Corinthians paga 15 milhões ao Governo

Do Painel da FalhaSP:

O Corinthians pagou na sexta-feira (22) R$ 15 milhões ao governo federal para tentar inocentar o ex-presidente Andres Sanchez e outros três cartolas da ação criminal que o Ministério Público Federal move contra eles. A dívida, de impostos não pagos, era de R$ 31,8 milhões, mas o clube obteve desconto de R$ 16,8 milhões para a quitar o débito. A defesa dos cartolas pediu ontem à Justiça Federal o cancelamento da ação.

Referência. Esse valor pago pelo Corinthians corresponde às dívidas fiscais de julho a dezembro de 2010, período em que o Ministério Público Federal apontou que havia sonegação de imposto.

Pague por mim. No Corinthians, causou estranheza o clube não ser réu na ação e assumir a dívida para inocentar o ex-presidente Andres Sanchez e os cartolas.

41 respostas para Corinthians paga 15 milhões ao Governo

  1. Ewerson Menezes disse:

    Silvio, só me confirme uma coisa:
    – é mentira, do motoblog, que o gobbi adiantou as quotas de tv para pagar essa dívida???

    Curtir

  2. CARLOS ROBERTO disse:

    Silvinho, já que o assunto é impostos, transparência, etc, gostaria que vc verificasse junto ao Corinthians porque pararam de publicar os balancetes desde janeiro de 2014. Será que a coisa está feia e para evitar mais celeumas deixaram de publicar os referidos?

    Curtir

  3. villopes disse:

    QUEM É CONTRA “ISSO” É PORQUE NÃO É CORINTHIANO. DÍVIDAS E IMPOSTOS TEM QUE SER PAGOS. SE O ANDRÉS ADQUIRIU ESSAS DÍVIDAS ENQUANTO ERA PRESIDENTE DO CLUBE OU ENQUANTO CONSTRUIA O “NOSSO ESTÁDIO”, NADA MAIS JUSTO O CORINTHIANS PAGAR ESSAS DÍVIDAS. E VAI CORINTHIANS!

    Curtir

    • Ewerson Menezes disse:

      Os dirigentes passam. O clube fica. Endividar o clube, mesmo que para investimento, deve ser feito com coerência.

      Curtir

  4. Fernando D. disse:

    E daí vem algum JÊNIO pra tentar fazer negócio com Nilmarcola, o bandido que roubou 10 milhões de Euros do Corinthians e seu agente Orlando da Hora, aquele mesmo que tem a honra singular de ter sido expulso da Fifa por manipulação de resultados.
    Se deixassem o Corinthians nas mãos de macaquinhos treinados seria melhor do que nas mãos da atual administração.

    Curtir

  5. Ernesto de Minas disse:

    Fui prefeito e faço um comparativo, acredito que na esfera privada não seja diferente.
    Se um prefeito deixa ,ao fim de seu mandato, contas a prestar ou não aprovadas relativas a repasses federais ou estaduais, o município pode ter repasses bloqueados.
    O novo prefeito deve sanar essas irregularidades para poder fazer jus ao desbloqueio e, é lógico, com dinheiro do município e não do ex-prefeito.
    Cabe ao MP ou a Câmara de Vereadores propor ação contra o ex-prefeito por improbidade, mas em momento algum a dívida teria que ser paga por ele.

    Curtir

  6. Carlos Alberto disse:

    E, com isso, somos expostos – uma vez mais – ao ridículo…
    Depois reclamamos da imprensa!

    Curtir

  7. paulomonteiro disse:

    Com uma divida monstruosa igual bucha da DARF não paga, o Gobbi ainda vai la e contrata o Pato…empresta jogador pagando metade do salário, vende o Cleber e não entra um real…. é $ pelo ralo até dizer chega.

    Curtir

  8. rafa jr disse:

    Infelizmente o clube virou a casa da Maria Joana aprenderam de maneira inequívoco com nosso governo que usa e abusa em dar maus exemplos que adora gerar factóides promete muito e entrega pouco..pouquíssimo quase nada.
    Lá existe a Dilma que vive a sombra do Lula aqui o Gobbi a sombra do Andrés lá gastam demais em custeio aqui em folha de pagamento lá investem mal aqui nem precisamos enumerar lá fazem a contabilidade criativa aqui também…
    Lá e aqui a turminha sempre posou de gestores competentes isso também é falso.
    Lá como aqui nesse angú tem caroço!

    Curtir

  9. Cesar disse:

    Não tem nada a ver com o post, mas vale ressaltar a postura da entidade Corinthians divulgando nota parabenizando o centenário da porcada, muito bacana a atitude da Diretoria.

    Tenho várias restrições ao Mário Gobbi, mas reconheço que uma das grandes virtudes que ele tem enquanto dirigente é esse respeito demonstrado aos adversários, e isso é louvável da parte dele. Só precisa tomar cuidado com alguns dirigentes que não fazem por merecer esse respeito, como aqueles do clube sem alma e sem identidade do jd. Leonor, por exemplo…

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      Mas com ele passa de respeito, ele é um bobão!
      Quanto a nota, foi bacana e curta, tem que ser assim, eles merecem somente isso mesmo, nada de muita atenção.
      Mas no dia dia este presidente omisso fica tentando fazer alianças com estes times que somente querem ver nossa destruição e nos atacam constantemente.

      Curtir

      • Ricardo de Lima disse:

        Respondemos com grandeza e elegância, a grosseria deles de não nos parabenizarem pelo nosso centenário, digno de clubes pequenos e amadores mesmo. Por muito menos, em 2009, lembro da diretoria do Santos ter nos felicitado pela conquista da copa BR!

        Curtir

  10. RODRIGÃO disse:

    A ação de execução fiscal se encerra, já o processo crime não. Como crime o formal, o fato do dinheiro ser devolvido não muda absolutamente nada

    Curtir

    • Anderson disse:

      Claro que se encerra. O Corinthians sempre citou essa divida em seus balanços. Não se “apropriou” de um centavo.
      E pelo que sabemos Sanchez também não se “apropriou” de nada para si.
      Já existem centenas de sentenças a respeito desse assunto de “apropriação indébita” quando fica evidente que não houve incorporação desses valores no patrimônio da empresa ou de seus agentes.
      Há uma evidente exploração política clubistica desse fato, corriqueiro na vida de muitas empresas e mesmo clubes.
      Não existe processo crime que não se encerre.
      Nesse caso, como se encerraria esse processo?
      Com o cumprimento da prisão de Sanchez?
      É isso que você quis efetivamente afirmar?

      Curtir

  11. Carlos disse:

    O Corinthians certamente se beneficiou do último Refis federal (que autorizou a amortização de juros, multas, etc.), e cujo prazo venceu ontem dia 25/08/2014.

    Curtir

  12. ISRAEL RIBEIRÃO PRETO disse:

    Boa tarde. Como contabilista, o devedor é o clube. A Receita Federal, teve encerrado ontem (25) um programa chamado de Refis da Copa, onde débitos declarados até 12/2013, poderiam ser parcelados em até 180 meses, com bonificação nos juros e multas, ou pagamento a vista da dívida, com beneficio de até 100%. Acho, que o Corinthians agiu corretamente, embora tivesse os débitos parcelados, poderia ser beneficiário dessa operação. Com todo o respeito, isto é intriga de oposição. Acho que o Raul (Diretor Financeiro) contabilista que é, aproveitou muito bem a chance.
    Reter impostos e não recolher é apropriação indébita, se foram declarados no DCTF ou IR, iriam para divida ativa.
    Um excelente dia a todos.

    Curtir

  13. Marcos Almeida disse:

    Creio que há uma serie de equívocos, se não propositais pelo menos de completa falta de conhecimento sobre o assunto.

    1°. As dividas são do contribuinte (o Clube) e não do administrador (de hj ou da época). Se a entidade (o clube) entender que houve má administração flagrante por parte do dirigente pode até processá-lo mas a divida permanece da entidade.

    2°. O texto fala que o Ministério apontou que houve sonegação, o termo sonegação só pode ser usado, caso a entidade (o clube, por ação de seus administradores) tiver declarado um tributo por valores inferiores ao devido e, até onde foi veiculado, nao aconteceu isso e sim o não pagamento (que onerou em multa e juros este imposto), Caso haja sonegação há crime, mas este também é da entidade, com colaboração de seus administradores.

    3° Esta é uma dúvida grande minha, se os tributos foram parcelados, conforme apregoado pelo clube, na figura de seus administradores à época da veiculação do assunto em jornais? Porque ocorreu novo pagamento? Não seria o caso de uma antecipação de tributos para aproveitar o novo Refis (chamado Refis da Copa, cuja data limite foi ontem dia 25) e aproveitar os descontos dados pelo governo a todos que quisessem quitar tributos em atraso?.

    Acho que o Blog deveria procurar obter informações junto ao setor contábil/jurídico do clube e esclarecer a todos. De qualquer forma parece que falta muita informação na nota.

    Curtir

    • Marcos Almeida disse:

      Somente um complemento, o governo (ou o servidor publico responsável pela arrecadação) não aceita pagamento de valores em atraso com o objetivo de inocentar alguém como descrito na nota, ainda mais dando desconto não previsto na legislação, até porque não pode fazê-lo isto é crime tipificado em lei, o Contribuinte só pode obter os descontos previstos na lei e a entidade arrecadadora não pode se comprometer a retirar processo movido contra quem quer que seja, pois somente o poder judiciário ou o ministério público pode fazê-lo.

      Curtir

      • Celso 1º disse:

        Acontece que o fato maior da ação é a falta de pagamenteo dos tributo. Uma vez o clube efetuando o pagamento, não caberia mais a ação, isto do ponto de vista apenas do débito.

        Só que tem um detalhe que o MP ta batebdo em cima, o fato dos dirigentes terem descontado dos atletas os impostos e não terem repassdo, ai que, para eles, está a tipificação.

        Contudo não se viu esta tese aplicada contra nenhum presidente de clube no Brasil, somente vinheram atrás do Andres.

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Marcos,

      absolutamente pertinentes suas duvidas e vou leva-las ao conhecimento dos responsaveis

      Abraço

      Curtir

  14. Santiago disse:

    Será Silvinho que isso não tem a ver com o name rights e o patrocínio master ? explico melhor : Segundo ouvi há uns 20 dias atrás , acho que foi na Band ou outra emissora de rádio AM que já está tudo sacramentado com os árabes a respeito desses DOIS pleitos. Ainda não anunciaram devido ao fato de o atual contrato com a Caixa ainda estar em pleno andamento e que aguardam o início do ano para dar publicidade a essas duas questões que se já se arrastam a um bom tempo.
    Portanto, penso que talvez esse pagamento tenha algum sentido , imaginando que caso não o fizessem poderia macular a Instituição Corinthians e prejudicá-lo no âmbito desses contratos que ansiosamente todos nós ,OS CORINTHIANOS, almejamos.
    Veja que Isso é apenas um suposição e um mero pensamento de um otimista torcedor. O que representaria R$ 15 milhões num acordo de R$ milhões p/ car..$%@#$ ???
    Que assim seja e que eu esteja certo !!! ( 26/08/2014 – 12:10m )

    Curtir

    • Danilo disse:

      O Corinthians fez um bom negócio. Aproveitou os benefícios da lei 12996 (Refis da crise). Pagamento à vista teve redução de 100% na multa de mora, além de desconto de 45% nos juros para débitos vencidos até dezembro de 2013. Ontem foi o último dia.Centenas de milhares de empresas e pessoas físicas se beneficiaram desta lei.

      Curtir

  15. Luís Carlos disse:

    Aparecem fiscais da Receita Federal e fazem uma auditoria. Se entenderem que os impostos e contribuições, mesmo que não recolhidos, foram devidamente apurados, dá um até breve e encerra a auditoria. Se perceberem mutretagem contábil para não pagar ou pagar menos imposto calculam o valor devido, corrigem-no monetariamente, aplicam as multas e o cobram da empresa. Desde que a empresa concorde com os valores não é necessário abrir ação administrativa nem judicial.

    Aparte disso, a Receita Federal, quando detectar indício de crime, tem por obrigação repassar o que descobriu à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal para que tomem os procedimentos devidos, se justificados.

    Isso independe de aceitar, de pagar, de parcelar ou de questionar administrativamente ou judicialmente os valores cobrados.

    A ação administrativa ou judicial relativa aos valores devidos e multas, se houver, é uma ação cível e se refere à empresa.

    A ação proposta pelo MPF, iniciada ou não pela Polícia Federal, é uma ação penal e se refere às pessoas físicas que esses órgãos apontam como supostos responsáveis pelo crime.

    A ação criminal não é executada contra uma empresa simplesmente porque é impossível prender uma empresa se ela for julgada culpada.

    A ação criminal não envolve valores de imposto e de contribuições e não cessa pelo seu pagamento. Cessa pelo seu arquivamento motivado ou se for julgada improcedente.

    A única coisa esquisita é um ex-diretor administrativo e um ex-diretor de futebol, que teoricamente não lidam com dinheiro em nenhuma empresa, serem indiciados. A não ser que isso nada tenha a ver com imposto.

    Curtir

    • mano disse:

      não entendo bolhufas de direito tributário, mas o que escreveu, no grosso modo, bate com o que ouvi de uma amigo advogado tributarista. O resto é intriga e fofoca.

      Curtir

    • Celso 1º disse:

      Mas mesmo a ação sendo Penal, apurando-se um crime teoricamente cometido pelo gestor, o fato do clube ter quitado a dívida, ou parcelado, ja é um prova a ser usada pela defesa.

      Curtir

      • Luís Carlos disse:

        Vamos supor que eu faça uma declaração de renda e que resulte em eu ter que pagar digamos mil reais. Eu posso esquecer, posso não ter como pagar e posso simplesmente resolver não pagar o débito por birra. Mas nesse caso eu não cometo crime nenhum e não há possibilidade nenhuma de ação penal contra mim. Eu declarei que eu tenho um débito de R$.1.000,00. A Receita Federal vai tentar receber de alguma forma, se for possível. Se não tiver de onde me arrancar esse dinheiro simplesmente fica sem os mil reais. Não pode cobrar um parente meu ou o vizinho.

        Eu faço uma declaração que não resulte em débito a pagar, mas depois percebo um erro e corrijo esse erro antes da Receita Federal perceber. A correção da declaração resultou num débito de R$.1.000,00. Eu pago ou não pago. A situação é parecida com a descrita acima. Eu assumi um débito de mil reais. Não cometo crime nenhum.

        Eu faço uma declaração que não resulte em débito a pagar, mas há um erro que resultaria em um valor a pagar de R$.1.000,00 que eu não percebi. A situação também é parecida. Desde que a Receita entenda se tratar realmente de um erro não é crime nenhum errar o preenchimento da declaração. Corrige-se a declaração, paga-se ou não o débito e segue o enterro.

        Agora se eu faço uma declaração de renda e faço umas adaptações para que não resulte em valor a pagar nenhum. Fico de Migué. Se a Receita não perceber morre nisso. Se a Receita perceber, além de dever os R$.1.000,00 eu estaria cometendo um crime e teria que responder por ele, pagando ou não pagando o débito.

        São coisas diferentes. Parte tributária é uma coisa. Parte penal é outra.

        A questão é que o jornaleco colocou de um jeito como se o Corinthians estivesse pagando uma fiança de 15 milhões para tirar o Andrés da cadeia. Ninguém do clube vai processar o jornal mesmo. Sequer está com vontade esclarecer. Então fica no que o jornaleco publicou mesmo. Quem cala consente.

        Curtir

  16. Marcos ZZ disse:

    O que mais me deixa indignado era o discurso pomposo de ética, transparência, sustentabilidade vociferada pela então administração do deus A. Sanches. Quanta desfaçatez!

    A medida que o tempo passar as consecuções do deus Andrés virão a tona, e acreditem, ele vai conseguir apagar sua contribuição na construção do estádio.

    Curtir

  17. Celso 1° disse:

    Pois é, e nenhum dirigente Brasil afora foi processado, os outros clubes devem por ai e ainda tiram onda dizendO (EM PROGRAM DE TV E TUDO…) que não pagaram e nem pagarão nada esperando a lei da anistia…
    O corinthians é um dos únicos que tem os débitos parcelados, ou seja não ta dando calote.

    Por mim esta lei nem seria aprovada, quero mais que os clubes do rio se fod#$$##, eles serão os maiores beneficiados, já que nossa divida por ex, é administrável e pagável como esta sendo, já a dos times cariocas é um mar sem fim.
    Estranho esta ação. Como sempre o corinthians paga o pato, o bobão abestalhado e não faz nada, não usa seu maior argumento que é mencionar os fatos comparativos.

    Curtir

  18. Luciano disse:

    Sou corinthiano e às vezes fico constrangido com certas noticias que são divulgadas. O Corinthians JAMAIS deveria passar por isso. Aliás, todos os clubes. Quanto à esse pagamento, gostaria de ler um pronunciamento da Procuradoria Federal ou MP Federal dizendo que tal acordo é legal. Há pouco, estava lendo no twitter um jornalista esportivo dizendo que “Por falar em amigos, essas ações entre amigos é de virar o estômago” e “Quem concedeu esse desconto? O que o MP vai fazer ? Uma vergonha”. Claro que aí entra o componente clubismo, mas mesmo sendo corinthiano, tenho que admitir que acho uma vergonha o clube passar por isso. Acho que o Corinthians, em nome de sua enorme torcida, deveria vir a público e esclarecer tal acordo.

    Curtir

  19. O Dani L disse:

    Ao meu ver são coisas distintas. A dívida é do Corinthians. A ação da justiça é contra as pessoas.

    Nao que eu seja a favor do não pagamento de dividas.

    Mas estranheza para mim é quando um presidente faz empréstimos em nome do clube. Ou um patrocinador paga salários fora da realidade para mais da metade dos jogadores.

    Curtir

  20. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    O jornal diz que há estranhezas, eu concordo, principalmente pelo fato dessa ação se dar no período eleitoral…

    Outra estranheza não citada pelo jornal é que os impostos sonegados são do Corinthians e não do Andrés, sendo assim quem ter que pagar é o Corinthians e não o Andrés.

    Onde está a estranheza???

    Em tempo, não sou do PT, não gosto do PT, não voto no PT e muito menos votaria no Andrés, mas que essa historia é “estranha” isso é…

    Curtir

  21. Alvaro disse:

    Quando saiu essa noticia o Andrés entrou ao vivo na ESPN e disse que tudo já havia sido esclarecido e que o Corinthians já havia parcelado essas dividas, pelo jeito não é bem assim,, espero que saia alguma nota esclarecendo

    ‘Quanto aos impostos infelizmente é a situação de todos os clubes. O Timão já fez acordo e faz oito meses que paga o atrasado e o atual sem problema também. Os corintianos podem ficar tranquilo, e os antis chora (sic) O Timão já está com tudo resolvido, está pagando todos os impostos atrasados há décadas e os atuais’, escreveu Andrés no início da noite desta quinta-feira.
    ‘Mas, infelizmente, tudo com o Timão aumenta, e o pior, para o mal, tanto que o Congresso está discutindo isso, mas o Timão já fez acordo com a Receita mesmo antes de aprovar a lei de responsabilidade fiscal’, completou.

    Curtir

    • Celso 1º disse:

      Ou seja, quando teriam que nos elogiar por pagarmos, mesmo que com atrasos, a dívida, recebemos um enchurrada de críticas destes antis da mídia.

      Curtir

  22. Eduardo disse:

    Definitivamente uma quadrilha se instalou no clube…….

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: