Palavra do Presidente

Portões fechados antes da hora

Nunca será demais repetir que o Corinthians lamenta profundamente a revoltante tragédia de Oruro. Repele essa e qualquer atitude violenta. Não aceita quaisquer agressões, sejam elas de qualquer natureza.

O Corinthians acredita que as autoridades bolivianas apurarão as responsabilidades pelo absurdo homicídio. Aguarda que o autor do crime receba o tratamento previsto em lei. Como qualquer interessado, acompanha a investigação. Nela não interfere.

É essencial separar a esfera desportiva da criminal. Na Bolívia, como em todo Estado de Direito, a responsabilidade criminal é subjetiva, restrita ao agente que, por meio de sua conduta, com dolo ou culpa, deu causa ao resultado.

Na seara desportiva, como se sabe, o Corinthians recebeu a punição de jogar com portões fechados. A punição insere-se em um contexto de uma grita por “punição exemplar”. Respeitando as opiniões em contrário, o Corinthians discorda de tal punição.

O Corinthians discorda da punição primeiramente por ela atingir inocentes, o que jamais será um bom exemplo. Atingiu, inicialmente, o time de futebol, que terá evidente perda desportiva. E atingiu milhares de espectadores que se fariam presentes no estádio e não têm a menor relação com a tragédia – ao contrário, repudiam-na.

Não se está a falar em prejuízo financeiro. Os interessados serão ressarcidos. A punição, de fato, consiste em não permitir que inocentes tenham acesso ao jogo. Punição sem volta.

O Corinthians deseja externar que tem profunda reverência por sua gigante e apaixonada torcida. É o seu maior patrimônio, que já protagonizou espetáculos belíssimos.

Posicionamo-nos contrariamente à generalização. A punição deve incidir, sempre, sobre o autor de atos ilegais. Os milhões de torcedores de bem não podem ser jogados na vala comum de uma ínfima minoria que, repita-se, não “ama” verdadeiramente o clube.

O Corinthians discorda da punição também pelo fato de haver sido aplicada preventivamente, antes da apuração dos fatos e sem que pudesse se defender, em grave ofensa ao contraditório e à ampla defesa. A punição é irreversível. Futura absolvição será inócua.

E, por fim, o Corinthians avalia que a pena foi desproporcional à sua responsabilidade no caso. Ora, o clube não era o organizador da partida! Não patrocinou a viagem ou o ingresso dos apontados responsáveis –por mais que, sem conhecimento de causa e levianamente, alguns insistam em duvidar disso!

A punição, porém, está aí. E o Corinthians, em respeito a seus 30 milhões de inocentes torcedores e a seus parceiros comerciais, honra sua história suando a camisa.

O Corinthians só espera que esse súbito movimento de moralização do futebol não seja apenas um exemplo, mas passe a ser a regra.

Esperamos que o clube organizador da partida receba a merecida punição pelas graves falhas na segurança. Aliás, o Corinthians, em janeiro, já havia informado à Conmebol, formalmente, que o aeroporto de Oruro, indiscutivelmente, não atende às exigências do regulamento da Libertadores, solicitando a troca de sede. Naquela oportunidade, o regulamento foi ignorado…

Esperamos que todos os clubes cujos torcedores ingressem nos estádios com artefatos proibidos sejam igualmente punidos.

Esperamos, enfim, não servir de meros bodes expiatórios, apenas para que os organizadores do torneio aplaquem o clamor momentâneo e, depois, voltem a fechar os olhos para os incontáveis descumprimentos dos regulamentos disciplinares.

Mário Gobbi Filho
Presidente do Sport Club Corinthians Paulista

Anúncios

49 Responses to Palavra do Presidente

  1. Jose eduardo disse:

    Sobre o tardio pronunciamento de Mario Gobbi, atual presidente do SCCP tenho a dizer que vem de encontro a meu pensamento. Parabenizo sua posiçao. Percebo tambem alem do tardio pronunciamento ele muda o tom do discurso e mostra entre linhas a diferença entre fatalidade e homicidio, em seus pronunciamentos anteriores descrevia o fato como FATALIDADE. Espero que seu pronunciamento venha acompanhado de medidas que possam fortalecer ainda mais a posiçao do Sport Clube Corinthians Paulista junto as entidades que esta afiliado.
    SaudaçoesCorinthianas

    Curtir

  2. Paulo disse:

    A nota é perfeita, abordando todos os aspectos da questão, desde os jurídicos, passando pelos sociais e esportivos, não esquecendo, como seria oportuno, de cutucar a hipocrisia potencial de todos os detratores do Corinthians, nesse episódio, especialmente representados pela imprensa brasileira. Agora, o que eu ainda não vi foi esse maldito regulamento, com base no qual, supostamente, fomos punidos. Nem pra isso essa jornalistaiada maldita serve, ou seja, para transmitir informação, que é a sua missão precípua.

    Curtir

    • Jose eduardo disse:

      Paulo.

      O regulamento existe ??? existe.. sim existe !!!! e pode ser erncontradom (é dificil )mas pode ser encontrado.Me refrio aoregulamento da competiçao Libertadores 2013 , o regulamento do Comite Disciplinario , que é mais dificil, ( mas tambem existe!!!)nao sei como fazer chegar a voce? Para uma breve pesquiza site do Peñarol tem umas dicas muito interessantes sobre o tema especifico ja que estiveram metidos em algo disciplinario .
      Fique claro aqui que nao estou tomando posiçao alguma,somente dizendo que os regulamentos existem, mas fica a pergunta que deve vir de encontro com seu pronunciamento.Por que a imprensa e setores ligados ao futebol dificultam o assesso dos brasileiros a essa informaçao.

      Curtir

  3. Hungaro Karlo disse:

    Silvinho;

    A Nota do nosso Presidente Mario Gobby é o que dele se espera, mas acompanhado da Nota Oficial é preciso mais, e preciso atitude, não sejamos hipócritas, o Corinthians foi punido e mereceu a punição, nós só estamos discutindo está punição porque a Conmebol não é uma Entidade seria.

    Eu como Corinthiano, defendo que a Diretoria do Corinthians deva processar por danos morais e materiais a Torcida Gaviões da Fiel em no mínimo o Valor da Renda dos jogos que deixaremos de arrecadar.

    A Gaviões da Fiel era responsável pelo menor via Procuração assinada pela mãe do garoto, não entregou o menor as autoridades bolivianas, acobertou sua fuga para o Brasil e com toda certeza do mundo o dinheiro gasto com os sinalisadores não saiu do bolso do garoto.

    A Gaviões da Fiel deve ressarcir os cofres do Corinthians (Devia também pagar royaltes por usar o símbolo do Corinthians em material que vende). A Torcida em um gesto de nobreza deveria ressarcir o Corinthians pelo prejuízo financeiro causado.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo disse:

      A punição parte do princípio de que o clube tenha financiado de alguma forma a torcida. Mas existe alguma prova a este respeito? Tem um vídeo no qual o advogado nega a relação neste sentido entre clube e organizada. Além disso,não tem nenhuma prova de que o disparo foi intencional, ou seja, que o disparo teve como objetivo de ferir ou matar. Portanto, até que se faça uma investigação séria e isenta,a firmar que xis é culpado ou responsável é algo bastante temerário. Pra mim, a Conmbebol agiu de forma incoerente. Semana passada um diretor do clube disse que ela puniu pelo efeito e não pela ação. Existe uma diferença entre aquilo que todos acham como verdadeiro (a relação entre clube e organizada) e o fato comprovado. Quem sabe a verdade é a diretoria. Nesse sentido é a ela que cabe tomar as medidas necessárias.

      Curtir

      • Roberto disse:

        O Proprio advogado do Clube, admitiu em entrevista que o clube finanacia onibus para viagens e facilita a compra de ingressos

        Curtir

        • Múcio Rodolfo disse:

          Roberto, o que vc me diz deste trecho?

          “E, por fim, o Corinthians avalia que a pena foi desproporcional à sua responsabilidade no caso. Ora, o clube não era o organizador da partida! Não patrocinou a viagem ou o ingresso dos apontados responsáveis –por mais que, sem conhecimento de causa e levianamente, alguns insistam em duvidar disso!”
          ——————————————————————————
          Pelo visto, nossa diretoria não anda falando a mesma língua.

          Curtir

  4. Múcio Rodolfo disse:

    Esses dias eu tenho me sentido um tanto quanto radical…..Assim eu mandaria um enorme “FODA-SE” para esta entidade sem vergonha e ordinária que tem tratado o Corinthians com uma tremenda má vontade…Mas nesta história toda, diante dos exageros da abutraiada quem sabe a diretoria se toque a passa a tratá-la da forma como ela merece…..

    Curtir

  5. Luís Carlos disse:

    Se pegasse um pouco mais pesado com a conmebol seria perfeito.

    Mas quais as medidas que o clube estuda adotar daqui para a frente com relação a certos setores de “imprensa” e às organizadas?

    Curtir

  6. Henrique disse:

    Tento me manter otimista e espero que a Conmebol não faça o que a turba sedenta por justiçamento espera: Manter o Corinthians como bode expiatório e para o San Jose dar alguma punição pra mostrar “coerência”.

    Quanto à Conmebol assumir uma postura de fato autocrítica, não tenho nenhuma esperança.

    Silvinho, guarde minhas palavras:

    SEJA LÁ QUAL FOR a punição definitiva dada ao Corinthians, haverá o dia em que outros clubes brasileiros também serão linchados.
    Será um tempo em que, com a costumeira memória seletiva, nossos jornalistas paladinos da conscientização lembrarão de 2013 e dirão que a Conmebol teve uma grande oportunidade, mas foi demagoga do princípio ao fim.
    Nesse dia, chegarão a conclusão de que o torneio que define o campeão da América é grande demais para a Conmebol.

    Haja estômago!

    Abraços.

    Curtir

  7. Samuel disse:

    Boa nota, porém, acho que está faltando destinatários. Foi direcionada para a Conmebol, mas deveria também ser enviada para os principais responsáveis pelo prejuízo irreparável que o Corinthians e sua imensa nação sofreram, sofrem, e continuarão sofrendo no futuro: a imprensa!

    Fomos julgados e condenados por uma imprensa
    sensacionalista, despreparada, mal intencionda e em sua maior parte composta por canalhas.
    Trataram de generalizar e de classificar toda a torcida corinthiana como assassinos, e conduziram a cobertura dessa tragédia colocando apenas o clube como culpado. Aliás, continuam agindo assim, agora condenando o clube por estar se defendendo.
    Então, por conta desse episódio e por tantos outros, nosso inimigo não é a Comnebol, e sim a imprensa, aquela que enche o rabo de dinheiro as nossas custas e que faz a carreira de diversos jornalistas.
    Esses merecem o enquadramento. Não adianta fazer política de boa vizinhança com filhos da puta.
    É isso.
    Valeu!

    Curtir

    • Emerson disse:

      Assino embaixo, Samuel! Esta corja de canalhas que vivem às nossas custas não merecem nem serem chamados de humanos! E tem muito jornalista que não completou nem o Ensino Fundamental e se metem a serem juristas, advogados, peritos criminais… Hipócritas!

      Curtir

    • O Dani L disse:

      Boa.

      Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Nota 10. Sonho em ler uma nota da diretoria contra a imprensa abutre. Tenho medo de morrer e nunca ler isso.
      Sonho em ver a maioria abutre da imprensa sem credenciais para entrar no estádio. Tenho certeza que não verei isso e, pior ainda, serão tratados com toda gentileza.

      Curtir

    • Fernando disse:

      Na mosca!

      Curtir

  8. Martelli disse:

    A nota está perfeita. Espero que após a decisão da Conmebol o clube tome posição contra membros da imprensa que passaram dos limites aceitáveis em suas opiniões procurando de todas as formas denegrir e achincalhar a imagem do Corinthians. Isso tem que valer para toda a imprensa tanto falada como escrita. Não é possível o Corinthians aceitar passivamente os absurdos que alguns membros da imprensa vem cometendo e simplesmente se calar.

    Curtir

  9. AndersonII disse:

    Sabem que estou até aprovando essa parada de punir inocentes como exemplo.

    Só que teriam que pegar alguns “inocentes” bem pegos, daqueles que ” pregam” que não se deve reclamar quando injustiçados.

    Eu por exemplo, sugeria tirar do ar, por 60 dias, jornalistas (qualquer um , escolhido a olho) para ” exemplificar” os maus, que publicam didamaçoes, ofensas sem provas etc.

    Curtir

  10. Ulisses_Coringão! disse:

    Corroboro da mesma opinião da maioria… No que tange a profundidade da retórica, do bem falar, é perfeito, irretocável !

    Contudo, não nos esqueçamos que o Corinthians já fora julgado e punido. Quaisquer que sejam os desdobramentos além dos já conhecidos, que partamos para ofensiva, como bem defendeu o camarada aqui acima, sal.r9! Ação!

    Contra tudo, vai Corinthians!

    Curtir

  11. Lucci77 disse:

    O Corinthians deveria aceitar a decisão imposta pela Conmebol. Em qualquer campeonato serio do mundo, ja estaríamos eliminados da competição.
    Infelizmente foi a torcida do Corinthians que causou a morte da criança. Se fosse o contrario (um boliviano vindo aqui e matando um brasileiro) estariamos revoltados!

    abs

    Curtir

    • ELIGELTON disse:

      Concordo em parte, mas se fosse num campeonato sério talvez o sinalizador não teria entrado ao estádio como manda o regulamento. A estrutura e a segurança também seria outra. Quanto a punição ao Corinthians, mudei um pouco a minha opinião, ela está servindo para nós torcedores sermos mais vigilante a tais situações. Mas acho que deveríamos levar no máximo três jogos em casa de portões fechado.

      Curtir

    • Douglas disse:

      Discordo, vide caso do Legacy!!!

      Curtir

    • Henrique disse:

      Luci77,

      Qual campeonato sério pune atropelando o próprio regulamento, com indignação seletiva?

      Qual é a instituição responsável pelo fato da Libertadores não ser um campeonato sério?

      Qual a responsabilidade da Conmebol pelo estado de coisas que culminaram com a morte do adolescente?

      Quais eram as atribuições do San José, na condição de mandante da partida, que não foram cumpridas e culminaram com a morte do adolescente?

      Se puder, me responda essas perguntas e aí me diga porque diante disso tudo o Corinthians – diferentemente de qualquer outro clube do mundo – deve abdicar do seu direito à defesa e assumir o papel de bode expiatório.

      Grato.

      Curtir

      • Lucci77 disse:

        Vamos la:
        – Se isso acontecer na champions league, o time fica fora por 3 anos (REGULAMENTO)
        – Conmebol. Concordo que ela é ridicula. E porque? Porque nunca fez nada quando precisou. Agora foi a gota dagua. Quem sabe daqui pra frente as coisas mudem. Pessoal, uma CRAINÇA de 14 anos morreu com um sinalizador no olho. Fritou o cerebro do menino. Voce acha que deveria passar em branco isso?
        – Total. TAMBEM deve ser punida…
        – Total (2). TAMBEM deve ser punido por negligencia

        Resumindo: não acho que deva fazer o papel de bode expiatório. Mas que deve pagar pelos erros que cometeu. SIM, anos “passando o pano” para essas organizadas, financiando carnaval, bancando viagens, etc…

        Agora, Henrique, me responda uma coisa: Você acha que esse fato deveria passar em branco? Você acha que o clube não deve ser punido? Se nada acontecer, é um sinal verde para a matança generalizada nas arquibancadas.

        Se fosse seu filho que tivesse morrido, qual seria seu sentimento agora?

        abs e VAI CORINTHIANS!

        Curtir

        • Henrique disse:

          Ou seja, não existe campeonato SÉRIO no mundo que – com indignação seletiva – puna atropelando o próprio regulamento.

          Só que isso é o que a Conmebol está fazendo com o Corinthians.

          “Quem sabe se daqui pra frente as coisas mudam”?
          Meu caro, você não percebeu que o festival de dois pesos e duas medidas que a Conmebol está adotando não passa de mais do mesmo?
          Você não percebeu que a Conmebol está preocupada apenas em tirar o foco da própria parcela de responsabilidade pela morte do ADOLESCENTE de 14 anos?

          No mais, independente de ser verdade ou não, financiar carnaval ou viagem não é crime e tãopouco desrespeita qualquer regulamento. Você transformar isso em “erros que a Conmebol deve punir” é uma falácia.

          Não acho que o Corinthians deva ser punido, mas se for, que seja de acordo com sua responsabilidade, que é MUITO inferior a responsabilidade do mandante do jogo.
          E Até agora não se viu algo sequer próximo a isso. Muito pelo contrário.

          Enfim, o ocorrido não deve passar em branco, bem como não deve ser transformado em caça as bruxas nas mãos de demagogos.

          Portanto:

          Quanto ao autor do homicídio, deve ser punido dentro do que a lei determina, com amplo direito a defesa.
          Quanto ao Grêmio Gaviões da Fiel Torcida, que seja punido por auxiliar na fuga do autor do homicídio, com amplo direito a defesa.
          Quanto aos 12 torcedores apanhados aleatoriamente no estádio, que tenham direito a um tratamento mais justo do que esse que estão recebendo.

          Abraços.

          Curtir

        • Edilson Coringão disse:

          Você está louco! A porcada e a bambizada já mataram vários Corinthianos e não houve uma palavra dessa imprensa maldita sobre punir esses clubes. Os bambis mandam seus capangas bater no adversário no vestiário e não acontece nada, os bambis jogam bomba e matam garoto corinthiano de 13 anos e não acontece nada, a porcada mata corinthiano e joga no rio Tietê e não acontece nada … em comum em todos esses casos, a complacência da imprensa com relação aos criminosos. É obvio que toda essa “comoção” da imprensa só está ocorrendo porque é o Corinthians. Se fosse o contrario, estariam pregando punição ao Corinthians por ser o mandante (assim como aconteceu contra os porcos no pacaembu, quando eles depredaram varias carros jogando grades do chão do tobogã).

          Curtir

    • Ernesto de Minas disse:

      Se um boliviano mata um corinthiano vira herói dos anti.

      Curtir

  12. Jair disse:

    Perfeito e irretocável.

    Curtir

  13. Jefferson disse:

    Considero até tardia essa manifestação do presidente. O Corin thians está sendo usado de todas as formas depreciativas por todos os antis e imprensa abutre de forma geral, que dançam sobre o cadaver de Kevin na ânsia infindável de tentar atingir o Corinthians. É preciso saber que estamos apenas por nós mesmos, contra tudo e todos, e precisamos fazer valer nossos direitos, se não nos defendermos ninguém fará isso por nós.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Domingo quando o entrevistamos, Gobbi disse que o clube esta sendo totalmente cauteloso nas ações que envolvem este caso, sem pressa

      Curtir

    • O Dani L disse:

      Eu não acho tardia não. Acho que o Corinthians esta tendo uma postura muito digna. Logo que retornou ao Brasil o Gobbi fez uma coletiva lamentando o fato. Mas todo mundo criticou o Corinthians. Todo mundo questionou que o Corinthians devia acatar a punição sem direito a defesa. Ou seja, todo mundo condenou sem mesmo justificar. E o pior, faz quase 15 dias do ocorrido e o que mudou? Ocorreram outros fatos e não ocorreram punições.

      Como falado no pronunciamento, até agora só o Corinthians foi “castigado”.

      O Corinthians solicitou a revisão da punição preventiva. Foi negada. Enviou a documentação com a defesa para ser julgado e que o julgamento fosse antecipado. Agora esta cobrando a decisão final. Se não faz isso eles vão postergar até depois da Copa.

      Essa palavra do presidente nada mais é do que a posição do Corinthians de cobrar que seja feito uma julgamento justo e as punições sejam aplicadas para todos os envolvidos conforme o regulamento.

      Isso dara respaldo para qualquer decisão que o Corinthians vier a tomar.

      Curtir

  14. O Dani L disse:

    Silvio. Qual sua opinião sobre esse posicionamento?

    Curtir

  15. Roberto disse:

    Silvio.
    Legal…O Presidente manifestou a posilçao do CLube..Perfeito..
    So que nos queremos saber ate onde vai a relação do Clube com as organizadas.
    O Advogado do clube disse que o clube ajuda com transporte e facilita a compra de ingresso.
    Oras, se o clube faz isso, me desculpem, mas é responsavel pelos atos sim.
    Ta na hora de cortar esse cordão umbical com esses bandos.
    Afinal, o cara que viaja 06 dias, para assisrtir a uma jogo, não deve trabalhar.
    O Corinthians , tem que ter sua imagem associada a pessoas do bem, torcedores que paguem ingresso, comprem produtos oficiais e não aos bardeneiros, que so usam as camisetas de suas organziações e consomem somente produtos deles.
    Qual o beneficio par ao clube?

    Curtir

  16. Belas palavras, mas eu prefiro atitude.

    Continuo com a impressão de que o Corinthians implora, se rebaixa, faz o que for preciso pra disputar esse campeonato de varzea.

    A punição ao São Paulo e a falta de punição à Velez, Penarol, San José e Millionarios, mostraram que o Corinthians não é bem vindo na Libertadores 2013. Talvez o Corinthians – campeão mundial, sulamericano, estadio de abertura da copa e recordista de arrecadação – esteja incomodando, mas sem problemas, vamos fazer desse limão uma limonada.

    Atitude. Convoca uma coletiva, anuncia que vai jogar a varzea sulamericana com time reserva e em 2013 nosso foco é Paulista, Brasileiro e Copa do Brasil explica a situação e chama a Fiel pra vir junto.

    Campeonato importante é campeonato que o Corinthians disputa. Deixa a Conmebosta falando sozinha.

    Curtir

    • Blog do Silvinho disse:

      Disputar o torneio é respeitar o regulamento, é a medida mais correta

      Se nos próximos anos o clube pensar em se licenciar da confederação, ai é outra história

      Curtir

      • O Dani L disse:

        Exato. O Corinthians tem que respeitar o regulamento pois o aceitou no inicio da competição. O que o Corinthians esta exigindo é que o regulamento seja respeitado e aplicado para todos os envolvidos.

        Na palavra do presidente tem até uma alfinetada de que o regulamento não foi aplicado quando o Corinthians solicitou em janeiro que o mesmo fosse cumprido.

        Nos proximos anos o clube pode ser mais rigoroso ao aceitar ou não o regulamento. Esse ano tinha uma oportunidade de ouro, como disse o Juca Kfouri, de exigir mudanças por estar em evidencia, ser o campeao mundial e tal.

        Perdeu a oportunidade e esta pagando por isso.

        Isso é apenas mais uma lição a ser aprendida e superada.

        Curtir

      • Ulisses_Coringão! disse:

        Concordo e inclusive professo tal faculdade dia a dia por conta da minha área de atuação…E não é porque ninguém respeita o dito regulamento, incluindo quem mais deveria zelar por ele, que o glorioso SCCP não iria respeitá-lo. O Clube do povo, da luta, do justo, realmente não deve se esquecer das suas bandeiras.

        Todavia, estamos sendo achincalhados nos últimos dias, e penso não devamos ficar inertes novamente diante de nova injustiça. Basta, chega, já deu. Até por respeito à essas bandeiras.

        Na base do “chutômetro” chego a imaginar que possa haver algo desconhecido da grande maioria, sei lá, algo como obrigatoriedade contratual para com patrocinadores, atreladas à participação nessa bendita competição… Não sei se é devaneio meu! Talvez o Silvio possa até me elucidar…

        Não sei se estou louco mas creio que devamos ser mais incisivos; contra tudo, vai Corinthians!

        Curtir

  17. O Dani L disse:

    Eu achei sensacional esse posicionamento. Tem meu apoio. Amanha após o “julgamento”, independente do resultado, o Corinthians deve mirar e se esforçar para banir os antis da imprensa que fizeram esse “coro” por justiça e pela “punição exemplar”.

    Curtir

Amigo, faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: