Fim de semana de decisões nas categorias de base

08/11/2013

Neste sábado e domingo, dias 09 e 10 de novembro, nossa molecada irá a campo em momentos decisivos no Campeonato Paulista, das categorias de formação de atletas.

O Sub 20 enfrentará o Mogi Mirim, fora de casa, em primeira partida válida pela semifinal da categoria, amanhã, dia 09.

O jogo de volta será dia 16, na Fazendinha.

O Sub 20 se classificou para a semifinal após vencer o SPFW, duas vezes, 2 a 1 e 3 a 0.

Amanhã (sábado), na Fazendinha, o Sub 17 fará a sua segunda partida contra o Botafogo de Ribeirão Preto, em partida que valerá uma vaga na final.

No primeiro jogo, nossa molecada perdeu por 3×2 para o Botafogo de Ribeirão Preto, em partida realizada no estádio Santa Cruz, quebrando a invencibilidade da nossa equipe.

Amanhã, jogaremos por uma vitória simples para chegar a final.

No Sub 15, enfrentaremos a Inter de Limeira, às 9h, em Limeira, e nossa equipe necessita de uma vitória simples para chegar a final.

No primeiro jogo, sábado passado, na Fazendinha, empate de 0 a 0.

Dos times que entrarão em campo em partidas decisivas, o Sub 13 é o que está em condição mais favorável.

Após vencer o Santos, no Centro de Treinamento Rei Pelé, por 2 a 1, jogaremos em casa, na Fazendinha, domingo, as 10:15, podendo perder por até um gol de diferença para conquistarmos o título.

Para os associados do Corinthians, o acesso à Fazendinha é liberado.

Vamos torcer pelos nossos garotos, a distância ou na Fazendinha, se você é associado do Corinthians.

Nos jogos fora de casa, também vale a presença dos torcedores locais.

Vai Molecada, Vai Corinthians!


É hoje. E sou mais Corinthians !

23/10/2013

É hoje!

O Corinthians vai a campo, na Arena OAS, para enfrentar a equipe do Grêmio, brigando por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

O time partiu praticamente escalado, com apenas uma dúvida e Walter no gol, no lugar de Cassio.

Walter; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Renato Augusto (Edenílson), Douglas e Romarinho; Alexandre Pato.

Emerson, no banco.

E como tudo para o Corinthians não tem sido fácil nos últimos meses, Guerrero vai entrar na faca e só volta em 2014.

Assim como Cassio, que ficará afastado por tempo indeterminado para se recuperar de uma lesão muscular moderada (grau 2) na coxa.

Guerrero, inclusive, será submetido hoje a uma cirurgia no quinto metatarso do pé esquerdo.

E é assim, do jeito mais corinthiano possível, que iremos para o jogo.

Estou confiante. O time gremista não assusta, é um “feinho arrumadinho”, que marca forte, chega ao ataque usando bastante as alas e na frente aposta nos atacantes Barcos e Kleber.

Mas o Corinthians tem a força da mística e vem se dando bem em competições neste formato.

Vai Corinthians!

E recordar é viver:

 


Missão Vila Belmiro: Ser campeão na casa deles

19/05/2013

Chegou o grande dia.

Dia de decisão, finalíssima do Campeonato Paulista, 2013.

Vamos em busca da nossa 27º conquista.

Como bem costuma cantar Ernesto Teixeira, o Corinthians é o Rei dos Gramados Paulistas.

E amanhã temos tudo para voltar da Vila Belmiro com mais uma conquista, com mais um troféu para a nossa galeria do Memorial.

Jogamos por um empate, mas o objetivo é a vitória.

Vencer dentro da lendária Vila Belmiro, por onde desfilaram Pelé, Pepe e Coutinho.

Mas também por onde já encantaram Ronaldo Fenômeno e Marcelinho Carioca, autores de gols antológicos, dignos de placa.

Vai Corinthians, rumo a mais uma conquista!

Vibrações Positivas!

Seremos Campeões, mais uma vez!

 


Vai Corinthians!

15/05/2013

Dia de decisão.

A primeira da semana.

Ansiedade, nervosismo, o desejo que as horas passem rapidamente, nada disso é maior que a confiança.

Corinthians, nós acreditamos em você!

Porque somos parte desse todo e quando o time entra em campo, sao 40 milhões de almas Corinthianas em sintonia.

Hoje será escrito mais um capitulo desta nossa linda história, em cores preto e branca.

Lutem, vibrem, joguem com alegria, nós estaremos lá.

O Pacaembu vai latejar pra depois explodir de alegria.

Vai Corinthians!


Recordar é viver

11/05/2013

Revirando o baú da saudade, encontramos grandes momentos vividos.

E como é bom recordar e sentir a prazerosa sensação de orgulho por ter sido testemunha ocular da história, presente ali, de corpo e alma.

Era o meu segundo Corinthians x Santos.

Todos os Romoaldos (e os Romualdos também…) partiram rumo ao distante Morumbi.

Silvio filho, Silvio pai, Vô Dito, Tios Zé e China, todos a bordo da Fuca laranja.

Tínhamos um ritual. Domingo pela manhã, casa da Vó Maria, segundo café da manhã, pãozinho da padaria Lisboa, depois a boa e velha passada na Churrascaria Central, onde pai, tio e vô tomavam a sagrada caipirinha, que eu adorava “chupar o açuquinha do limão” e nem por isso me tornei um alcoólatra, aliás, odeio bebidas, contrariando as teorias dos psicólogos infantis da cultura popular.

Partir pra casa, almoçar, 1 milhão de recomendações dadas pela mãe, antes, durante e depois do almoço, que ninguém ouvia nada, só comia e pensava no trajeto, no jogo.

Naquela época, 1978, partir do Tatuapé ao Morumbi era uma aventura.

No ritual, saíamos 1 e meia de casa – para jogos no Pacaembu a saída era as 2 horas.

Sem ingressos, passar pela casa do tio Zé, no Jabaquara e finalmente, rumo ao Morumbi.

Vários carros pelas ruas com bandeiras corinthianas, eu também tinha a minha, pequena, mas que dava sorte. Abria o vidrinho de trás da Fuca, colocava a bandeirinha pra fora e ia segurando forte para não perde-la ao vento.

Encontrar um lugar pra estacionar, comprar os ingressos, tudo isso muito fácil, muito simples naquela época… só que ao contrário.

Impressiona-me como as dificuldades encontradas para se ir a uma jogo no Morumbi nos anos 70 são as mesmas encontradas 40 anos depois. Mas isso é outro papo.

Ficávamos sempre atrás do gol. Aliás, eram vários rituais até chegar ao jogo, nunca perguntei ao meu pai se era superstição ou simplesmente casualidade.

O Morumbi explodindo de gente, torcidas separadas pela “cordinha”, polícia descendo a borracha nos torcedores mais ousados de um lado e de outro, não saia briga, mas muitas provocações.

O espetáculo da entrada das bandeiras (que diga-se de passagem, conseguiram acabar até com isso no futebol paulista), eu adorava as bandeiras da Camisa 12, com aquele boneco cabeçudinho.

Neste momento já havíamos encontrado alguns lugares, espremidos entre tantos outros torcedores, tendo que segurar a onda da sede e da vontade de fazer xixi, entrada do Corinthians em campo, rojões, festa, alegria.

Sobre o jogo, deixo as imagens.

Depois do jogo, explosão de alegria, espantada a zica em 77, parecia que agora passaríamos a ganhar tudo e de todos.

Amanhã mais um Corinthians e Santos.

É decisão. E em decisão, mais que a técnica, a tática, a estratégia, devem entrar em campo a raça, a garra e a vontade de ser campeão.

Vai Corinthians!


Vibrações Positivas

05/05/2013

Falem o que quiser falar dele.

Que está ultrapassado, fora de moda, falido.

De repente possa até estar.

Mas nada como uma semifinal de Paulistão!

Hoje, em disputa em La Desprezada, uma vaga na final para enfrentar o time da baixada santista.

timaoxbambi_80s

É decisão!

Em campo, a garra, a técnica, a mística, 103 anos de história de lutas e batalhas, em jogo a honra e o orgulho de ser corinthiano.

SOCRATES X GETULIO

Nas páginas da história, já sabemos, ao consulta-las encontraremos vários capítulos da história deste confronto com um final feliz para a moloqueirada da ZL, que de tantas conquistas, acabou apelidando o Castelo de Madame de “Nosso Salão de Festas”.

Não se trata de soberba.

Trata-se de história.

E hoje uma nova página será escrita.

Que os nossos guerreiros incorporem hoje o espírito dos nossos ancestrais e que nos conduzam a vitória!

biroxbambis

Raça, Corinthians!

Vai Corinthians!

Vibrações Positivas!


Recordar é viver: Corinthians acabou com vocês

16/02/2013

 


Corinthians faz o primeiro jogo das semifinais

13/06/2012

Chegou o dia da primeira partida pelas semifinais.

É decisão, Fiel Torcida Corinthiana.

Expectativa e ansiedade, não maiores que a fé e a confiança.

É mais um importante jogo na nossa história, mais um duelo, mais uma batalha a ser vencida.

E se o assunto é batalha, é com a gente mesmo.

Guerreiros de Jorge que somos, fomos forjados à base da luta.

E hoje não vai ser diferente. A primeira peleja é fora de casa, nos domínios do adversário, mas não importa onde estejamos, sempre seremos maioria.

Na Baixada, no Japão, no Pacaembu ou Morumbi, são mais de 30 milhões de corações corinthianos batendo forte como bumbos empurrando o Coringão para mais uma vitória.

Durante o dia, emanar Vibrações Positivas para os nossos guerreiros, jogadores e comissão técnica, para que no momento da partida, estejam preparados para derrotar mais um dragão.

Confiança, minha gente!

E Vai Corinthians!


Força, Pedro !

24/04/2012

Em 2010, quando transmitimos pela Rádio Coringão a partida contra o Vitória, na reta final do Brasileirão, a dupla Pedro e Thiago esteve lá presente.

Declarando-se corinthianos, vibraram e sofreram bastante conosco aquele dia.

Pedro recentemente sofreu um acidente e está em estado grave, num hospital de Goiânia.

Vibrações Positivas para a sua pronta recuperação!


Brava Gente Corinthiana

04/12/2011

Chegou o dia, Fiéis!

Kit contra mau olhado - Enviado pelo amigo Decio da Torcida da Curvinha

O duelo é contra o rival histórico, que mesmo fazendo força para sumir das páginas da história, ainda o respeitamos.

Nós os respeitamos como único e principal rival, aquele time que fazemos questão de vencer, o único que exigimos do nosso time, a vitória.

Fazendo nossa parte, jogando com raça, buscando o gol e a vitória, tudo terminará bem.

A torcida estará, como sempre, presente e atuante, a Força Atuante que impulsiona o time, que empurra o time para as vitórias, que como mãe, abre seus braços e acolhe seus filhos guerreiros no campo de batalha.

Essa Brava Gente Corinthiana, que há dias não dorme direito, mal come, sente frio na espinha, o coração acelerado, que não via a hora que este momento chegasse.

Daqui a mais algumas horas, serão 40 mil no Pacaembu e mais de 30 milhões pelo mundo todo, em comunhão de pensamentos, em plena sintonia, emanando Vibrações Positivas para os nossos guerreiros.

Aos jogadores e ao nosso treinador, que estejam iluminados na tarde de hoje, que a luz de São Jorge ilumine suas mentes, intuindo-lhes, dando-lhes forças e sabedoria.

Vai Corinthians!

Quando escrevi este post, Socrates ainda lutava para permanecer entre nós.

Os desígnios divinos determinaram que era momento do Magrão habitar o universo, iluminando o céu de estrelas corinthianas.

Um gênio da bola, quebrou paradigmas, lutou por liberdade e democracia, fincou seu nome na história do Brasil.

Neste dia especial, que a Nação acordou enlutada e que logo mais estaremos todos no campo de batalha, nossa humilde homenagem a um cara que aprendemos a admirar, nem sempre concordando, mas faz parte, isso é democracia e por isto ele lutava.

Adeus, Sócrates.

Nosso muito obrigado!


Corinthians x Figueirense: Pré Jogo

27/11/2011

Figueirense X Corinthians – Pré-jogo

Na reta final da guerra pelo Penta restam apenas duas batalhas, dois obstáculos a serem ultrapassados, dois jogos a serem vencidos. Dependendo de uma combinação de resultados, pode até ser que só resta um. Mas, nada de euforia e precipitação. Vamos focar apenas no Figueirense, fazer a lição de casa e dar um passo de cada vez.

Depois da virada heroica sobre o Atlético MG no Pacaembu, vamos enfrentar o próximo adversário, que luta por uma vaga na Libertadores, em sua própria casa e com sua torcida em maioria.

Com uma semana cheia para trabalhar na recuperação dos atletas, para aperfeiçoar os fundamentos e corrigir falhas, com todos os jogadores à disposição, teremos um time mais disposto, melhor preparado, além de motivado por três vitórias sucessivas. Para o jogo, Tite relacionou os seguintes jogadores:

Goleiros: Júlio César e Danilo Fernandes

Laterais: Alessandro, Fábio Santos e Welder

Zagueiros: Paulo André, Leandro Castán, Chicão e Wallace

Volantes: Ralf e Paulinho

Meias: Danilo, Alex, Edenilson e Luiz Ramires

Atacantes: Émerson, William, Liedson, Adriano e Jorge Henrique

Dos relacionados, dois serão cortados do banco de reservas.

Ficha técnica

Figueirense X Corinthians

Data/hora:27/11/2011, às 17 horas (Brasília)

Local: Orlando Scarpelli,  Florianópolis (SC)

Árbitro: Wilson Pereira Sampaio (DF)

Auxiliares: Erich Bandeira (FIFA-PE) e Roberto Braats (FIFA-PR)

Figueirense: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Edson Silva e Juninho; Ygor, Coutinho, Maicon e Fernandes; Wellington Nem e Júlio César. Técnico: Jorginho

Corinthians: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; William, Liedson e Émerson. Técnico: Tite

O técnico optou pelo mesmo time que iniciou o jogo anterior e pelo mesmo esquema tático, 4 2 3 1, com Danilo na armação, com William e Émerson abertos pelas pontas e ajudando os laterais e com Liedson como homem de referência na área. A opção por Danilo, que não entrou bem no último jogo, foi uma surpresa, pois a entrada de Alex deu outra dinâmica na partida. Mas, esperamos que, se o fato se repetir, a substituição ocorra rapidamente e antes de um resultado desfavorável.

No último treino, Tite deu ênfase ao posicionamento defensivo, com a marcação sobre tentativas de infiltração pelo meio da área, às jogadas de ataques, usando a aproximação dos laterais, aos lances de bolas paradas e saídas rápidas de contra ataque.

Apesar de jogar fora de casa, a torcida corinthiana esgotou os ingressos disponíveis para os visitantes e muitos, para não ficarem sem ver o jogo, vão assistir o jogo no espaço reservado aos torcedores da casa.

Na chegada à Florianópolis, os jogadores eram esperados por torcedores no aeroporto, mas, para evitar tumulto, a pedido da Infraero, o elenco deixou o local pela pista, entrando no ônibus logo após descer do avião. Mas, a torcida acompanhou o ônibus em carreata até o hotel, onde outro grupo de corinthianos esperava os jogadores. Florianópolis está em festa e empolgada com o jogo. Invadida por corinthianos que chegam de vários pontos do país, nossa torcida foi reforçada pelos torcedores do Avaí, que não querem ver o rival na Libertadores.

O Figueirense não poderá contar com Elias, suspenso, e Pittone e Túlio, lesionados, mas tem garantida a volta do meia Maicon e do atacante Júlio César, liberados de lesão. Precisando do resultado para continuar lutando por uma vaga na Libertadores, o jogo está sendo encarado pelo técnico e pelo elenco como uma final de Copa do Mundo.Embora venha de uma goleada pelo Fluminense, o Figueirense pode nos dar trabalho, pois, além de jogar em casa, vai fazer de tudo para se manter entre os cinco primeiros da tabela.

Nosso elenco é tecnicamente superior e temos plenas condições de voltarmos de Floripa com os três pontos e, se o Vasco perder ou empatar, até com o título. Mas, para isso, o time tem que entrar antenado, ligado e determinado. É a hora de fazer valer a superioridade e a experiência.
Agir com equilíbrio, ter o controle do jogo e dos nervos, evitando faltas e cartões bobos. Chicão, Danilo, Leandro Castán, Ralf e William estão pendurados com dois cartões amarelos cada. Os jogadores têm que ter nervos de aço e a frieza de um iceberg, não aceitarem provocações, serem firmes na marcação, mas sem deslealdade. Insisto em reafirmar que tanto quanto a técnica e a tática, a raça corinthiana sempre faz a diferença. No entanto, a euforia, a ansiedade e o desejo de vencer, se não forem devidamente dosados e administrados, podem  atrapalhar ao invés de que ajudar.

Não podemos vacilar neste momento decisivo. E não importa se vamos estar fisicamente presentes, se vamos ver o jogo no bar, na quadra da organizada ou do sofá da sala, mas sim que de onde estivermos possamos estar torcendo e vibrando  pela vitória do Timão. O pensamento não conhece barreiras e nada poderá deter o pensamento e a vontade de mais de 30 milhões de pessoas vibrando intensamente pela nossa vitória e transmitindo ao time a energia necessária para efetivá-la.

Energia gerada na alma e no coração de uma Nação de loucos de amor, loucos de paixão e que tudo fazem pela glória do nosso Todo Poderoso Timão.

VAI CORINTHIANS

VIBRAÇÕES POSITIVAS


Florianópolis invadida

26/11/2011

A bela cidade de Florianópolis amanheceu respirando Corinthians.

De avião, de ônibus, automóvel, de qualquer jeito, milhares de corinthianos desembarcam na capital de Santa Catarina.

Muitos já com ingressos garantidos, outros não, mas em comum, todos carregando no peito e na alma o corinthianismo, a fé e a esperança.

Florianópolis amanheceu diferente, mais colorida pelas cores preto e branco.

Juntando-se a eles, milhões de corinthianos ligados no Rádio, ou melhor, na Rádio Coringão, com a imagem da televisão, torcendo pelo Timão, emanando Vibrações Positivas, força e luz aos nossos guerreiros.

Sem o clima de já ganhou, sem clima de já é campeão, mas com muita confiança.

Esse deve ser a ordem do momento.

Vai Corinthians!


%d blogueiros gostam disto: