Uma segundona de boas notícias

A primeira:

Na noite desta segunda-feira (08), o atacante Paolo Guerrero foi absolvido por unanimidade em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A promotoria do STJD havia denunciado o peruano.

Os relatores não viram intenção do atacante em empurrar o árbitro Leandro Bizzio Marinho na derrota para o Bragantino por 1 a 0 na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, realizada no dia 27 de agosto.

 

Ainda do STJD:

Expulso no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil por dar um carrinho no atacante do Bragantino, o lateral-direito Ferrugem foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na noite desta segunda-feira (08). Os relatores do processo entenderam que um jogo de suspensão era pena suficiente.

Ferrugem recebeu cartão vermelho na partida realizada no dia 27 de agosto e já cumpriu a suspensão automática na partida de volta, na última quarta-feira (03).

 

E a outra boa notícia:

A Fiel mostra mais uma vez o amor incondicional que tem pelo Corinthians. Com a força da torcida, o Timão fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2014 com a melhor média de público pagante. Nos 10 jogos disputados em casa, o Alvinegro teve média de 29.634 pagantes por partida (mais de 296 mil no total).

Nas 10 partidas do Corinthians em casa no primeiro turno do Brasileirão, sete foram disputadas na Arena Corinthians, duas no Canindé e uma no Pacaembu. Sem os dois jogos realizados no estádio da Portuguesa, que tem capacidade menor, a média é ainda melhor: 33.189 pagantes por jogo.

Arena Corinthians
Inaugurada no dia 18 de maio deste ano, a Arena Corinthians recebeu sete partidas do Corinthians neste Brasileirão. Nos jogos disputados apenas no estádio, a média é de 32.730 pagantes.

Domínio
Nos últimos anos, o Corinthians tem dominado a liderança da média de público do Campeonato Brasileiro. O Timão terminou as edições de 2010, 2011 e 2012 na frente dos demais clubes da Série A.
Confira as melhores médias de público pagante do primeiro turno
Corinthians: 29.634
São Paulo: 29.491
Flamengo: 28.242

 

Jogos do Corinthians como mandante
Corinthians 2×0 Flamengo (Pacaembu)
Público: 36.402
Corinthians 0x1 Figueirense (Arena Corinthians)
Público: 36.123
Corinthians 1×1 Atlético-PR (Canindé)
Público: 13.137
Corinthians 0x1 Figueirense (Canindé)
Público: 17.696
Corinthians 1×1 Botafogo (Arena Corinthians)
Público: 37.119
Corinthians 2×1 Internacional (Arena Corinthians)
Público: 32.644
Corinthians 2×0 Palmeiras (Arena Corinthians)
Público: 31.031
Corinthians 1×1 Bahia (Arena Corinthians)
Público: 30.819
Corinthians 5×2 Goiás (Arena Corinthians)
Público: 26.486
Corinthians 1×1 Fluminense (Arena Corinthians)
Público: 34.889

 

Fonte: Site Oficial

Opinião:

São, de fato, excelentes notícias.

No caso de Guerrero, num lance quase semelhante ao de Petros, desta vez o Tribunal entendeu que não houve intenção.

E um alerta aos árbitros, se estiverem mal posicionados nos lances, o risco de levar um “encontrão” é grande.

Sobre Ferrugem, nada a acrescentar.

E a melhor média de público no primeiro turno. Média prejudicada pelos dois jogos realizados na boate portuguesa, escura e em estado de abandono. Uma pena o que estão fazendo com a Portuguesa.

Mesmo diante das reclamações sobre os preços dos ingressos e direito a gratuidade a menores e idosos (lei municipal aplicada ao Pacaembu), o público vem comparecendo.

Alguns ajustes nos preços já vem sendo realizados e ainda há como encontrar um ponto de equilíbrio satisfatório.

Sobre a gratuidade, acredito que com a retirada das cadeiras dos setores norte e sul, que deverá ocorrer ano que vem, o clube possa praticar este formato, mesmo sendo uma lei municipal aplicada ao equipamento público, no caso o Pacaembu.

Mas isso é opinião e não informação.

Sobre os protestos, pertinentes, sob nosso entendimento, desde que sejam pacíficos e organizados, alguns fatos lamentavelmente já depõem contra a ação.

Intimidar dirigentes e conselheiros do clube não é o melhor caminho. Que continuem protestando pacificamente e de forma organizada.

 

 

59 respostas para Uma segundona de boas notícias

  1. paulomonteiro disse:

    Temos 3 atacantes no elenco pro inicio do 2° turno! Só escalou o Malcom não por filosofia, e sim porque não tinha mais ninguém…. isso no meio do campeonato, que dia o Gobbi sai de la?

    Curtir

  2. Samuel disse:

    Silvinho, Sanchez foi se meter na política e mexeu num vespeiro. Inimigos não param:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/09/10/andres-sanchez-e-acusado-de-fraudar-fisco-e-receita-cobra-r-13-milhoes.htm

    A chance dele seria contar com os amigos, mas prefere tratar a torcida como lixo, num total desrespeito na questão dos ingressos, então, acho que a candidatura para deputado já era.

    É pra isso que cobram ingressos padrão europeu? É pra isso que elitizam a torcida? A torcida entra com a parte dela e eles sonegam impostos e tantas outras pilantragens, como a promiscuidade das categorias de base?

    Bom, não respingando no Corinthians, que ele se dane!

    Valeu!

    Curtir

  3. JC Penna disse:

    Melhor noticia da historia do Timao seria: “Gangue que mandava no Corinthians vai pra cadeia, condenados a devolver tudo o que roubaram do clube! Assume nova diretoria: honesta e competente!”…Ai não teria pra ninguém: Libertadores todo ano, titulo de Libertadores ano sim e outro também….Brasileiro ganharíamos direto com o Time B…. Cambada de bandidos que ficam ai sugando a Fiel!!!

    Curtir

  4. Rogério disse:

    Silvinho, a melhor notícia seria Timão em primeiro lugar, com 15 pon tos à frente do segundo colocado. O resto não interessa.

    Curtir

  5. Carlos Roberto disse:

    Silvinho, o Corinthians não pensa no setor norte e sul, alem de retirar as cadeiras, acabar com torcida adversária.
    Seria ótimo para nós, teriamos mais uns 4000/5000 lugares só para os corinthianos.
    Porque vc não leva essa sugestão a Diretoria?
    Alem dessa vantagem, de ter mais corinthianos nas areas mais baratas da Arena, haveriam duas vantagens significativas:
    1- patrimonio melhor conservado, sem cadeiras quebradas, banheiros entupidos, riscados etc
    2- elimina o risco de brigas com torcidas adversarias e riscos de brigas entre a própria torcida inimiga (coisa que já aconteceu), sendo que o mandante do jogo acaba sempre punido.
    E não venham dizer que teriamos represalias de não poder ver o jogo no estadio inimigo: a maioria tem na torcida do Corinthians sua maior fonte de renda.

    Curtir

  6. Agora só falta começar a jogar bola, espero que o Mano consiga acertar esse time.

    Curtir

  7. Rubão disse:

    Uma segunda-feira de boas notícias dos sonhos:

    A Primeira: Presidente Mario Gobbi pede afastamento e Luis Paulo Rosemberg assume presidência.

    A Segunda: Corinthians acerta a volta do argentino Carlitos Teves.

    A Terceira: Corinthians finaliza a venda dos Naming Rights para a companhia aérea Fly Emirates, de quebra a empresa ainda será o patrocínio master da camisa em 2015.

    A Quarta: Corinthians finaliza colocação dos vidros da cobertura Leste e Oeste.

    Curtir

  8. Magrão disse:

    Silvio, o que justifica despesas de R$ 840 mil da Arena para o jogo contra o FluminenC??? Isso parece piada. Desse montante todo mais de R$ 400 mil sequer é detalhado, entrando no “me engana que eu gosto” das “despesas diversas”. Isso é uma aberração. Deveríamos organizar um protesto, totalmente pacífico, para que a “caixa preta” dessa Arena seja aberta. Enquanto esse negócio continuar no sistema “segredo de Estado” não vai demorar para os bancos suíços terem novos clientes. O pior é que ninguém vê que estamos sendo assaltados na cara dura.

    Curtir

    • Paulo disse:

      Também estou seriamente desconfiado desses números e rubricas genéricas. E ninguém abre a boca. Das duas uma: ou a oposição é inepta por completo ou se beneficiam todos. Os corinthianos de verdade precisam cobrar, precisam urgentemente cobrar, e não só nessa questão do estádio…

      Curtir

    • Filipe disse:

      Será que essas despesas diversas se refere ao valor de manutenção mensal da arena que girava em torno de 2 milhões?

      Curtir

      • Magrão disse:

        Uma coisa não tem nada haver com a outra. Essas despesas citadas são para a realização da partida, as despesas de manutenção da Arena não entram no borderô do jogo. Despesas da partida envolve policiamento, confecção de ingresso, etc. As de manutenção, q envolve limpeza, energia, água, elevadores etc etc, seguem em “segredo de Estado”. Queira São Jorge q essa caixa preta seja aberta o quanto antes.

        Curtir

  9. PAULO disse:

    O QUÊ NÃO ENTENDO É QUE GASTARAM MAIS DE 1 BILHÃO PARA UM ESTÁDIO SEMI-ACABADO COM BAIXA CAPACIDADE DE PÚBLICO SENDO QUE AS ARQUIBANCADAS SÃO BAIXAS ATRÁS DOS GOLS E SEM COBERTURA.
    COM ESSE 1 BILHÃO DAVA PRA FAZER UM ESTÁDIO TIPO MARACANÃ QUE É DESLUMBRANTE, MARAVILHOSO.
    SE NOSSA ARENA FOSSE MAIOR PODERIA TER MAIS ESPAÇO PARA AS CAMADAS MAIS POPULARES SEM COMPROMETER O PAGAMENTO DA MESMA.
    ALGUÉM ME EXPLICA SEM ENCHER LINGUIÇA ?

    Curtir

    • Celso 1º disse:

      Nosso estádio é espetacular, o único “defeito” é a falta de cobertura nas arquibancadas atrás dos gols, do resto goleia qualquer outro do mundo em materia de conforto, modernidade, praticidade e qualidade.
      Em Itaquera o dinheiro realmente foi aplicado, tudo é fino, qualidade inpensável dentro de uma arena.

      Veja as imagens dos interiores dos outros estádios com corredores no reboco sem tinta ou ainda com tijolos pintados (ex: Brasíli), sem falar nos pisos de cimento (Maracanã). Nem vou falar dos banheiros, climatização, porque aí é sacanagem né, é querer humilhar a rapa.

      Curtir

    • O Dani L disse:

      Tem certeza que com esse valor dava para fazer o estadio tipo Maracana?

      Somente a reforma do Maracanã, assim como a reforma do Mané Guarrincha custaram mais que a Construção da Arena Corinthians que saiu do zero.

      Outro exemplo, só para colocar a cobertura no Panetone a expectativa de custo é de mais de 470 MI. Isso que o estadio é moderno. La eles iam usar o BNDEs quando o estadio era cotado para Copa, depois disso falaram que iam através de parceiros fazer isso, mas até agora nada.

      As arquibancadas atras do gol que você fala que são baixas, se não me engano são maiores (em degraus) que o Pacaembu, ou tem a mesma quantidade de degraus.

      Curtir

    • Alvaro disse:

      Paulo,

      Infelizmente, isso é o que a grande maioria pensa mas não tem coragem de falar com medo de acharem que são antis ou coisa do tipo, ficam com aquele papo de que não tínhamos nada e que nosso estadio é lindo, lindo ele realmente é, mas pelo que foi gasto podeira ser muito mais, mas preferiram fazer as instalações internas super luxuosas e esqueceram de cuidar do maior patrimônio que é a sua torcida, fizeram ele quadrado justamente para baratear a obra, pois dizem que as “curvas” é que encareceriam a obra e a conta agora esta ai, um estadio de 1 Bi, onde 30% do publico toma chuva

      Curtir

      • Zé Carlos disse:

        Em primeiro lugar, concordo plenamente com o que você disse sobre essa história da “nossa Meca” ter se tornado um dogma inquestionável. Parece que se tornou crime de lesa-pátria o mero questionamento sobre se realmente foi boa idéia ter embarcado nessa aventura.
        Para mim, a torcida caiu na pilha falaciosa de que éramos um time “há 100 anos sem estádio” (tanto quanto, aliás, na não menos falaciosa de que estávamos “há mais de 100 anos” tentando ganhar a tal de Libertadores).

        Porém, admitindo-se que o ideal era realmente deixar de mandar os jogos no bom e velho Pacaembu (algo do que ainda não estou totalmente convencido), era preciso que, antes de botar a mão na massa, o Corinthians resolvesse essa interminável crise existencial da Era pós-Andrés. Sim, porque, das duas, uma: ou somos o time do povo, ou assumimos, de uma vez por todas, que o Corinthians se elitizou. Ponto. Não há meio-termo possível nessa história: ou caga ou sai da moita.

        Questões existenciais resolvidas, (paga-se o psicanalista e) vamos ao estádio: ou constrói em Itaquera um ESTÁDIO DE FUTEBOL, de acabamento simples, com nome de ex-presidente, obra de menor custo e, conseqüentemente, ingressos a preços populares (alternativa que, evidentemente, teria minha preferência); ou ergue uma moderna, luxuosa e, em alguns pontos, até frescurenta ARENA de 1 bilhão, onde os ingressos mais populares miram a classe C – mas, neste caso, que o façam num bairro NOBRE e CENTRAL de São Paulo (e se vira para achar terreno!!). Porque achar que o eixo Higienópolis-Jardins-Itaim-VNC vai, um dia, se desbancar em massa para Itaquera é, no mínimo, muita ingenuidade.

        A elite paulistana jamais será como a carioca, que “glamouriza” – ou, ao menos, se esforça por glamourizar – a favela, as casinhas de acabamento simples, o modo de vida dos morros; Bruna Marquezine dançando funk na laje na novela das 21h, Príncipe Charles visitando a Rocinha, etc…
        Aqui, pobre bom é pobre distante – só não é “morto” porque, afinal de contas, alguém precisa faxinar o apezinho de 250 m². E, de preferência, que o “meu bairro de gente diferenciada” seja inacessível por transporte público (mas ai da “criadagem” se eles se atrasarem pro serviço).
        Essa gente, desculpe-me, JAMAIS vai encher 50% do setor oeste em TODOS os jogos, como pretendia o Sr. Andrés para que a conta se fechasse. Nem se os apresentadores do Manhattan Connection ficarem na entrada do setor distribuindo pôsteres autografados do FHC isso acontece.

        Curtir

  10. Mauro Oliveira Ben Yosef disse:

    Gostaria que com todas essas boas noticias, a administração do clube fosse competente para aproveitar o gigantesco potencial de ser o que mais arrecada e o que melhor investe em infraestrutura e categorias de base, coisas que garantirão o sucesso do clube por um longo período.

    Curtir

  11. Ewerson Menezes disse:

    Vc se esqueceu que ainda será julgada a escalação do jogador Petros. O time pode perder 21 pontos e ser desclassificado na Copa do Brasil.

    Curtir

  12. rafa jr disse:

    Certamente boas noticias principalmente acontecem quando relacionadas a nossa torcida que sempre esta de parabéns é um orgulho dessa instituição centenária tão maltratada pela Diretoria capitaneada pelo Gobbi que não acerta nada…do elenco ao técnico aos jogadores que jogam em outros times mas generosamente é o Corinthians que paga.
    Na minha opinião com todos esses gastos extraordinários se ficar entre os quatro será uma grande derrota.
    Simples assim…dezembro hora do Mano dá linha na pipa !

    Curtir

  13. Magoolennon disse:

    Sensacional Silvio. Corinthianismo com credibilidade enquanto que o Raul fala que está tudo bem. Sera que aquelas 2 funcionarias vão abrir mais a boca? Haja proteção

    Curtir

  14. Ernesto de Minas disse:

    Números muito bons, mas existem outros muito melhores. E eles se referem a renda bruta e renda líquida dos clubes. Aí é que vemos a importância de se manter esses preços nos jogos em casa.
    Média de renda bruta Renda bruta
    Cor R$ 1.895.000,00 R$ 18.950.000,00
    Cru R$ 922.470,00 R$ 8.303.000,00
    Fla R$ 899.000,00 R$ 8.990.000,00
    Inte R$ 806.000,00 R$ 8.060.000,00
    SP R$ 655.000,00 R$ 6.550.000,00

    Média de renda líquida Renda líquida
    Cor R$ 1.277.000,00 R$ 12.770.000,00
    Inte R$ 601.275,00 R$ 6.012.750,00
    SP R$ 379.000,00 R$ 3.790.000,00
    Cru R$ 216.000,00 R$ 1.945.500,00

    Nem vou citar daí prá baixo.

    1) Vemos que o SPFC, 2º colocado em público ,sequer aparece entre os primeiros em renda, seja bruta ou líquida.
    2) Temos o dobro de média de renda bruta que o 2º colocado, o Cruzeiro.
    3) Temos o dobro de média de renda líquida que o 2º colocado, o Entregacional.
    4) Com esses números devemos ultrapassar um lucro de 25 milhões como mandante no BR-14.
    5) Se caminharmos na Copa do Brasil os números médios por jogo devem se assemelhar a esses.
    6) Juntando os números do ano todo, apesar da pífia campanha no estadual, o Corinthians terá ultrapassado tranquilamente os 33 milhões de lucro no ano.

    Curtir

  15. Samuel disse:

    Silvinho, quanto ao Guerrero, alívio, mas só aconteceu o óbvio, e ele só foi indiciado por tratar-se de Corinthians e por conta de uma diretoria omissa e covarde.

    Omissão e covardia que custou a punição ao Petros, que aconteceu de fato pela opinião pública, inflada pela mídia canalha, e não combatida pelo clube, pelo contrário, colocou mais lenha na fogueira quando o sr. Mano Menezes, técnico da equipe, no dia seguinte compareceu ao programa Bem Amigos, e sem ao menos ter conversado com o seu jogador acabou validando tudo o que estavam falando, ao dizer que ele havia feito besteira. Mais desorganização e burrice que isso impossível.

    Quanto aos ingressos, todos torcemos para não cair pro lado da violência, na mesma medida que torcemos para que os que administram o estádio e a diretoria sejam sensíveis e não fiquem nessa de dar de ombros para a Fiel. Se continuarem assim, a violência será inevitável. Infelizmente no Brasil quem tem o poder caga e anda para os de baixo, nossa política é assim, e ainda bem que no futebol essa regra é de vez em quando quebrada porque a torcida não se comporta de forma cordeiristica como o povo brasileiro se habituou.

    Os ingressos estão caros e abusivos, e a política é burra, porque dá para baixar mais em todos os setores e garantir lotação máxima e renda maior. E principalmente não descaraterizar nossa torcida, que de maloqueiro sofredor logo será chamada de milionário esbanjador.

    Valeu!

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Samuel,

      futebol se decide nos bastidores. Ganha-se e perde-se títulos nos bastidores.

      Assim como outras coisas

      Curtir

      • Samuel disse:

        Pois é Silvinho, mas tem que saber agir nos bastidores, e decididamente a política de “devagar que tá doendo” do Gobbi não é a indicada,
        Será que o Gobbi é tão submisso que nem sente??
        Presidente lixo!

        Curtir

  16. Luís Carlos disse:

    Silvinho, mantendo-se os preços, poderia-se alocar o espaço para os visitantes para o setor oeste, próximo aos escanteios. Poderia-se alocar também para os mesmos espaços no setor leste, ou mesmo para o oeste, o espaço para as torcidas organizadas.

    Acho que isso ajudaria a preencher alguns espaços que hoje estão com menor ocupação e aumentar a disponibilidade de ingressos de valor menor para o torcedor não-organizado.

    A reclamação com relação aos preços dos ingressos me parece mais uma reclamação com quantidades de ingressos a preços menores que uma reclamação de preços em si. O problema principal é que as torcidas organizadas e os visitantes atualmente possuem reserva de mercado sobre os ingressos “populares”. Se os setores norte e sul fossem disponibilizados exclusivamente para os fieis torcedores, menos deles seriam obrigados a comprar ingressos nos setores mais nobres e continuariam sempre cheios.

    Caso as torcidas organizadas paguem ingresso, provavelmente alegariam “injustiça”. Eu diria que os preços maiores que eles teriam que pagar serviria para amortizar uma pequeníssima parte do que eles dão de prejuízo ao clube. E se já que se tem que ser injusto porque a injustiça teria que recair exclusivamente sobre o torcedor não-organizado?

    Caso as torcidas organizadas não paguem ingresso, não mudaria nada.

    Caso a torcida visitante alegar que o clube está tolhendo seu direito de acompanhar seu time eu diria que no Pacaembu a torcida visitante já ocupava um desses cantos. E que todo adversário promove aumento no preços dos ingressos quando o jogo é contra o Corinthians.

    Com relação ao julgamento do Guerrero, entendo que o lance foi exatamente igual ao do Petros, ou até mais “violento”, já que o juiz foi até arremessado ao chão. Como já havia dito, imagem de tv serve para provar autoria e não a intenção. Nem uma imagem de tomografia poderia provar a intenção de ninguém.

    A única diferença que vi é que no caso do Petrus a imprensa tratou tudo, antes do julgamento, como agressão e no caso do Guerrero, por medo dele, tratou tudo como “encontrão”

    Isso, entre outros inúmeros exemplos, prova mais uma vez que o STJD não é e nunca foi um tribunal. É um órgão composto de Barnabés indicados pela CBF que não possuem capacidade intelectual para passarem numa prova de concurso para a magistratura e têm aí uma oportunidade de se fingirem de juízes para massagearem o ego. Até se autodenominam “desembargadores” ou “promotores”… E será assim enquanto os dirigentes dos clubes continuarem abaixando seus rabinhos.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Visitantes no melhor setor do estádio ?

      Curtir

      • Luís Carlos disse:

        Sim, para visitantes e para torcidas organizadas. Os melhores lugares ficam no meio e não na altura dos escanteios. O setor lilás do Pacaembu fica numa posição dessas. O setor das organizadas no estádio do grêmio fica, se não me engano, também numa posição semelhante.

        Curtir

  17. Márcio Arruda disse:

    O preço está bom, o clube precisa sobreviver, e ter a maior média de público mostra que estão no caminho certo. Provavelmente Flamengo e São Paulo vão ultrapassar já que colocam o preço lá em baixo e tem um estádio que cabe mais público, mas na renda o Corinthians é imbatível.
    Quanto aos protestos, é coisa de gente burra, desocupada e que só olha para o próprio umbigo.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Flamengo já tratou de aumentar os ingressos

      Bastou o time melhor um bocadinho

      Se fosse no Corinthians, ia ter fundamentalista arrancando a cueca pela cabeça

      Curtir

      • Samuel disse:

        Aqui também chove críticas aos mulambos quando eles fazem isso… inclusive dizendo que mudaram os papéis, o flu popular e o fla burguês. Nesse caso inclusive do nosso jogo até cabeças vão rolar por discordâncias dessa política, e depois que ganharmos pode esperar piti do Luxa.

        O nosso é mais grave porque os valores são muito mais altos, e não tem gratuidade a criaças e idosos, como tem aqui no Rio.

        E a nossa política é burra, insisto nisso. Dá para cobrar valores mais altos que os outros clubes, mas de forma mais equilibrada e justa, de forma a manter o estádio muito mais cheio. Qual o propósito de estádio para 48 mil pessoas e se contentar com 30 mil?

        Comecei a ler uma entrevista da mula que cuida do nosso marketing, e parei na chamada, quando ele diz que o Corinthians não é o time do povo, não do povão… nossa, 104 anos depois precisamos de alguém para nos definir… nem li o resto, mas vou ler para poder detoná-lo com mais propriedade.

        Valeu!

        Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Penso igual a vc.

      Curtir

  18. Cesar disse:

    Outro ponto relevante sobre a média de público: Bambis e Flalidomengo praticam ingressos a preços promocionais, 10 reais e coisas do tipo, especialmente em jogos grandes, o que dá picos de público em jogos específicos e jogam a média lá em cima, porém na maioria de seus jogos o público é ridículo, 5 a 10 mil no máximo.
    Já o Corinthians é o público médio mesmo, se mantém próximo disso na maioria dos jogos, e com um detalhe importantíssimo: o ticket médio é muito superior, muito mesmo.
    É aquela coisa, 10 num jogo, zero no outro, a média é 5, é o caso deles. Já o Timão é casa cheia todo jogo!

    Curtir

  19. Randal disse:

    Estou preocupado com a questão do contrato do Petros.
    Pararam de falar mas para mim estão apenas esperando a hora certa (quando alguém do RJ estiver para cair) para fazerem a citação.
    O bicho vai pegar nessa questão. Se confirmados os dados, o Petros jogou pelo Corinthians sem que houvesse legalmente um contrato em vigência. O fato de estar ou não no BID não alivia nada. Apenas prova que a CBF errou. Mas, independentemente do erro da CBF, o erro maior continuaria existindo: o contrato
    Eu já olho a tabela contando -21 pontos. Posso estar sendo pessimista demais. Mas com o mundo contra e com o Zanfa nos defendendo temo pelo pior.

    Curtir

    • Luís Carlos disse:

      Não existe isso, Randal. O último registro foi apenas proforma. O Petrus não alterou seu vínculo federativo, que é o que vale na CBF e na FPF. Só alterou o status do vínculo, que passou de “empréstimo” para “contratação definitiva”.

      Um contrato terminou em um dia e o outro começou no dia seguinte. O jogador não ficou um dia sequer sem contrato e nem jogou um dia sequer sem contrato.

      Se for considerado que o último registro só poderia valer na segunda feira porque a data de início era fim de semana, obrigatoriamente deveria ser considerado que o registro anterior deveria valer até segunda-feira também. A data do contrato anterior não venceu na sexta-feira.

      Considere uma coisa: há um prazo que, se não me engano, termina este mês para o registro de novos jogadores para o brasileirão. Se o clube quiser comprar o Fagner ou o Bruno Henrique, que estão emprestados, teria que desistir? O clube não poderia renovar um contrato ou dar um aumento de salário a nenhum jogador?

      É falta de assunto mesmo.

      Curtir

    • otavioserra disse:

      Concordo com o Silvio acima quando diz “Isto não vai acontecer”.

      O problema foi mais burocrático do que realmente um jogador irregular. O contrato do Petros tinha vencido no Corinthians e mudaram para o outro clube e voltaram para o Corinthians, isso tudo no mesmo dia praticamente. E outra, no jogo ele estava com contrato ativo e válido.

      Se for levar em consideração esse detalhe, lembre o que aconteceu com a Portuguesa que foi julgada na sexta e só apareceu no site da CBF na segunda. O que se levou em conta foi o que estava valendo e não o que estava no site. Esse mesma regra vale para o Petros e vou além, já estava no site da CBF e portanto não há o que argumentar pois ele jogou com um contrato válido.

      Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Estou convicto de que não corremos este risco

      Curtir

  20. Celso 1° disse:

    COMEÇOU A CAMPANHA VOLTA TITE!

    Neto, Milton Neves, ESPN e outros jornaleiros antis começaram com a conversinha fiada e agora a coisa ganha coro forte, entre eles , claro.

    O “GÊNIO, SUPER, HIPER, EXEMPLAR” treinador não arrumou emprego, O acordo com o Manchester não foi para a frente por questões salariais, no Bayer embora o presidente quisesse trocar o Guardiola pelo tite parte da torcida e dos diretores não aceitaram,o Real Madrid queria, mas a multa do Anceloti é cara, a seleção argentina queria mas temeu a rejeição por ele ser brasileiro kkkkkkkkkkkkkkk enfim não deu para o “gênio” arrumar emprego e agora os seus defensores(que não defende sua ida para seus times de coração) o querem de volta ao coringão, contudo os argumentos que usam para detonar o Mano são incoerentes, pois o cagão era muito mais retranqueiro, pois era covarde em casa e em qualquer jogo abdicava do contra ataque com os atacantes recuados o que fazia o time levar pressão dentro de casa e fora. E não falavam nada do treineiro, chamavam de jogo moderno, agora descem o cacete no Mano.

    Muitos estão descontentes com o Mano pela postura dos jogos de casa, eu sou um deles (COM A RESSALVA QUE EM CASA O TIME VEM JOGANDO BEM A MAIORIA DOS JOGOS), mas muitos criticam por criticar, pois antes achavam normal o time jogar assim até em casa.
    Defensor do treineiro não tem argumentos para cornetar o Mano, que peçam outro treinador, ELEVEM A DISCUSSÃO REALMENTE! FALEM DE TÁTICA, mas ficar cornetando somente para ver o defunto de volta não cola, é como o cara que está acusando a mulher de traição mas está pensando em separar e se juntar com uma mulher do puteiro, ou seja trocando por uma muito pior e reconhecidamente p##@

    Curtir

    • O Dani L disse:

      Tite, Renato Gaucho e Leão. Só a nata esta sem emprego.

      Devem estar fazendo o tal curso de reciclagem.

      Até o Joel ta the brincation ja arrumou emprego.

      Curtir

      • Celso 1º disse:

        Esse curso de reciclagem é longo hem…
        Se brincar, é mais rápido para o treinador terminar o curso de bacharel em educação física.
        Mas bem que estes “estudantes” poderiam ao menos arrumar uns estágios em um clube como auxiliar

        Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Adenô essa semana foi visitar o Boca

      Curtir

    • PAULO disse:

      EMBORA O TITE SEJA MAIS VENCEDOR QUE O MANO (NEM DÁ PRA COMPARAR) EU NÃO QUERO ELE AQUI NOVAMENTE, ALIÁS NÃO QUERO MAIS GAÚCHO DIRIGINDO O CORINTHIANS…

      Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Tite ainda está desfrutando do status que o Corinthians lhe deu.

      Curtir

  21. Luciano disse:

    Algumas considerações:

    Petros – Ontem, os auditores do STJD deixaram a entender de que ele pegará um gancho mesmo. Sempre que comentavam um voto, diziam que nesse caso (Guerreiro) não houve a intenção, diferente do outro caso (Petros).

    Público – Uma pena que nossa arena não tenha capacidade maior. O maracanã estava lindo no Sábado para ver o Flamengo. Acho que se eles continuarem com essa campanha no returno, eles passarão a ter maior média, dado à capacidade do maracanã e preço dos ingressos.

    Preços dos Ingressos – Realmente precisa ser revisto.

    Arena 1 – Quando é que vão acelerar as obras ? Tá muito devagar. Falta muita coisa a ser feita: colocação dos forros e vidros na cobertura; banco de reservas (aqueles parecem de ponto de ônibus), etc.

    Arena 2 – Se realmente se concretizar a retiradas das cadeiras dos setores Norte e Sul, será lamentável. O Corinthians adquiriu uma Mercedes top de linha, mas começa a colocar chupeta pendurada no retrovisor interno, encosto de de bolinha de madeira nos bancos, manopla com caranguejo no câmbio, adesivos “bebe a bordo” nos vidros, etc. Enfim, logo logo deixaremos de ter uma Mercedes top de linha e passaremos a ter uma Brasília “amarela”. LAMENTÁVEL.

    Curtir

    • Danilo disse:

      Acho que o estádio NUNCA vai ser concluído. A coisa andava quando a Odebrecht estava no comando e havia o prazo da Copa. O Corinthians, hoje, não tem dinheiro para comprar um parafuso.Aliado a falta de dinheiro existe a crônica INCOMPETÊNCIA que assola o nosso clube, com raros momentos de exceção, desde 01/09/1910.

      Curtir

  22. Celso 1° disse:

    Até que enfim não fomos lascados neste tribunal carioca anti, mas nesse lance não tinha nem como imaginar algo, o Guerreiro claramente nem vê o árbitro.
    Mas o procurador do STJD ainda teve a cara de pau de denunciar, por ele o Guerreiro teria que ficar 6 meses fora, um absurdo!

    Quanto á média de público, nenhuma surpresa, somos os maiores sempre e se for usar a média de ocupação dos estádios a coisa fica mais evidente ainda.
    Acredito que ano que vem, se terminarem o setor oeste mesmo (anda tudo parado, queria saber o porque), com as lojas e demais propriedades comerciais(ex: restaurantes e bares luxuosos), mobília, além do estacionamento e todas as demais facilidades o setor OESTE tende a ficar lotado na liberta e pelo menos com metade da ocupação nos demais jogos.

    Curtir

    • Celso 1° disse:

      Acrescentando que sempre falo do setor oeste porque este é o que tem menos ocupação (o calo até agora…), os demais setores ficam praticamente lotados (quando sobra cadeiras é no leste superior, mas nunca mais do que 30% das cadeiras disponíveis no setor)

      Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: