01 de Abril?

01/04/2010


Fora Treinador!

31/03/2010

O time está lento, jogando sem vontade.

Marcal mal, ataca mal, jogadores demonstrando falta de vontade e falta de raça.

Alguns, parecem que nem querem mais ficar no clube, estão com a cabeça na Europa.

A diretoria contratou em baciada e planejou mal o elenco.

Trouxe caras que se davam bem em clubes de outros estados, mas jogar aqui é outra coisa.

E o treinador?

Fraco, não consegue dar um padrão tático à equipe.

Mesmo com alguns bons jogadores, não consegue fazer o time jogar.

Só ganha de time pequeno.

Insiste em improvisações sem sentido.

O presidente tinha que parar de beber, deixar de ser teimoso e mandar esse treinador embora

Se não mandar esse treinador embora, vamos ser desclassificados do Paulistão e da Libertadores.

Não, amigos. Não estou falando do Corinthians.

As frases acima, extraídas de foruns de debates e conversas entre torcedores, referem-se ao clube do Jardim Leonor.

Tão amado, cantado em verso e prosa pela mídia vendida.

E isso você dificilmente lê por ai.

Mas esse é o pensamento do torcedor bambi.


Homenagem a Rogerio Ceni

08/02/2010

Em homenagem a Rogerio Ceni e o seu vôo no vazio.

Se liga no papo, xará
Sem essa você vai quebrar
Você vem com briga
Tem sempre uma intriga pra me perturbar

Não venha com esse caô
Que a vida foi feita pra amar
Segura a tua barra
E para de marra pra não se atrasar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Quero dizer que pra você pintou sujeira
Corre na cidade inteira
Que o bicho vai pegar
Não vai chorar igual Maria Madalena
Vagabundo não tem pena
De quem vive a vacilar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Preste atenção que o pessoal da Piedade
Cheio de sagacidade
Anda louco pra te ver
Vê se devolve a grana da comunidade
Que é pra não virar saudade
É verdade, podes crer!

Entrou no jogo duro na Vila da Penha
Trunfo é palma, dele é lenha
Jogou rei, puxaram ás
Saiu voado, ô mané vê se te manca
Olha que o dono da banca
Já mandou correr atrás

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Vacilação foi na tendinha do Salgueiro
Abriu conta sem dinheiro
Dando o golpe do cartão
E no final virou motivo de esculacho
Foi descendo o morro abaixo
Levou tapa e sugestão


As Freirinhas do Convento do Jardim Leonor também aprontam

29/01/2010

A próxima edição da Revista Placar trará uma reportagem completa e muito interessante sobre os garotos, casos e acasos do futebol de base tricolor.

Algumas passagens desta matéria são muito interessantes. Por exemplo: Tadeu Cruz, filho do preparador físico, olheiro e homem de confiança de Juvenal Juvêncio, Milton Cruz, tornou-se agente FIFA.

E carrega como “QI” a estreita amizade com alguém que vem causando dores de cabeça nos dirigentes do Convento: Giuliano Bertolucci.

Ele mesmo, nome que vem ganhando destaque no futebol internacional por agenciar grandes estrelas do futebol brazuca e também internacionais.

Entre alguns atletas, Bertolucci agencia os selecionáveis Elano, Luisão, entre outros atletas da seleção. Estes últimos citados, porque segundo consta, foram procurados pelo clube do Jardim Leonor.

O agente possui vínculo comercial com várias equipes do futebol europeu como clubes de Portugal, Inglaterra e Turquia.

A matéria fala também sobre o caso Oscar. O garoto informou com exclusividade à Placar que foi praticamente “sequestrado” na Espanha pelos dirigentes do Convento.

E que Marco Aurélio Cunha teria oferecido 1 milhão de reais para que ele “largasse” seu agente, Giuliano Bertolucci.

Outro detalhe sórdido do modus operandi das Freirinhas foi a coação que elas praticam contra ex-funcionários que acionam o clube na Justiça Trabalhista.

Em 2009, o clube do Convento teve que assinar no Ministério Público um Termo de Ajustamento de Conduta, comprometendo-se a não mais coagir estes ex-funcionários que acionam a Justiça para receberam o que entendem ser seus direitos.

Vale a pena ler a matéria na íntegra.


Twitadas

15/01/2010

Enquanto todo mundo imaginava que Dona Wilma aliciava as put.. velhas, Dona Wilma começou a aliciar garotinhos, praticando a pedofila e a prostituição infantil no futebol.

Comentário sobre a atual situação dos moleques da base do Jardim Leonor (que estão aos montes entrando na Justiça pra se livrar do regime de escravidão infantil) em 140 caracteres:

http://twitter.com/blogdosilvinho

Motivo da derrota dos dirigentes do SPFW contra o Giuliano Bertolucci:ele não é do esquema.Mas se fosse o Juan Figger,a reação seria outra


E os rivais, como estão?

11/01/2010

É claro que a nossa paixão é inquestionavelmente o Corinthians e ele absorve praticamente toda a nossa atenção quando o assunto é futebol.

Mas amantes do futebol que somos, é perfeitamente natural que vez ou outra damos uma espiada no noticiário dos nossos rivais, principalmente dos brasileiros que poderemos enfrentar em algum momento na Copa Libertadores.

O Jardim Leonor contratou em lote e leio em alguns espaços rasgados elogios à montagem do elenco vermelho, rosa e branco.

Entre os contratados, Fernandinho, que se apresentou visivelmente fora de forma e o zagueiro André Luis, aquele que até hoje está procurando o Gil.

Duas contratações que certamente seriam duramente criticadas pela crônica esportiva paulistana por diversas circunstâncias.

Não vejo a principio, entre os contratados do time do Convento, nenhum que cause grande furor ou que seja motivo de preocupação, no entanto, destaca-se que Marcelinho Paraíba, a demonstrar o mesmo desempenho exibido no rebaixado Curitiba, pode agregar qualidade ao meio de campo.

Já na Turiassu o que mais se lê e se ouve é sobre Vagner Love. Se ele vai ou fica.

Disso tudo, o que mais me espantou é que o economista Belluzzo teria entrado em contato com José Serra e este teria colocado à disposição do clube que torce, todo apoio da Polícia Militar do Estado de São Paulo para dar guarida e proteção ao craque baladeiro.

Só podem estar de sacanagem. Certamente, o contribuinte corinthiano não gostaria de ver seu dinheiro sendo utilizado em segurança privada de atleta de time de futebol, ainda mais da Turiassu.

Sobre o Santos, o fato mais relevante foi a contratação de Giovanni.

Virou moda reconduzir atletas da aposentadoria para a volta às atividades.

E o novo presidente santista, que pregava a modernidade, prometendo introduzir na Vila famosa uma gestão com visão holística e sistêmica, agregando ao negócio futebol santista os mais destacados empresários ponta de lista da economia brasileira, deve estar enfrentando inúmeras dificuldades com a herança maldita deixada por Marcelo Dualib Teixeira.

Passamos por isso.

Se os amigos tiverem algo a acrescentar sobre os nossos rivais, fiquem a vontade.

Sugiro uma comparação entre elencos, um debate sobre quem pode representar perigo às nossas pretensões e claro, falando mais e mais de Corinthians.


SPFW reforça o Departamento Médico

08/01/2010

– As duas equipes se reforçaram muito bem, mas o São Paulo contratou melhor por ter me contratado (risos). Vamos lutar por títulos – ressaltou Fernandinho.

Se não bastasse Marcelinho Paraíba ter nos citado na sua apresentação, o tal Fernandinho entrou no embalo e soltou essa pérola.

Declaração ousada para quem chegou bichado no SPFW.

Além de bichado, o atleta está bem gordo

O time do Jardim Leonor contratou o jogador com uma fratura no dedinho do pé direito e ficará aproximadamente 2 meses fora.

O fato em si – contratar jogador lesionado ou bichado – não chega a ser absurdo, principalmente pelo fato do Corinthians já ter passado por isso.

Ocorre que o tratamento dado pela mídia quando se refere ao clube purpurinado é outro bem diferente.

Em outros tempos, até não surgir o nosso CEPROO, quando algum jogador bichado era contratado pelo SPFW, era motivo até de festa porque ele seria “recuperado” pelo tal centro de fisiologia que eles tanto se gabavam.

Hoje a realidade é bem diferente: o melhor Centro de Fisiologia da América Latina é do Corinthians.

Porém, se um atleta é contratado pelo Corinthians com algum problema, o mundo desaba.

Outro dado histórico, é que mesmo quando não tínhamos esse Centro de Fisiologia, pelo Corinthians sempre passaram excelentes profissionais do ramo

O Branco, por exemplo, sempre se queixou de dores nas costas durante toda sua carreira. Mas somente quando chegou ao Corinthians – e isso quase no final da sua carreira – descobriu que existia uma diferença mínima de tamanho de uma perna para a outra.

Mas segue o jogo, o importante é que nossos atletas se apresentaram bem e estão voando no treinamento físico.

A temporada promete.


Manchester: O destino de Oscar

22/12/2009

O destino do praticamente ex-atleta do SPFW será o Manchester, clube inglês.

É notório e evidente que os prepostos do atleta não formariam este furdunço, essa casa-de-cabloco pra colocar o jogador num clube brasileiro.

Assim que o jogador conseguir a sua liberação na justiça, seu destino será a Inglaterra.


Dona Wilma intimida o jogador Oscar

22/12/2009

“Oscar, é o Marco Aurélio, você sabe o tanto que eu gosto de você. Eu acho que esse caminho foi horrível, esse caminho escolhido, e não será fácil. O São Paulo é muito forte. Acho que foi um erro estratégico imenso, e eu espero que você não tenha permitido porque ainda dá para reverter. Com certeza sua vida vai ficar difícil, porque a força jurídica do São Paulo [é grande] e os argumentos colocados são muito ruins e a força do São Paulo é muito grande. Me liga pra eu te orientar, meu filho, eu não quero você passe o que você vai passar. Me liga”

Clique e ouça o recado deixado por Marco Aurélio ao atleta Oscar

Nesta história fica complicado formalizar uma opinião porque a princípio, ambos os lados apresentam as suas razões.

Analisar os fatos, porém, é matéria simples. De um lado, um jovem atleta que talvez não tenha noção do tamanho da bucha que virá pela frente, amparado por advogados, procuradores e empresários.

Os de sempre já tentam inclusive associá-lo a Kia Joorabchian e pra essa patota colocar o Corinthians como grande articulador desse roteiro de intrigas, “são dois palitos”.

O que sei da carreira desse jovem é que se trata de um craque promissor.

Desde que surgiu despertou o interesse de empresários e logo que começou a ganhar destaque nos campeonatos SUB, os dirigentes do SPFW o fizeram assinar um belo contrato que lhe rendia algo em torno de 30 mil reais por mês.

Nas partidas das categorias de base, o garoto chegava acompanhado do seu staff e todo paramentado de artigos da Nike, o que agregou a antipatia e o ciúme dos adversários e até dos seus próprios companheiros.

Nas bolas divididas, a molecada mirava da correntinha pra baixo. Vendo que perderia sua mais promissora galinha dos ovos de ouro, a turma do Jardim Leonor resolveu tira-lo de combate e confinaram o rapaz no CT da Barra Funda, onde ficou apenas treinando com os profissionais.

Logo depois o despacharam para fora do país, tirando-o de circulação, fugindo do assédio de vários clubes do exterior.

Não se sabe bem ao certo no que vai dar isso tudo. O fato é que realmente uma boa briga vem pela frente.

E quem diria, Dona Wilma experimentou do seu próprio veneno.


E agora, Dona Wilma?

19/12/2009

Do Globoesporte.com

O jovem Oscar, de 18 anos, não é mais jogador do SPFW. Considerado uma das principais promessas do Tricolor, o meia-atacante entrou na Justiça contra o clube e conseguiu o seu desligamento. Nesta temporada, ele chegou a atuar em alguns jogos do Campeonato Brasileiro e agradou comissão técnica, diretoria e torcedores. Mas por considerar que estava sendo prejudicado em seu contrato resolveu brigar para sair.

A iniciativa de entrar na Justiça foi tomada porque as pessoas que acompanham a carreira de Oscar acharam que o contrato dele com o São Paulo era prejudicial a ele e valorizava apenas o clube. Além disso, o advogado do meia-atacante, André Ribeiro, cobra sete meses de uma parcela do salário que era referente a um aumento previsto em contrato. O acordo do atleta com o Tricolor iria até dezembro de 2012.

Outra reclamação da defesa do jogador é que com 16 anos ele assinou um contrato superior a três anos, algo proibido pela Fifa antes dos 18 anos.

A prática é contrária ao que determinam os regulamentos da Fifa, que proíbem o registro de contratos de atletas menores de 18 anos por prazo superior a três anos. Além disso, o jogador reclama salários e FGTS parcialmente atrasados desde setembro de 2008, o que daria causa à rescisão indireta de seu contrato e o que fundamentou a concessão da decisão liminar – disse André Ribeiro, por intermédio da assessoria.

Oscar iniciou sua caminhada no São Paulo em 2004, ainda com 13 anos. Com 15 anos, ele foi enviado pelo clube à Espanha. Lá, ficou até completar 16 anos. Foi então que a pedido do clube paulista a mãe do jogador aceitou emancipá-lo, ainda de acordo com a defesa do atleta. Sendo assim, já podendo assinar um acordo profissional, ele firmou contrato de cinco anos com o time.


Mais um calote interrogação

15/12/2009

Do Blog do Avallone:

http://blogdoavallone.wordpress.com/2009/12/14/mais-um-calote-interrogacao/

Nesta semana foi divulgado que o São Paulo está      próximo de obter no BNDES um financiamento para a  reforma do Morumbi para a Copa do Mundo de 2014. Ó,  que surpresa, exclamação. Dá-lhe dinheiro público para  ser investido em uma obra que financeiramente interessa a um grupo pequeno de pessoas e que muito provavelmente não voltará aos cofres do BNDES,  lembrando que tal órgão tem por objetivo o financiamento de longo prazo para a realização de investimentos que contribuam para o desenvolvimento social e tecnológico.

Mas o que chama mais atenção é que o São Paulo Futebol Clube já recebeu uma bela ajuda estatal, não cumpriu a contrapartida estabelecida na ocasião, e mesmo assim será novamente agraciado pelo Poder Público.

Com efeito, quando o terreno onde hoje está construído o Morumbi foi doado ao SPFC pela Prefeitura de São Paulo, o tricolor assumiu o compromisso de utilizar 3/4 da área para a construção do estádio e o restante para um parque infantil e um estacionamento – que deveriam ser construídos e mantidos pelo próprio São Paulo. Resultado: até hoje as criancinhas aguardam o tal parquinho e os flanelinhas comemoram o lucro que é obtido toda quarta-feira e domingo. O documento abaixo é irrefutável nesse sentido.

E o que chama mais atenção ainda é que a área foi doada a contragosto das pessoas responsáveis pelo departamento de urbanismo da Prefeitura de São Paulo e em detrimento da população paulistana. A recomendação era para que a área fosse utilizada para a construção de praças ou parques públicos. Mas o São Paulo Futebol Clube, então presidido por Cícero Pompeu de Toledo (que, por justiça, foi homenageado com o nome do estádio), intercedeu perante a Prefeitura de São Paulo e, praticamente implorando, pediu que a área fosse doada para a construção do estádio. É o que comprovam os documentos abaixo.

De fato, de “pires na mão”, Cícero Pompeu de Toledo argumentou queclube eminentemente popular que é, representante legítimo do Estado de São Paulo, dentro do concerto esportivo desta terra, da qual, leva orgulhosamente o nome e as cores, não tem podido – o São Paulo – projetar-se como deve e pode, entre os demais. Isso porque, sempre nos faltou o fator mais importante para atingir tal fim ou seja, o Estádio, que para um clube, representa o mesmo que a casa própria para qualquer cidadão.”

E sobre os prejuízos que seriam sofridos pela população, afirmou que “o fato desta faixa de terra ser entregue ao São Paulo, para construção de um estádio, não impedirá que o público a frequente. Pelo contrário, parte considerável desse mesmo público passaria a fazer dessa área o seu refúgio dos fins de semana, dos feriados e das suas férias.”

Mas infelizmente o final da história todos conhecem. O parque não existe, nem estacionamento, e o clube é frequentado apenas por pessoas detentoras de um bom poder aquisitivo. Ou seja, tudo ao contrário do combinado.  Por tudo isso, a pergunta que não quer calar é: e o empréstimo do BNDES, terá melhor sorte, interrogação. Aliás, algum clube brasileiro tem condição de assumir um financiamento de R$ 150 milhões?  Eu já dou o dinheiro por perdido.


Por isso não provoque É Cor de Rosa Choque

13/11/2009

Sexo frágil
Não foge à luta
E nem só de cama
Vive a mulher…

0,,32942150-EX,00

Por isso não provoque
É Cor de Rosa Choque
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Não provoque!
É Cor de Rosa Choque
Não provoque!
É Cor de Rosa Choque
Por isso não provoque
É Cor de Rosa Choque…


%d blogueiros gostam disto: