Uma segundona de boas notícias

09/09/2014

A primeira:

Na noite desta segunda-feira (08), o atacante Paolo Guerrero foi absolvido por unanimidade em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A promotoria do STJD havia denunciado o peruano.

Os relatores não viram intenção do atacante em empurrar o árbitro Leandro Bizzio Marinho na derrota para o Bragantino por 1 a 0 na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, realizada no dia 27 de agosto.

 

Ainda do STJD:

Expulso no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil por dar um carrinho no atacante do Bragantino, o lateral-direito Ferrugem foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na noite desta segunda-feira (08). Os relatores do processo entenderam que um jogo de suspensão era pena suficiente.

Ferrugem recebeu cartão vermelho na partida realizada no dia 27 de agosto e já cumpriu a suspensão automática na partida de volta, na última quarta-feira (03).

 

E a outra boa notícia:

A Fiel mostra mais uma vez o amor incondicional que tem pelo Corinthians. Com a força da torcida, o Timão fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2014 com a melhor média de público pagante. Nos 10 jogos disputados em casa, o Alvinegro teve média de 29.634 pagantes por partida (mais de 296 mil no total).

Nas 10 partidas do Corinthians em casa no primeiro turno do Brasileirão, sete foram disputadas na Arena Corinthians, duas no Canindé e uma no Pacaembu. Sem os dois jogos realizados no estádio da Portuguesa, que tem capacidade menor, a média é ainda melhor: 33.189 pagantes por jogo.

Arena Corinthians
Inaugurada no dia 18 de maio deste ano, a Arena Corinthians recebeu sete partidas do Corinthians neste Brasileirão. Nos jogos disputados apenas no estádio, a média é de 32.730 pagantes.

Domínio
Nos últimos anos, o Corinthians tem dominado a liderança da média de público do Campeonato Brasileiro. O Timão terminou as edições de 2010, 2011 e 2012 na frente dos demais clubes da Série A.
Confira as melhores médias de público pagante do primeiro turno
Corinthians: 29.634
São Paulo: 29.491
Flamengo: 28.242

 

Jogos do Corinthians como mandante
Corinthians 2×0 Flamengo (Pacaembu)
Público: 36.402
Corinthians 0x1 Figueirense (Arena Corinthians)
Público: 36.123
Corinthians 1×1 Atlético-PR (Canindé)
Público: 13.137
Corinthians 0x1 Figueirense (Canindé)
Público: 17.696
Corinthians 1×1 Botafogo (Arena Corinthians)
Público: 37.119
Corinthians 2×1 Internacional (Arena Corinthians)
Público: 32.644
Corinthians 2×0 Palmeiras (Arena Corinthians)
Público: 31.031
Corinthians 1×1 Bahia (Arena Corinthians)
Público: 30.819
Corinthians 5×2 Goiás (Arena Corinthians)
Público: 26.486
Corinthians 1×1 Fluminense (Arena Corinthians)
Público: 34.889

 

Fonte: Site Oficial

Opinião:

São, de fato, excelentes notícias.

No caso de Guerrero, num lance quase semelhante ao de Petros, desta vez o Tribunal entendeu que não houve intenção.

E um alerta aos árbitros, se estiverem mal posicionados nos lances, o risco de levar um “encontrão” é grande.

Sobre Ferrugem, nada a acrescentar.

E a melhor média de público no primeiro turno. Média prejudicada pelos dois jogos realizados na boate portuguesa, escura e em estado de abandono. Uma pena o que estão fazendo com a Portuguesa.

Mesmo diante das reclamações sobre os preços dos ingressos e direito a gratuidade a menores e idosos (lei municipal aplicada ao Pacaembu), o público vem comparecendo.

Alguns ajustes nos preços já vem sendo realizados e ainda há como encontrar um ponto de equilíbrio satisfatório.

Sobre a gratuidade, acredito que com a retirada das cadeiras dos setores norte e sul, que deverá ocorrer ano que vem, o clube possa praticar este formato, mesmo sendo uma lei municipal aplicada ao equipamento público, no caso o Pacaembu.

Mas isso é opinião e não informação.

Sobre os protestos, pertinentes, sob nosso entendimento, desde que sejam pacíficos e organizados, alguns fatos lamentavelmente já depõem contra a ação.

Intimidar dirigentes e conselheiros do clube não é o melhor caminho. Que continuem protestando pacificamente e de forma organizada.

 

 


%d blogueiros gostam disto: