Na semana do Papa: Bota o empate na conta do Padre

Reza a lenda que em “clássicos” não existe favorito.

Ledo engano. Pelo menos nos tempos atuais.

Porque no clássico de ontem a tarde jogavam dois clubes atravessando fases e momentos distintos.

De um lado, um clube dirigido por um ditador, que ao seu bel prazer modifica estatuto do clube, “compra” o apoio de organizados e comanda o conselho deliberativo.

O time é limitado, com jogadores abaixo da média e se não tomar cuidado, cai para a segunda divisão.

Do outro lado, um clube estruturado, democrático, gestão moderna, case de sucesso, elenco milionário, com ótimas opções no banco de reservas, campeoníssimo nos últimos anos.

Dentro de campo tudo isto fica demonstrado. Em 5 jogos entre as equipes neste ano, nenhuma derrota corinthiana.

E quando o torcedor imaginava que esta superioridade mais uma vez seria demonstrada, nada disto aconteceu.

O time do Jardim Leonor entrou para jogar – e jogou – como time pequeno. Fechadinho, marcando como podia, dentro das suas limitações.

Do outro lado, o Corinthians parecia um time de coroinhas robotizados. Sem criatividade, sem ousadia, presa fácil diante da marcação adversária, fazendo um inexplicável feijão com arroz sem sal, sem tempero, sem graça, sem nada.

Durante a semana o mantra incutido na mente dos jogadores pelo treinador foi o de “Respeito ao momento do adversário…Respeito ao momento do adversário…Respeito ao momento do adversário…Respeito ao momento do adversário…Respeito ao momento do adversário…

Pois é. Respeitaram tanto que ficaram reprimidos.

Sim, este é o melhor termo que encontrei para o comportamento do time ontem. Reprimidos.

Emerson não pôde ousar, não pôde ser aquele velho malando em campo, Romarinho mais parecia aqueles alas europeus canelas grossas que só sabem alçar bolas na área, Guerrero isolado, pouco explorado, perdido entre os marcadores e somente o nosso setor defensivo mostrava serviço.

Gil, Paulo André e Ralf praticamente perfeitos. Fábio Santos e sua cabeça de vento, caçando a todo momento o 3º cartão amarelo até consegui-lo e Edenilson, perdendo a cada jogo a chance de entrar para a história como um dos melhores laterais.

Guilherme foi praticamente um “segundo-primeiro-volante”, apenas marcando, arriscando-se pouco no apoio ao ataque.

Pato entrou e manteve a fama repentina de “Quase-Gol”.

Renato Augusto e Danilo ainda conseguiram demonstrar alguns lampejos de criatividade e ousadia, mas também não conseguiram mudar o estado de coisas.

Não citamos Cassio, que foi pouco exigido e Danilo, muito abaixa da média neste jogo.

Onze pontos em nove jogos, pouco mais de 40% de aproveitamento, ocupando a 11ª colocação na tabela, a 2 pontos da zona de rebaixamento.

Com estes números seria soberba falar em título.

A meta é atingir primeiramente a zona intermediária, depois o grupo dos 4 e ai sim, se tudo der certo, começar a pensar em conquista de campeonato.

Ocorre que enquanto isto tudo acontece – ou não – os times de time vão jogando e quem sabe, ganhando.

Para o Corinthians voltar a vencer, precisa voltar a jogar futebol de forma competitiva.

Mas com ousadia, alegria, malandragem, soltando os jogadores, deixando que sejam criativos, que busquem a vitória de forma obsessiva, que sejam menos coroinhas e mais moleques de rua.

E você, o que achou do time e de mais este empate.

Comente.

E boa semana a todos!

Anúncios

76 Responses to Na semana do Papa: Bota o empate na conta do Padre

  1. Murilo J. Bueno disse:

    Sempre fui fã do Tite, mas pelo amor de DEUS, já deu né. Se alguém aí sabe o twiter, facebook, endereço ou sei lá o que dele, poderia fazer o favor de mandar o link desse post pra ele dar uma olhada nos comentários e perceber que todo mundo está insatisfeito com o futebol que o time vai apresentando.

    Curtir

  2. Rogério disse:

    Silvinho, a prioridade será a copa do Brasil. Se falhar, lutarão por uma vaga na neurose. Título é detalhe.

    Curtir

  3. PAULO disse:

    O CORINTHIANS QUE FIQUE ESPERTO, COM ESSE FUTEBOLZINHO TAMBÉM PODE CORRER RISCO DE REBAIXAMENTO NESSE BRASILEIRO…

    Curtir

  4. Celso 1° disse:

    Paulo André cutucou o cagão:

    ‘Os atacantes ajudam muito na marcação. Por isso, temos a defesa menos vazada. Talvez tenhamos de ajudar mais também no ataque. Não no sentido de avançar com a bola, mas talvez permitir que eles voltem menos e tenham mais perna para atacar. Também temos que sair com mais qualidade para que os atacantes recebam a bola em condições melhores’, disse o beque.
    http://www.meutimao.com.br/noticia/120363/paulo_andre_sugere_que_atacantes_do_corinthians_marquem_menos
    __________________________________________________________________
    É tudo muito lógico, atacante não pode passar 90% do tempo marcando, isso é burrice do treinador, principalmente quando o time conta com várias opções de muita qualidade.

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Ele disse, (que eu entendi) “A defesa sair jogando mal, entregando na dividida ou para o adversario, mata o meio de campo e os atacantes”.
      Isso é mais velho do que andar prá frente.
      Nossa zaga (Paulo André) quando pega a bola, só tem duas opções:
      1) Passar para o Scheik na esquerda, marcado com o cara colado na bunda dele (como ontem, e todo mundo critica mas não enxerga a marcação dupla, nele e no Romarinho)
      2) dar de lado para o Fabio Santos, que passa para o mesmo Scheik marcado, na dividida, e sai correndo para a frente para tabelar, perde o tempo da bola, e dá contra ataque)

      Os times contra nós hoje, estão colocando marcação dupla nos cantos do ataque, em cima do Scheil e do Romarinho.

      O que tem que aparecer, e ontem o Tite fez isso, é o jogo pelo meio,nas costas dos volantes rivais, que cobrem as laterais.

      Viram o que o Douglas tentou? E o Renato Augusto também?

      Pelas pontas estava impossível jogar ontem.
      Mesmo assim, tivemos chances.

      O que enche o saco, é “pensador de teclado”, achar que o Tite é burro e não enxerga.

      Curtir

  5. Samuel disse:

    Aê Silvinho, para aqueles que nos chamam de corneta quando falamos que o time precisa mudar, deixar a psicose tática de marcação de lado e soltar mais os atacantes, liberando-os de serem laterais, veja o que disse o Paulo André:

    ‘Os atacantes ajudam muito na marcação. Por isso, temos a defesa menos vazada. Talvez tenhamos de ajudar mais também no ataque. Não no sentido de avançar com a bola, mas talvez permitir que eles voltem menos e tenham mais perna para atacar. Também temos que sair com mais qualidade para que os atacantes recebam a bola em condições melhores’, disse o beque.

    Tá aí… só falamos o óbvio, só cego, burro ou muito titemaníaco não enxerga… o time precisa mudar, atacante precisa jogar como atacante, e não como lateral, coisas que Emerson e Romarinho tem feito e por isso são titulares absolutos.

    Treineiro, ou você muda ou mudamos você… nem os jogadores aguentam mais…

    Tá na hora da torcida também parar de tanta paralisia e voltar a ser aquela fiel, que apóia mas que cobra também… esse técnico precisa voltar a entender o nosso recado.

    Valeu!

    Curtir

  6. Popola disse:

    Respeito exagerado ao adversário e Renato Augusto no banco….esses os motivos…

    Curtir

  7. magrão disse:

    E outra, ta na hora do Pato mostrar a que veio, pois se é craque e quer jogar a Copa não pode perder tanto gol assim, vai perder gol assim na PQP.

    Curtir

  8. magrão disse:

    Um elenco, que se dá ao luxo de ter R. Augusto e Pato no banco, ter o pior ataque da competição?? Nos últimos 3 jogos em casa pelo Brasileirão contra timecos (Lusa (lanterna), Galo B (totalmente desfocado em véspera do jogo mais importante da sua história) e SPFW (todo remendado e no pior momento de sua história), não marcamos NENHUM gol, é isso mesmo, nenhum gol. Para se ter uma idéia o Cruzeiro com um ataque comandado pelo pereba do Luan tem 22, até o do coxinha comandado por BILL tem 3 vezes mais q nós. O Sistema de jogo precisa urgentemente ser revisto, ou Guerrero, Sheik e Pato terão o mesmo fim de Liedson e Willian q começaram voando e sairam arrebentados e sem marcar gols. O time é programado para marcar e sair em contra-golpes, quando pega times fechados o plano de jogo cai por terra e o treineiro não tem um plano B. já falei aqui q esse torneio mandraque da RECOPA iria servir para tapar nosso mau futebol, pois ganhamos em cima de um timeco que luta pra não cair e no pior momento da sua história. Vale lembrar que em 2012 o ManjubinhaFC tbm ganhou o Paulistinha e a RECOPA e ao fim do ano lutou até o fim pra não cair. Abre o olho Diretoria, com esse futebol medonho não chegaremos a lugar nenhum.

    Curtir

  9. thiago disse:

    Tá tudo muito manjado. Pela direita, as tentativas de arrancada e tabela do Romarinho; pela esquerda, as triangulações que nunca deram certo na lateral do Danilo, Sheik e Fabio Santos e pelo centro o Guerrero sai lá da área pra vir pegar essa bola de costas, começar as jogadas e assim nunca que vai chegar pra finalizar.

    Defensivamente o time vai bem, mas do meio pra frente tem que se reciclar. Mais velocidade, marcação a pressão como foi feito no primeiro jogo da Recopa, entrada do Renato Augusto, mudança de formação; alguma coisa tem que ser feita.

    O Guerrero não pode vir pegar essa bola no meio campo, tem que ficar lá incomodando os zagueiros. Mas cadê um meia pra vir pegar essa bola do pé dos zagueiros e dos volantes pra começar as jogadas? O Danilo se esconde.

    Enfim, temos um técnico que prima pela defesa, todos sabem disso. Mas ele tem que ter em mente que se o time não sair dessa ‘lenga-lenga’ ofensiva não vai ganhar nem da Portuguesa em casa. Pra isso, treinamento, tem que se reciclar, tem que ter mais gana.

    Curtir

  10. Roberto_sccp disse:

    A verdade é que estamos ficando cada vez mais próximos da zona de rebaixamento e mais longe dos lideres do campeonato.
    Para quem ganha bem, recebe em dia, treina em ct onde tem todas as condições e tranquilidade, joga sempre com estádio cheio, com uma torcida que paga caro para entrar e apoia os 90 minutos. O que temos de real é um resultado catastrofístico estamos no mês 7 e o treinador reclama de cansaço desde a primeira rodada, pior ataque do campeonato o time não consegue ganhar em casa de ninguém.
    A esperança de vitória e de bom futebol fica sempre para o próximo jogo, enquanto isso, vamos ficando felizes por ouvir os jogadores dizer que estão contentes no Timão e querem renovar por mais duas ou três temporadas.
    Jogar bola que é bom eu até agora não vi este ano.

    Curtir

  11. Pablo disse:

    Se o Renato Augusto não entrar como titular quarta, parei com o Tite, tá na hora de cobrá-lo, tá acomodado como alguns jogadores! Rídiculo a nossa posição na tabela pelo o que foi investido.

    Curtir

  12. andre rish disse:

    NÃO DÁ PARA ASSISTIR, O FAÇO POR QUESTÃO DE DOGMA RELIGIOSO… ESQUEMA DE JOGO MEDROSO, NÃO SE CHUTA A GOL, E ARREBENTA COM QUALQUER JOGADOR E COM A PACIENCIA DE QUALQUER TORCEDOR. AS VAIAS JÁ COMEÇARAM!!

    Curtir

  13. João Roberto disse:

    COMO SEMPRE, MUITA CONVERSA FIADA E NADA DE FUTEBOL

    Curtir

  14. Múcio Rodolfo disse:

    1- “Conquistamos títulos, apesar do Adenor, e perdemos títulos por causa do Adenor”. Será?
    2- “Ganharíamos esses títulos com qualquer outro treinador”. Será?
    3- “Com o nosso faturamento, com a nossa estrutrura, com toda tranquilidade que a diretoria oferece e com o elenco que temos era pra ganharmos muito mais campeonatos” Será?
    # Bom. Eu penso que existe a influência do treinador tanto nos títulos conquistados, quanto nos títulos perdidos e não digo que apenas com o Tite teríamos ganho o que ganhamos, mas não vou ao exagero de dizer que ganharíamos com qualquer um sentado no banco. E por fim, não creio que sejamos tão hegemônicos assim, que a nossa superioridade em relação a alguns times seja tão escandalosa que nos permita não se conformar em não ganhar tudo.

    Curtir

  15. Carlos disse:

    Júlio Casares: “sou o pitbull do Juvenal” – Cuecão de courô.

    Curtir

  16. AndersonII disse:

    Quando o time perde ou empata, a gente perde a tesão de entrar no blog. O que chove de chorumelas é uma grandeza.
    O jogo? Jogamos contra o SpBarbies, em crise e por isso tínhamos a “obrigação de golear”.
    Car…….? É isso mesmo?
    Como se do outro lado só existissem postes, com as pernas abertas bem na frente do gol.
    Será que ainda não perceberam que o Corinthians é o ” número one” a ser batido? E que contra nós os jogos valem 18 pontos, para os outros?
    Ontem, o time sufocou as barbies, jogou como time grande, porém perdeu gols feitos como sempre.
    É só. Isso pode ser criticado.
    Mas moleza, falt de vontade, me desculpem os críticos, é puro desequilíbrio.

    Curtir

    • David disse:

      Você só pode ta de brincadeira né!! Na sua visão o time está jogando bem?? Jogamos contra quem ontem?? Contra um time rachado, todo remendado, mergulhado numa crise absoluta e fizemos o favor de ressussita-los!! Parabéns.

      Curtir

  17. Ernesto de Minas disse:

    Eu quero que o empaTite vá tomar no cú. Bosta. Bundão. M-E-R-E-C-I-M-E-N-T-O. do caralho. 40% de aproveitamento é merecimento?

    Curtir

    • Ricardo de Lima disse:

      Ernesto … Depois de ontem, faço minhas suas palavras … o corporativismo que ele faz com o time está broxando todos reservas.

      Curtir

  18. Múcio Rodolfo disse:

    Quarta-feira a gente ganha do Gêmio. Não sei por que cargas d’água esse time se especializou em decepcionar a torcida num jogo e surpreendê-lo em outro. Depois do “vexatório” empate diante do Vila Sonia, talvez poucos acreditem na vitória diante do time gaúcho que vem fazendo uma campanha bem mais respeitável. Bem. No Mundial não fomos tão bem contra aquele time Egípcio, mas contra o Chelsea jogamos bem mais. O que eu acho engraçado é que este time consegue fazer partidas “atípicas”: Chiqueirense (embora tenha empatado, achei que o time foi bem), as duas da decisão contra o Manjubinha, o segundo jogo contra o Boca e aquela partida contra o Tijuana. Deste, por exemplo, só ganhamos apenas por 3×0 porque a arbitragem interferiu. Nem vou falar do jogo do Boca. Essas partidas podem ser exceções, mas mostram que o time -a despeito da escalação- pode jogar de forma mais ofensiva – e a despeito do técnico também.

    Curtir

  19. Samuel disse:

    Silvinho, antes do jogo começar comentei com meu irmão, que em determinados jogos a preleção teria que ser dada pelo presidente, e não pelo treineiro.
    Esse seria um desses. O mantra do treineiro que você citou já me deixava nervoso antes do apito inicial. E se confirmou logo com uns 5 minutos de jogo.
    Esse jogo era aquele que os jogadores teriam que entrar com a confiança lá em cima, com a certeza de que somos melhores e por isso iriamos trucidar as meninas.
    O grito da torcida ilustrava isso, com a fantástica adaptação do “essa noite teremos que ganhar” para “dessas bichas teremos que ganhar”.
    Mas o discurso respeitoso ao extremo do treineiro travou os jogadores.
    Falei que da forma que o jogo estava, caminhando para o zero a zero, estava do jeitinho que o treineiro sonhou, pois assim poderia vir com seu discursinho , demonstraria seu “conhecimento” do futebol com o surrado “eu não disse”, e o ponto alto, poderia sair abraçadinho com o técnico adversário, numa demonstração de respeito, um de seus maiores prazeres.
    Tenho pra mim se o Corinthians ganhasse ontem de uns 4 a 0 com olé o treineiro nem daria entrevista coletiva de tão contrariado.
    Vimos esse discurso no jogo contra o boca lá na bombonera, e deu no que deu.
    É foda ficar malhando o técnico, porque ele não é péssimo e somos gratos por tudo que conquistou, mas é mais foda ainda ver que ele não muda, não reconhece que precisa melhorar, que precisa se reciclar, e principalmente, que precisa deixar esse time jogar.
    O que ele faz com o Pato é crueldade. Mantém o cara na reserva, coloca ele só 20 minutos por jogo, e o isola no ataque. E mesmo assim ele apesar de não empolgar cria as melhores chances da equipe, e como prêmio volta para a reserva.
    Tá fazendo o mesmo com Renato Augusto.
    Emerson, que gostamos e poderia ser muito mais útil se voltasse a jogar como atacante, só está garantindo sua titularidade porque esperto faz o que o treineiro quer, corre e dá carrinho mas não produz nada de efetivo.
    Romarinho idem.
    Assim não dá.
    Já ganhamos tudo, temos uma equipe confiante e entrosada e em perfeita sintonia com a torcida. Tá na hora de soltar mais, de ousar mais, de jogar bola.
    Renato Augusto tem que ser titular. Pato tem que ser testado ao lado do Guerrero. E até o Douglas, que ontem fez os melhores 15 minutos da sua carreira, também poderia ganhar chance.
    Imagine o time no mesmo 4-4-2, com Guilherme e Ralf voltantes e Douglas e Renato Augusto na armação, e lá na frente Guerrero e Pato… time dos sonhos de 10 em 10 técnicos do país.
    O paneleiro tem medo de tirar os donos do time, mas para isso tem que ter diretoria e enquadrá-lo. Amplos poderes não terminam bem, e estamos correndo o risco de queimar vários ótimos jogadores porque o técnico tem medo de sacar quem está pior em campo.
    E pra concluir, se o treineiro não demonstrar mudança, e já que ele mesmo já afirmou que o ciclo termina no fim do ano, que se antecipe e dê a chance de outro técnico fazer o melhor time do país jogar a bola que dele se espera.
    Valeu!

    Curtir

  20. Ronx disse:

    O time tá sem “tesão”!! Fato!! Por incrível que pareça, os kra ficam sem “tesão” de jogar, ganhando 500 mil a cada 30 dias. Romarinho é um jogador que faz uma jogada boa aqui, uma ali, mas é muito desfocado e desoncentrado. O Emerson parace sem “tesão” tb. O Danilo tb parece meio sem vontade, apesar do talento dele aparecer muito durante o jogo e faze-lo “compensar” como titular. O Guerrero tb parece sem vontade de ganhare fazer gols. O Edenílsom tem que jogar no lugar do Paulinho. Chega melhor no ataque que o Guilherme.

    Curtir

  21. Claudio Marques disse:

    A meu ver são questões pontuais que devem ser urgentemente corrigidas! O Corinthians se acostumou a segurar os laterais porque volta e meia o Paulinho aparecia como elemento surpresa e decidia. Paulinho foi embora, Guilherme não tem as mesmas características. Então os laterais tem que triangular com os atacantes e meias e ir ao fundo e não ficar dando chuveririnhos e chuveirões. Para isso é preciso que a zaga seja rápida, situação em que o Paulo André não se encaixa. Que entrem Chicão ou Cléber.
    O Tite tem a mesma mania do Mano de fazer os meias cair pelos lados (o Renato Augusto já tem jogado de lateral/ponta esquerda). O coitado do Guerrero faz o pivô pra ninguém! Tem que ter um meia centralizado e adiantado (o ideal é o Renato Augusto) para tabelar com o Guerreiro que deve ficar mais na área.
    O Guilherme e o Renato Augusto devem finalizar mais de fora área.
    E pelo amor de Deus, diretoria, cobrem do Tite porque a nossa bola parada é tão inferior à dos adversários! Isso faz muita diferença num campeonato longo.
    Futebol é momento e neste momento eu escalaria: Cassio, Alessandro, Chicão, Gil e Fábio Santos, Ralf, Edenilson, Douglas e Renato Augusto, Alexandre Pato e Guerrero.

    Curtir

  22. Guilherme Alvaro disse:

    Eu nao reclamo das chances perdidas por Pato e Romarinho, sabe porque? O time não joga pra ganhar, não joga no ataque, quando sai uma finalização é por jogada individual e nunca ensaida, ou seja em raros momentos.

    O time jogando em casa contra um time em crise e de 07 derrotas seguidas vai e me joga com essa vontade?
    Ate o Bayern que foi campeao de tudo, Borussia que so nao ganhou a Champions, eles mudaram sua forma de jogar, pois uma hora ou outra você fica previsivel, ja o Corinthians ainda joga com atacantes voltando ate a area de defesa, com seu Guilherme não passando da linha do meio de campo.

    Esse papo de que o time ganhou tudo e é dificil ficar motivado para ganhar denovo é balela, recebe em dia, faz um bom tempo que não tem protesto mesmo em derrota no pacaembu, se os jogadores não estão dando seu maximo então é trabalho do treinador isso.

    Curtir

  23. paulomonteiro disse:

    Renato Augusto banco…ME RE CI MEN TO ou LA DA I NHA IN CO E REN TE? e não adianta perguntar pq ele é liso nas respostas

    Curtir

  24. Marcelo Matheus disse:

    Por qual motivo o Seo Adenor perde 2 grandes oportunidades incriveis?? : Uma de enterrar de vez as gazelas presunçosas ! e a segunda mais importante sair do meio desconfortável da tabela; respirar e almejar titulo. TITE, é melhor se coçar rapidinho e jogar serio cada partidinha como uma FINAL pois jorge henrique e paulinho já se foram !!

    Curtir

  25. Leandro Ramalho disse:

    Faltou ousadia. Com um primeiro tempo amarrado por causa do esquema de meio campo travado do adversário, começa o segundo tempo mais pra cima. Dia ideal para entrar com Guerrero, Pato e Emerson. Ralf, Danilo e Renato Augusto. Já que o Fábio Santos não acerta um cruzamento mesmo, segura ele mais atrás com os dois zagueiros. Libera o Edenílson. Porra, Tite, fica difícil te defender assim.

    Curtir

  26. Marcelo Matheus disse:

    O mais incômodo e emblemático gesto de solidariedade as Madames ex-glamuretes da V. Sonia, foi o abraço interminável do tecnico dp SPFW , ao término da partida, sorrindo de orelha a orelha, e a cara de m* do Tite. Pareciam parceiros se congratulando pelo ” excelente ” resultado. Por favor Adenor !! um pouco mais de ousadia pra não queimar seu curriculo histórico no PSJ. AKI É CORINTHIANS pO** !

    Curtir

  27. Luiz disse:

    Corinthians ganha: aparecem os que defendem “Tite para sempre”!
    Corinthians deixa de ganhar: aparecem os que defendem “qualquer coisa, menos o Tite!”. Neste fórum, destaca-se este grupo.

    Seguem algumas sugestões, gostaria de saber a opinião de vocês:
    – Precisamos reaprender a jogar com os laterais. Não considero o problema nos jogadores em si (Alessandro e Fábio Santos), mas o esquema de jogar com pontas e estes sempre receberem a bola de costas para marcação já tá muito manjado. E quando conseguem passar pela marcação, sofrem falta (teve jogador do 5PFC com cinco faltas e nem cartão levou).
    – Por falar em faltas, já que é uma constante em jogos contra o Coringão, temos que melhor aproveitá-las. Nem lembro o último gol de falta que marcamos.
    – Antes tínhamos o Paulinho como elemento surpresa; mesmo o Guilherme jogando bem, ficamos mais previsíveis. Reforça a sugestão sobre os laterais. E quanto aos 4 homens de frente (com RA ou Pato, independe), tem que haver mais movimentação. Por exemplo, o Danilo tem facilidade para finalizar, ele tem que aparecer mais na área, trocando de posição com o Guerreiro. Tem que confundir a marcação.
    – Ganhamos força na marcação, com Guilherme e Gil, mas perdemos muito na saída de bola sem o Chicão. O Gil é incontestável na marcação, tem ajudado e muito o Edenilson neste aspecto. Mas não pode ficar dando chutão toda hora! Tem que melhorar a saída de bola. Uma coisa é jogar com seriedade, outra é mostrar displicência em fundamentos básicos: dominar a bola e tocar.

    São mudanças que levam tempo, mas uma hora tem que começar. Jogadores para isso tem.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Tirando o Chicão, qual é o jogador nosso que se mostra um especialista em tal fundamento? Não temos no elenco um cara que nem o Zenon e o Marcelinho Carioca.

      Curtir

      • Luiz disse:

        Não entendi Múcio.
        Talvez eu não tenha sido claro. Muitos chutões são feitos sem necessidade. Mesmo sem marcação próxima, nossos zagueiros tem chutado a bola sem direção. Algo que o Chicão não costumava fazer, longe disso.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo disse:

          Eu me referi a “seca” dos gols marcados em cobrança de falta.

          Curtir

          • Luiz disse:

            ah sim. Certamente não temos um Zenon e nem um Marcelinho. Mas é possível fazer gols sem esses caras de vez em quando! O Marcelinho era todo mês, hoje fazemos um por campeonato. Mas vai melhorar … contra o Grêmio vai sair um, só pq fui corneta! rs

            Curtir

  28. O Dani L disse:

    Ao termino da 9 rodada o atual lider é o time de melhor ataque (Cruzeiro). O segundo colocado é o time de segundo melhor ataque (Internacional). Coincidência ?

    Mas a nossa filosofia prioriza o aspecto defensivo. Com atacantes que marquem e acompanhem o lateral adversário.

    E os dois artilheiros do time no ano (Pato e Guerrero). Não jogam juntos.

    E a culpa é que o São Paulo jogou somente para se defender.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      O Dani. Em 2011 quando o Corinthians terminou a nona rodada na liderança do campeonato, ele tinha o melhor ataque? Em 2011, o Corinthians marcou 53 gols e tomou 36 gols. O melhor ataque do campeonato foi do Conveniense: 60 gols. No entanto, sua defesa foi vazada 51 vezes. O segundo melhor ataque foi do Urubuzento, que marcou 59 gols, mas sofreu 47. O Corinthians marcou 7 gols a menos que o Conveniense e 6 gols a menos que o Urubuzento. No entanto, tomou 11 gols a menos que o time da Gâvea e 15 a menos que o das Laranjeiras. Creio que isto explica porque fomos campeões e porque um ficou em terceiro e o outro em quarto lugar. O nosso sistema defensivo foi fator importante na conquista do título. Também em comparação ao Vasco, que marcou 4 gols a mais e sofreu 4 gols a mais, porque o esquema nos permitiu 2 vitórias a mais que o advesário – a maioria na base do 1×0 e 2×1.

      Curtir

      • magrão disse:

        Então vc acha normal um elenco, que se dá ao luxo de ter R. Augusto e Pato no banco, ter o pior ataque da competição?? Nos últimos 3 jogos em casa pelo Brasileirão contra timecos (Lusa (lanterna), Galo B (totalmente desfocado em véspera do jogo mais importante da sua história) e SPFW (todo remendado e no pior momento de sua história), não marcamos NENHUM gol, é isso mesmo, nenhum gol. Para se ter uma idéia o Cruzeiro com um ataque comandado pelo pereba do Luan tem 22, até o do coxinha comandado por BILL tem 3 vezes mais q nós. O Sistema de jogo precisa urgentemente ser revisto, ou Guerrero, Sheik e Pato terão o mesmo fim de Liedson e Willian q começaram voando e sairam arrebentados e sem marcar gols.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo disse:

          Magrão. Se vc ler um outro comentário que eu fiz, verá que eu defendo o Pato como Renato Augusto como titular. Eu não acho normal um time como o do Corinthians ter o pior ataque da competição. Só que, ao meu ver, não se pode analisar uma filosofia de jogo por uma fase.

          Curtir

  29. Wilson Timão disse:

    Resumindo: os bambys jogaram como time minúsculo com três volantes, um meia e dois atacantes de marcação e o Corinthians foi a mesma cagabilidade de sempre.

    Só o Tite e amigo Anderson não querem mudanças. Eu nem quero mudança de técnico, eu quero é que o técnico mude o time ou a forma de jogar de acordo com o adversário. Jogo em casa, jogo fora, time grande, time pequeno, time desfalcado, time em crise… mas não, o Corinthians é sempre a mesma receita de bolo, a mesma previsibilidade.

    Ontem era dia para uma goleada histórica. Surpreender, ir prá cima com três atacantes, um volante fixo e sem essa podar as características naturais dos jogadores. O Emerson jogando como freira não serve nem para o XV de Piracicaba.

    Tinha que entrar com Ralf, Renato Augusto e Danilo; Pato, Guerrero e Emerson e é claro iberar o Sheik para deitar e rolar em cima dos bambys, enfiar caneta e zuar que as gazelas iriam terminar o jogo com no máximo 8 jogadores, cabeça fervendo, crise fudida e uma sacola de gols na bagagem para a Europa.

    Curtir

    • AndersonII disse:

      Amigo Wilson. Se o time jogar aberto, nós voltamos a levar sacodes como nos tempos do “ofensivo” Adilson Pardal.
      E, ontem se tivesse jogado aberto, teríamos perdido o jogo, para as bonecas.
      Não pense que “jogar pra cima” é coisa fácil de fazer como escrever na net.

      Curtir

  30. Tite está há 3 anos no Corinthians e desde que ele chegou, o time tem dificuldades em superar defesas fechadas. Não sei se reclamar do adversario é o melhor caminho.

    Posto aqui um video que pra mim é didatico sobre movimentação ofensiva. Isso ai é fruto de treinamento…

    Curtir

    • Carlos Dias disse:

      Aí tem uma pequena diferença, o lateral esquerdo de 2009 sabia cruzar e sabia fazer gols, coisa que hoje não temos

      Curtir

  31. O Dani L disse:

    Nao sei porque alguns jogadores do Corinthians estao reclamando da postura do Sao Paulo. O Corinthians quando joga fora de casa, independente do adversario, joga para não perder. Ou seja, joga da mesma forma.

    Porem acho estranho o time jogar com dois pontas (Romarinho e Sheik) para marcar os laterais de um adversario que não tinha proposta de ataque. Ok. O velho discurso do me-re-ci-men-to.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Certa vez o Corinthians empatou com o Vila Sonia e o Telê disse que o adversário jogou pra não perder. Se não me engano o Basílio, que era nosso treinador, disse: “ele cuida do time dele que eu cuido do meu” Então, os nossos jogadores não tinham nada de questionar o esquema do adversário.

      Curtir

  32. Ewerton Silva. disse:

    SE conseguirmos ficar entre os 4 primeiros, já será uma grande vitória. Não acredito em título.

    Curtir

  33. Marco Henrique disse:

    Nosso time é retranqueiro, o aspecto defensivo está sempre em primeiro plano na cabeça do nosso treinero, ontem mesmo seria um jogo para jogar para cima buscando o resultado no entanto o era comum ver o Romarinho e o Emerson lá atrás dando voadora na bola para afastar jogadas sem perigo do adversário e os nossos centroavantes no meio de campo cercados por três marcadores, se puxar nas estatísticas acho que o cruzeiro tem mais gols do que o Corinthians finalizações, assim fica difícil ou quase impossível de almejarmos algo nesse campeonato.

    Curtir

  34. RVB disse:

    Renato Augusto no banco?

    “CA – GA – BI – LI – DA – DE”

    Simples assim!

    Curtir

  35. Celso 1° disse:

    Minha geladeira ta cheia de cerveja ainda, começei a comemorar a goleada logo cedo, bem antes do jogo começar, mas quando o jogo terminou fiquei p da vida e parei.

    Em 2011, houve muito pressão da fiel pra podermos ser campeões “na marra”??? No momento não há pressão alguma, no paca o cara perde a bola e quase ninguém grita pra recuperar, tudo numa calma monstruosa.
    O time mais importante do Brasil (com melhor estrutura física, melhor ambiente para um treinador trabalhar, super profissionais a disposição, muito dinheiro gasto em reforços, mega elenco, mística, torcida inigualável lotando estádio e apoiando 90 minutos, ufa! etc…) tem 36% de aproveitamento, pior ataque disparado, não ataca de forma alguma, joga amarrado marcando sem parar com atacantes nas intermediárias SEMPRE e o treineiro não é lembrado???

    Em 2011 fomos campeões nos pontos corridos na base da pressão, pra compensar o pós tolima, este treineiro é um cagão.
    HOJE NEM O TREINEIRO ARRUMOU DESCULPAS, acabou o repertório. Jogo passado, por ex, culparam a chuva, mas nos 5 primeiros minutos não teve chuva, o time jogou feito o caxias, foi pressionado por um time muito inferior e sofreu gol, a verdade foi essa, mas a versão oficial do treineiro “foi a chuva”
    Quando começa a Copa do Brasil?? lá sim teremos chances, tiro curto e o treineiro da pra ir levando nas coxas, tudo no limite como ele gosta, ja que “sobrar”, golear, abrir vantagem não é a dele, afinal ele chama a liderança de “MONSTRO”.
    Viva o G13!!! Viva o “Santo Jumentite”!

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      Completando, se a torcida não voltar a cobrar (sem violência, claro), pegar no “pé” do treineiro PRINCIPALMENTE, exigir o titulo faremos uma campanha ridícula, aliás ja estamos fazendo.

      Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      Celso se “pressão” ganhasse campeonato, o Corinthians seria campeão brasileiro em 2000. Pois depois de ser eliminado no paulista, na Copa do Brasil e na Cucaracha aquele time era “obrigado” a compensar tais vexames. O que precisa é haver mais cobrança da torcida. Deixar de aplaudir o time depois de um empate em casa, por exemplo.

      Curtir

      • Alexandre disse:

        Em 2000 Tinhamos ganho o Mundial… E a Copa João Havelange foi uma bagunça… nem tinha rebaixamento (Pra nossa sorte).

        Curtir

      • Celso 1° disse:

        Pressão é simplesmente gritar no paca “temos que ganhar o título” “ataca” etc.
        Isso é um pressão, nada de ficar aplaudindo resultados péssimos sem questionar nada o que o treineiro faz.

        Curtir

  36. Jeferson José disse:

    Algumas constatações:

    – romarinho ainda precisa treinar muita finalização e de quebra precisa fazer mais musculação….até uma criança de 10 anos consegue chutar com a força que ele chuta;

    – pato idem;

    – o guerreiro ainda não apareceu em 2013….o banco de reservas faria bem para ele;

    – fábio santos sonha em ter seu nome posto em uma avenida;

    – sheik só joga em decisão;

    – nosso esquema já tá manjado, até as meninas parece que aprenderam a nos marcar.

    ACORDA PRA VIDA ADENOR !!!!!!!!!!!

    DESSE JEITO NEM VAGA PRA LIBERTADORES O TIMÃO VAI CONSEGUIR.

    Curtir

  37. Jorjão disse:

    Bota na conta do Pato, de novo… Artilheiro com o salário dele, não pode perder um monte do gol na cara…

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      O time joga amarrado (como se fosse um time pequeno com um elenco fraco) não produz, não finaliza, os atacantes marcando feito volantes com raríssimas chances e a culpa é do Pato???

      Curtir

      • Filipe disse:

        Claro que é. O adversário jogando a vida, todo fechado, quando sobra uma na cara do gol tem que fazer. Ainda mais se tratando de um atacante de 40 mi. Contra o a-pr tbm perdeu um gol incrível.

        Curtir

    • Wilson Timão disse:

      O Pato não é Tupazinho, não é jogador talismã. O Pato é craque é jogador para começar jogando. Se for para colocar 10 minutos para queimar é mais honesto mandar embora, vender, doar, trocar. O Tite tá queimando o cara para ganhar o grupo.

      Se não estou enganando os três últimos gols do Corinthians no campeonato foram marcados pelo Pato. E como merecibilidade ele ganha banco.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo disse:

        Tá certo. O Pato foi o autor dos nossos três últimos gols e, além disso, ele é o nosso vice-artilheiro. Razões pelas quais não se justifica ele estar no banco.

        Curtir

      • Celso 1° disse:

        Pois é, Pato é jogador para jogar 90 minutos, pois ele sempre cria muitas chances de gol, tabelas, matadas de bolas, arrancadas e a probabilidade dele marcar é grande.
        Ja vi muitos jogos dele no Milan onde detonava, principalmente nas 2 primeiras temporadas.Lá ele também perdia gols, só que fazia muito, mas muito mais e a torcida do milan nem reclamava de algum lance perdido tamanha movimentação que ele dava ao ataque.Pato é daquele que perde um gol e logo esta la na área criando ou se posicionando pra marcar o gol, não é atacante pereba que se abate. Pato é um craque, não tenho dúvidas disso, mas no comando do time tem um motorista barbeiro que só anda a 80km/h pensando que tem um fusca.

        Só lembrando que ele vinha bem, fazendo gols, bem entrosado, mas devido a uma lesão de 10 dias voltou no banco, pois este treineiro cagão tem este critério absurdo de que titular que se contunde volta no banco, AFFF!

        Curtir

  38. Marcus disse:

    O que não entendi até agora foi tirar, contra um time todo recuado, 2 atacantes(Emerson e Guerreiro) e colocar um meia(R.Augusto) e um Atacante(Pato). Por que nao deixou pelo menos 2 atacantes em campo? Será q o sao paulo tava tao perigoso assim pra termos q recuar o time?

    Curtir

  39. Alvaro disse:

    O jogo foi uma bosta, fico preocupado com a dependência que o time tem do Danilo um jogador de 34 anos, quando ele é marcado o jogo não flui, ontem a ousadia ou surpresa deveria ser o nosso 2º volante, mas vai que por o Renato ali e o time me perde,, ai ficaria mais feio, precisamos de 2 laterais com urgência, o Edenilson joga muito mais de 2º volante, quebra apenas um galho ali e quando sobe fica uma avenida em suas costas, contra o Atletico M o Bernardo tinha muita espaço ali.
    Emerson e Romarinho estão correndo demais, mas é pouco, devem ser opções para o 2º tempo, para colocar correria no adversário, o quarteto ofensivo tem que ser Renato, Danilo, Pato e Guerrero, o problema é quem desses vai marcar o lateral adversário

    Curtir

  40. Múcio Rodolfo disse:

    1- A sorte nossa é que do outro lado não havia nenhum Betão. Já imaginou, os bambis interrompendo uma série de vitórias exatamente contra nós? Eu não sei se vcs se lembram mas em 2000 interrompemos uma série de derrotas exatamente contra eles.
    2- Já dizia Givanildo, no remoto ano de 1970, que jogar contra time retrancado é duro; contra time grande retrancado é pior ainda. A gente não pode ignorar que os bambis tem algns bons jogadores para cumprir o papel que o técnico deles propôs.
    3- Ao Corinthians faltou mais objetividade, mais ímpeto, mais vontade de ganhar. Ontem desanimou. Time “marasmático”. E não tem de ser assim porque este time já demonstrou em outras oportunidades que podem ser um time contundente, envolvente. Podemos mais do que isso.
    4- Acho que a diretoria deveria solicitar a edição de um vídeo sobre a nossa campanha em 2011 para o treinador e os jogadores recordarem que conquistar um campeonato de pontos corridos também é prazeroso e não somente os de mata-mata. É preciso que se recupere o tesão de disputar pra ganhar este campeonato.
    5- Eu concordo quando vc diz que é primeiro preciso pensar em atingir a posição intermediária da tabela, depois pensar em encostar nos líderes e, por fim, aspirar o sexto título. Não é impossível. Ontem, por exemplo, o Entregacional perdeu para o Náutico e, lá na frente, vamos ver times de ponta perdendo pontos bobos tal como perdemos. Isto vai ser mais difícil de acontecer na reta final. Só que o Corinthians precisa começar a fazer a parte dele. O mais rápido possível.
    6- A meritocracia do Adenor já foi melhor. O Pato foi o autor dos três últimos gols do Corinthians. O Renato Augusto vem sendo um dos nossos melhores jogadores. Então, por que deixá-los na reserva? O nosso ataque deveria ser Danilo, Renato Augusto, Pato e Guerrero. Foi com esta formação que fizemos os melhores jogos da Cucaracha Cup.
    7- Quarta-feira o Fábio Santos não joga. Espero que o Adenor não invente de improvisar o Alessandro por ali.

    Curtir

  41. Fábio Augusto disse:

    Pô, mas acho que é natural. Quantas vezes o time se comportou como corinha ? Houve isso numa decisão ? A questão é que a falta de vitória está sendo agora um “obstáculo bom” pros caras ultrapassarem.

    Curtir

  42. Vinicius disse:

    fora tite

    pelo amor de deus não aguento mais ver meu Corinthians jogar dessa forma NOJENTA.

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      Infelizmente tudo o que o corinthians tem a disposição, estrutura física e profissional, torcida, mística, mega elenco, muita grana pra comprar vários reforços, fica subutilizado por este treineiro bundão, covarde.
      Ta com cara de mais um título perdido por culpa deste treineiro (sim ele perdeu vários titulos por causa de suas cagadas, mas pra muita gente ele “só ganhou”, esquecem das borradas nas calças deste treineiro).
      Nosso real potencial somente vai ser testado no dia que este treineiro F%$#$# for embora.
      E quando ele sair do corinthians, pegar um elenco fraco ou apenas bom e sem reservas em outro time, voltará a ser o que era, sendo demitido 3x por ano, zombado pela crônica esportiva, xingado por torcedores etc.

      Ganhamos alguns títulos apesar dele e perdemos títulos por causa quase exclusivamente dele.

      FORA TITE, O CORINTHIANS MERECE UM TREINADOR MELHOR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Curtir

      • Marcos disse:

        “Ganhamos alguns títulos apesar dele e perdemos títulos por causa quase exclusivamente dele”. Frase lapidar! Infelizmente a maior parte da torcida e a totalidade da imprensa bovina, ainda não enxergaram este “pequeno detalhe”.

        Curtir

      • valdir disse:

        Pena que o único técnico, que
        pode assumir o time nesse
        momento, está empregado nos
        mulambos,o Mano,Fora ele eu
        não vejo ninguém…

        Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: