Paira sempre sagrada bandeira

20130830-200324.jpg

7 respostas para Paira sempre sagrada bandeira

  1. Geraldo disse:

    Parabéns, Corinthians!

    De modo incondicional, sem apesares, ontem, hoje e sempre!

    Curtir

  2. Celso 1° disse:

    Amanhã o maior clube do país estará em festa pelo seu aniversário.
    Como é bom ser louco pelo coringão!!!!!!!!!!!!
    Que o cagão não estrague isso amanhã, temos que vencer pro dia ser perfeito.
    VAI CORINTHIANS, APESAR DO CAGÃOTITE!!!!!!!!!!!!!!!1

    Curtir

    • Geraldo disse:

      Aproveitando o ensejo…

      Um banquete para os “Guardiolas do Teclado” e “corintianos” sem “h”, que dizem achar “chato” assistir às partidas do Timão da Fiel, atual campeão do mundo:

      Bayern x Chelsea (nosso vice mundial). Guardiola x Mourinho. Campeão da Champions x Campeão da UEFA, pelo título da Supercopa (a Recopa deles).

      Porém, NÃO TEVE CIRQUE DU SOLEIL.

      Pelo contrário, foi o encontro entre dois times altamente competitivos e de grande consciência tática, com a totalidade dos jogadores imbuídos da necessidade de combater o adversário que estivesse com a posse da bola, e de participar da composição defensiva.

      NÃO HOUVE CHUVA DE GOLS. Cada time fez 1 gol nos noventa minutos e acréscimos, e mais 1 gol na prorrogação.

      O Bayern do Guardiola real teve maior protagonismo no campo ofensivo, menos por convicção tática ou estética, e mais pelo fato de ter ficado a maior parte do jogo atrás no marcador.

      O Chelsea do Mourinho real lembrou, em vários momentos, do Juventos – não a Juventus de Turim, onde hoje joga Carlitos Tevez, mas o “Moleque Travesso” do “Rei da Retranca”, Milton Buzetto; devido, principalmente, ao fato de ter passado grande porcentagem da partida à frente no marcador e, ainda por cima, ter ficado com um jogador a menos, expulso, em parte do segundo tempo e em toda a prorrogação.

      OSCAR, menino-craque formado no CCC – Criadouro de Cervídeos de Cotia (financiado com incentivos fiscais vinculados à contrapartidas sociais – ainda inexistentes), armador na Seleção Brasileira, exerceu, na maior parte do tempo, a função de LATERAL DIREITO, mesmo quando o Chelsea ainda contava com 11 jogadores.

      O título foi definido na decisão por pênaltis, ao cabo da qual sagrou-se campeão o Bayern do Guardiola real – um dos poucos técnicos do mundo a poder ostentar, em seu currículo, conquistas de campeonato nacional, continental, mundial e recopa continental (porém, com a lacuna de não ter tido oportunidade de disputar e conquistar um campeonato estadual).

      Em suma, foi uma decisão que agradou a quem gosta de futebol (MAS NÃO AOS FÃS DO CIRQUE DU SOLEIL): tensa, intensamente disputada, entre dois times compactados e de formidáveis sistemas defensivos (ou “CAGALHÕES”, como alguns preferem, de maneira tosca e pueril, definir).

      Curtir

  3. AndersonII disse:

    Parabéns Corinthians! Parabéns eu, e nós.

    Curtir

  4. Denis Nunes disse:

    É muito maior que os outros.

    Curtir

  5. Oldano Carvalho disse:

    Lindo Pavilhão Alvinegro…

    VAI CORINTHIANS!!!

    Curtir

  6. Marcão de Londrina disse:

    Parabéns Corinthians, meu amor!!!
    Mais um ano de vida, e de glórias!!!

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: