aniquilada por uma arbitragem criminosa.

Teorias conspiratórias

“No creo en brujas, pero que las hay, las hay”

No nosso caso, não são bruxas. São bruxos, senhores tão maquiavélicos quanto a arbitragem de ontem. 

Nos bastidores políticos do futebol brasileiro, existe uma disputa. Apenas a possibilidade de ter que enfrentar seu maior inimigo no futebol brasileiro pelo comando da CBF nas próximas eleições, aterroriza Del Nero, que utiliza de todos os seus poderes para atrair e fidelizar aliados e minar o poder do fogo inimigo.

Para Del Nero, o Corinthians é inimigo. Numa eventual disputa entre Andres Sanches e Del Nero, é evidente quem o Corinthians apoiará. Raposa velha do futebol, maquiavélico, utiliza das suas táticas de guerra nos bastidores para nos prejudicar. A escalação do trio de arbitragem altamente suspeita no primeiro jogo da decisão, serve como ilustração. Outras decisões de bastidores apoiam nossa tese.

Poderemos ainda sofrer bastante com essa guerra declarada. Guerra que passa pelos bastidores da Federação Paulista, CBF e … Conmebol.

Aquela mesma, a Conmebol que agiu arbitrariamente no episódio Oruro. Após aquele fatídico 20 de fevereiro, passaram a minar nossas forças dentro e fora de campo. Atuar sem torcida dentro de casa, impedir nossa torcida como visitante, conduzir o processo de forma porca e nojenta no tribunal da entidade e ontem, o tiro final.

A Libertadores para o Corinthians terminou, mas para os 12 brasileiros sequestrados na Bolívia, jamais terá um fim.

Nossos erros

Perdemos ontem, fomos operados, trucidados, escalpelados pela arbitragem. Bem sabemos, isto está sacramentado.

Mas não começamos a perder, pelo menos dentro de campo, nossa classificação ontem. No primeiro jogo, nossa equipe se comportou de forma medrosa, jogamos mal, faltou pegada, está provado que o primeiro jogo começa a decidir o destino de uma equipe nesta fase de uma competição.

Além disso, é notório, já debatemos exaustivamente isto, alguns jogadores não conseguem mais corresponder à filosofia de jogo do treinador.

Filosofia de jogo, que aliás, precisa a começar ser reformulada. As tais linhas de 4 “consistentes” e tão elogiadas, há algum tempo vem perdendo a tal consistência. Porque numa destas linhas temos Alessandro e Fábio Santos, improdutivos há tempos.

No meio, se Paulinho não joga, se não está bem, as coisas degringolam. 

Na frente, Danilo também demonstra que lhe falta explosão (explosão em Danilo…) vitalidade, energia para atender as determinações táticas.

Emerson e sua correria, força de vontade, garra, seriam muito mais úteis se fosse um volante, um lateral, mas ele é atacante e atacante tem que fazer gols. Emerson já não tem mais pernas para correr tanto, marcar tanto e ainda ter que driblar e finalizar. Ou ele faz bem uma coisa ou ele faz bem outra. No momento, só vem fazendo bem é correr, correr, correr…

Guerrero, ainda vai sofrer de inanição tática, depressão por abandono, um talento desperdiçado, um jogador com potencial incrível, mas que está sendo absurdamente mal aproveitado.

Pato, 40 milhões, estrela internacional. E reserva. Ontem sutilmente cobrou que veio pra jogar.

Por outro lado, eu, você, ele, o treinador e a comissão técnica sabemos que se Pato jogar de acordo com a regra tática da casa, arrebenta em 2 jogos. Tite já declarou que nestes 3 anos de Corinthians só abriu mão que 1 jogador não precisasse participar tanto da parte defensiva, exatamente Ronaldo, o Fenômeno, por razões óbvias.

Oras, por que não aplicar isso ao Pato. Por que não valorizar este talento, este craque, que custou caríssimo ao clube?

Por que tanta teimosia?

As vezes é preciso repensar, reconhecer que as coisas não estão funcionando bem e quando isso acontece, é preciso rever conceitos.

O efeito Jorge Henrique

A gente vê os caras em campo, as vezes se esquece que nem sempre estão ali senhores, muitas vezes estão meninos. Meninos que se tornaram homens vivendo num mundo de deslumbramento, exposição a mídia e forte pressão por resultados.

Nem todos reagem bem a determinadas situações.

Todos achamos que o time estava estranho diante do SPFW, na semifinal. Dias antes, já conviviam com os problemas criados por Jorge Henrique.

Problemas recorrentes. 

Ontem um amigo relatou um diálogo que teve com Tite, certa vez. Perguntou ao professor como ele convivia com Jorge Henrique e os problemas que as vezes ele criava, sempre os mesmos, nada muito grave, mas absolutamente incompatíveis com a cartilha do treinador. Tite respondeu que tolerava, administrava, porque toda vez que ele precisava mudar o panorama de um jogo, olhava pro lado, lá estava o baixinho, colocava-o em jogo e ele correspondia. Quantas vezes vimos isto!

Mas a paciência do treinador não suportou o último episódio. Quebra de confiança, inaceitável para o professor, enquanto o vaso estava rachado, colavam-se as peças e o vaso continuava ali, aparentemente bonito, ornando a sala. Só que agora, o vaso espatifou no chão.

Jorge Henrique é querido no grupo, pelos funcionários, pela direção. É inegável, todos sentiram o baque. Mas a diretoria tinha que agir, sob pena de ser desmoralizada. 

O grupo sentiu. Por mais que declarem que não, sentiram. 

Temos uma decisão pela frente

Hoje é curtir a ressaca moral da noite passada. Ninguém dormiu direito, muitos nem dormiram. 

Conversar, bater papo, colocar a casa em dia e voltar a treinar.

E treinar forte. Motivados. Temos um campeonato a conquistar. Vencer o Santos dentro da sua casa, nos seus domínios, diante da sua torcida, faze-la chorar junto com Neimar.

Libertadores é passado. Temos mais 4 competições para vencer neste ano.

Sim, podemos vencer todas. Temos elenco e condições para isto.

Mas é preciso mudar. Deixar de insistir nos velhos erros. Trocar peças e rever a forma da equipe jogar, já estamos manjados.

Vai Corinthians!

Anúncios

118 Responses to 15-05-13, 12-06-93…

  1. Vinicius disse:

    só discordo quanto ao pato silvinho

    Nao tem jogado por opçao mesmo, quando jogou nunca vi o tite pedir para voltar para marcar

    Tirando isso é um absurdo ser reserva mesmo

    E o tite deixou nos sem opção de banco. douglas e pato sem ritmo de jogo algum

    E depois vejo ele falando e exaltando o elenco que ele nao sabe/nao quer usar

    Curtir

  2. Vinicius disse:

    Era tão previsivel a eliminação que é ate chato comentar.

    Fomos eliminados pq

    1 – Fomos bundões na Argentina. Em especifico nosso treineiro
    2 – fomos assaltados no Paca

    bom deixando isso claro, passando para os outros assuntos

    Acredito que nosso elenco seja muito mal aproveitado. Tanto talento na mao de um retranqueiro como esse é desperdicio. Somos grandes demais para um treinador como o tite, a menos que ele mude 100% de sua mentalidade cagona.

    Quanto aos jogadores e contratações
    Não vi necessidade nenhuma das contratações realizadas. Nao entendi trazer walter quando temos 3 bons jogadores da base no elenco (j. cesar, fernandes e caldeira). Maldonado com certeza é melhor que o inominal arao, mas não ha um jogador na base para subir, ao invez de tirar um da aposentadoria? ualefi, gomes, anderson, todos mostraram bom serviço nas ultimas 2 copinhas. Agora tao comentando em ibson, acho bom alguem dar uma bussula pra diretoria.

    Acredito que esse seja o ultimo ano de Alessandro com nossa camisa. Claramente ja nao tem o mesmo vigor de outrora. Acredito termos 2 boas reposições em edenilson e andrade. Caso necessite que use a base (pra q ela existe mesmo?). Chicao, Douglas e principalmente JH na minha opinião podem ficar por serem uteis ao elenco. Aos poucos deveriamos começar a promover os jovens matheuzinho, leandro, leonardo, giovanni. Mas tenho a clara impressao que nosso treinador nao esta apto a fazer essa promoção com calma e qualidade. Mal testou o bom garoto Igor ate agora

    na minha opiniao precisamos de uns 3 bons reforços para esse ano e o proximo. Indicaria anderson (encostado no manchester), cleber (ponte) ou henrique (porco) e cicinho (ponte). mas quem sou eu alem de um mero torcedor, nao é mesmo

    Curtir

  3. Vitor Novaretti disse:

    Não podemos mais disputar essa porcaria. Temos que ganhar o Brasileiro e doar a vaga para um time do interior. Esse lixo de de competição nem premiação digna paga. Comparem quanto a UEFA para Para o Campeão da Champions League com o que a Bosta da Commebol paga para o Campeão dessa Latrina. A Globo e Fox que arquem com esse prejuízo….

    Curtir

  4. Cesar disse:

    Sugiro uma leitura deste texto no blog do nosso conhecido anticorintiano Cosme Rímoli, que na minha opinião fez uma leitura perfeita do que ocorreu ontem (por incrível que pareça):

    http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/bianchi-o-boca-e-amarilla-tiraram-o-corinthians-da-libertadores-tite-pagou-caro-por-alessandro-fabio-santos-e-pato-no-banco-de-reservas-chega-de-lacos-de-ternura-pelos-titulos-de-2012-16052013/

    Curtir

  5. Rogério disse:

    Silvinho, ontem fiquei muito puto. Erros de arbitragens inadmissíveis, foi um teste para a nossa paciência. Por outro lado, não foi apenas a arbitragem desastrosa que eliminou o time, Erros principalmente do Sr. Tite também contribuiram para esta eliminação. Insistência com Alessandro e Sheik, o Pato no banco, o mal aproveitamento do Danilo e do Guerrero, o uso do Paulinho como armador, e principalmente a falta de variações táticas. O time foi projetado para marcar, marcar, marcar, e jogar no contra-ataque. Quando precisou reverter um resultado, e este sempre foi o meu receio, não teve capacidade para superar esta adversidade.

    A torcida deu uma bela demonstração de amor e carinho, e mostrou que o time saiu de um campeonato, mas tem vários outros pela frente, e que tem totais condições de ganhá-los. É o momento ideal para que a comissão técnica faça reflexões, e que o Tite reveja seus conceitos. A vida é assim. Perdemos, ganhamos, mas o amor pelo Timão sempre será eterno.

    Curtir

  6. Gustavo disse:

    Silvinho,

    Texto brilhante.

    Fábio Santos,Alessandro,Romarinho estão mau ha algum tempo temos Edmilson,Ygor e Renato Augusto que precisarão ser titulares.

    Tite precisa repensar o modelo de jogo que está manjado.
    Falando do roubo de ontem que foi pior que 93 o time apesar dos problemas fez o resultado e merecia ter passado.

    O triste é ver o tal Amarilla sair do estádio e do país como se nada tivesse acontecido.

    Domingo Corinthians campeão de novo.

    Curtir

  7. Jorjão disse:

    Deu nojo assistir programas esportivos hoje, todo mundo dizendo que teve erro de arbitragem, mas que o Corinthians não merecia passar. Vai tomar no C… se tivesse sido contra bambis ou outros tricoloridos estaria todo mundo botando a boca no trombone (disso eles gostam…)
    Estou muito orgulhoso do meu time, verdadeiro time de GUERREIROS, MALOQUEIROS e SOFREDORES, pois ontém ganhamos do Boca de 4×1…
    Sé espero que domingo, contra o time do reizinho da mídia, o neyMARKETING, não ocorra roubo tão descarado. Se o roubo for leve, passamos fácil pelo timeco…
    VAI CORINTHIANS!!!!!!!!!

    Curtir

  8. Ayrton Soeiro de Faria disse:

    Seus comentários estão perfeitos. Sem traumas, é preciso mudar.

    Curtir

  9. RENATO77 disse:

    Não, NÃO morro de amores pelo futebol praticado pelo SCCP, desde a “era Mano Menezes”.
    Mas reconheço suas qualidades e eficiência.
    O FATO É QUE FIZEMOS O PLACAR NECESSÁRIO PARA PASSAR DE FASE.
    Somados as duas partidas contra o BJ, fomos superiores. Mereciamos passar.
    Estou satisfeito com o time, reconheço que a lateral direita pode e deve melhorar. Finalizações, meu Deus!
    Mas se me perguntarem quem é o maior favorito à Copa do Brasil e ao Brasileiro…digo SCCP!

    Amigos, tenho o pressentimento de que a “cirurgia” não acabou. Seremos “operados” DE NOVO no domingo. Dirão que o time se perdeu emocionalmente, devido à derrota pro Boca e teremos jogador expulso, podem anotar.
    Acho que o SCCP será o convidado de honra na despedida da calopsita.
    E MAIS UMA VEZ, sairemos vivos e fortes de mais uma tentativa de morte.
    Espero estar enganado, ainda sob efeito da operação SEM ANESTESIA de ontem.
    Não adianta, essa corrente jamais se quebrará.
    Abraço.

    Curtir

    • Denis Nunes disse:

      O Roberto de Andrade falou uma coisa certa ontem a noite, ” oresultado da partida final contra as sardinhas domingo, definirá quem está prejudicando o Corinthians.

      Curtir

  10. Múcio Rodolfo disse:

    Em 95, o Corinthians mostrou que aprendeu com 93….
    Na primeira partida (empate em 1×1) teve um jogador do Chiqueirense expulso ao lado de um do Corintians, o Bernardo. Mas diferente do que aconteceu com o Moacir dois anos antes, o julgamento do Bernardo ocorreu naquela semana e ele acabou sendo liberado para o jogo final. O Moacir foi expulso sem nem estar envoldo na confusão. O juiz demorou uma eternidade para mandar o relatório para a FPF e por isso o julgamento (e a inevitável absolvição não puderam ocorrer). Além disso, naquela primeira partida o árbitro Oscar Roberto de Godoi assinalou um penalti inexsitente para o turiassuenses e deixou de dar em cima do Souza. No jogo seguinte, acredito que por exigência do Duailib, veio um árbitro europeu. E foi livre das arbitragens brasileiras que ganhamos do esquema parmaladara pela primeira vez.

    Curtir

  11. Yglesias disse:

    Silvinho, sobre o Zé Aparecido, um emprésario italiano, palmeirense com vários amigos empresários da Região do Mercado Municipal, me relatou na segunda-feira após o 1º jogo daquele Paulistão: 1) quem irei apitar e 2) e qual o jogador iria ser expulso do Corinthians. Sabemos muito bem que as emissoras de rádio e tv somente divulgaram o nome do apitador na sexta-feira, dois dias antes da final. O resto é história. O Corinthians tem que se aliar não sei com quem, para acabar com essa corja, comandada por esse agente da Ditadura Marin (ladrão de medalhas) e principalmente o Nero, antes que ele coloque “fogo” em nosso clube. A grandeza de um clube é demostrada agora. Nem que no próximo ano colocarmos um time de juvenis para disputar essa merda. Ou temos força ou seremos destruidos por essa máfia.. Temos força, vamos exerce-la. Não sei se agora ou mais tarde. Mas teremos de ter coragem para exerce-la. Será o Corinthians que irá mudar o destino do futebol na América Latina. Já começou a mudar no Brasil. Quanto o Globo pagava aos clubes e quanto paga hoje? Quem conseguiu isso? Andrés Sanchez. Essa máfia sabe o que está ocorrendo e estão com medo das mudanças. Vamos acabar com essa corja. A luta diretoria corinthiana e torcedores influentes corinthianos. VAI CORINTHIANS! VAMOS!

    Curtir

  12. Marco ACT disse:

    1 – Arbitragem claramente entrou em campo pra fazer o resultado, uma sem vergonhice danada. Vale lembrar que o juiz de ontem foi o mesmo que em 2006 anulou gol legitimo do Tevez e expulsou injustamente o Mascherano na partida contra o River em Buenos Aires
    2 – Temos alguns pontos a ajustar e isso passa obrigatoriamente por uma mudança de peças na equipe. Alesandro e Sheik estão muito aquem do que ja jogaram, por exemplo
    3 – A comparação com 1993 cabe bem, ali fomos prejudicados não só pela arbitragem mas também nos bastidores. Na época era pratica comum fazer julgamento de jogador expulso para libera-lo na partida seguinte mas não foi isso que aconteceu com nosso melhor meio campista, o volante Moacir. Pra mim esta claro que tanto a CBF quanto a FPF estão contra nós
    4 – Justo o reconhecimento da torcida no final do jogo. Se faltou os gols pra classificar, vimos luta dos atletas, fizeram o que puderam
    5 – Negócio agora é pensar na conquista do caneco neste domingo e depois entrar com tudo pra buscar mais um brasileiro

    Curtir

  13. João disse:

    Silvinho, vc sabe me dizer que poderia ocorrer se o Corinthians pedisse desfiliação da Conmenbol e se filiasse a Concacaf? Seria um rebu danado hein? Aposto q patrocinadores e até a Globo teriam interesse naquele público. Acha muita loucura ou tem algum nexo?

    Curtir

  14. Carlos Roberto disse:

    Depois que uma vagabunda do nipe da luana putiani escreveu o que escreveu no twiter, tenho certeza que até as putas tem inveja do Timão. Luana tambem deve estar procurando machos, porque no ambiente dela só tem viados.
    Por outro lado, vale destacar quanta bobagem tem hoje na midia: alguns falam no genio Riquelme, que fez um lindo gol – incrivel que o proprio Riquelme falou que foi sem querer, na verdade ele ia cruzar, e acabou encobrindo o Cassio, que pra mim não falhou, quem falhou foi o nosso amado lateral esquerdo.
    Por fim vou terminar aqui rogando uma praga contra esse juiz, esse tal de Amarella:
    Parabens seu juiz filho da puta, que vc gaste o cache que combinou com riquelme no inicio do jogo em remedios!
    E uma boa noticia, finalmente ficou provado que o Edenilson fora de posição é bem melhor que o Alessandro.
    Espero que Tite mantenha ele na posiçao domingo, senão…

    Curtir

  15. Ewerton Silva. disse:

    De minha parte, a arbitragem de ontem seria banida do futebol.

    CONMEBOL FALA EM ‘FATOS LAMENTÁVEIS’ NO PACAEMBU E ESTUDA PUNIR ARBITRAGEM

    A Conmebol informou nesta quinta-feira que avaliará uma possível suspensão do trio de arbitragem no empate entre Corinthians e Boca Juniors, 1 a 1, no Pacaembu. Em contato com o UOL Esporte, o assessor da entidade, Nestor Benitez, entendeu que o juiz paraguaio Carlos Amarilla e os assistentes Cárlos Cáceres e Rodney Aquino causaram ‘fatos lamentáveis’ durante a partida pelas oitavas da Libertadores.

    ‘Temos uma comissão específica para avaliar a atuação do árbitro e dos assistentes. Com o Amarilla não será exceção. Ele seguramente será avaliado por essa atuação entre Corinthians x Boca. Vamos conferir relatórios, assim como imagens da TV para analisar esses fatos lamentáveis que ocorreram’, destacou o assessor da Conmebol.

    Dois gols do Corinthians foram anulados (um de Romarinho e outro de Paulinho) pela arbitragem, que assinalou erradamente impedimento.

    Amarilla e o assistente Rodney Aquino não viram o jogador Marin colocar a mão na bola dentro da área, no começo do jogo, com 0 a 0 no placar, em jogada com Émerson. O corintiano reclamou com Amarilla e foi advertido com cartão amarelo.

    Romarinho estava em condição legal quando marcou. O prejuízo corintiano foi ainda maior porque o Boca marcou 1 a 0 pouco após a saída de bola no impedimento inexistente em Romarinho.

    O time paulista também contesta outro pênalti não marcado, em que Emerson foi empurrado na entrada da área, no segundo tempo.

    ‘Isso vai depender do que for decidido pela comissão da Conmebol [possibilidade de Amarilla ser cortado do restante da Libertadores]. Seguiremos critérios técnicos. Mas o trio pode ser suspenso’, acrescentou Benitez.

    http://www.meutimao.com.br/noticia/113788/conmebol_fala_em_fatos_lamentaveis_no_pacaembu_e_estuda_punir_arbitragem

    Curtir

    • Paulo disse:

      Amigo, isso é só “mise-en-scène”! Como fizeram aqui com o bandeirinha do triplo impedimento. Afasta um tempo e depois o larápio retorna de forma triunfal em algum grande jogo. A Conmebol está envolvida até o pescoço no que ocorreu ontem, no Pacaembu. Foi-se o tempo em que você comprava um árbitro, diretamente. Hoje em dia todos os esquemas passam pela cartolagem da Federações e Confederações.

      Curtir

  16. João disse:

    Acredito que começamos a sair do torneio cucaracha, em Oruru. Depois do lamentável incidente, a Conmebol, se viu obrigada a dar uma resposta pra todos e mostrar q é disciplinadora. Mas como sabemos esse instituição é de araque e nem um pouco honesta. Começou a punir o Corinthians fora do campo, e não queria que o time avançasse na competição. Esperou a fase de mata-mata e deu sorte que teríamos q enfrentar o Boca. Time de enorme mídia e grande vencedor do torneio. Foi fácil armar pra cima do timão. Tiveram ainda a grande ajuda de Tite, q teima em não mudar o time titular, sabe-se lá porque. Tenho 54 anos e ja vi o Timão ser garfado inúmeras vezes, mas concordo com vc, em 1993 contra a porcada e a máfia do leite foi o pior período.

    Curtir

  17. Ernesto de Minas disse:

    Eu sou crítico do Tite e, como a maioria, do Sheik, Fábio Santos e Alessandro. Mas no jogo de ontem não dá prá criticar ninguém, mesmo que alguns mereçam. Cássio falhou? Acho que sim. Guerrero não jogou nada? Romarinho também? Nada disso teria importância se a arbitragem fosse honesta. Foram 4 lances decisivos. Não foram lances duvidosos! Fomos criminosamente e sarcasticamente roubados . Foi um deboche. Me lembro bem do José Aparecido em 93 e nunca achei que algum dia ele seria superado; mas foi. Não precisamos que a mídia anti venha nos dizer que jogamos mal em Buenos Aires, que Pato tropeçou na bola; disso sabemos. O que não sabemos são os detalhes sórdidos do que ocorreu na conmebol. De como e por quem esse roubo foi engendrado ? A diretoria não pode ficar nessa de “não reclamamos de arbitragem” ou “todos erram e os árbitros também”. Não foram erros de arbitragem. Foi um acordo, uma armação para nos barrar.
    Se precisamos de reforços, se a postura tem que mudar, se o Tite já deu………………….isso é assunto para a semana que vem. Tratar disso agora é camuflar o que ocorreu ontem. Um assalto a mão desarmada.

    Curtir

    • Paulo disse:

      O time passaria – quase com certeza – se o pênalti fosse dado e o “manopla” do Juninho “avermelhado”: fato! Ou, provavelmente, se o gol do Romarinho tivesse sido validado. Ontem, quando vi que o árbitro era esse picareta guarani, torci para estar enganado, mas tive um péssimo pressentimento. Dava pra ver pela cara dele, pelo semblante, que o sujeito estava mal intencionado. Ele admoestava nossos jogadores de forma incisiva, no começo do jogo, ou nem queria conversa, com o nítido propósito de intimidar e preparar o terreno para o que viria. Exatamente como José Aparecido de Oliveira fez naquele sábado fatídico, em La Bambinera. Não costumo me enganar nessas minhas impressões mais subjetivas, digamos, e muito menos nas objetivas, após analisar a natureza dos tantos “erros” cometidos pelo senhor do apito, ontem. O cara tava de encomenda, simplesmente isso. Não tenho dúvida nenhuma em afirmar isso. Pode-se errar um ou dois lances por má colocação, deficiência técnica de interpretação da regra ou alguma razão aleatória qualquer, mas não se pode errar tanto e sempre contra o mesmo time, em lances capitais e relativamente simples, em jogo internacional, e na casa do prejudicado ( sendo que o guarani tem fama, ainda mais, de árbitro caseiro ). Os dois pênaltis foram muito fáceis de ser marcados, e, se o fdp estivesse mal colocado, poderia ser auxiliado pelo bandeira, nos dois casos. Quando a esses erros grosseiros se somam erros de bandeirinha, em lance de “impedimento” com um metro de legalidade, acabamos por ter um conjunto de fatores que, associados àquela impressão inicial, da forma do árbitro se comportar, não aceitando o diálogo com os jogadores, agindo de maneira prepotente, querendo impor uma “autoridade” forçada, mostrando-se tão pouco à vontade, em campo, mesmo sendo um árbitro de grande experiência, nos conduzem à mesma conclusão, acima exposta. Razões para a “encomenda”? Trabalho, até que surja algum fato novo ( que, provavelmente, nem surgirá ) com duas hipóteses: 1) A Conmebol foi convencida, ou se autoconvenceu, da necessidade de evitar mais um título brasileiro; 2) Há as mãos sujas da CBF nesse episódio. Nessa segunda hipótese, é preciso ver se se trata, simplesmente, de uma retaliação contra o Clube, por razões eleitorais sobejamente conhecidas, por ter um candidato adversário muito identificado com o SCCP, ou se o sr Kalil tem alguma participação nisso, também, visto que um jornal argentino teria publicado uma reportagem semana passada dizendo que Mário Gobbi teria estado em Assunção e intermediado o nome de Amarilla para arbitrar o jogo de ontem. O jornal, depois, percebendo o erro, teria se retratado, mas, como os argentinos costumam ser bem informados de tudo que ocorre nos bastidores da Conmebol, muito mais que nós, fiquei imaginando se não teriam se referido ao Kalil, que foi até o Paraguai, como é sabido, sob as bençãos de Marin e Del Nero, confundindo-o com o Gobbi, já que ele, Kalil, em princípio não teria porque indicar árbitro para jogo do Corinthians. Há alguma coisa mal explicada nessa história. Vamos ver como serão as arbitragens, daqui pra frente, em jogos do Patético Mineiro-Paraguaio e dos demais brasileiros.

      Curtir

  18. Julio disse:

    A Libertinha não é uma VÁRZEA.

    Na várzea, jamais a arbitragem teria coragem de fazer contra o time da casa 1/4 do que fez a arbitragem facciosa contra o Corinthians no Pacaembu: 2 pênaltis claríssimos não marcados e 2 gols legítimos grotescamente mal anulados.

    Na várzea, jamais a torcida local agiria como agiram os 37 mil corinthianos (que pagaram um preço médio de 70 reais por ingresso) ao final da partida: como se fossem japoneses, ou suíços, ou noruegueses, saudaram, olimpicamente, os seus jogadores; não tentaram invadir o gramado para linchar o descaradamente tendencioso trio de arbitragem, ou, ao menos protestar contra a imoralidade escandalosa. Cantaram os seus cânticos, cantaram o belo hino do Corinthians, aplaudiram os ainda atuais campeões (invictos) da Libertinha e do Mundial.

    O maior de todos está fora. Alegria amarga dos invejosos anticorinthianos. Tristeza orgulhosa da Fiel. Domingo, novo embate entre a devoção e a inveja, o amor e o ódio.

    Curtir

  19. Phelipe Ferreira disse:

    É isso ai Silvinho.
    Eu não vou reclamar de nada, dane-se esse torneiozinho de merda.

    Acredito que domingo nosso Timão vai arrebentar os lambaris lá, na casa deles. É isso que importa, lutar sempre!
    E vamos pra cima no Brasileirão e Copa-BR.

    Por mim nem jogamos essa outra aberração chamada Recopa. Devíamos desisitir de qlq competição da Conmebol até acontecerem drásticas mudanças no comando deste lixo…

    Ontem foi uma questão política. Temos muito inimigos, muita gente com inveja e com medo do nosso crescimento, muita gente que quer nos destruir… Mas é isso, vida que segue. E seguimos de cabeça erguida!

    Vai Corinthians!!!!

    Curtir

  20. Popola disse:

    Como o Silvinho escreveu, mata-mata se ganha no primeiro jogo. E na Bombonera o Tite não foi bem. Menosprezou o Boca colocando 3 atacantes, o Romarinho erradamente para armar, o Danilo de ponta esquerda, depois tirou Danilo prá entrar J.Henrique ARMANDO. Lá era prá fazer o mesmo que eles fizeram ontem, fechadinhos, recheado de volantes, apostar no contra-ataque e trazer no mínimo um 0 x 0. Assim como, com esse esquema, ele errou também contra o São Paulo, estava muito fácil de fazer um gol neles e trazer a final para nossa casa, mas ele insistiu no esquema que não deu certo em nenhum jogo. Nem contra a Ponte, pois apesar do enganoso 4 x 0, o time tomou um baile, até que saiu, meio sem querer, o primeiro gol e a Ponte tremeu.

    Curtir

  21. Carlos Alberto disse:

    Nada a acrescentar a tudo o que foi dito.
    Mas uma verdade é absoluta: esse time “virou o fio”.
    Reestruturação sem humilhação, começando com um “senhor” camisa 10!
    Mesmo sem ser brilhante, que saudades do Alex do ano passado, hein?

    Curtir

  22. thiago disse:

    Sobre arbitragem nem vou falar que é chover no molhado. Só vou repetir as palavras de um jornalista anticorinthiano aqui do meu Estado: ”o novo Presidente da Conmebol disse que quer reduzir o número de times brasileiros da Libertadores e parece que começou por esse ano”. Nem precisa dizer mais nada.

    Vamos falar de CORINTHIANS. Porque o Corinthians continua e é maior que tudo
    .

    Precisamos começar a renovar nosso elenco. Um lateral esquerdo urgentemente pra fazer sombra ao Fabio Santos, um lateral direito pra aposentar o Alessandro, um meia de criação e jogadores pra substituir Douglas, Jorge Henrique, Chicão, Emerson, que entrou na fase ‘se ganhar blz, se perder tbm’, e Danilo, que parece não ter mais pernas. Aos poucos temos que substituir esse jogadores com jogadores de qualidade.

    Algumas opções:

    Cleber (Ponte) – Ótimo investimento, poderiam por o Chicão no negócio.
    Suelliton (Criciuma) – Lateral direito que vem jogando muita bola.
    Fabio (QPR/Manchester) – Poderiam tentar um empréstimo, briga pra ser titular com o Fabio Santos.
    Rafinha/Cicinho (Coxa/Ponte) – Troca por Jorge Henrique, bons jogadores pra elenco.
    Cleiton Xavier (Metalist) – Viria pra ser o Meia, no mercado acho que é o que tem de melhor.
    Lins (Criciuma) – Uma aposta pro ataque, atacante de velocidade e boa finalização, fez um grande primeiro semestre.

    Todos viriam pra agregar e estamos precisando, como o Silvinho bem disse, estamos manjados. Os jogadores tem que entender que seu tempo passa e uma hora eles tem que deixar o posto, passar o bastão, ou então voltar a jogar bola. Mas vamos ver o que vai falar mais alto, o Corinthians ou a panela.

    VAI CORINTHIANS!

    Curtir

  23. Ronx disse:

    Ah, não? Então que que está?? O Luxemburgo? O Muricy? O Cuca? Ahhhh, fala sério?? Se vc acha q o nível, no geral, tá baixo, até posso concordar, apesar d que, d fato, discordo, mas, se não o Tite, quem??

    Curtir

  24. Wiliam Junior disse:

    A dor ainda é forte menos de 24 horas depois do latrocínio de ontem, mas nitidamente alguns corinthianos deixaram de tomar seu lexotan hoje.

    – Dos 180 minutos de jogo, o Boca foi superior em 2/3 do tempo, portanto não podemos menosprezar o time que talvez melhor sabe jogar Libertadores.
    – O Corinthians voltou em 2013 em uma condição inferior ao do fim de 2012, compreensível, entretanto há um ponto que merece ser destacado, as contusões de Pato e Renato Augusto que pareciam vir se firmando como titulares e dando uma maior qualidade ao time fizeram Tite optar pela segurança e voltar ao esquema do ano passado.
    – Alguns jogadores importantíssimos como Alessandro e Danilo, nitidamente não aguentam mais jogos de 4a feira e domingo, a meu ver está na hora do Tite começar a preparar o Edenilson para a posição, para a de Danilo não temos peça de reposição até porque Douglas demonstra estar acomodado e satisfeito com sua condição de reserva.
    – Cássio que fez partidas memoráveis ano passado, deixa defesa e torcedores desesperados com sua insegurança em bolas absolutamente defensáveis, talvez ele seja somente um goleiro mediano assim como Júlio César e Danilo Fernandes.
    – O Corinthians mudou o seu estilo de jogo em relação ao ano passado, aquele time que sufocava o adversário desde o início só se portou assim uma única vez esse ano, no 1o tempo contra o Santos, nos demais jogos o Corinthians foi um time absolutamente previsível.
    – A manutenção de um elenco é sempre importante, entretanto a manutenção de um elenco que ganhou quase tudo, pode ter causado uma certa falta de ambição a alguns jogadores: como Fábio Santos, Paulinho, Paulo André e Danilo, é apenas uma constatação, faltou um pouco de gana.
    – O esquema de Tite tão elogiado e copiado por outros treinadores e equipes parece ter chegado em um ponto de exaustão, não estou cornetando o Tite, não seria louco para isso, mas é fato que o mesmo tem uma predileção quase absurda pela defesa, será que não é importante analisar a forma de jogar de equipes como Atlético MG e Borussia, o primeiro pelo apetite em atacar os 90 minutos de jogo e o segundo pela participação e rodizio de todos os jogaodores ?
    – Não sou louco de questionar o futebol do Pato, mas discordo do Silvinho em montarmos um esquema em função do mesmo, Pato é só o Pato e jamais será Ronaldo, claramente ele tem um perfil distinto daquele que o Tite gosta e diferente daquilo que o coriinthiano também gosta, pelo valor pago ao mesmo teríamos trazido o Tevez.

    Por fim a arbitragem ontem foi um dos episódios mais grotescos da história do futebol, não me lembro de algo tão claro como o de ontem e na minha opinião foi muito, mas muito mais grave do que o assalto do Zé Aparecido em 93.

    Muito maior do que tudo isso foi a demonstração de amor da fiel ontem, simplesmente emocionante o que aconteceu.

    Portanto, não há necessidade de caças as bruxas, mas uma necessidade de se rever o esquema de jogo e começar um planejamento de reposição de algumas peças que se encaminham para seu declínio profissional como Danilo e Alessandro e talvez para uma reposição a altura do Paulinho, se este realmente vier a sair no meio do ano, acho que o Guilherme ainda não tem essa condição hoje.

    Curtir

    • thiago disse:

      William, perfeita análise do contexto do time. Só discordo quando vc diz que o ‘esquema chegou a um ponto de exaustão’. Não acho que se trata do esquema, pois se vc olhar o Atletico MG e o Bayern, por exemplo, jogam no mesmo 4-2-3-1. Acho que é mais a questão, que vc também levantou, da falta de gana e da exaustão de alguns jogadores. Por isso, agradeço e tenho todo o respeito por estes jogadores que hoje estão no Corinthians, mas enxergo uma necessidade de renovação do nosso elenco.

      Curtir

      • Wiliam Junior disse:

        Thiago, a formação tática do Atlético e do Bayern são iguais a do Corinthians, o que diferencia é a disposição e a intensidade do jogo. Notoriamente Tite tem uma preocupação maior com o sistema defensivo que o Cuca por exemplo, não estou dizendo que um ou outro sejam melhores, mas apenas dizendo que com uma mesma formação tática a disposição dos jogadores do Atlético é diferente, eles tem uma boa marcação que ainda assim é inferior aos grandes momentos do Corinthians de 2012, mas uma intensidade de ataque com jogadores leves e habilidosos que procuram insistentemente o gol muito superiores ao Corinthians e isso tem a ver com a característica do treinador de ambas as equipes. Precisamos repensar alguns pontos para o restante da temporada não só taticamente, mas principalmente esse laço de afeição do Tite com jogadores campeões como Alessandro e Fábio Santos.

        Curtir

  25. Alberto disse:

    Não cabe, mesmo para os corneteiros mais convictos, soprar seus instrumentos depois dessa eliminação.

    Mesmo os que acham que as conquistas da Libertadores e do Mundial fazem parte de um passado distante e já desvinculado do presente, reconhecem que nos dois últimos jogos, decisivos, o Corinthians mereceu golear o San7os e o Boca.

    O Corinthians não foi eliminado devido aos cuidados defensivos de Tite (fizemos 3 gols ontem, o que bastava para a classificação, e poderíamos ter feito mais 2, na cobrança dos pênaltis não marcados), que proporcionam ao Corinthians um dos melhores sistemas defensivos do mundo (mais uma vez, a defesa menos vazada da Libertadores, e os dois gols feitos pelo Boca foram em jogadas acidentais); o Corinthians não foi eliminado pela inegável mística do Boca ( potencializada pelo retorno de Bianchi); o Corinthians não foi eliminado pela atuação irregular de Cássio (no gol tomado, a bola, cruzada por Riquelme, entrou no ângulo, de modo incomum, indefensável); o Corinthians não foi eliminado pelo gol incrivelmente perdido por Pato “Não Pode Ser Reserva” ( se fosse o Sheik que tivesse perdido, heim?…).

    O Corinthians foi eliminado pela Conmebol. A arbitragem estava encomendada para não deixar o Corinthians passar das oitavas. Assim como aconteceu no ano passado, naquele primeiro jogo contra o Emelec.

    As diferenças foram: naquele jogo, o time teve nervos de aço, Cássio fez uma de suas partidas históricas, o adversário era equatoriano, era a partida de ida, houve tempo de Mário Gobbi fazer um barulho e inibir nova armação na volta.

    Agora, não: antes de mais nada, não iam deixar o Corinthians repetir o desaforo e o título do ano passado (vide a obrigação de jogar em Oruro, vide a violenta e inédita punição pelo acidente com o foguete, vide o gol irregular que determinou a derrota em Tijuana); dessa vez o adversário era o matreiro e copeiro Boca, e era a partida da volta, decisiva; principalmente, dessa vez o trio de arbitragem foi capitaneado pelo velho rato Amarilla, experiente e habilidoso para garantir o resultado encomendado, com frieza e coragem para cometer um, dois, três, quatro erros escandalosos, se necessário fosse, como foi, e eliminar o Corinthians.

    Fomos roubados, como tantas vezes aconteceu na nossa história. Mas de um modo tão escandaloso como poucas vezes se viu. É por isso que até os elementos mais anticorinthianos da imprensa reconheceram que o Corinthians foi prejudicado, muito, e que está desclassificado por isso. Mesmos os frustrados das redes sociais fizeram as suas piadinhas, extravasaram seu recalque, mas sem muita convicção. Já os corinthianos, estão tristes, porém não envergonhados, ou revoltados com o time. Mas é preciso, sem chororô, registrarmos nossa consciência do crime de que fomos vitimas, e deixarmos claro que não estamos conformados e nem vamos aceitar que algo semelhante volte a acontecer.

    Curtir

    • Fernando D. disse:

      Na minha opinião o seu comentário foi perfeito.
      Quantos gols tivéssemos feitos, tantos estes seriam anulados.
      Não nos deixariam sermos campeões de forma alguma.

      Se fosse ao contrario, aquele bandido não sairia vivo do La Bombonera…

      Curtir

    • kamika sccp disse:

      Concordo !! Foram pelo menos 4 roubos !!!

      Curtir

  26. kamika sccp disse:

    Já estava escrito e determinado nosso futuro na “libertinhas”=== Após o acidente de Oruro , a mídia “anti” aproveitou-se , e provocou aquele linchamento moral visando neutralizar o crescimento natural da torcida no meio infantil , criando ao máximo um clima de antipatia geral ao Corinthians…..Esta mídia criou condições p/ retaliações como se o Corinthians tivesse responsabilidade sobre o acidente Oruro == Nenhuma morte , nem mesmo as dolosas , tiveram repercussões tão negativas no Brasil ( foram quase 200 mortes ligadas ao futebol nos últimos 15 anos )….os comentaristas e jornalistas esportivos , não discutiam o acidente ; criavam suas “verdades” , vociferando, destilando seu ódio ao Corinthians , já que tinham um assunto e um cadáver de um adolescente posto à mesa…quiseram declarar a proibição da FIEL nos estádios….e , assim criaram condições p/ a “operação” do jogo de ontem (tentarão fazer morrer as repercussões do assalto o mais breve possível)……será que conseguiram deter o crescimento da FIEL ?…..mal compreendem que não dependemos de resultados , nos apaixonamos por nós mesmos (FIEL ) , como ontem , antes , durante e após o jogo !!!!….VAI CORINTHIANS !!!

    Curtir

  27. Luís Carlos disse:

    O Boca Juniors de hoje é um clube falido; com um elenco de véios, de jogadores jovens que foram promovidos forçosamente ao profissional por pobreza, e de xepas. Sofreria para se manter na primeira divisão do brasileirão se o disputasse hoje. No ano passado conseguiu alguns jogadores por empréstimo. Neste ano nem isso tem porque não há dinheiro para pagar sequer um quarto do salário de ninguém que ganhe acima de cinquenta mil reais.

    Bianchi? Time bem montado?

    Penúltimo lugar em um campeonato que às vezes tem três times. Disputa a libertadores por ter sido campeão cagado de meio campeonato no segundo semestre de 2011. Dois mil e onze…

    Mesmo com juiz apitando contra, pela lógica, não há a menor possibilidade de um time brasileiro sequer empatar com o Boca Juniors de hoje. O Corinthians perdeu para ele mesmo. Jogou contra ninguém; como jogou e jogará contra ninguém em pelo menos 60% dos jogos desse torneio.

    Há trabalhos de bastidores na Conmebol para prejudicar o Corinthians? Simples. O Corinthians não é filiado à Conmebol e não tem obrigação nenhuma de disputar qualquer torneio “organizado” por eles. Inclusive sairia no lucro se fizesse isso. Dez por cento da renda bruta do jogo de ontem vão para os bolsos dos véios da Conmebol. Quase a totalidade das placas publicitárias são de empresas brasileiras, assim como os patrocínios pontuais na camisa do Boca. Tudo nas costas do nome Corinthians. E a Conmebol e o Boca faturaram mais que o Cortinthians. Só clube com dirigentes otários ou tanga-frouxas para concordarem em botar o time para jogar nessas condições. Fora os estádios e campos carniça onde se disputam as partidas, as distâncias, as altitudes, as gramas de plástico, os bichos que são maiores (jogador não dá um passo em campo se não rolar um faz-me rir além do salário), etc.

    Acho que o importante agora é fazer o jogo de domingo. Vender qualquer jogador que queira ser vendido ou que não queira ser vendido, desde que o clube aumente substancialmente seu salário e estenda seu contrato até sua aposentadoria. E remontar o time e ajustá-lo durante o segundo semestre para que, se não se sair bem, pelo menos que dispute os campeonatos e torneios do ano que vem em melhores condições.

    O treinador é esse mesmo. Venceu desse mesmo jeito. E vencerá ainda desse mesmo jeito.

    Da minha parte, não gosto e não gostarei do modo como o time é ou será montado, mas, por ora, não posso fugir de admitir que é uma montagem vencedora.

    O que me incomoda mais nem é a cagabilidade. Cagabilidade é a norma no futebol brasileiro e não a exceção. Se não fosse a cagabilidade do treinador em tirar o Douglas para colocar o Jorge Henrique no jogo contra o Chelsea por exemplo, talvez não consequíssemos sair campeões. Ou pelo menos poderia ter sido mais difícil. Ou não…

    O que me incomoda mais é a panelabilidade. Muitas vezes o time é montado em função das deficiências de alguns jogadores e não em função da eficiência de outros.

    Há um goleiro com problemas graves de fundamento? Recua todo mundo e não permita que os adversários sequer chutem em direção ao nosso gol, mesmo que a coordenação de ataque seja sacrificada. Há laterais lerdos e bombas-relógio? Há laterais ex-desempregados que não sabem defender, fazer jogadas de fundo ou cruzar? Bota uma sainha quadriculada nos meias e atacantes e faça eles trabalharem de baby sitter. Isso prejudica a saída de bola e o ataque? Phoda-se.

    Curtir

  28. Mauro Oliveira " assaltado" Ben Yosef disse:

    Eu estava lá em 92, e ontem estava assistindo um tome que tem som seus defeitos muito bem relatados por você principalmente a questão tática . Mas ontem ganhamos, fiEmos os gola que precisávamos . Ganhamos de 3×1 e ainda tivemos um pênalti não marcado.

    Sei que o clube tem seus compromissos comerciais, mas a dor seria menor se ao invés de vitimas fossemos os protagonistas ao abandonar essa competição depois do dia 20/02/2013.

    Curtir

    • Ricardo de Lima disse:

      Mauro, iria falar sobre isso em meu comentário. Claro que o “molho sairia mais caro que o frango” … mas era a atitude mais correta a se fazer, não foi tão cogitada a toa. Seria o maior tapa na cara da Comembol e de todos antis. Sabíamos muito bem o que viria pela frente. E se não fosse agora, seria nas quartas, o torniquete iria apertando cada vez mais. E arrisco a dizer que nenhum brasileiro será campeão este ano.

      Curtir

    • Márcio disse:

      Mauro, assino embaixo. Penso da mesma forma. E já que não abandonamos esta competição em fevereiro, que façamos isto em 2014, caso venhamos a nos classificar. É o tapa na cara que a Conmebol merece.

      Curtir

  29. Ewerton Silva. disse:

    Perfeito, Silvinho. Apenas algumas conclusões:

    – FraCassio: goleiro mediano. Fez boas partidas no ano passado. Mas, já voltou ao normal.
    – Alessandro: jogador pra time médio/pequeno. Está velho, deveria pensar em parar.
    – Paulo André: como zagueiro, é um bom escritor.
    – Avenida Fábio Santos: deveria pensar em disputar corridas de média/longa distância.
    – Ralf e Paulinho: colocaram na cabeça o que a mídia anda escrevendo. Se acham os melhores da posição. Foram, até o meio do ano passado.
    – Danilo, se tomar conta de duas tartarugas, uma pode escapar.
    – Emerson Sheik: deveria gravar mais vídeos de harlem shake. É muito bom nisto. Tb já foi um bom jogador.
    – Romarinho: só joga contra o Palmeiras.
    – Alexandre Pato: jogador bichado. Todos sabiam que ele não tinha condições de ser contratado. Se fosse titular, teria arrebentado a algum tempo atrás. Um jogador, que custou R$ 40 milhões, não pode nem pensar em errar um chute daqueles.
    – EmpaTite: filósofo. Excelente motivador. Deveria seguir o exemplo do Paulo André e ser escritor de livros de auto ajuda, motivar trabalhadores.

    E, acho que o time perde na vila. Não vejo mais aquele time do ano passado, transpirando a Libertadores. Sangue “no zóio”. Time estava focado na competição. Isso sem contar a diretoria, cujo alguns zum zum zuns, está dividida. De um lado, Mario Gobbi conta com o apoio do “Fora Dualib”. De outro, Andrés Sanches, querendo voltar à presidência, com o apoio dos corinthianos obsessivos. Resultado, sobrou pro clube disputar o paulisteco, um torneio inexpressivo, que não leva a lugar algum. Ou seja, voltamos a ser aquele clube, que sabe disputar apenas campeonatos caseiros. Aquele grande clube, que ganhou tudo no ano passado, ficou exatamente, no passado.

    Curtir

  30. andre rish disse:

    “Mas não começamos a perder, pelo menos dentro de campo, nossa classificação ontem. No primeiro jogo, nossa equipe se comportou de forma medrosa, jogamos mal, faltou pegada, está provado que o primeiro jogo começa a decidir o destino de uma equipe nesta fase de uma competição.”
    Aqui mesmo já comentamos que se faria de tudo para evitar o bi do Corinthians. E fizeram, mas o time, equipe técnica e diretoria não se prepararam para isto. A coisa já se mostrou em Oruro e veio até ontem, em erros propositais, coisa de armação canalha. Temos um presidente de fraca representação política nas entidades, ele não sabe se impor e articular como o Andrés. Esse sim foi um grande presidente.

    Curtir

  31. AndersonII disse:

    Só posso de dizer uma coisa. O Corinthians vai ficar mais forte ainda. Pode escrever.

    Curtir

    • Marcelo disse:

      Concordo com você , esse time estava mal acostumado (ou seria bem acostumado?) e por isso perdeu a pegada que foi seu diferencial em 2012 , acho que esse tombo e vendo o apoio da fiel ainda vamos ter muitas alegrias em 2013.As vezes é preciso dar um passo pra traz para dar dois pra frente.

      Curtir

  32. Katalins disse:

    1. A primeira coisa que lembrei ontem após o jogo. A final de 93. Ontem foi vergonhoso.
    2. Pato já deu dica que cansou da reserva.
    3. De tudo, e que demonstra a grandeza do Corinthians, é que nao houve chororo. Comentário e reclamações aqui e ali, mas nada demais. Se fosse com outros times, todos aqui sabem quais, tinha goleiro ajoelhando, jornalista chorando, e bla, bla…
    4.

    Curtir

  33. paulomonteiro disse:

    Em 93 não podemos esquecer a inexplicável, sem razão e cirúrgica expulsão do Moacir no 1° jogo…

    Curtir

    • Daniel CMS disse:

      Exato. Jogador com importância máxima naquele time

      Curtir

      • Samuel disse:

        Bem lembrado cara. Naquele time o Moacir era uma mistura de Paulinho, Danilo e Guerrero, em ótimas fases. O cara era meio time, e sua saída já deixou um clima de pessimismo. Lembro que ele foi expulso junto com um jogador dos porcos e eles comemoram muito. O Corinthians tentou reverter no tribunal, fazendo um acordo com o porco para que os dois fossem liberados e eles não quiseram nem começar a conversa.
        Mas mesmo com a lembrança viva daquele dia, já que estava lá, o que aconteceu ontem foi com certeza o maior assalto da história do futebol mundial em todos os tempos.
        Mas como foi o Corinthians o prejudicado a imprensa trata logo de relativizar, preferindo indicar nossos erros táticos e etc.
        Nós sabemos que eles existiram, mas será que eles lembrariam nossas virtudes caso ganhassemos do boca por 5 a 0 mas um dos gols fosse em impedimento de um nariz? Sabemos que não.
        Foda!
        Valeu!

        Curtir

      • Ricardo de Lima disse:

        Também não esqueçamos que aos 20 minutos do primeiro tempo, nossa defesa estava toda “amarelada”, marcada para expulsão … ali o bisturi elétrico foi ligado.

        Curtir

    • Zé Carlos disse:

      Muito bem lembrado. Para mim, o pior dos golpes que sofremos em 93, aliás…

      Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Tumulto com o lateral-esquerdo improvisado Ricardo e o árbitro “confundiu” com Moacir, nosso melhor jogador na época.

      Curtir

      • Claudio Marques disse:

        Moacir sofreu a falta do Amaral e ficou sentado no chão. Ricardo foi pra cima do Amaral e César Sampaio o defendeu e os dois se empurraram. O cara-de-pau do árbitro Dionízio Roberto Domingos, não se sabe porque, expulsou Moacir e Amaral (que na época nem titular era). Se ele expulsasse o Ricardo e o César Sampaio o lucro seria nosso. Mas já tava tudo bem encomendado!

        Curtir

  34. otavioserra disse:

    Galera, eu toh muito feliz com o meu time! Mesmo perdendo ontem, jogou dando espetáculo, mostrou a todos a força do nosso time, a força do time de São Jorge do nosso amado Ogum, que em decisão não amarela. Mas isso não me preocupa, pois, com a estrutura que foi montada, com o estádio que vem por ai, e com o faturamento só aumentando, esse é só mais um de muitos campeonatos que vamos disputar e de muitos que vamos ganhar para desespero da massa anti-corinthiana.

    No passado o Corinthians era um time que só ganhava o paulistão, não tinha brasileiro. Com o quinto título brasileiro se tornou na bola o maior ganhador do futebol brasileiro, com 5 títulos brasileiros e 3 da copa do Brasil e superou o Flamengo. Engraçado que no mesmo ano da nossa conquista a CBF carioca resolveu validar títulos para tudo quanto é time brasileiro e o Corinthians foi superado fora de campo.

    Depois a cina era a ausência de títulos internacionais, apesar que o Corinthians foi o primeiro campeão da Copa do Atlântico em 1956, em cima do Boca, esse campeonato que se tornou a Copa Libertadores. Aliás, campeonato que fomos campeões invictos, em cima do maior ganhador de todos os tempos. Sem contar sermos campões em 2000 no primeiro mundial interclubes FIFA e no ano passado ganhamos do Chelsea, um dos maiores da Inglaterra dando espetáculo em campo e fora dele. E matamos mais um dragão.

    Agora, o nosso time é só motivo de orgulho, e com certeza todos os corinthianos estão felizes com time, pois, todos sabem que nunca mais essa grande nação será motivo de piadas. Pois, hoje somos tranquilamente o maior clube de futebol do hemisfério sul, não precisamos provar mais nada a ninguém. E em breve, vamos superar alguns números que ainda insistem em dizer. E isso, virá naturalmente, uma vez que acordaram o gigante adormecido. #VaiCorinthians

    Curtir

  35. Vando disse:

    Tenho 32 anos, parei de ir aos estadios por causa da violência!Aquele jogo contra o River, me deixou muito triste como torcedor!
    Mas onten a festa foi linda(teve um ou outro aue, sempre tem um q bebe um pouco a mais) Parabéns á todos que lá estiveram, bateu uma vontade loca de estar la, incentivando o time também!!
    Dentro de campo também, os jogadores mandaram bem, sem brigas bobas! O juiz errou, mas o Boca e seu jogadores não tem culpa!

    Curtir

  36. Lucci77 disse:

    Vamo parar de choraedeira… teve roubo? sim, sem duvida nenhuma! Mas não podemos ser eliminados pelo 19o lugar do campeonato argentino.
    Sr cassio não voltou bem da cirurgia… estava mais adiantado que o Cenil!
    Alessandro ja era profutebol!
    Sheik ta se achando o malandrao e esqueceu de jogar bola. Poderia ser expulso som 15 mins de jogo por se jogar numa simulacao onde ja tinha amarelo.
    Danilo com sono e Romarinho nao pode ser titular

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Podemos ser eliminados pelo 19º lugar do argentino SIM. Basta a arbitragem impedir 4 gols de serem marcados.

      Curtir

    • Zé Carlos disse:

      Porém, mesmo jogando mal e tomando nó tático do Bianchi, fizemos o resultado necessário para avançarmos – só que a arbitragem, deliberadamente, subtraiu os gols marcados.

      Desculpe, também sou contra chororô, mas tudo tem limite! Fomos operados ontem e isso tem que ser dito.

      Curtir

  37. Lamentável tudo isso,Tite precisa repensar seus conceitos. E para piorar na mídia diz que a Diretoria quer o Ibson.

    Sei lá cara eu tô desanimado com o Tite, ontem taticamente ele foi fraco demais.

    Arbitro?? que dizer, fudeu com a gente.

    Curtir

  38. David disse:

    Essa eliminação foi muito doída, eu tava torcendo pra pegar o Boca nas 8ª e tinha 150% de certeza que iriamos atropelar o Boca nos 2 jogos, pois o time deles é horroroso. O que eu não tinha me atentado é que o treinador desse ano era o Bianchi, e nesses 2 confrontos o Tite tomou um Baile. Aniquilou nosso time em Buenos Aires e partiu pra cima no Primeiro tempo aqui. Apesar da arbitragem ter nos assaltado na cara dura aqui, achei que nos 180 minutos não fomos superiores como deveria ser, pois repito, temos no mínimo 10x mais times que eles. Outra coisa que não da pra admitir é deixar o tal Riquelme com 50 anos, visivelmente sem condições de jogo, desfilar no Pacaembu e ditar o ritmo. Inaceitável. O Cássio ta muito mal ou é impressão minha? tomou aquele gol do Tiozão e quase entregou o ouro em mais 2 bolas fraquinhas, que Saudade do Cassio 2012. Alessandro creio que aposenta Domingo, do contrário não tem mais explicação pra manter no time, Fabio Santos, aquele que deixou o Tiozão acender a churrasqueira, abrir uma lata de cerveja, bater um papo com o companheiro e ainda definir o que faria com a bola também já deu!!
    Romarinho não tem bola pra ser titular, Sheik deve correr no mínimo 20 km por partida e enquanto Tite tiver no comando não sairá do time, podem espernear que não adianta. Pato é um caso estranho, tem bola pra ser titular, mas parece que não tem característica de jogador Corinthiano, parece que veio pra usar o Timão de vitrine e ponte pra seleção e não pra fazer história com o manto, não sei explicar mas se alguém entendeu e sabe explicar fiquem a vontade. Hoje é um daqueles dias que demoram pra passar.

    Curtir

    • andre rish disse:

      David, concordo com vc sobre o Cassio, que é limitado, e o inexplicável é manter o Alessandro e um esquema tatico de acomodação. O que o Tite fez com o Pato ontem é para o jogador pedir para sair do clube, colocar o cara na ponta esquerda quando precisa de gols só pode ser sacanagem. Tem coisa errada com os jogadores, com certeza, mas tem também com a postura do Tite. A soberba dele é imensa!!

      Curtir

      • Claudio Marques disse:

        O cara que fez a atuação que o Cássio fez contra o Chelsea não pode ser limitado. Este ano, além de sofrer com as contusões, vem sendo destreinado pelo nosso despreparador de goleiros.
        Quanto o Cássio chegou era uma maravilha, saia em todas as bolas e passava uma segurança absurda.
        Agora vem repetindo os erros do Julio César, Danilo e até do Renan que veio do Avai. Podem contratar o Buffon, o Casillas, o TChek ou Neuer, que com esse preparador não tem jeito!
        Troquem a preparação de goleiros, pelo amor de Deus!

        Curtir

        • andre rish disse:

          Claudio, foi bem nessa. Vc tem razão quanto ao Cássio, não é um ‘Ronaldo”, mas é bom, saia bem do gol, mas esse volume de contusões é anormal, ele está inseguro e comete sim as mesmas falhas dos outros… o caso deve estar na preparação ou em quem insiste em manter o cara machucado jogando ( apesar dele mesmo ter dito na imprensa que estava zerado).

          Curtir

  39. Jorge Xavier disse:

    Então é simples. Não conseguimos.

    O juiz, e auxiliares, foram um bosta. Verdade. Não acredito em teorias de conspiração, conchavo, porra nenhuma. Foram incompetentes e ponto final.

    Agora, eu gostaria de entender o seguinte:
    1 – Porque não colaram no Riquelme?
    2 – Porque o PATO não entra jogando?

    Duas perguntas simples.

    Como eu disse em outro comentário, Tite é cara. Se não se for campeão paulista agora, será o coroa. Não sei se é justo. Na minha opinião ele faz um bom trabalho, mas tem alguma coisa estranha no nosso reino.

    O que mais chama atenção é o PATO não entrar jogando.

    PORQUE?????

    Curtir

    • andre rish disse:

      Jorge, compartilho inteiramente do seu sentimento de estranheza. E já escrevi aqui diversas vezes, tem alguma coisa muito estranha que acontece por lá e está camuflada.

      Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Tentando opinar sobre as 2 perguntas:
      1) Não colaram no Riquelme por soberba. O Tite nunca arma em função do adversário; sempre acha que o adversário é que deve se preocupar.
      2) Por que o Tite é paneleiro.

      Curtir

  40. Marcus Vinícius disse:

    Todo mundo sabe que a formação do segundo tempo com Pato e Edenilson no lugar de Romarinho e Alessandro é a melhor.
    O Corinthians é o time mais inofensivo de todos os tempos com a formação do primeiro tempo.
    Alessandro é cara pra segurar jogo e Romarinho é cara pra incendiar o jogo no segundo tempo (RESERVA!), e mesmo assim deveria entrar no lugar do Emerson, aquele que não produz nada.
    Alguém tem que botar isso na cabeça do treinador, não é possível. O cara é muito birrento.
    Não fiquei com raiva da atuação do juiz. E sim da atuação do TIMÃO.
    Não estamos jogando nada, estamos jogando como sempre pra empatar.
    Como já cansei de ouvir aqui, o Corinthians de hoje é o time da estabilidade, do empate e das vitórias magras, mas na situação em que estávamos, precisando inverter resultado, não conseguimos jogar.
    O cara tem que entender que cada jogo é um jogo e os objetivos são diferentes.

    Curtir

  41. Elis disse:

    Perfeita a sua análise,Silvinho. O time já entrou nervoso, mas com a atuação do trio de bandidos a coisa degringolou de vez. Temos muita coisa pra disputar este ano ainda mas não vai ser fácil, vão tentar nos prejudicar de todo jeito (vide a decisão da FPF de proibir os Gaviões e a escalação do trio de arbitragem pras finais do Paulistão).

    Curtir

  42. Alexandre Figaro Moreira disse:

    Perfeita sua análise Silvinho, Parabéns !
    Vida que segue, domingo temos uma PaulistÃO pra ganhar e depois é se concentrar no Brasileiro. Temos todas as condições de buscarmos o HEXA.
    Pra domingo não dá, mas pro inicio do Brasileiro o esquema, o time titular deve ser repensado.
    Pato deve ser titular.
    Eu daria uma nova oportunidade e uma certa sequência ao Douglas no lugar do Danilo, que este ano não está tão bem.
    Eu iniciaria o brasileiro com o seguinte time titular:
    Cassio, Edenilson, Chicão, Gil, Fabio Santos, Ralf, Paulinho, Renato Augusto, Douglas, Guerrero e Pato.
    E temos que ter reposição para o Fabio Santos com urgência.

    Abraços

    Curtir

  43. Roberto_sccp disse:

    Jogo encomendado.

    Curtir

  44. Vando disse:

    Perfeito Silvinho, bola pra frente!!

    Curtir

    • Vando disse:

      Cornetagem rsrsr
      Alessandro, já esta na hora de você parar e leve junto o F.Santos!! Tite, amizade no futebol tem limites, vai morrer abraçados com certos erros??

      Curtir

  45. Alvaro disse:

    Silvio, valeu muito a pena esperar o seu texto, ele reflete o meu sentimento

    Posições que devemos rever:

    Alessandro pela idade;
    Paulo André e Fabio Santos pela qualidade técnica;
    Danilo pode ser útil desde que não seja sobrecarregado na armação
    Romarinho e Emerson devem ser “armas” para o 2º tempo

    Lances cruciais

    Pênalti e expulsão com 9 minutos, restando ainda 80 pra fazer 2 gols,
    mas mesmo assim, Gol do Paulinho com 15 minutos do 2º tempo, restando 30 pra fazer mais um

    Jorge Henrique

    Acho que o afastamento do Jorge Henrique contra o São Paulo já seria suficiente, tirar ele das finais e do jogo de ontem puniu apenas o torcedor corintiano, ontem faltou muito a garra do Jorge H.

    Mas, o mundo do futebol esta contente e feliz

    Curtir

  46. Samuel disse:

    Silvinho, também escrevi no meu blog em linhas parecidas com as suas.
    Primeiramente, eu estava lá naquela fatidica decisão de 1993. Aconteceu isso que você falou, fomos operados, com nossa zaga sendo amarelada com menos de 15 minutos de jogo, com esse lance escandaloso do animal e muito mais durante toda a
    partida.
    Como a equipe deles era superior tecnicamente, temos que admitir, o papel que deram ao arbitro era de nos desestabilizar, irritar, tirar nossa confiança, que o resto o time faria. E foi o que aconteceu.
    Ontem foi parecido, mas muito mais criminoso. A calma do Boca desde o desembarque no Brasil agora parece explicado.
    Mas arbitragem a parte, vai servir para aprendermos. Nós não, o clube, mais precisamente o técnico.
    Essa bola cantamos há meses, mesmo nas conquistas, de que essa PSICOSE TÁTICA do Tite tem que ter limites.
    Não dá para ficar forçando nossos jogadores a jogarem fora de suas posições, a nossos atacantes se preocuparem mais em marcar do que atacar… chega disso.
    Sempre falo que precisamos ganhar os jogos também na técnica, porque temos time pra isso, e não só suando sangue.
    Mas Tite ficou refém dessa sua fórmula primeiro porque é limitado, mas principalmente pela vaidade. Com todos o endeusando ele não quer enxergar o óbvio, de que precisa mudar.
    Mudar jogadores. A INTOCABILIDADE precisa acabar. Jogadores importantes, mas que não estão rendendo, tem que dar lugar para outros que estão voando e querendo mostrar serviço.
    PATO e EDENILSON não podem ser reservas, esse é praticamente um crime hediondo.
    Adenor tem que mudar suas teimosias disfarçadas de convicções.
    E a nossa diretoria também tem que agir mais. A guerra está declarada. CBF e FPF e a própria CONMEBOL só querem nos fuder, e não podemos continuar agindo como se não estivesse acontecendo nada.
    Vamos mudar e chacoalhar, mas não vamos nos abater, até porque por mais que tentem nos ferir SÓ CONSEGUEM NOS TORNAR AINDA MAIS FORTES.
    E sair da neurose vai fazer o time voltar a se esforçar novamente nos outros campeonatos, e temos muitos, a começar pelo Paulistão já domingo, e depois o Tetra da Copa do Brasil e o Hexa do Braisleirão.
    Aqui é Corinthians, sempre.
    Valeu!

    Curtir

  47. RODRIGO disse:

    Ontem, ganhamos por 4 a 1, ou na pior das hipóteses, por 3 a 1!

    Não fomos desclassificados pelo Boca. Não fomos desclassificados pelo Riquelme. Fomos desclassificados pela arbitragem.

    Digo mais. Fomos desclassificados por um foguete! Fomos desclassificados na primeira partida. Fomos desclassificados em Oruru.

    Todos nós sabíamos que teríamos que lutar 10x mais que qualquer outra equipe. Logo, sobrevivemos ao roubo frente ao Tijuana, onde anularam um gol legal do SCCP, e validaram um gol ilegal do Tijuana. Ali ficava claro que mais dia, menos dia, seriamos derrubados, como de fato fomos.

    Alessandro não tem mais condições de vergar nossa camisa. Nesse mesmo barco coloco o Fabio Santos. O Danilo era lento quanto jovem. Concordo que ele tem um toque de bola refinado, e visão de jogo, mas não tem pernas para voltar para marcar. Emerson, muito obrigado pelos gols na final do ano passado. Mas tudo tem limite. O glorioso Basilio fez o gol mais importante de nossa historia, e quando chegou a hora, parou! Esta na hora de você também parar!

    E por falar em toque de bola, não sei se os amigos tem reparado na quantidade de toques de calcanhar, ou de letra que nosso time tem dado durante o jogo. O jogo estava zero a zero e nossa equipe insistia em canetas e toques de letra, perdendo jogadas fáceis.

    Outra coisa é aquele lateral cobrado para área. Amigos, isso N U N C A funcionou! NUNCA. É um desperdício!

    Nosso esquema de jogo, onde o Guerrero vem em nossa intermediaria para marcar, é burro. Uma vez que roubamos a bola, não temos para quem passar! Entao damos um chutão pra frente, facilitando a vida do adversário.

    Como disse no inicio, não perdemos o jogo. O time fez o suficiente para avançar as quartas de final. Mas precisamos de mudanças.

    Alessandro e Fabio Santos, deram o que tinham que dar!

    Emerson é banco!

    Pato é titular!

    Guerrero não precisa voltar pra marcar!

    Chegamos a um ponto em que o Treinador, com sua teimosia, não muda. Entao mude-se o treinador.

    Curtir

  48. Cesar disse:

    Dois aspectos:

    – Arbitragem: desnecessário comentar, tamanha a desfaçatez da Conmebol (que tem como um de seus dirigentes Del Nero) ao decidir pela nossa exclusão. Simples. Passou da hora da nossa Direção parar de aceitar quieta as várias “maldades” que Del Nero e quadrilha vem fazendo contra o Clube: eles batem, sacaneam, e nós ficamos sempre quietinhos, bonzinhos, aceitando tudo bovinamente. E cuidado domingo, é campeonato da “Federação do Del Nero”… se bobear, vem outra armação. Reage, Direção!

    – Time em campo: a bem da verdade, tirando o jogo contra o Tia Joana, Ponte Preta e 1o. tempo contra Santos NPSM, o time não tem nada a ver com o do ano passado; vem jogando um “me engana que eu gosto” suficiente p/ passar, perdeu a pegada e precisa mudar algumas coisas p/ ontem. Precisamos dar uma reciclada, a começar pelo péssimo hábito de Tite (que é um excelente treinador) de economizar gols e em jogar pelo 0×0 como foi em La Bombonera, que nos custou caro ontem.

    Eu particularmente respeito o Boca, foram leais ontem, e serei eternamente grato por ele ter participado de grandes alegrias minhas, como impedir o bi da porcada em 2000 após tirar o Corinthians (seria a glória eterna p/ a porcada), e por termos ganho o título invicto em cima deles. É um grande time, não perdemos para Tia Joana, ou de 4 para timeco nacional. Espero que o Boca leve esse torneio.

    E, por fim: Campeão Brasileiro em dez/11, Campeão Libertadores em jul/12, Campeão Mundial em dez/12, e domingo pode vir mais um; ou seja, um título de expressão a cada 6 meses. Tá bom pra vocês? Vou reclamar de que?

    Vamos acertar a rota, corrigir alguns pontos, tudo dentro da normalidade, pois futebol não dá pra ganhar tudo o tempo todo.

    Mas o cenário atual não poderia ser melhor.

    Aqui é Corinthians!

    Curtir

  49. Denis Nunes disse:

    Enaltecer o Boca depois de um assalto nos dois jogos, é insano, desculpe.

    Curtir

    • Cesar disse:

      Discordo, o Boca estava na dele, veio e jogou limpo, e de forma inteligente: não tem nada a ver com isso, fizeram sua parte e em nenhum momento desrespeitaram o Corinthians, muito pelo contrário. E, aceite ou não, tirando o estupro da arbitragem, o Bianchi deu de 1.000 x 0 no Tite ontem.

      A armação feita tem a ver com a Conmebol, com Del Nero, e com o interesse em eliminar o Corinthians, desde o incidente em Oruro.

      Curtir

  50. Fabio Silveira disse:

    Silvinho, sabiamente você comparou o que houve ontem no Pacaembu com outro fato VEXATÓRIO no mundo do futebol: a arbitragem de José Aparecido de Oliveira na final do Paulista em 1993.

    Infelizmente ou felizmente, eu soube sim o que aconteceu de fato em 93! Ou melhor, fiquei sabendo antes do ocorrido na noite anterior à partida. EXPLICO: naquela época os juizes eram SORTEADOS horas antes das partidas! Haviam 3 nomes e eram feitos sorteios, estava na regra da competição, PORÉÉMMM na noite anterior, um amigo sao paulino veio me informar q já estava decidido que o Corinthians iria perder pra porcada e que o juiz já estava ESCALADO (sorteio foi uma farsa!). Como esse meu amigo sabia??? O pai dele era Diretor em uma empresa de um importante conselheiro do palmeiras, e esse conselheiro confidenciou à ele, tal revelação.

    Sabe o que isso me provocou? Um terrível NOJO do mundo do futebol por uns 5, 6 anos….me afastei por acreditar que sempre o resultado de partidas importantes possam estar manipuladas por interesses misteriosos!

    Juro que hoje estou com um sentimento parecido! Orgulhoso de ser corinthiano mas com NOJO do “negócio-futebol”.
    Eu creio que domingo na Vila (deve ser o jogo de despedida do molekinho-malabarista-calopsita) vai haver outro ASSALTO contra o Corinthians! Ééééé……realmente o sucesso do Timão ano passado e a atitude e sinceridade do Mario Gobbi em criticar esse torneiozinho latino americano, deixou muito cucaracha ofendido!

    Curtir

    • Ricardo de Lima disse:

      Fabio, sua informação procede sim, o juiz da partida seria o JOAO PAULO ARAUJO, e assim eram definidas as arbitragens, via sorteio e de última hora,a mudança! Acrescento que o glorioso Zeparecido, trabalhava no até então estatal Banespa, como gerente, foi mandado embora por justa causa de lá por motivos não revelados.

      Curtir

  51. Celso 1° disse:

    É preciso mudarmos de treinador!!!!!!!

    Curtir

  52. Carlos disse:

    E não se há de falar do Cássio, mais uma vez adiantado, que poderia ter evitado aquele gol. O nosso treinador de goleiro é um bosta, porque os outros goleiros tem o mesmo defeito…

    Curtir

  53. Celso 1° disse:

    CULPADOS: Á-R-BI-TRO e Ju-men-TI-TE
    ___________________________________________

    Foi um assalto, fomos roubados escandalosamente neste torneio de merda, não foi aquela arbitragem tendenciosa que anula um gol e tal, o cara veio pra ferrar e praticamente nos tirou 4 golS, 4 GOLS NUM MATA MATA CONTRA O BOCA, isso é demais!!!!!! acho que depois do roubo do atlético paraguaio contra a mulambada em 81 não tinha um árbitro influenciado tanto num resultado.
    E a porra do árbitro mesmo sabendo que tinha nos ferrado no primeiro tempo(os árbitros sempre sabem no intervalo se erraram em lances capitais) veio pro segundo tempo pior ainda, nada de querer compensar. Esse lixo de árbitro recebia ordens de alguém, não sei se o complô é contra todos os brasileiros ou somente contra o corinthians(desafetos dos Andres e demais antis mexendo seus pausinhos via marin perante a comenBOSTA), ou, ainda, se foi o próprio boca que comprou, o certo é que fomos eliminados diante de um assalto.

    QUANTO AO JUMENTITE, eu tinha falo, ele, COMO EM MUITAS OUTRAS VEZES, colocou em risco nossa classificação ao não atacar o boca no jogo de ida mesmo tendo mais time, o time parece que só deu 2 chutes a gol e ainda no 2° tempo, foi vergonhoso, o boca se empolgou, ganhou moral e chegou aqui bem tranquilo.
    Esse treinador não esta no nível do corinthians atual e principalmente do corinthians do futuro que terá megas elencos recheados de craques, ja que nossa arrecadação vai aumentar 70% nos próximos 3 anos(muito devido a nossa MECA).
    Treinador medíocre, odeio esse cara, só pensa em marcar, não entende que atacando ao mesmo tempo ocorre uma defesa indireta, ja que o adversário vai estar no seu campo de defesa,ontem armou o time errado no 1° tempo, e no segundo mexeu bem mais poderia ser melhor se tivesse tirado o Emerson e não o Romarino.
    Pato, sem lesão, não pode ser reserva do corinthians e praticamente de time nenhum do mundo, esse treineiro ta jogando nosso investimento no lixo, PORRA!
    A sorte não sorriu pro cagão ontem, o resultado na argentina foi determinante, este maldito subutiliza o potencial do corinthians( torcida, mística, gigantismo,tempo pra trabalhar, estrutura, profissionais de ponta, apoio da diretoria, apoio da maioria da torcida, torcida esta que é diferenciada, e, PRINCIPALMENTE, um mega elenco).
    Nunca gostei desse cara, ao contrário de muitos que mudaram de opinião por causa dos títulos que ele conquistou (graças, EXCLUSIVAMENTE, ao que o corinthians o oferece), continuo o achando fraco, cagão, muito distante da nossa realidade de gigants que somos, de protagonista.FORA JUMENTITE!!!!!!!

    Agora vamos “pra cima”, ala tite-caxias, das sardinhas pra conquistar o paulisTÃO e entrar mordido no brasileirão pra pegar a ponta e não largar mais.VAI CORINTHIANS!!!!!!!!!

    Curtir

    • Concordo

      e, ou sai o Tite, ou escolhe os 11 titulares e desfaz esse elenco “top” que o Corinthians tem hoje. Um elenco desse na mão do Tite é desperdicio e dinheiro jogado fora.

      Curtir

    • O Dani L disse:

      Inclusive sou a favor de na proxima temporada contratar o Bill de volta. De que adianta ter dinheiro e contratar bons jogadores se o cagalhão do treinador é “refem” de meia-duzia.

      O time precisava de gols mas o twitteiro só queria dar rolinho ontem.

      Curtir

      • andre rish disse:

        concordo com vocês todos. A cobra vai fumar se o Tite cagalhão não ganhar esse paulista… quem vê o esforço do Guerreiro em voltar para marcar e correr para retornar na posição de pivô vê que o jogador está se estrepando com esse esquema tático absurdo. O Tite já fodeu com o Renato Augusto, com o Jorge Henrique e com um monte de jogadores por essa coisa de tentar mudar a característica dos caras. Concordo, se é para ter um esquema tático desses, o Bill serve bem!!

        Curtir

  54. Martelli disse:

    Parabéns Silvinho! Comentário(s) perfeito(s). Penso que agora está na hora do Tite, comissão técnica e diretoria pararem para refletir e ousarem em mudar o que for preciso. Temos vários campeonatos para disputar e títulos que poderemos ganhar. Não adianta agora ficarmos a chorar o leite derramado, a criminosa arbitragem de ontem, a putrefata Conmebol, Marco Polo Del Nero, Marin e sua corja. Temos que agir com a razão. Temos um belo time, elenco e tudo o que é necessário para o grupo ser vencedor, porém, mudanças obrigatórias tem que ocorrer começando com uma renovação de atletas que hoje já não tem mais “pique” para continuar jogando. Nosso treinador também tem que alterar sua filosofia de agradecimento a determinados atletas e promover com urgência alterações na equipe para que os resultados voltem a acontecer. Como corintiano sempre vou acreditar no Corinthians a começar por ser campeão no próximo domingo mas também não vou esquecer o que a arbitragem fez conosco ontem. Mais uma vez, parabéns pela forma que escreveu acima.

    Curtir

  55. Zé Carlos disse:

    Absolutamente perfeito na análise.

    E segue a vida…

    Curtir

  56. Claudio Marques disse:

    Alguém pode me responder porque o Guerrero, herói do mundial com dois gols de cabeça, não foi visto uma única vez dentro área e só ficava correndo feito barata tonta?
    Eu discordo um pouco quanto a falha do Cássio. Acho que a falha mais uma vez foi do Fábio Santos que ficou assistindo o Riquelme dominar e pensar no que ia fazer. Se o Fábio tivesse pressionado o Riquelme teria tocado do lado.
    E que contratações são essas que estão falando? Maldonado e agora estão falando do Ibson. Meu Deus do céu! Cade aquelas revelações que o Timão descobria?

    Curtir

    • andre rish disse:

      Claudio, o caso do Guerreiro é clássico. O Tite montou um esquema que destrói as características do jogador e vai assim até estourar joelho, musculo ou seja lá o que for. Se vc colocar 10 jogadores igualzinhos em campo terá o mesmo efeito, não precisa de bom de bola, só bom de marcação e de função tática.

      Curtir

  57. Marco Henrique disse:

    Hoje a atmosfera que envolve o clube é diferente, o que aconteceu ontem não volta mais, mas esses últimos anos do clube nos da realmente orgulho de sermos corinthianos.

    VAI CORINTHIANS!!!1

    Curtir

  58. Jeferson José disse:

    já falei várias vezes para meus amigos, inclusive neste blog….o romarinho é banco…é apenas um jogador mediano que quando entra bem aplica só a correria.

    o pato tem q ser titular, não me interessa quem sai, isso é problema do adenor.

    pra finalizar, precisamos urgentemente de um meia, este para jogar ao lado do renato augusto quando melhorar.

    Curtir

    • Cesar disse:

      Tirando o “mediano”, concordo com os 3:

      – Pato NÃO PODE ser banco eterno, como é hoje;
      – Romarinho é banco;
      – Quanto ao meia, penso que a volta do Renato Augusto já melhora e muito a situação.

      Curtir

  59. Múcio Rodolfo disse:

    Ontem Márcia (minha esposa), Leandra (ninha nora) e Mucinho (meu filho mais velho) tentavam capturar um ratinho que apareceu lá em casa. Enquanto isso eu assistia pela TV um rato de outra laia agindo impunemente. A comembosta tem tantos ratos, mas tantos ratos que talvez a saída fosse solicitar uma arbitragem européia. Vcs devem se lembrar que o Corinthians só foi campeão na era parmaladra depois que um juiz alemão veio apitar a final contra o Chiqueirense porque enquanto os Zé Aparecidos da vida apitavam…

    Curtir

  60. Marco disse:

    Silvinho, um verdadeiro crime ocorreu ontem.

    nao me lembro, e tenho 33 anos, de um tamanho absurdo desses.

    e normal juiz errar lances 1 penal mal dado, etc, mas 4 erros capitais?

    aonde estamos?

    esta claro que foi revanche sei la eu de quem, embora desconfiamos.

    mas o clube, esse gigante, que tem forca de audiencia, torcida, receita e grandeza, NAO pode ficar calado, depois do que houve.

    eu estou indignado.

    Curtir

    • Marcelo disse:

      Isso é corinthians , estamos incomodando muita gente e vão usar todas as armas para nos derrubar , mas eles não sabem o que é ser corinthiano , o unico time do mundo que ficou 23 anos na fila e a torcida só cresceu , por isso hoje estou com minha camisa e quando alguem vem tirar uma , grito logo “vai corinthians” e dou risada pois sei que eles nunca vão entender o orgulho que tenho de ser corinthiano.

      Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: