De um lado, Bragantino. Do outro, time grande. Deu a lógica

04/09/2014

Vencemos o Bragantino e estamos classificados para a próxima fase da Copa do Brasil.

3 a 1, com direito a uma bela exibição de Renato Augusto.

Foi uma bela exibição de Renato Augusto (créditos: Marcos Ribolli)

Foi uma bela exibição de Renato Augusto (créditos: Marcos Ribolli)

O Corinthians procurou o gol desde os primeiros minutos da partida.

Como vem fazendo quando joga em casa. A diferença, é que desta vez a bola foi para o fundo das redes.

Em menos de 20 minutos, tudo estava resolvido.

Um belo chute de fora da área de Renato Augusto, oportunismo de Ralf e bela cabeceada de Felipe.

E nos gols de Ralf e Felipe, Renato Augusto participando dos lances.

Precisávamos de dois gols para nos classificarmos para a próxima fase, sem precisar passar pelo sofrimento da disputa por pênaltis.

Antes do final do jogo, o Bragantino marcou o seu, mas sem tempo para reação.

Jogamos bem, mesmo desfalcados e agora enfrentaremos o vencedor da disputa entre Atlético Mineiro e Palmeiras.

Que cravo, sem pestanejar, vai dar Atlético.

Vamos debater esta importante vitória.

E deu a lógica. Porque time grande não é desclassificado pelo Bragantino.

Vai Corinthians!

***

Imagens registradas na Arena

DSCN6491

DSCN6492

DSCN6493

DSCN6494

???????????????????????????????

 


É hoje

03/09/2014

Quarta-feira é dia de Corinthians.

E o hoje o pega é contra o Bragantino, valendo classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

Time com alguns desfalques, diante de um adversário que virá fechado, apostando num empate ou pelo famoso “jogar por uma bola”.

Ao Corinthians, só interessa uma vitória por mais de 2 gols de diferença.

O provável time: Cássio; Fagner, Felipe, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Renato Augusto e Jadson; Romarinho e Romero.

Você poderá acompanhar a partida conectado na Rádio Memória Corinthiana

CPMC_marca_negativo

acessando do seu computador o site http://www.memoriacorinthiana.com.br/v2012/ ou os aplicativos http://tunein.com/ ou http://www.radios.com.br/aovivo/Radio-Memoria-Corinthiana/28495 através dos seus dispositivos móveis.

Vai Corinthians!

 


Sinal de alerta: segunda derrota consecutiva

28/08/2014

Perdemos para o Bragantino.

Fora de casa, mas jogamos praticamente “em casa”, num estádio repleto de corinthianos.

Sem aquela força característica do torcedor tradicional que ocupa as cadeiras quando jogamos em Itaquera, mas um torcedor que apoiou o time, à sua maneira.

Mesmo assim, perdemos. Perdemos para um adversário conhecido, que corre o sério risco de rebaixamento para a série C, do Brasileirão.

O Bragantino ocupa a penúltima colocação, na série B, com 16 pontos, dos 51 disputados.

Perdemos porque não conseguimos furar o bloqueio defensivo do adversário.

Perdemos porque criamos pouco e quando criamos, não finalizamos com qualidade, quando finalizamos. Afinal de contas, nosso time quase não chuta a gol.

E mesmo com a entrada de Ferrugem – que depois foi expulso – ficamos devendo no setor. Do outro lado, o Fábio Santos de sempre.

E no meio, com Renato Augusto na função de armação, na vaga de Jadson, que ficou no banco e entrou no segundo tempo, também ficamos carentes de qualidade na criação.

E o que dizer do posicionamento de Elias? Jogando atrás do Ralf, na função de cabeça-de-área. Um desperdício.

Foi nossa segunda derrota consecutiva. É hora de acender o sinal de alerta.

O time precisa jogar mais e reclamar menos, principalmente nosso treinador, Mano Menezes. Que anda ranzinza demais, reclamando demais da arbitragem, pilhando negativamente o time e quem vive o mundo da bola, sabe que a arbitragem costuma a ser mais “criteriosa” contra times que reclamam demais da arbitragem.

Ainda mais em se tratando de Corinthians.

Em resumo, reitero, precisamos jogar mais. Criar mais oportunidades, ser mais criativo e finalizar mais a gol.

Não se chega ao gol se não chutar.

Na semana que vem, precisamos de 2 gols para avançar para a próxima fase.

E não vai ser fácil.


Futebol, ciência exata. A conta exata para a classificação

07/08/2014

Futebol está se tornando uma ciência exata.

Números, dados estatísticos, apontamentos e gráficos, dando lugar ao gingado, a “alegria nas pernas” e ao futebol arte.

Tudo muito pragmático, prático, objetivo. Joga-se pelo regulamento, por uma bola.

O resultado do jogo de ontem, diante de um Bahia desfalcado e desinteressado, num estádio vazio, ilustra a tese.

Perdemos por 1 a 0, mas ficamos com a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil, as oitavas.

No placar “agregado” – um dos novos termos utilizados na era do futebol moderno – Corinthians 3 x 1 Bahia.

Nosso primeiro tempo foi sofrível. Como tem sido nossos primeiros tempos quando jogamos fora de casa.

O Bahia abriu o placar aos 22 do primeiro tempo, através de Guilherme Andrade.

Isso mesmo, o gol baiano foi marcado pelo Corinthiano.

Guilherme Andrade, em lance bisonho, atrapalhado, sem ritmo, com traseiro de passista de axé, marcou um gol digno de centro-avante oportunista.

No segundo tempo, com a entrada de Romero, o Corinthians passou a agredir mais o adversário.

Mas Romero, sozinho, não adianta. O garoto é bom, mas não é craque diferenciado, daqueles capazes de mudar sozinho os destinos de uma partida.

Classificados.

É o que importa? 

Mais ou menos.

Ótimo, classificados para a próxima fase. Fizemos bem o dever de casa, quando jogamos no nosso estádio.

Mas sob o ponto de vista do espetáculo, ontem, mais uma vez ficou demonstrado objetivamente porque o torcedor anda fugindo dos jogos transmitidos pela televisão.


Bela vitória contra o Bahia. E méritos pro paraguaio legítimo

24/07/2014

Começamos bem a fase de mata-mata da Copa do Brasil.

3 a 0 no Bahia, jogando bem e de forma convincente.

Méritos para Romero, o legítimo paraguaio, que foi escalado na vaga que era de Luciano e confirmou o que se vem falando nos intramuros do Ecológico.

O rapaz vem matando nos treinamentos e está bem adaptado ao grupo.

Méritos também para o nosso meio de campo, que funcionou perfeitamente nesta noite. Ralf, voltando a velha forma, Elias, efetivo como sempre, Petros, o novo pulmão do time, marcando, desarmando e fazendo muito bem a transição do meio para o ataque e Jadson, mesmo não estando no mesmo nível dos demais companheiros, neste jogo, também foi importante na armação das jogadas.

Defesa firme e laterais apoiando bem. Ataque funcionou e o resultado foi o que desejávamos.

É certo que o durante boa parte do segundo tempo o jogo se tornou sonolento, já que o adversário entrou em crise de identidade – tentar diminuir o placar ou se fechar pra não sofrer mais gols – mas o penalti, que caiu do céu naquele momento, fechou a tampa do caixão baiano.

Agora, na Bahia, o time da casa vai precisar de uma junta de rezadeiras para reverter o placar. E claro, jogar muito mais futebol, se é que isso seja possível.

Valeu pela vitória.

Uma pena que muitos não tenham visto o último gol, já que haviam saído correndo pra tentar entrar no metrô, que encerrava as operações no germânico horário das 00:19.

E você, gostou do jogo?

Vai Corinthians!


A meca na era do Mata-Mata

23/07/2014

Logo mais, a partir das 10 da noite, Corinthians e Bahia se enfrentarão na Arena Corinthians, neste que será nosso primeiro confronto no formato “mata-mata”, válido pela Copa do Brasil.

Muito embora o pensamento esteja no duelo de domingo, diante dos “porco”, vencer hoje, de forma tranquila e convincente, dará ao time não só uma boa vantagem para a segunda partida, na Bahia, como também maior confiança para jogarmos o derby.

Mano Menezes faz mistério, fez treino fechado para a imprensa, mas o time que deverá ir a campo será Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano e Guerrero.

Ou seja, a mesma equipe que vem atuando depois da parada para a Copa do Mundo.

O adversário vem com 4 desfalques – Rhayner, Demerson, Henrique (contundidos) e Roniery, que já atuou na competição pelo Parana.

A provável escalação do time baiano: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Titi, Adailton, Guilherme Santos; Fahel, Uelliton, Léo Gago, Emanuel Biancucchi; Marcos Aurélio e Maxi Biancucchi.

A arbitragem será de Igor Junio Benevenuto (MG), auxiliado por Celso Luiz da Silva e Antonio Luiz Barbosa (ambos de MG).

Acompanhe a partida acessando http://www.cpmc.com.br/

 

Está de volta o Programa Corinthianismo com Credibilidade:

Hoje, a partir das 8 da noite, direto da Arena Corinthians, está de volta o programa Corinthianismo com Credibilidade, agora pela Rádio Memória Corinthiana

logo_cpmcl

Acesse:

http://www.cpmc.com.br/

 


%d blogueiros gostam disto: