Nascer negro é Consciência.Ser negro é Consciência

Do Geledés:

Clique aqui para link da matéria

O Dia Nacional da Consciência Negra homenageia e resgata as raízes do povo afro-brasileiro e é comemorado no Brasil no dia 20 de novembro. Esta data foi restabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003, porque coincide com o dia 20 de novembro de 1695, dia da morte de Zumbi dos Palmares, grande líder da resistência negra e da luta pela liberdade, autor da célebre frase: “Nascer negro é conseqüência, ser negro é consciência”.

Este dia é dedicado de modo especial à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e sobre a influência do povo africano na formação cultural do nosso país. Desde o Brasil colônia até a atualidade a influência dos negros africanos foram muitas, sobretudo nos aspectos religiosos, políticos, sociais e gastronômicos. Ao longo da nossa história, as crenças, as danças, o vocabulário, a culinária, o folclore e tantas outras coisas, foram sendo incorporadas à nossa cultura.

Buscando valorizar a cultura afro-brasileira, comemoramos essa data nas escolas, entidades, espaços culturais e em outros locais. Há ainda entidades como o Movimento Negro (MN) que organiza eventos educativos, palestras e atividades culturais visando principalmente às crianças negras. De diversas formas, procura-se trabalhar a auto-estima e o senso de valorização pessoal, evitando o desenvolvimento do auto preconceito, que faz com muitos se sintam inferiores perante a sociedade. Outros temas ganham evidência e são levados a debate, como a inserção do negro no mercado de trabalho, a questão das cotas universitárias, o preconceito racial e a questão da diferenciação salarial.

Mas qual é a situação dos negros no Brasil atualmente? Ainda é possível ver os reflexos da história de desigualdade e exploração da população negra. A maioria dos negros no Brasil pertence à classe média baixa. Eles sofrem com o racismo e com freqüência são vítimas de humilhações de várias formas na sociedade.

Segundo pesquisas do IBGE (ano 2000) os afrodescendentes têm menos acesso à Previdência Social e conseqüentemente menor esperança de sobrevida no país, vivem em média 15 anos menos que os brancos. Em todo o país, a expectativa de vida dos negros de ambos os sexos é de 67,03 anos.

As famílias brancas têm a renumeração com o salário médio de 5,25/h e as famílias de negros 2,43/h, ou seja, os brancos ganham mais que o dobro do salário da família negra. Hoje o programa Bolsa Família é um dos principais responsáveis pela redução nas desigualdades sociais, sendo que 24% das famílias chefiadas por afrodescendentes (7,3 milhões) estão cadastradas no programa do governo federal.

Temos no país uma lei que obriga as escolas a ensinarem temas relativos à história dos povos africanos em seu currículo. Nas últimas décadas tivemos muitos avanços na área da educação, com o declínio do analfabetismo e aumento da escolarização e da escolaridade média, mas há muito que ser feito para alcançar níveis melhores de qualidade, eficiência e rendimento do ensino compatível com as necessidades atuais e futuras para o mercado de trabalho e o exercício da cidadania para a população jovem negra. No ensino fundamental, a escolaridade dos brancos é de 6,7 anos e dos negros é de 4,5 anos, ou seja, os negros saem da escola antes do tempo para ajudar a família na renda familiar. No ensino superior, nem as cotas raciais fizeram crescer de forma significativa o acesso de negros e pardos às universidades brasileiras.

Há ainda muito que se fazer para oferecer aos afro-brasileiros pleno acesso aos seus direitos humanos fundamentais, à liberdade de expressão e à igualdade racial. Para que ocorram significativas mudanças é necessário um esforço em conjunto das esferas federais, estaduais e municipais, assim como dos movimentos sociais e da sociedade civil como um todo.

Fonte: Paraná Shop

Anúncios

29 Responses to Nascer negro é Consciência.Ser negro é Consciência

  1. RENATO77 disse:

    O sofrimento dos judeus durante a segunda guerra, por talvez dez anos de persehuições, até hoje é retratado por longametragens, exposições, museus e tudo mais…NINGUÉM questiona..
    feriados catolicos, para catolicos e NÃO catolicos…ninguém questiona.
    A escravidão, durou 300 anos, fora os anos seguintes e suas consequencias…QUATRO milhões de negros retirados a força de suas terras para trabalharem como escravos na produção em um país estranho…cria-se um feriado e…pronto…uma revolta…
    Alguém é “cliente” de um médico negro? Dentista? Advogado?
    Eu tive apenas um professor negro…
    Minha filha estuda em colégio de rico, aqui na baixada, tem apenas uma colega de classe que é negra… que é filha de funcionário.
    Esperar que toda essa diferença fosse equilibrada “naturalmente”…investindo em escolas?…demoraria mais 300 anos.
    Não sou negro, descendente de italianos, mas sou totalmente favoravel à cotas.
    Abraço.

    Curtir

  2. RENATO77 disse:

    Porque é feriado, em 47 min.

    Curtir

  3. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    Falar sobre preconceito é complicado, pois somente quem o sofre sabe o quanto dói. Ja fui vitima de preconceito religioso por exemplo, e garanto que não é nada agradável.

    Outra coisa complicada é dizer que somos miscigenados e que por isso não deveria haver a diferenciação com cotas, feriados par essa ou aquela raça. Tambem tenho essa opinião, cotas por exemplo deveriam ser sociais e não raciais, má o grande problema é que mossa história é tão nebulosa, e por um bom tempo foi uma estória que fico mesmo em cima do muro.

    O que os livros não conseguem esconder é que colo tudo que se faz nesse país, a libertação dos escravos foi no estilo bumba meu boi, sem nenhum planejamento, ação social de amparo, moradia, etc…

    Curtir

  4. Ernesto de Minas disse:

    Desculpem minha ignorância, mas esse feriado é estadual ou em alguns municipios ? Aqui no interiorzão de Minas foi dia normal de trabalho.

    Curtir

  5. Tiago disse:

    Que o Corinthians nasceu para ser, e sempre foi, o Time do Povo, todo mundo sabe…

    O que poucos sabem, e isso precisa ser resgatado e valorizado, é que o Corinthians cedeu o primeiro jogador negro da Seleção Brasileira, o meia TATU, tricampeão paulista pelo Timão em 1922/23/24.

    Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Sei que o tema é a Consciência Negra, mas completando o Tiago: já escrevi aqui que meu pai veio de Nápoli e se apaixonou pelo Corinthians. A Itália, bi-campeã mundial em 34/38 tinha 2 ou 3 jogadores do Timão.

      Curtir

  6. jborneo disse:

    Amigo Silvinho!

    Como podemos neste espaco ter um debate democratico, muito diferente de outros blogs, tenho uma reflexao que talvez ira contradizer parte de seu texto.
    Nao sou negro, tenho minhas raizes na Italia e meu tataravo veio de la apenas com a roupa do corpo.
    Pobreza nao escolhe cor.. E acredito que parte do racismo vigente no pais piorou quando as pessoas comecaram a fazer acoes afirmativas.
    Me diga honestamente: Se eu saisse hoje na rua com uma camiseta escrito: ” 100% branco” acho que seria linchado, chamado de racista.
    Acredito que so piora o racismo quando mais lembramos e fazemos diferenca entre raças.
    Cotas, acoes afirmativas, tudo isso, na minha humilde visao, so atrapalha.
    Deveriamos sim ter o Dia da Consciencia Humana… ficar diferenciando raças, por mais motivos historicos que existam, apenas aumenta o racismo e promove a desigualdade, promove justamente aquilo que pretende combater. Se torna “racista” pelo simples fato de enaltecer ou cobrar acoes para esta ou aquela raça.
    Nosso DNA ja comprovou que nao existem diferencas..

    Curtir

    • Tiago disse:

      As injustiças sociais devem ser corrigidas, independentemente da cor das pessoas, é fato.

      Mas o enfoque nos afrodescendentes se explica pela herança maldita da escravidão (reforçada pelo deplorável preconceito racial), causada pela maneira desastrosa como foi efetuada a abolição, sem qualquer previsão ou política de inserção social de pessoas que, de uma hora para outra, passaram da condição de bestas de carga para a de “cidadãos”, com “direitos” e, principalmente, deveres.

      Curtir

    • Daniel Spencer disse:

      Que bom que seu avó não foi sofreu com a força do chicote!

      Curtir

      • jborneo disse:

        VC que pensa Daniel…. eram comuns os maus tratos aos imigrantes naquela epoca..
        Quase 120 anos atras… ja deu tempo de superar .
        O vitimismo chega a ser pior que o racismo.
        Nao existe Dia da consciencia branca, amarela, judaica, vietnamita… nao existe pq nao deve existir.. Ficar a toda hora impondo e mostrando que a raça tal e mais ou menos que a outra apenas piora o racismo..
        Quer ajudar, nao crie cotas, melhore as escolas nas areas mais pobres..
        Como disse, o vitimismo é pior que o racismo..

        Curtir

        • Daniel Spencer disse:

          Há pessoas que sofrem as agruras da escravidão até os dias atuais, que bom que o sr. não padeceu esses problemas, o que lhe da a sensação de que isso é só uma bobagem chamada vitimismo

          Curtir

      • jborneo disse:

        Mas esse tipo de situação não se resolve com vitimismo social e as cotas, reflexo concreto desse pensamento viciado. Acredito, sim, em participação político e inclusão na cidadania para mudanças a longo prazo e, sobretudo, no esforço dos homens de boa vontade que não se deixam abater pelos problemas. Os grandes homens da História nunca tiveram vida fácil. Mas, em vez de reclamarem e exigirem cotas, levantaram e fizeram alguma coisa.
        Grande abraço.

        Curtir

        • Marcos disse:

          Jborneo: esta maneira de vc ver as coisas( apesar de respeitá-la), encerra um sofisma conservador, não podemos pensar de maneira individual quando se trata de reparar erros históricos! Nem todo negro ou italiano, vencem na vida apenas com seu esforço próprio.Acredito que estas figuras ( vencedores), por determinismo histórico é que perpetuam as injustiças, provocando comentários do tipo: “vejam o fulano, filho de empregada doméstica e chegou ao STF”,(ganham capas nas revistasa reacionárias), esse discurso é nojento, jogando sobre as costas do injustiçado a culpa pela sua situação de inferioridade.
          As cotas são sim, aliás como definido pelo STF, um instrumento que por algumas gerações poderá colocar todo mundo nas mesmas condições na corrida pela justiça e fraternidade. Vai Corinthians!

          Curtir

          • Blog do Silvinho disse:

            Borneo,

            concordo com a questao do Dia da Consciencia Humana, este foi o tema do meu artigo no 20 de novembro de 2011

            Quanto ao dia dedicado a Consciencia Negra, a cultura brasileira deve dedicar um dia que seja para lembrarmos o que representou Zumbi para a história deste país. Zumbi, este sim, o único verdadeiro e genuino heroi brasileiro. Lutou por liberdade de uma raça, de um povo, merece ser exaltado. Cresci lendo as piores coisas sobre Zumbi, num tempo onde os livros escolares exalavam preconceito. Lembro-me da historinha dos 2 Jorginhos, um branco, outro negro, um Jorginho porque seu pai, gerente de banco, chamado Jorge, bem sucedido, que pilotava o proprio carro. O outro, negro, filho de Jorge porque era devoto de Sao Jorge, pobre e a unica vez que andou num carro, foi num camburão da policia militar. E isto tudo ali, escrito num livro de lingua portuguesa da 7ª série.
            Viva Zumbi!

            Curtir

          • Múcio Rodolfo disse:

            Silvio. Permita-me discordar de vc. Zumbi é UM DOS grandes heróis da história do Brasil e o mesmo tratamento dado ao Zumbi durante anos e anos era dado a todos os que se destacaram nas lutas dos menos favorecidos e aí vc inclui negros, índios e………brancos. Veja o caso do Antonio Conselheiro, o mínimo que se dizia dele é que ele era fanático, louco….Assim como Zumbi, podemos citar como heróis do povo brasileiro os chefes indígenas que lideraram seu povo numa luta desigual….

            Curtir

    • Jacare disse:

      Perfeito. Eu acredito que a medida que você separa as pessoas, mesmo que seja para exaltá-las, você a está diferenciando. Se dizemos que somos iguais, não deve haver motivo para essa cerca virtual. Lembrar os feitos e a coragem de cidadãos como Zumbi é no mínimo saudável, mas lembrar a todo momento que ele foi diferente por ser negro é incoerente.

      Curtir

  7. PAULO disse:

    SOU TOTALMENTE CONTRA ESSE FERIADO EXDRÚXULO E CONTRA VÁRIOS OUTROS QUE PARALISAM ESSE POBRE PAÍS.
    O BRASILÉ UM PAÍS POBRE E PRECISA É DE PRODUÇÃO NÃO DE VAGABUNDAGEM.
    O POVO NEGRO PRECISA É DE RESPEITO E IGUAIS OPORTUNIDADES E NÃO DESSA DEMAGOGIA BARATA, EU POR EXEMPLO EMPREGO TANTO NEGROS COMO BRANCOS E PAGO SALÁRIOS EQUIVALENTES…
    VAI CORINTHIANS !!!

    Curtir

  8. italiano disse:

    ..belo texto , e como sempre digo a cor da pele é apenas uma caracteristica fisica , somente isso , e que essas absurdas limitações impostas descritas sejam derrubadas e equalizadas entre todos os seres humanos..

    Curtir

  9. Nivaldo disse:

    Silvinho, bom dia, haveremos da alcançar em algum momento a consciência que todos, indistintamente, somos iguais em espírito, ou na alma como queiram; quando atingirmos essa condição nosso olhos não verão mais a cor de quem quer que seja, isso não terá mais importância. Até lá façamos despertar em nós a consciência de que somos todos humanos: azuis, amarelos, negros, roxos, vermelhos, brancos, etc, etc, etc

    Curtir

  10. Emerson Silva disse:

    Acrescento a isto 40 milhões de mortos , 300 anos de escravidão e R$ 0,00 de indenização aos afrodescendentes. Depois os cinicos e ignorantes não entendem o porque de cotas raciais(modelo que funcionou nos USA) e dia da consciência negra. Isso está muito barato se compararmos as indenizações nazistas aos 6 milhões de judeus vítima s da segunda guerra

    Curtir

  11. Hoje o Brasil é o país que mais se tem a miscigenação de raças, mas no passado o Brasil nos envergonhou com a escravidão, amigo Silvinho houve a abolição, mas o preconceito ainda é muito grande, não consigo entender o ser humano, porque perante Deus somos todos iguais.

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: